Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Brasil Supera os EUA como Maior Exportador de Milho global

Parece que real e rapidamente está emergindo uma nova ordem mundial, com os BRICS+6 e a Organização de Cooperação de Xangai [SCO] a oferecerem alternativas comerciais em commodities ao (Hospício “Acordado” doOcidente Hegemônico [OTAN-G-7]. O exemplo mais recente de um mundo multipolar derrubando a ordem estabelecida é os EUA serem destronados pelo Brasil, país dos BRICS+6, como o maior fornecedor mundial de milho. 

Brasil Supera os EUA como Maior Exportador de Milho à medida que os ventos alísios mudam

Fonte: Zero Hedge

Os EUA mantiveram essa coroa durante cinquenta anos consecutivos como o maior exportador mundial de milho. Um novo relatório da Blomberg, citando dados do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA), mostra que o reinado de cinco décadas acabou:

Na colheita da safra de 2023, os EUA serão responsáveis ​​por cerca de 23% das exportações globais de milho, bem abaixo dos quase 32% do Brasil, mostram dados do Departamento de Agricultura dos EUA. O Brasil também deve manter a liderança no ano de plantio de 2024, que começa em 1º de setembro. Apenas uma vez, nos dados que remontam à administração Kennedy, a América saiu do primeiro lugar: por um único ano, em 2013, após uma seca devastadora. A indústria exportadora de milho dos EUA nunca passou dois anos consecutivos em segundo lugar – até agora.

Mas não é só o milho. O Brasil também superou os agricultores americanos nas exportações de soja e trigo. Bloomberg explicou mais: 

Perder a liderança nas exportações de milho pode parecer familiar aos agricultores norte-americanos, que na última década também perderam o primeiro lugar nas exportações de soja e de trigo. A soja foi a primeira a desaparecer, com o Brasil a assumir definitivamente a liderança em 2013. No ano seguinte, os EUA também perderam o domínio do trigo, com a União Europeia, depois a Rússia, a começar a expulsar os agricultores americanos no mercado global.

A queda da quota de mercado agrícola de exportação é uma notícia preocupante para a indústria nacional dos EUA, que exportou US$ 200 bilhões de dólares em produtos agrícolas em 2022. A diminuição do domínio pode sugerir que os rendimentos dos agricultores americanos poderão cair nos próximos anos.

“Quando olhamos para a procura de milho nos EUA a longo prazo, perguntamo-nos de onde vem a nova procura. O Brasil provavelmente está conquistando uma fatia maior do mercado global, o etanol provavelmente atingiu o pico e a proteína animal provavelmente não crescerá rápido o suficiente”. 

Stephen Nicholson, estrategista global do setor de grãos e oleaginosas do Rabobank, um banco agrícola, disse à  Reuters :

A razão para a mudança é uma mudança no comércio agrícola da China, dos EUA para o Brasil. A China assinou um acordo com o Brasil no ano passado para aumentar as compras de grãos. 

“O Brasil tem a capacidade de aumentar essa área de plantio para atender à demanda chinesa de uma forma que os Estados Unidos não conseguem”, disse Matthew Roberts, analista sênior de grãos da consultoria Terrain.

Além disso, os chineses estão se afastando do comércio com os EUA porque os legisladores no Capitólio têm estado num frenesi para transformar o dólar em arma via sanções e negociar contra Pequim. 

“Os EUA me lembram o sapo sendo fervido lentamente”, disse Ann Berg, consultora independente e trader veterana de commodities que iniciou sua carreira na Louis Dreyfus Co. em 1974, à Bloomberg. 

Berg disse: Os EUA perderam o domínio, mas demorou 40 anos.

Descrevemos que a emergência dos BRICS como alternativa à hegemonia ocidental fará com que a economia global evolua em três fases. Para saber mais sobre isso, leia  “Quebrando a hegemonia do dólar, as nações do BRICS estão liderando o mundo para a hiperbitcoinização”.  Leia também  “Um mundo multipolar está emergindo”.


Estamos executando o nosso blog com as doações de nossos leitores. Como a receita de anúncios foi  “cancelada” há bastante tempo, agora você não é apenas um leitor, mas uma parte integrante do processo que constrói este site. Obrigado pelo seu apoio, ele é muito importante. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (CEF)”.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *