browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Mudanças climáticas: Cerimônia do Fogo Sagrado na Groênlandia

Posted by on 26/02/2015

Depois que a última árvore tiver sido derrubada. Depois que o último rio tiver sido envenenado. Depois que o último peixe tiver sido capturado.

Então, o homem branco descobrirá que o dinheiro não pode ser comido.   Standing Elk-Chefe Lakota (Nação Sioux) 

A Cerimônia do FOGO SAGRADO na Groenlândia

Eram dias de verão em julho de 2009. O sol, que não vai se por durante esta época do ano, brilha para baixo em um campo, a 25 quilômetros a oeste de Kangerlussuaq, o único aeroporto internacional na maior ilha do mundo, a Groenlândia.

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

Fonte: http://en.icewisdom.com/index.php/return-of-the-sacred-fire-2

Por Christoph Quarch. Tradução  para o inglês Donna Weidner.

Em 17 a 19 julho de 2009 Xamãs de todos os continentes vieram para a Cerimônia do Fogo Sagrado na Groenlândia para compartilhar e atingir um objetivo em comum: Para derreter o gelo no coração do homem.

Um memorável encontro ocorreu aqui, onde o interminável gelo finalmente termina. Este é agora um momento em que o homem não pode mais ter certeza de que o gelo é verdadeiramente infinito. A expansão da geleira revela a resposta. A cobertura de gelo está se DERRETENDO e DIMINUINDO ano a ano.

Angaangaq,  um  ancião e Shaman da raça esquimó (Inuit), tem certeza: “Somente quando conseguirmos derreter o gelo no coração do homem, vai ser possível uma transformação, uma mudança que nos permitirá atender ao derretimento do Big Ice (as geleiras que cobrem a Groenlândia), e para lidar com a resultado das mudanças climáticas”.

E como se o Big Ice quisesse enfatizar as palavras do Shaman Inuit, um estrondoso ribombar rola sobre a tundra. Mais uma vez um imenso bloco de gelo com toneladas se rompeu do Big Ice, um fluxo de gelo que percorre desde 12 km das geleiras do gelo interior, sinuosamente para baixo, para as verdes colinas ondulantes  do oeste da Groenlândia.

São dias de verão em julho de 2009. O sol, que não vai se por durante esta época do ano, brilha para baixo em um campo a leste, a 25 quilômetros a oeste de Kangerlussuaq, o único aeroporto internacional na maior ilha do mundo, a Groenlândia. Um memorável encontro está ocorrendo aqui, aqui, onde o interminável gelo finalmente termina. 

Este é agora um momento em que o homem não pode mais ter certeza de que o gelo é verdadeiramente infinito. A expansão da geleira revela a resposta. O gelo está se derretendo e DIMINUINDO ano a ano (e acabou três anos depois dessa reunião: agora em 2012). 

groenlandia-nasa jl

A extensão do desaparecimento do gelo na Groenlândia em apenas quatro dias (de 08 a 12 de julho) no ano de 2012 é visível na foto do satélite.

E está derretendo rapidamente. Vinte centímetros por dia, diz o Shaman Angaangaq. Sozinho nos últimos dez anos, o Big Ice em Kangerlussuaq sofreu uma perda de 40 metros de sua espessura. “Ao mesmo tempo, os níveis do mar estão subindo.” Angaangaq pinta um quadro sombrio.

Londres vai afundar. Boston vai afundar. Bangladesh vai afundar. A Holanda vai afundar. E ninguém será capaz de detê-lo(n.t. E o Rio de Janeiro, Salvador, Recife, Fortaleza, São Luiz, Santos, Florianópolis, Vitória, Porto Alegre, Aracaju, João Pessoa, …) Há somente uma coisa a fazer: ” Temos de derreter o gelo no coração do homem.”

E é por isso que vim. É por isso que cerca de 150 pessoas fizeram a mesma coisa ao virem até o fim do mundo para acender um fogo sagrado em frente ao cenário de tirar o fôlego do Big Ice como pano de fundo. Este é um fogo provocado para abranger e abraçar o mundo inteiro – um fogo cujo significado maior é alcançar o coração das pessoas em todo o planeta – um fogo que vai fazer o gelo do egoísmo e da indiferença derreter. Os amigos e companheiros do Ancião e Shaman esquimó Angaangaq da Europa e dos EUA chegaram. Anciãos de sua família da Groenlândia também vieram. Além disso e mais importante, Shamans e Anciões indígenas (os povos que mais respeitam a Mãe Terra) de todos os continentes também vieram. Eles são os únicos que vão colocar a sua marca especial sobre este sagrado e  memorável encontro.

O meu dever e obrigação é para acender o fogo físico na Groenlândia e fazer a conexão com o fogo shamânico cósmico do universo“, diz Savjei, o mais importante e venerável Shaman Evenki do longínquo Yakutsk, também conhecido como a República Russa de Sakha na Sibéria. Savej é um dos últimos grandes Shamans  do planeta, talvez o mais antigo da mais arcaica cultura shamanista  no mundo a da Sibéria. 

Ele fala de uma visão que teve muito antes de ele receber o convite para participar dessa cerimônia na Groenlândia: ele se viu em uma terra distante e como uma fonte de ignição para um fogo sagrado, e que seria seu dever para transformar este fogo em um fogo cósmico. 

O ancião e Shaman SAVJEI, o mais importante e venerável Shaman Evenki  do longínquo Yakutsk, também conhecido como a República Russa de Sakha na Sibéria

O ancião e Shaman SAVJEI, o mais importante e venerável Shaman Evenki do longínquo Yakutsk, também conhecido como a República Russa de Sakha na Sibéria

Univu e Haru Kontanawa também seguiram uma visão que tiveram antes de sua ida para a Groenlândia. Os dois, pai e filho, vieram de um canto remoto da selva amazônica, do estado do ACRE no BRASIL a fim de dar a sua bênção ao Fogo Sagrado. Aconteceu a mesma coisa para os outros anciãos e shamãs que se juntaram ao redor do fogo sagrado: Mohan Rai  chegou com sua Shaman Maile Lama a partir do distante NEPAL. Eduardo, que mastiga incessantemente uma folha de coca, é da Bolívia. Rika e Yoshimaru Higa, um casal de Shamans , são provenientes do Japão.

Estão presentes Dave Courchene e Art Cisneros que são dois anciões e shamans nativos da América do Norte (peles vermelha)Mandaza Kandemwa é um Shaman Bantu do Zimbabwe. Também presente Wai Morgan um Maori da Nova Zelândia. E para não dizer que o mundo ocidental e moderno não enviou ninguém, Jane Goodall, a mulher que vivia com os chimpanzés na África, também fez seu caminho para participar da Cerimônia do Fogo Sagrado como Embaixadora da Paz das Nações Unidas.

A visão aparece como estando ao fundo da cerimônia também para os anfitriões da Groenlândia. Ou melhor dito, uma profecia:  “Um dia, quando o mundo mais precisar, o Fogo Sagrado irá retornar para as pessoas nativas do topo do mundo.”  Este momento já havia sido previsto. Este será o momento em que uma grande mudança vai surgir em um novo amanhecer.

redskin-nature-picture

A cerimônia do ” Fogo da Terra”  significa um fogo feito de madeira de árvores que cresceram na Groenlândia. A perspectiva dessa reunião cerimonial acontecer,  há apenas 20 anos atrás deve ter parecido absurda, pois nenhum arbusto havia ou se atreveria a crescer mais de meio metro de altura sobre a escassa tundra congelada.

 Mas agora é diferente. Os salgueiros anões ao longo da encosta inclinada da montanha Blackface cresce tão alto quanto um homem: agora a sua madeira pode ser usada para fazer uma pequena fogueira. Reunir e encontrar esta madeira é o trabalho da mulher. Esse é o costume e as instruções de Angaangaq. Ele envia o colorido comboio em seu caminho. Em observado e respeitoso silêncio elas vão em busca da lenha para o fogo sagrado.

Entretanto, os homens preparam o local em que será feito o fogo. Cinzas de fogueiras de vários países que foram trazidas são colocados na cova;  ofertas abençoadas de círculos de fogo ao redor do mundo fazendo a sua ligação com o encontro sagrado na Groenlândia.

Quando finalmente as delicadas chamas tremulam, os Anciãos da Groenlândia se aproximam para anunciar a sua mensagem. Nós sempre nos sentimos compromissados e obrigados com a Mãe Terra”, diz a anciã e shaman Atsaarsuaq Hansiina (Foto a seguir), que aos 81 anos é a pessoa  mais antiga participante da cerimônia

“Nossos antepassados tinham a terra em alta conta e nos deixaram-na em boas condições para a sua prole (nós). Eles nunca levaram mais da terra do que precisavam para viver. Eles não eram ricos com bens (materiais), mas eles eram ricos de alegria (e consciência). Eu acho “, diz ela,” que os nossos antepassados, que não sabiam ler ou escrever, sabiam mais do que todos os homens educados entre vós. Eles respeitavam os animais e as plantas. Eles honravam a Mãe Terra. Eles sempre consideraram o grande equilíbrio com respeito. “ 

AtsaarsuaqHansiina-SNieder

Ao lado: A venerável anciã Atsaarsuaq Hansiina que disse: 

Muito antes de alguém falar das mudanças climáticas, nosso povo percebeu que algo estava mudando. Nós não somos a causa da mudança climática, no entanto, somos os primeiros a sentir os seus efeitos. Imagem: Sven Nieder

Com isso ela chamou ao tema fundamental do encontro. Todos  os anciãos e Shamans concordaram com ela: “Sim, toda a miséria das mudanças climáticas decorre do fato de que as pessoas perderam o respeito pela Mãe Terra. Sim, temos enlouquecido porque já não apreciamos (ou respeitamos) o conhecimento dos Anciãos

Sim, temos ferido a grande Lei do Equilíbrio e temos tomado e arrancado mais da terra do que temos necessidade. E, sim, é hora de descobrir a moderação novamente e praticar a moderação, que é inerente ao coração, a moderação que todos poderiam praticar, se os seus corações não estivessem congelados.”

Então, agora, de acordo com a profecia da Groenlândia, o tempo da grande mudança chegou. Curiosamente, o avanço das mudanças climáticas e o aquecimento da terra tinha que acontecer primeiro para que o fogo na Groenlândia, no cosmos e nos corações de todos novamente pudesse ser acendido. Para ter certeza disso, ninguém do grupo dos shamans que se reuniam ao redor do fogo ao pé do BIG ICE em 17 de julho de 2009, poderia desvirtuar o significado desta cerimonia. Para ter essa certeza, ninguém dos participantes poderia não sentir de que era o portador de um grande fogo que se destina a abrir o seu caminho ao redor do mundo.

“Eu Rezo para que o sopro do gelo possa levar o seu calor para todos os países do mundo”, diz Akkaaraq, também um honorável ancião da Groenlândia. E Dave Courchene, o ancião nativo pele vermelha da Ilha da Tartaruga, do Canadá acrescenta a esta oração uma visão adequada: “Não tenhais medo”, ele clama para o círculo de fogo, “O gelo vai se tornar líquido. O gelo vai virar água. Estabelecendo assim a essência livre do gelo: o espírito da vida. Os rios no mundo farão isso. Um novo tempo começa“.

Mensagens dos Xamãs:

“Nós abusamos da terra. Estamos direcionando uma mudança que está causando ao Big Ice se derreter. A mudança climática é irreversível e imparável. Não podemos mudar a Terra. Ela é mais forte do que nós. Mas nós podemos mudar a nós mesmos pelo derretimento do gelo nos nossos corações e começando a usar o nosso conhecimento gigantesco com sabedoria. Para isso, temos de ser fortes. Temos de ser inquebrável como uma banda de trançado de capim. Sozinhos, somos fracos. Juntos, somos fortes, ligados um com o outro, ligado a nós mesmos. Quando o espírito, coração e corpo estão ligados dentro de nós, nós nos tornaremos fortes. Isto é o que a mudança climática exige de nós. “ Angaangaq, da Groenlândia. 

Angaangaq_SNieder

À direita: Angaangaq Angakkorsuaq. Foto: Sven Nieder

“A natureza é o nosso Deus. Nossa cultura é uma cultura de paz, amor e compaixão. Vamos ficar juntos, juntos com nossa Mãe Terra! A Mãe Terra está em nossos corações e mentes. Confiemos na Mãe Terra! No entanto, a Mãe Terra está doente. Ela tem febre. Temos que curá-la. Portanto: Preste atenção à nossa Mãe Terra! Dedique 10 minutos por dia a nossa Mãe Terra! Ela sempre tomou conta de nós. É tempo de cuidar dela. ” Mohan Rai, Nepal

“Nós esquecemos a sabedoria dos Anciãos. Eles preservaram a terra para os seus filhos. No entanto, nós destruímos o planeta que estamos a entregar aos nossos filhos. Talvez precisamos primeiro sentir o derretimento do Grande Gelo no Norte, a fim de encontrar a porta de entrada para nossos corações. Vamos ouvir a sabedoria dos povos indígenas e aprender não só para tirar da terra, mas também para dar a ela. ” Jane Goodall, da Grã-Bretanha

“Chegou o momento em que uma nova vida está se desenrolando. Nós vamos além de nossas fronteiras e na unidade da experiência. Abrace a Unidade! Viva a vida de uma humanidade. Esta nova vida nos dará a oportunidade de levar uma vida de verdade. Uma vida que é consistente com nossa essência. Nós somos os filhos de um mundo novo, um mundo em que a lei do amor reinará. David Courchene, Canadá. 

DavidCourchene

David Courchene

David Courchene , cujo tradicional nome indígena significa Líder Homem da Terra é um Ancião indígena e líder espiritual da Nação indígena Anishnabe, Eagle Clan (Clã da Águia). Descendente de uma longa linhagem de chefes e líderes de seu povo, ele se sentiu compelido por forças além de seu controle para parar seu trabalho como educador e ir em uma expedição de cerimonial de paz para ser realizada em todo o mundo.

Muito antes de alguém falar das mudanças climáticas, nosso povo percebeu que algo estava mudando. Nós não somos a causa da mudança climática, no entanto, somos os primeiros a sentir os seus efeitos. Nossos antepassados cuidaram da terra. Eles cuidaram dos animais e plantas. Hoje é tempo de lembrar a sua sabedoria. É hora de compreender que tudo está conectado, que vivemos juntos em uma terra. Temos de nos juntar todos juntosAtsaarsuaq Hansiina, Groenlândia

“Vamos nos reunir e vamos compartilhar nossos segredos … porque não há mais segredos. Se há pessoas suficientemente corajosas sobre a terra, então a humanidade terá uma chance. Quando vivemos como uma Família-Nós e não mais como muitos Família-EU, então nós vamos curar a terra. Conectem-se com os vossos corações! Torne-se um da Família-NÓS! “ Wai Turoa-Morgan, Nova Zelândia

“O mundo está em transformação. Cabe a nos a adaptação a esta mudança com amor. Cabe a nós para preparar o terreno para esta mudança. A Terra traz todos os recursos dentro dela. Novos remédios vão crescer. Vamos fazer um pacto com a natureza. Desta forma iremos nos conectar com o divino. Desta forma, vamos viver como seres divinos! ” Eduardo Pareja Sinamis, Bolívia. 

Haru Kuntanawa, jovem liderança indígena do Acre, é um dos embaixadores dos povos indígenas pela Paz Mundial na ONU, fundador do Instituto Guardiões da Floresta.

Eu sou uma seta de amor e paz. Minha mensagem é simples: A terra de onde eu venho está manchada com o sangue inocente dos seus habitantes. A ganância das companhias de petróleo que derramam óleo a cada dia. Eles estão destruindo o pulmão do mundo. Isso deve parar. É o seu e o meu dever para-los. Não há limites. Os limites são ilusões. Os Países são fantasmas. Há apenas uma terra. Nós somos uma família. “ Haru Kontanawa -ACRE,  na Amazonia / BRASIL.

Copyright © 2011 IceWisdom

Para mais informações ver em:

  1. http://thoth3126.com.br/mudancas-climaticas-groenlandia-sofre-degelo-extremo/;
  2. http://thoth3126.com.br/uma-visao-pessoal/;
  3. http://thoth3126.com.br/mudanca-nos-polos-magneticos-a-ciencia-se-dobra-as-profecias/;
  4. http://thoth3126.com.br/a-terra-esta-a-beira-de-grandes-mudancas/
  5. http://thoth3126.com.br/amas-a-anomalia-magnetica-sobre-o-brasil/  

{n.t. E Cristo, vendo a multidão, subiu a um monte, e, assentando-se, aproximaram-se dele os seus discípulos; E, abrindo a sua boca, os ensinava, dizendo:

“Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus;
Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados;
Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra;
Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos;
Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia;
Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus;
Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus;
Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus;  Mateus 5:1-10 }

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

4 Responses to Mudanças climáticas: Cerimônia do Fogo Sagrado na Groênlandia

  1. Vera

    http://www.facebook.com/icewisdom/info

    Tive grande satisfação em conhecer este grande homem, em 2008, e participar de um
    workshop num final de semana em agosto. Convidou o grupo todo para participar dessa
    cerimonia na Groenlandia. Infelizmente não pude comparecer. É chamado carinhosamente de UNCLE (tio) por vai pela Terra espalhando seus conhecimentos.
    VeraQ

    • Thoth3126

      É graças a grandes almas de homens e mulheres de povos com grande tradição de respeíto e veneração pela Mãe Terra, do seu trabalho como xamãs, e a dedicação em defender a vida, que grandes catástrofes que poderiam ter acontecido em nosso planeta, ou foram canceladas e/ou amenizadas, permitindo que mais pessoas despertem para a necessidade de se amar e respeitar a Grande Mãe Terra.

  2. natalie

    I am really inspired together with your writing skills as neatly as with the format for your blog. Is that this a paid topic or did you customize it your self? Anyway stay up the excellent quality writing, it is uncommon to peer a great blog like this one nowadays..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *