browser icon
You are using an insecure version of your web browser. Please update your browser!
Using an outdated browser makes your computer unsafe. For a safer, faster, more enjoyable user experience, please update your browser today or try a newer browser.

Nazismo, Hitler, UFOs e as Sociedades Secretas

Posted by on 09/10/2016

SOCIEDADES SECRETAS, Hitler  e o Nazismo

A realidade histórica pode ser considerada sob dois aspectos. Um aspecto concernente à opinião pública geral e esse aspecto torna-se mais tarde a história “oficialmente aceita como a verdade dos fatos”, graças às pessoas que colocam por escrito as informações da qual chamamos de opinião pública, divulgada para  (e aceita sem contestação por)  cada cidadão pela mídia…

Uma mentira cem vezes dita, torna-se a verdade. Joseph Goebels, Ministro da Propaganda da Alemanha Nazista.


Edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Traduzido do francês da fonteLes Societes Secretes, et leur pouvoir au 20eme siecle,  de Jan Van Helsing, Copyright © 1995 by EWERTVERLAG S. L.

Por Jan Van Helsing:

… O outro, ao contrário, trata dos acontecimentos que não se tornam públicos. É o mundo do comportamento das lojas secretas, o mundo das causas, que misturam capital, política, economia, religião, ocultismo e todos os aspectos da vida humana em que o controle da mesma possa ser exercido.

É nesse nível obscuro e secreto para as massas que nascem ou são divididas as nações e os povos, que as guerras são tramadas, que os presidentes são nomeados ou eliminados se eles não funcionarem de acordo com a vontade dos controladores. Para o cidadão que forma sua opinião e sua concepção do mundo principalmente a partir do que se veicula nos grandes veículos da mídia, tal como os jornais, revistas, a televisão, partidos políticos, o rádio, os filmes de Hollywood, do que lhe diz o sacerdote de sua religião ou seita, e mais recentemente a Internet ou a partir dos conhecimentos adquiridos na escola ou na literatura que define que ‘‘todo o mundo é assim’’, poucas coisas das quais se fala nas linhas e páginas seguintes ser-lhe-ão familiares.

É fácil compreender pensamentos tais como: ‘‘Eu nunca ouvi falar sobre isso’. Evidentemente, os trabalhos de uma loja secreta e de seus integrantes só atingem sua finalidade se permanecerem secretos. A existência por si só de uma loja secreta mostra que aí existem coisas de uma importância tão grande aos olhos dos irmãos da loja que estes desejam escondê-la dos olhos dos outros seres humanos. O que poderá, pois, ser isso que necessita ser escondido?

Assim como será mostrado, numerosos irmãos das diferentes lojas de sociedades secretas ocupam posições em nosso mundo normal as quais não podemos sequer sonhar. Isso demonstra que aquilo que eles ocultam é justamente o motivo que os levou precisamente à posição que eles ocupam. Vamos apresentar um pequeno exemplo, para que alcanceis o que significam essas posições que só podemos ter em sonho: Uma das organizações principais que controla os fios que “movimentam os marionetes” nos EUA é o Council of Foreign Relations (CFR-Conselho de Relações Exteriores que controla a política externa dos EUA).

Essa organização ainda meio secreta está sob o domínio do sindicato Rockefeller e de uma sociedade secreta européia que tem o nome de ‘‘Comitê dos 300’’ (a explicação será dada mais adiante). Entre outros nomes da lista de membros do ‘‘Comitê dos 300’’ que encontrei no livro do Dr. John Coleman, intitulado “Conspirators Hierarchy: The Committee of 300″, li o seguinte nome: Sir John J. Louden.

É tempo para acordar pessoal…

Ele é representante do N. M. Rothschild Bank em Londres. Seus outros cargos são os seguintes: Presidente do Comitê do Conselho Internacional do Chase Manhattan Bank (Rockefeller), Presidente da Royal Dutch Petroleum, Diretor daShell Petroleum Company Ltde Administrador da Ford Foundation.

Isto mostra que esse homem reúne em si mesmo um poder e uma influência extraordinários. Como ele chegou lá? Isto provém justamente do fato de que ele é membro de sociedades e ordens secretas, e devido ao ‘‘Comitê dos 300’’. E no ‘‘Comitê dos 300’’ se encontram 300 pessoas desse calibre, e Sir Louden certamente não é o mais poderoso. Podeis imaginar que as decisões tomadas por essas pessoas em reunião possam ter uma influência considerável sobre nossa vida pessoal e sobre a história mundial?

Essas pessoas têm segredos que ocultam ao público. Elas sabem o que nós não sabemos, e é por essa razão que aqueles que se denominam os “Illuminatis” detêm tal poder. Quereis saber quais são os segredos dessesIlluminatis? Seus segredos são quase todos relativos ao passado histórico de nosso planeta, à gênese e à origem do ser humano, o quando e o porque de sua presença na terra, os OVNIS e às conseqüências que se seguem. Suponho que muitos dentre vós não lêem com prazer a palavra OVNI.

Capa do livro “Hierarquia de Conspiradores, A História do Comitê dos 300”, do Dr John Coleman.

Por isso é importante abrir-se para a novidade de que o assunto dos OVNI  não é tão recente, bem ao contrário. Para os europeus dão-se, com efeito, voluntariamente falsas informações, como para a maioria das pessoas sobre a terra, quando se trata de OVNI. Pois bem, isso é  devido a ação dos Illuminatique controlam justamente a mídia em todo o planeta! E especialmente na Alemanha.

Farei com que o leitor compreenda, por meio de um pequeno exemplo, que o tema dos OVNIs tem um fundamento muito real e muito terrestre: Existia, além da ‘‘Sociedade Thule’’, que será descrita em detalhes mais adiante, outra (e mais importante) ordem secreta no terceiro Reich Nazista de Hitler: a ‘‘Sociedade VRIL’’.

Esta última ocupava-se quase que exclusivamente daquilo que denominamos comumente de OVNI, sua tecnologia  e sua construção. Para isso trabalharam os cientistas Victor Schauberger e o Dr. W. O. Schumann, Schrieves, Habermohl, Miethe, Epp e Belluzo. A maior parte dos pilotos ingleses e americanos que ainda vive provavelmente se recorda de suas realizações como as aparições dos foo-fighters durante os combates aéreos nos céus da Europa.

Para saber mais sobre Comite dos 300 acesse: 

  1. http://thoth3126.com.br/illuminati-hierarquia-dos-conspiradores-o-comite-dos-300/
  2. http://thoth3126.com.br/illuminati-hierarquia-dos-conspiradores-o-comite-dos-300-final/

Os trabalhos foram enormemente acelerados quando, segundo eles disseram, uma nave extraterrestre caiu em 1936 (existe outra versão de que seres extraterrestres simplesmente aterrissaram e entraram em contato com os Nazistas) na Floresta Negra, na Bavária, sem entretanto sofrer estragos. [1] Após haver-se estudado com atenção o sistema de propulsão e em conexão desse saber àquele já enorme da ‘‘Sociedade Vril’’ sobre a teoria de fusão, implosão e antigravitação, se encetou a construção de protótipos.

Símbolo da THULE GESELLSCHAFT (Sociedade Thule) em 1910ocultismo nazista germânico operando com as forças das trevas.

Inventos tais como aeronaves VRIL 7 (foto a seguir), um helicóptero supersônico em forma de disco, não confundir com as bombas (os primeiros mísseis modernos) V 1 e V 2, bombas auto propulsivas com grande raio de ação já eram tão estupendos que o caça dos EUA, o Stealth parece mais com um brinquedo.

Citemos o exemplo do VRIL 7, desenvolvido por Richard Miethe, o qual, equipado com doze turbo propulsores BMW 028, por ocasião de um ensaio de vôo em 14 de fevereiro de 1944, em Peenemunde, após uma decolagem vertical, atingiu a altura de 24.200 m e em vôo horizontal, a velocidade de 2.200 km/h. Desde o fim do ano de 1942, fabricaram-se muitos exemplares do avião circular RFZ 6, denominado Haunebu II.

Seu diâmetro era perto de 32 m, sua altura no centro era 11 m, e sua velocidade de 6.000 km/h na proximidade da terra. Ele tinha uma autonomia de vôo de 55 horas, decolava na vertical, podia voar tão bem na horizontal como na vertical e principalmente em ângulo reto (o que caracteriza a forma de voar dos ovnis percebida pelas pessoas que os avistaram em vôo). Mais tarde, outras aeronaves VRIL estavam, entretanto, mais capacitados, pois eles permitiram, no início de 1945, fazer a volta em torno da terra em algumas horas. Um Haunebu II construído mais tarde, em versão grande modelo tinha um diâmetro de 120 m, com dormitórios integrados.

Mas para que foram feitos esses dormitórios, pois não seria necessário mais que algumas horas para fazer a volta em torno da terra? Muitos leitores perguntarão agora: ‘‘Por que Hitler não ganhou a guerra, se ele tinha a sua disposição semelhante tecnologia?’’ Uma das razões é que um número muito grande de discos voadores atingia desempenhos fantásticos em vôo, mas sua utilização para fins militares era quase impossível.

Projeto da espaçonave VRIL 7 desenvolvida pelos nazistas. Ao lado direito embaixo, uma foto parcial da médium Maria Orsic em frente ao protótipo do VRIL 7

A causa disso era a seguinte: o campo magnético propulsor, criado pelo mecanismo de levitação, gerava uma espécie de escudo de proteção (eletromagnético) em torno dos discos voadores que os tornava quase invencíveis a ataques inimigos, mas esse mesmo campo magnético, entretanto, tinha o inconveniente de não permitir a utilização de armas tradicionais, que estavam grandemente defasadas em relação à tecnologia apresentada pelas aeronaves, pois os projéteis não podiam atravessar ‘‘sem atrito’’ essa cortina magnética.

Os projetos dependiam da Sociedade Vril e da S.S. e isto significava que eles não estavam diretamente sob as ordens de Hitler e do partido nazista: de fato, eles não haviam sido elaborados para fins propriamente bélicos. Só mais tarde, quando a situação da Alemanha em guerra piorou, foi que se tratou de fazer entrar em ação os discos voadores, em uma última tentativa desesperada de inverter os rumos do conflito mundial.

Haunebu II

A maior parte das pessoas não teve o menor conhecimento e pressentimento dos verdadeiros alvos de Hitler, de sua formação em ocultismo, das lojas secretas das quais ele era membro, da ideologia que ele tornou sua. Elas ignoravam quem o havia colocado nessa posiçãoquem o financiava e nada sabiam dos motivos ocultos que essas pessoas sustentavam durante a Segunda Guerra Mundial. A ideologia de Hitler nada tem a ver com o que designamos com o nome de ‘‘realidade geral’’, tal como é contado nos livros escolares sobre o terceiro Reich NAZISTA.

Hitler era um místico, um alquimista e ocultista até a ponta dos pés, apesar de ter usado seu conhecimento e poder (a sua Alma sempre foi praticante de magia negra ao longo de suas encarnações) para servir às trevas, e é preciso situá-lo nessa ótica para compreender o que se passou durante o terceiro Reich. Para a maior parte dos historiadores ‘‘materialistas’’, que contam a história oficial, os processos dos criminosos de guerra em Nürenberg eram uma mistura de contos dos Irmãos Grimm e de contos de Fadas enfadonhos. {De acordo com o calendário e a profecia Maia (indígena), Hitler era o último Senhor das Trevas. Cada Senhor das Trevas reinava 52 anos e eles eram nove. (Nove vezes 52 anos é igual a 468 anos). O reinado de Hitler começou em 1935 e terminou em 1987, O ANO quando se iniciou a CONVERGÊNCIA HARMÔNICA – e a Terra iniciou contato com o Cinturão de Fótons.}

Projeto do Haunebu II

Observem que os Senhores das Trevas também são divinos e têm tarefas específicas, embora elas às vezes sejam terríveis e desprezíveis; porém o objetivo deles é trazer uma experiência de aprendizado para as massas. Hitler encaixa-se neste papel divino de maneira requintada; sua vinda atendeu os anseios por um libertador para o povo alemão e o seu papel era ensinar ao mundo que as guerras jamais deveriam acontecer novamente.

Por isso, não haverá uma terceira guerra mundial na Terra. Haverá mais uma grande guerra que será abafada, contida, para não chegar a ser global. Provavelmente ela acontecerá no Oriente Médio, e de forma bem clara ela já está escrita para acontecer neste exato momento.

Símbolo do SOL NEGRO (Schwarze Sonne, ou S.S. em alemão) uma estrela Anã Marrom companheira de nosso sol à qual os nazistas prestavam culto. 

Voltando a Nüremberg, por falta de conhecimento das verdade oculta por trás do nazismo, as pessoas não podiam colocar-se na pele dos acusados nem tinham conhecimentos prévios para alcançar o que esses homens relatavam. Dieter “Rüggeberg expôs isso com justiça dizendo: ‘‘Somente um ocultista pode reconhecer outro.  

Nos capítulos sobre as sociedades Thule e VRIL, deter-nos-emos mais sobre as ideologias que os sustentavam. Hitler e essas sociedades secretas sabiam muito mais sobre a origem do ser humano, sobre a origem e constituição da terra, UFOs, extraterrestres, deuses antigos, sobre a antigravitação, sobre a ‘‘energia livre’’, do que nos tem sido ensinado em nossos dias.

Por esse motivo, com receio de que o homem comum e desavisado pudesse descobrir esses segredos, os Aliados esconderam os documentos, livros e escritos relativos a esses assuntos referentes aos segredos dos nazistas alemães, seu contato com uma civilização extraterrestre (de um sistema solar da Constelação de Órion), ou até mesmo proibiram que fossem lidos. Eles asseguravam assim a possibilidade da humanidade continuar sendo manipulada.

Os Aliados e mais fortemente os EUA tinham um interesse capital em obter a tecnologia nazista desenvolvida pela ‘‘Sociedade Vril’’. Suas descobertas tinham sido mantidas secretas pelo terceiro Reich. São os russos que tiveram, a princípio, em mãos os planos de construção de todas as aeronaves.  Os cientistas alemães mais destacados, tais como Victor Schauberger e Werner von Braun, caíram nas mãos dos americanos e foram levados para trabalhar nos EUA através da  Operação Paperclip.

Hoje em dia, um dos maiores segredos referente à assuntos de segurança dos EUA se refere à construção de engenhos voadores desenvolvidos segundo esses planos, bem como de novas tecnologias obtidas através dos contatos dos militares americanos, a partir de 1947, (a queda de um UFO em Roswell) com outra raça de alienígenas. Esse foi, entre outros, um dos motivos que provocou o assassinato do presidente americano J. F. Kennedy. Houve ainda outras diferentes experiências feitas durante o terceiro Reich. Revelá-las agora desorientaria completamente a maior parte dos leitores agarrados à “sua” concepção original do mundo. Esses casos serão mais adiante o assunto de um capítulo separado.

Por que a maioria da humanidade nunca nada ouviu a esse respeito? Citemos, comor exemplo, a tentativa de criação de um território Nazista Alemão, o chamado Neuschwabenland (Nova Suábia) na Antártica, durante o final da Segunda Guerra Mundial.

Mais informações em:

  1. http://thoth3126.com.br/operacao-highjump-conexao-ufo-dos-nazistas-na-antartica/

Com o aumento do degelo começaram a aparecer as estranhas e enormes aberturas para o interior da terra na Antártica. Seriam acessos para uma base subterrânea? Uma base construída pelos nazistas?? São aberturas grandes o suficiente para receber UFOs de tamanhos razoáveis!!

Para saber mais:

  1. http://thoth3126.com.br/antartica-estranhas-aberturas-e-base-nazista-neuschwabenland/
  2. http://thoth3126.com.br/nazistas-na-antarticaum-video-russo-a-respeito/

Por que o almirante Richard E. Byrd necessitou de mais de 4.000 soldados americanos armados, de um porta aviões e de um grande auxílio militar quando partiu para, conforme declaração do governo dos EUA à época, “explorar a Antártica”, em 1947,? O que aconteceu para que ele voltasse somente com algumas centenas de homens vivos? Aparentemente eis aí perguntas sem respostas.

Por que tão poucas pessoas ouviram falar dos acontecimentos e dos desenvolvimentos relativos a Nikola Tesla, dentre os quais,‘‘as máquinas de geração de energia elétrica livre’’, a transmissão de energia elétrica sem fio,‘‘a  antigravitação’’ assim como ‘‘alterações meteorológicas por meio de ondas estacionárias’’, e uma arma letal chamada o Raio da Morte?

Quais seriam as conseqüências se tivéssemos acesso ao conhecimento das formas de energia livre, àquela da utilização das naves voadoras, que não necessitam mais do que um campo eletromagnético como fonte de energia (a mesma força natural de energia livre que movimenta esferas gigantescas como os sóis, planetas, luas, e galáxias inteiras, sem precisar de motores e combustível??), e se pudéssemos utilizá-las para nosso próprio uso, como combustível por exemplo? Isso significaria que não teríamos mais necessidade de utilizar gasolina. Não haveria mais dejetos, portanto, não haveria mais poluição.

Acima: A imagem da esquerda tirada antes de 23/02/2006 e a imagem da direita depois de 23/02/2006 no mesmo local, já com a abertura aparecendo, em consequência do aumento do degelo no continente da Antártica. 

Não teríamos mais necessidade de centrais nucleares, os seres humanos não poderiam mais ser encerrados num país atrás de fronteiras, e, principalmente, teríamos muito mais tempo à nossa disposição, pois também não seria mais necessário trabalhar tanto para obtermos alimento, pagar o custo do aquecedor, da rede elétrica, do combustível, dos transportes.

Poderíamos aproveitar esse tempo para meditar, por exemplo, sobre o sentido da vida e qual a razão para o homem existir. E essas formas de energia existem. As tecnologias foram criadas e existem pelo menos há mais de 90 anos e nos foram sonegadas e ocultadas. Por que isso ficou em segredo? Por que, pelo embargo da energia, da alimentação e pelo ocultamento dos conhecimentos, é possível exercer um maior controle sobre os seres humanos de nosso planeta.

Outra imensa abertura se revela no solo da Antártica.

Se qualquer um vier a descobrir e a utilizar esses conhecimentos, os controladores, entre os quais osIlluminati ou outros egoístas a serviço das trevas não poderão mais brincar de os todo-poderosos. As igrejas, as seitas religiosas, as drogas, as religiões, os partidos políticos, os políticos corruptos, o próprio senso de nacionalidade perderiam igualmente sua importância. É pois importante para os integrantes de sociedades como os Illuminati que essas coisas permaneçam ocultas do resto do mundo, assim seu poder permite-lhes continuar a alimentar a sua necessidade de controle através do medo permanente da humanidade. Este é somente um aparte para mostrar que o tema dos UFOs-Ovnis é mais explosivo e real do que muitos querem admitir.

Para saber maishttp://thoth3126.com.br/eventos-incriveis-acontecendo-na-antartica/

A ‘‘estratégia de estigmatizar e ridicularizar pesquisadores do assunto OVNIs e Sociedades Secretas e assuntos correlatos’ (tudo que desafia a história “oficial”)’ é parte do comportamento do Establishment que controla a Mídia Mundial (nas mãos de integrantes dos Grupos de Controle como os Illuminati).

Incluí-se aqui que o primeiro mandamento de uma loja secreta é nunca citar o nome da loja em público: pronunciar mesmo o nome de um irmão da loja é às vezes passível de pena de morte.

Qualquer um que pronunciasse, na escola secreta de Pitágoras por exemplo, o último teorema de Pitágoras, ‘‘o octógono’’, era passível da pena de morte. O octógono é uma chave importante para compreender a Merkabah, a designação do campo magnético natural de um ser humano  evoluído e desenvolvid o “ESPIRITUALMENTE” e leva,  pois, ‘‘à iluminação’’, isto é, a uma solução de todos os problemas definitivamente. Saber guardar um segredo é uma força interna.

O ser humano realizado em seu potencial espiritual e sua Merkabah

Isso permite conduzir bem as operações sem encontrar entraves, complicações legais ou um adversário potencial. Isso dá nascimento também a uma ligação, aquela de um grande saber, entre aqueles que sabem.Nesta parte de nossa narrativa no livro, vamos analizaruma pssagem de uma passagem de um livro, da cena principal de O Nome da Rosa, de Umberto Ecco, quando o abade cego pergunta ao inquiridor William de Baskerville (personagem de Sean Connery):

-‘‘O que desejais verdadeiramente?’’ 

Baskerville responde:

‘‘Eu quero o livro grego, aquele que, segundo vós, jamais foi escrito. Um livro que só trata da comédia, que odiais tanto quanto o riso. Trata-se provavelmente do único exemplar conservado do segundo livro da poesia de Aristóteles. Existem muitos livros que tratam da comédia, porque esse livro e precisamente tão perigoso?’’ 

O abade responde:

-‘‘Porque ele é de Aristóteles e vai fazer rir’’.

Baskerville replica: 

-‘‘O que há de tão inquietante no fato de que os homens possam rir?’ 

O abade responde:

‘‘O riso mata o medo, e sem medo não pode haver Fé. Aquele que não teme o Diabo não necessita mais de deus’’.(nem de sacerdote e religiões, ou seja, não precisa mais de “CONTROLE e caro leitor, esse deus é com letra minúscula mesmo!!)

Esta frase aproxima-nos mais do que podemos imaginar, da solução de muitos problemas que há no planeta Terra. Muitos dentre os leitores o sabem ou, espera-se, o descobrirão logo.Que o leitor torne a ler, pois, uma segunda vez essa citação.

Se uma loja secreta engana o público, mentindo-lhe e manipulando-o para alcançar um poder político e econômico, em detrimento de outros, ou da maioria, guardar um segredo pode tornar-se como o exemplo precedente, um instrumento de morte.Isto não significa que todas as sociedades secretas sejam destruidoras ou maldosas. Por exemplo, um dos numerosos ramos dos franco-maçons que surgiu após 1307 é oriundo dos Cavaleiros Templáriosque foram perseguidos pelo Vaticano, por ordem do rei francês Filipe IV, o Belo.

Aqueles que puderam escapar da prisão e da tortura imposta pelos inquisidores se refugiaram principalmente em Portugal, na Inglaterra e na Escócia. Lá, eles trabalharam em segredo durante séculos para trazer justiça ao mundo e para fazer crescer os direitos dos seres humanos.

Mas a história mostra que, de outro lado, sociedades secretas tais como, por exemplo,‘‘o 33.º grau do Rito Escocês dos franco-maçons’’, podem ser uma força perigosa capaz de eleger governantes, derrubá-los se de servir-se de alianças secretas para provocar perturbações globais.

Muitíssimos livros surgiram tendo como assunto os Illuminati, mas em sua maioria eles estão disponíveis apenas em inglês (o autor do texto é francês). O que me constrange é que eles foram escritos freqüentemente por fanáticos, quer sejam católicos, mórmons, testemunhas de Jeová, quer sejam os fanáticos de direita ou deesquerda de qualquer partido.

Certamente eles perceberam o que se passa entre nós, mas seus argumentos foram muito subjetivos, e eles finalmente puseram a culpa sobre outro grupo ou sobre Satã. Por isso, procuro concentrar de forma relativamente sumária e sem preconceitos os fatos que me parecem ser os mais importantes, concernentes aos mais diferentes setores da política, da religião, dos grandes conglomerados, da Mídia de Massa e das finanças.

Assim, toda pessoa, mesmo sem religião, que se sente livre e capaz ( e tenha interesse) de refletir por si mesma, deveria poder aceitar esses fatos e ater-se as causas, qualquer que seja a cor de sua pele. O assunto deveria, pois, permitir-nos compreender por que os Illuminati  não desejam que qualquer um possa ter o direito de saber tudo. Nenhum autor pode provavelmente conseguir dar-nos uma imagem global perfeita do emaranhado das lojas, das altas finanças e da política secretas deste planeta.

Este livro visa principalmente a mostrar ao leitor qual é a finalidade dessas pessoas e a forma da qual elas se utilizam para isso.Como já mencionei, a ação dos Illuminati  remonta pelo menos até à Suméria antiga, mas falarmos disso agora nos levaria muito longe e nos faria deixar de lado nossa finalidade. Vamos, pois, começar a interessar-nos pelos franco-maçons.

Voltemos nosso olhar para os três últimos séculos, o que é amplamente suficiente, porque se os nomes e as instituições mudam no decorrer da história, a força que permanece, ao contrário, não muda. Para resumir, diremos que existem muito mais lojas e ordens secretas que este livro não menciona e que elas existem desde a noite dos tempos.

Este livro deve permitir compreender que lojas e ordens secretas estão estreitamente entremeadas, e pode levar-nos a pressentir também que existem, mais do que nunca, seres poderosos que têm concepções de valor e interesses ‘‘um pouco diferentes’’ dos nossos. Este livro existe para dar um apanhado global das organizacões negativas, que infelizmente são a maioria.

Uma vez que nosso mundo material não pode existir senão na polaridade, podemos partir do princípio que há também um potencial muito importante de forças positivas e construtoras que mantêm o equilíbrio. Somente a maior parte dos seres humanos não está consciente da existência de tais forças nem dos efeitos provocados por aqueles que as utilizam com finalidades muito precisas.

Isso explica, entre outras coisas, porque eles ainda se deixam abusar tão facilmente. A finalidade principal é a de mostrar os caminhos positivos, mesmo tratando desse tema tão negativo, para que possamos ter acesso à nossa liberdade por nós mesmos. Assim, poderemos ‘‘desenvolver’’  de conformidade com a nova era uma nova compreensão das forças cósmicas, das organizações em seu conjunto global, das relações de pessoa a pessoa e poderemos ampliar nossa consciência.

Que o leitor não se desencoraje se não puder dominar de imediato esse fluxo de informações. Se tiver muitas vezes dificuldade de compreensão ou se sentir-se perdido nessas confusões, ele não deve pular, entretanto, nenhum capítulo, pois a coerência depende da leitura de todos os capítulos. Que ele não se apresse nem hesite em fazer às vezes duas leituras. A bibliografia permite um estudo autodidata e convida-vos a aprofundar vossa viagem de descobertas através da selva de informações. A retrospectiva histórica só leva em consideração a ponta do iceberg  ou, para manter-nos no assunto, a ponta da ‘‘pirâmide’’. Publicado em Março 2014.

Para saber sobre a história REAL de Hitler

  1. http://thoth3126.com.br/nazismo-hitler-um-instrumento-do-anticristo/
  2. http://thoth3126.com.br/nazismo-hitler-um-instrumento-do-anticristo-final-2/

Permitida a reprodução desde que mantido o formato original e mencione as fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com.br

13 Responses to Nazismo, Hitler, UFOs e as Sociedades Secretas

  1. Furia_Br

    é isso mesmo eu sempre acreditei que existia e existe uma sociedade secreta que nos manipula sempre!

  2. Anonimo

    Desde de criança sempre tive a mente muita aberta e sempre me questionei muito sobre a sociedade e religiões em geral , cheguei a conclusão que religiões são impostas na sociedade com intuito de manter a mesma organizada , tendo como principio a ajuda a humildade a compaixão com o próximo e que se você não seguir isso cairá em um Carma infernal após sua morte , Eles dão um modelo a ser seguido e nós fazem escravos da nossa própria mente partindo do principio que se você não seguir isso pagará futuramente para uma entidade superior.
    Mantendo a sociedade manipulada dependente de uma “moeda” para sobreviver ao pé da letra, ocupando 90% do seu tempo com o trabalho que enriquece um sistema não compreendido por nenhum cidadão e os outros 10% do tempo aplicando uma politica pão e circo ,mantém todo um sistema de pé perfeitamente, sendo muito difícil um cidadão emergido ao meio de tanto caos se dar conta do sistema em geral .

    Somos manipulados por alguma organização isso não há duvidas , e o mais triste que e impossível fugir do sistema , passaremos nossas vidas escravos morreremos sem saber porque estamos aqui e nossa origem , e no final é exatamente oque eles querem .

  3. G.Sivotene

    Sinto uma grandeza na vida que se segue, é como acordar e nascer de novo, a tanto para aprender, tenho 20 anos fui enviado para aprender, não sei a missão ou muito menos o motivo do qual penso de uma forma diferente das pessoas de minha idade e de mesma classe social no meio em que vivo! Sinto um chamado no meu interior, eu devo ir a cidade antiga dos incas.

    • Francisco Brito ventura

      G. Sivotene , tenho muito mais que o dobro da sua idade , mas quando tinha menos de 20 anos , com um nível de informação absurdamente menor do que vc tem hoje em dia , sentia igualmente a vc , pela minha experiência de vida posso te dizer que busque cada vez mais , abra a sua mente e naturalmente vc criará um “filtro” que o fará absorver somente a verdade , embora muitas vezes vc possa até achar que viver sem este conhecimento seria mais fácil e confortável , afinal , isto é o grande objetivo das trevas !!! Um abç.

    • EU

      …E aí, já foi??!!

  4. colares

    E que livro é esse de Aristóteles??

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *