browser icon
You are using an insecure version of your web browser. Please update your browser!
Using an outdated browser makes your computer unsafe. For a safer, faster, more enjoyable user experience, please update your browser today or try a newer browser.

China abre caminho para o Oriente Medio e Europa

Posted by on 06/02/2015

dragão-vermelho

A CHINA abre caminho de acesso terrestre para o Oriente Médio e a EUROPA.

Um relatório que foi preparado pelo ministro da Defesa da Rússia, para o então Presidente e Comandante em Chefe das Forças Armadas da Rússia, Dimitri Medvedev, alertou que os acordos militares estratégicos  assinado  entre a CHINA e o PAQUISTÃO (único país muçulmano com arsenal atômico) são um sinal de que o “Endgame” (fim de jogo) entre o Oriente e o Ocidente sobre os recursos energéticos vitais do Oriente Médio e Ásia Central (Eurásia) “já começou”.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@gmail.com

A CHINA abre caminho de acesso terrestre mais curto para o Oriente Médio e a EUROPA.

Fontes: http://calcuttatube.comwww.timesofindia.com e www.whatdoesitmean.com

Segundo o ministro Serdyukov, o aspecto mais importante deste novo acordo estratégico é que o Paquistão  permitirá às forças militares chinesas começarem o uso imediato  da  estrada, rodovia que atravessa a imensa cordilheira do Karakoram.

Isso permitirá às forças militares terrestres da CHINA  um acesso maciço (se necessário) por terra ao Oriente Médio e a confrontar às forças do Ocidente (OTAN, EUA, ISRAEL) em confronto direto, muito próximo das portas da Europa, via Estreito de Dardanelos pela Turquia, sem o uso da qual a China não teria um acesso direto e rápido ao sub-continente indiano e ao Oriente Médio bem como à parte sul do Cáucaso e do Mar Cáspio.

KARAKORAM-most-deadly-roads-in-asia

O KARAKORAM: Grandes montanhas e glaciares no caminho da rodovia de maior altitude no planeta.

Histórico: O percurso da estrada de Karakoram (KKH) marca um dos muitos caminhos da antiga Rota da Seda, a rodovia Karakoram (KKH), é conhecida por ser a rodovia/estrada internacional pavimentada em altitude mais elevada do mundo, mas que em seu ponto de maior altitude na fronteira  entre a China e o Paquistão é pavimentada apenas do lado chinês.

Estrategicamente muito próxima à Ásia Central, é o ponto de encontro das maiores cadeias de montanhas do mundo, as cordilheiras do Himalaya, do Karakoram, do Pamir e do Hindukush.

O ponto de encontro/convergência  essencial é o nó Pamir, um enorme emaranhado de altas montanhas e planaltos interligando regiões do norte do PaquistãoAfeganistão, e os estados da Ásia Central  desde o TadjiquistãoAfeganistão e o Quirquistão e o noroeste da China (a província de Xinjiang/Uygur)

Cordilheira do Karakoram é o local da maior concentração de grandes montanhas com picos com altitude de mais de oito mil metros de altura que existam em qualquer lugar na Terra, incluindo a Montanha Gigante K2, o segundo pico mais alto do mundo (8.611 metros). O K2 é apenas 237 metros menor do que o Monte Everest  com 8.848 metros de altura.

monte-K2-himalayas

O imponente pico do K2 (também conhecida como monte Chogori, Dapsang ou Qogir Feng) é uma montanha da cordilheira de Karakoram, uma das cadeias dos Himalayas, na fronteira sino-paquistanesa (na região da Caxemira ocupada, no Baltistão). É o segundo pico mais alto do mundo, depois do Monte Everest. Foto tomada pelo lado norte, ao amanhecer.

Nesta região, em um intervalo de cerca de 500 km de comprimento, está situado o mais forte glaciar/geleira do mundo fora das regiões polares. O GLaciar de Siachen com 70 km e o Glaciar Biafo de 63 km os segundo e terceiro maiores glaciares do mundo fora das regiões polares.

A estrada liga a CHINA e o Paquistão através da cordilheira de Karakoram. Ele se conecta à região chinesa de Xinjiang com a região de Gilgit-Baltistan no Paquistão e também serve como uma grande atração turística. Devido à sua elevada altitude e as condições difíceis em que foi construída, é também referido como o “Oitava Maravilha do Mundo”.

Próxima à cidade de Chilas em uma enorme curva à esquerda, junto ao rio Indus esta situada a montanha NANGA PARBAT, que se ergue a 8.125 metros de altitude, sendo a nona montanha mais alta do mundo.

A estrada de Karakoram, também conhecida como Rodovia da Amizade Paquistão/ China, foi construída pelos governos do Paquistão e da China. O trabalho começou em 1959 e foi concluído somente em 1986 após 27 anos de trabalhos. 

PICO-NANGA-PARBAT

O imponente pico do NANGA PARBAT, a 8.125 metros de altitude.

Essa estrada liga a província do Gilgit-Baltistan do Paquistão através de trecho da antiga Rota da Seda e percorre aproximadamente 1.300 km de Kashgar, uma cidade na região de Xinjiang da China, até Abbottabadno Paquistão. 

Essa rodovia também cruza a zona de encontro/colisão entre as placas tectônicas da Eurásia com a Placa da Índia, uma região onde a China, o Tajiquistão, o Afeganistão e o Paquistão estão à distância de cerca de 250 km em media um país do outro.

Devido em grande parte ao estado extremamente sensível de tensão política na região da Caxemira, que é um grave ponto de discórdia e disputa territorial (já tendo ocasionado inclusive guerras entre os dois países) entre a Índia e o Paquistão (dois países que desenvolveram e possuem bombas atômicas), a rodovia Karakoram tem uma grande importância estratégica e militar para todos os países da região.

Mapa-estrada-Cordilheira-Karakoram-419px-KKH

Acima: O Mapa da estrada da Cordilheira de Karakoram (KKH)

Ela é considerada a rodovia internacional pavimentada de maior altitude em todo o mundo, mas em seu ponto mais alto, na fronteira entre a China e o Paquistão só é asfaltada do lado chinês. 

Ela conecta o noroeste da CHINA e o norte do Paquistão, através da Cordilheira do Karakoram e em grande parte seguindo o curso do rio Indus, através da passagem Khunjerab, a uma altitude de 4.693 metros (15.397 pés) nesse local, com a sua altitude diagnosticada confirmada por SRTM e múltiplas leituras de satélite via GPS. 

A estrada/rodovia de Karakoram é conhecida informalmente como KKH , e – dentro do Paquistão – oficialmente como Rodovia N-35 , e na China oficialmente como  Estrada Nacional da China 314 (G314).

Após a ÍNDIA ficar sabendo sobre este novo acordo assinado entre Paquistão e o dragão CHINÊS (O Paquistão tendo sérios problemas de fronteira na disputa da região de Caxemira com a Índia), o país anunciou que seriam gastos US$ 10 bilhões para construir 558 novas estradas (totalizando 27,986 km, até 2030 a um custo de mais de 500 bilhões de rúpias (US $ 10 bilhões) em um esforço para fortalecer sua infra-estrutura ao longo das fronteiras com a China e o Paquistão) ao longo da fronteira com o Paquistão e com a CHINA para garantir sua própria segurança, mas este relatório adverte que as obras não serão concluídas em tempo suficiente para proteger o acesso por terra dos exércitos convencionais da CHINA ao Oriente Médio e depois ao Ocidente.

O DRAGÃO CHINÊS lentamente se movimenta, em várias frentes…

“E viu-se outro sinal no céu; e eis que era um grande DRAGÃO VERMELHO, que tinha sete cabeças e dez chifres, e sobre as suas cabeças sete diademas.   Apocalipse 12:3 

dragão-triad

E foi precipitado o grande DRAGÃO, a antiga serpente, chamada o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele.   Apocalipse 12:9

Ainda mais preocupante para o Ocidente tem sido o estabelecimento pela CHINA de rotas aéreas para reabastecer em vôo seus aviões de guerra que já estariam sendo preparados para uma guerra no Oriente Médio, que incluiria o Paquistão, Irã e a Turquia (e provavelmente os países do Cáucaso).

O ministro da Defesa russo Serdyukov declara no seu relatório que as ações da CHINA para proteger o seu futuro energético estariam baseadas no acesso ao petróleo do Oriente Médio (IRÃ) e Ásia Central, (sem o qual não poderia sobreviver sua crescente atividade econômica) e a CHINA também acredita que os Estados Unidos poderão se voltar contra ISRAEL (nesse caso basta ao governo dos EUA retirarem o apoio à nação judaica… e as portas do inferno serão abertas no planeta pelo estado sionista de ISRAEL) se utilizando do mesmo tipo de  manobra que as Nações Unidas usou para lançar ataques contra a Líbia.

Os temores que a CHINA tem, aparentemente estão se confirmando, pois o Secretário Geral das Nações Unidas Ban Ki-moon , anunciou que a ocupação israelense de terras palestinas capturadas em guerras posteriores à situação de 1967  é  moralmente e politicamente insustentável” e o ex-presidente da Câmara de Representantes no Congresso dos EUA, Newt Gingrich, ainda avisou que o governo dos Estados Unidos sob a presidência de Obama é “dominado por uma elite secular, anti-cristã e anti-semita (ANTI-ISRAEL).” 

china-paquistão-rodovia-altiplano

A rodovia possui as mais belas paisagens de montanhas geladas, estepes, lagos, etc..

É de crítica importância para Israel a manutenção da paz mundial, o ministro Serdyukov continua, que se encontra em doutrinas militares fundamentais da Rússia, que aderem a um equilíbrio de forças em que nenhuma nação pode empreender um ataque a outra sem também ser destruída, uma doutrina implementada com sucesso durante a Guerra Fria (1947-1991), que por quase 60 anos evitou outra Guerra Mundial, que provavelmente teria sido a última.

Após o fim da Guerra Fria na década de 1990, diz o ministro Serdyukov, os Estados Unidosliberou-se a si mesmo e, juntamente com seus aliados no âmbito do comando” da OTAN e da ONU começou sua primeira guerra contra o Iraque em 1991 e continuou a sua ofensiva implacável até os dias de hoje para assumir o último controle das demais fontes de energia  ainda disponíveis no planeta, e quase todas ou a maioria das grandes e abundantes fontes de petróleo estão localizados no volátil e explosivo Oriente Médio e na Ásia Central.

eurasia-map1

Com a passagem assegurada ao norte do Paquistão, os EXÉRCITOS da CHINA tem acesso por terra livre à seu aliado, o IRÃ e ao Oriente Médio, à TURQUIA e dai à Europa.

Agora, a partir deste ponto, é fundamental que o leitor entenda que os Estados Unidos sob os governos  de Bush (pai e filho) e Obama mudaram fundamentalmente a aliança da América a partir de um apoio irrestrito a Israel e aos países árabes sunitas para um apoio ao Irã e para os muçulmanos xiitas. 

Em um relatório anterior “Obama  está preparando o Mundo para o retorno do Mahdi, o “último IMÃ e profeta para a seita Islâmica Xiita”, que bateu de frente com o alerta de Newt Gingrich sobre esta mudança radical (se acontecer) na política externa com países aliados, principalmente com ISRAEL.

Ao contrário do temor das elites nos EUA que conhecem e manipulam a verdade, nós detalhamos surpreendentemente que o novo aliado de Obama seria o IRÃ, mesmo por que Barack Hussein Obama seria da FÉ MUÇULMANA, um fato extremamente importante e que ele mantém em segredo absoluto para os seus eleitores e o mundo ocidental…

mahdi-thecoming

Para compreender por que razão a América de Obama  estaria abandonando ISRAEL e seus ex-aliados árabes sunitas e mudando o seu apoio para os muçulmanos xiitas é preciso primeiro saber a diferença entre essas duas principais facções do Islã. Os Muçulmanos Sunitas são o maior ramo do Islã que compreende quase 85% de todos os fiéis da religião muçulmana, enquanto os muçulmanos xiitas compõem os demais 15%.

Mais informações em:

  1. http://thoth3126.com.br/o-brasil-esta-a-venda-e-a-china-compra/
  2. http://thoth3126.com.br/china-investe-pesado-na-a-latina-e-brasil/
  3. http://thoth3126.com.br/russia-e-china-assinam-acordo-de-400-bilhoes/
  4. http://thoth3126.com.br/russia-e-china-abandonam-o-dolar-americano/
  5. http://thoth3126.com.br/canal-na-nicaragua-russia-e-china-desafia-os-eua/
  6. http://thoth3126.com.br/china-um-golpe-de-estado-no-mercado-mundial-de-ouro/
  7. http://thoth3126.com.br/china-passa-a-controlar-campos-de-petroleo-e-gas-dentro-dos-eua/
  8. http://thoth3126.com.br/china-abre-caminho-para-o-oriente-medio-e-europa/
  9. http://thoth3126.com.br/chinag-77-discutem-uma-nova-ordem-mundial/
  10. http://thoth3126.com.br/china-construira-linha-de-trem-de-alta-velocidade-entre-moscou-e-pequim/
  11. http://thoth3126.com.br/china-espiona-e-rouba-segredos-dos-eua/
  12. http://thoth3126.com.br/china-se-prepara-militarmente/

Publicado originalmente em Setembro de 2012.

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

thoth-escribawww.thoth3126.com.br

3 Responses to China abre caminho para o Oriente Medio e Europa

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *