browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Americanos estão “No Comando” da Guerra, diz jornalista francês que retornou da Ucrânia

Posted by on 12/04/2022

“Encontrei-me de frente com o Pentágono.” Um jornalista francês que retornou da Ucrânia depois de chegar com combatentes voluntários estrangeiros disse à emissora CNews que os americanos estão diretamente “no comando” da guerra no terreno ucraniano. A afirmação foi feita pelo correspondente internacional sênior do Le Figaro, Georges Malbrunot.

Americanos estão “No Comando da Guerra”, diz jornalista francês que retornou da Ucrânia

Fonte: Summit News

O jornalista e correspondente internacional sênior do Le Figaro, Georges Malbrunot disse que acompanhou combatentes voluntários franceses à Ucrânia, dois dos quais já haviam lutado contra o Estado Islâmico.

“Eu tive a surpresa, e eles também, de descobrir que para poder entrar no exército ucraniano, bem, são os americanos que estão no comando”, disse Georges Malbrunot.

Acrescentando que ele e os voluntários franceses “quase foram presos” pelos norte-americanos, que se afirmavam no comando, o jornalista revelou então que foram obrigados a assinar um contrato “até o fim da guerra”.

“E quem manda? São os americanos, eu vi com meus próprios olhos”, disse Malbrunot, acrescentando: “Achei que estava com as brigadas internacionais e me vi de frente para o Pentágono”.

Malbrunot também mencionou a América fornecendo à Ucrânia drones suicidas, algo destacado pelo secretário de Defesa Lloyd Austin em um tweet que revelou que soldados ucranianos estavam sendo treinados para usar os dispositivos em Biloxi, Mississippi, nos EUA.

Citando uma fonte de inteligência francesa, Malbrunot também twittou que as unidades britânicas do SAS [Special Air Service] “estão presentes na Ucrânia desde o início da guerra, assim como membros das forças especiais Delta americanos”.

A Rússia aparentemente está bem ciente da “guerra secreta” que está sendo travada na Ucrânia por comandos estrangeiros, do Reino Unido, dos EUA e outros que estão na região desde antes de fevereiro.

nulo

Tanto os Estados Unidos quanto o Reino Unido afirmaram cínica e publicamente que não haverá “botas no chão” [militares] na Ucrânia, mas aparentemente tem havido uma presença militar dos EUA-Reino Unido desde o início da guerra.

“As pesquisas mostraram que no período que antecedeu a guerra a esmagadora maioria dos americanos queria que nosso governo ficasse de fora, mas nossos [pseudo] “líderes” sabem melhor e estão mais do que felizes em arriscar uma Terceira Guerra Mundial em defesa do regime fantoche da Ucrânia”, escreve Chris Menahan .


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal   AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)” para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


Mais informação adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

One Response to Americanos estão “No Comando” da Guerra, diz jornalista francês que retornou da Ucrânia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.