browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Buraco (Sinkhole) gigante surge na Rússia

Posted by on 19/07/2014

sinkhole-rússia-yamal

Sinkhole na Rússia.

Grande cratera aparece na Península de Yamal, um lugar conhecido como “End of the World” (o ‘fim do mundo’).

O misterioso e   ‘gigantesco’ buraco surgiu em uma região remota da Rússia, localizado por helicópteros na rica (em depósitos de Gás) Península Yamal . A sua profundidade ainda não foi sequer verificada e / ou estimada…

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@gmail.com

Um enorme buraco de até 80 metros de largura foi avistado por helicópteros na Península de Yamal, na Rússia. Um grupo de cientistas foi enviado ao local para recolher amostras do solo e da água do local e analisar a depressão.

Por The Siberian Times – 15 de julho de 2014

http://siberiantimes.com/

O marcante buraco que surgiu no terreno se acredita ter cerca de 80 metros de largura, mas a sua profundidade ainda não foi estimada. Uma equipe de cientistas foi enviada para investigar o buraco e deve chegar ao local nessa quarta-feira.

A causa de sua súbita aparição em Yamal – o nome do local significa o “fim do mundo”, no extremo norte da Sibéria – não se sabe ainda, porém uma afirmação científica é que o aquecimento global pode ser o culpado.

yamal-península-rússia-sinkhole

Localização do buraco gigante.

Há também especulações de que ele poderia ter sido causado por um objeto espacial – talvez um meteorito – atingindo o local ou que o buraco é um sumidouro causado pelo colapso de rochas sob o terreno causado por fatores ainda desconhecidos.

O buraco gigante apareceu perto de uma floresta a cerca de 30 quilômetros do maior campo de gás de Yamal Bovanenkovo. Especialistas estão confiantes de que uma explicação científica será encontrada para ele ter surgido do nada e sobre aquilo que ele não é – como uma reivindicação surgida na internet – a evidência “da chegada de uma espaçonave UFO” para o planeta Terra. 

Um relatório e filmagens com destaque para Zvezda TV diz que a cor escura da cratera indica “alguns processos de temperatura”, sem explicar mais o que isso pode significar. Outros dizem que o escurecimento ao redor da borda interna indica que a sua formação foi acompanhada por graves queimaduras com temperaturas altíssimas nas suas bordas.  

yamal-península-rússia-sinkhole.01

Alguns observadores que estiveram no local acreditam que haja água ou solo seco e areia caindo na cavidade aberta.

Alguns observadores que estiveram no local acreditam que haja água ou solo seco e areia caindo na cavidade aberta. Há um certo consenso de que o solo ao redor do buraco foi jogado para fora da cratera, e é grande o suficiente para que vários helicópteros Mi-8 possam voar para dentro dele – não que eles tenham feito isso. 

A expedição organizada pelas autoridades de Yamal inclui dois especialistas do Centro para o Estudo do Ártico e um da Criosfera do Instituto da Academia Russa de Ciências. Eles pretendem recolher amostras de solo, ar e água do local da cena. Eles serão acompanhados por um especialista do Ministério de Emergências.

yamal-permafrost

O aquecimento global, está causando um ‘alarmante’ derretimento no solo da região, do tipo permafrost, liberando gás (metano) causando um aumento no efeito estufa.

Um porta-voz  ramo do ministério  em Yamal descartou a queda de um meteorito, mas disse que era muito cedo para dizer o que causou o surgimento do buraco gigantesco na terra.  “Nós podemos definitivamente dizer que não foi a queda de um meteorito. Mas não há detalhes ainda“, disse um porta-voz das autoridades do local. 

Os relatórios iniciais e as imagens ficaram sob suspeitas de serem falsas, mas o buraco é um fenômeno real e acredita-se ter sido formado recentemente. O Engenheiro Konstantin Nikolaev de Yugra é um daqueles que o filmaram desde um helicóptero.  

Anna Kurchatova do  Centro de Pesquisa Científica do Sub-Ártico acha que a cratera foi formada por uma mistura de água, sal e gás incandescente de uma explosão subterrânea, como resultado do aquecimento global. Ela postula que havia gás acumulado no gelo misturado com areia abaixo da superfície, e que este foi misturado com sal – há cerca de 10.000 anos atrás, esta área era mar.

O aquecimento global está causando um ”alarmante” derretimento no solo do tipo permafrost, liberando gás (metano) causando um efeito como o estouro de uma rolha de garrafa de champagne, ela sugere. Em função da existência de vários gasodutos na região tal acontecimento é potencialmente perigoso.

A Península de Yamal no Okrug Yamalo-Nenets é uma região estratégica grande produtora de petróleo e gás da Rússia.  Ela é a principal região produtora de gás e petróleo, e o campo Bovanenkovo ​​é de importância central para o fornecimento de gás da Sibéria para o resto do mundo. 

O campo de gás foi descoberto em 1972 e desenvolvido pela Gazprom com produção a partir de 2012 A península Yamal faz fronteira com o Mar de Kara -. Baydaratskaya Bay – a oeste, e o Golfo de Ob, a leste. Estende-se cerca de 700 quilômetros sobre principalmente terreno permafrost. 

Yamal-bovanenkovo-gazprom

A Península de Yamal no Okrug Yamalo-Nenets é uma região estratégica grande produtora de petróleo e gás da Rússia. É a principal área de produção do país para gás e o campo Bovanenkovo ​​é de importância central para o fornecimento de gás da Sibéria para o resto do mundo.

A área é famosa por seus rebanhos de renas e aves migratórias. Os Nenets e Khanty pastores de renas possuem cerca de meio milhão de renas domésticas. Restos de mamutes antigos, fossilizados e congelados foram encontradas neste território encantador da Rússia. 

Saiba mais aqui:

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

thoth-escribawww.thoth3126.com.br

8 Responses to Buraco (Sinkhole) gigante surge na Rússia

  1. Arindows

    Amigo Thoth,
    Interessante notar que este “buraco” é diferente dos demais que estamos acostumados, onde o terreno cede para dentro, neste caso, a terra parece que foi expelida.Pode ter sido um antigo local de exploração que devido ao acúmulo de gás, explodiu ou algo ainda desconhecido.Grande abraço! Pax et Lux… _//\\_

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *