Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Casa Branca calcula chances da Rússia atacar a OTAN e iniciar a III Guerra Mundial

Os países da Otan não correm o risco de serem atacados pela Rússia, disse o porta-voz do Conselho de Segurança Nacional dos EUA, John Kirby, na quarta-feira. Falando em uma coletiva de imprensa regular, Kirby foi questionado se a aliança militar [a OTAN] liderada pelos EUA tem tropas suficientes para repelir um possível ataque russo em seu flanco oriental no caso de uma grande escalada no conflito na Ucrânia.

Não há “absolutamente nenhuma indicação” de que Moscou esteja planejando atacar o bloco militar liderado [a OTAN] pelos EUA, declarou Washington.

Fonte: Rússia Today

“Tudo o que posso dizer é que não vimos absolutamente nenhuma indicação de que [o presidente russo, Vladimir] Putin tenha planos de atacar o território da OTAN”, disse o porta-voz, enfatizando que o presidente dos EUA, Joe Biden, está levando os compromissos do Artigo 5 de Washington “a sério”. Ele estava se referindo ao princípio de que um ataque a um membro é um ataque a toda a aliança.

Kirby observou que Washington destacou mais 20.000 militares americanos na Europa, elevando o número total para 100.000. Ele acrescentou que a OTAN está “confiante de que temos a capacidade, a energia, o talento, a mão de obra, os recursos para cumprir nossos compromissos do Artigo 5”.

A Rússia sempre descreveu a presença militar dos EUA no flanco oriental da OTAN como uma ameaça. No final de outubro, o secretário de imprensa do Kremlin, Dmitry Peskov, alertou que “quanto mais próximas as tropas americanas estiverem de nossas fronteiras, maior o perigo que corremos”.

Kirby também disse que os EUA estão prestando atenção às linhas vermelhas traçadas por Moscou na Ucrânia, acrescentando: “Não aceitamos nada como garantido quando eles o dizem. E não somos desdenhosos.”

No outono, o Ministério das Relações Exteriores da Rússia alertou Washington que as entregas de armas de longo alcance para Kiev cruzariam uma “linha vermelha” e tornariam a América “uma parte direta do conflito”. Na terça-feira, Dmitry Polyansky, primeiro vice-representante permanente de Moscou na ONU, sugeriu que, embora o Ocidente tenha desconsiderado algumas das advertências de Moscou, “é possível que as [linhas] mais vermelhas ainda não tenham sido cruzadas”.

No entanto, na quarta-feira, o Ministério das Relações Exteriores da Rússia disse que toda “conversa sobre linhas vermelhas tornou-se coisa do passado”, apontando para a “guerra híbrida” em andamento travada pelo Ocidente contra a Rússia na Ucrânia.

“Os Estados Unidos declararam inequivocamente que buscam infligir uma derrota estratégica à Rússia. É impossível ignorar a realidade”, acrescentou o ministério.


Polônia, pais membro da OTAN secretamente forneceu caças à Ucrânia – mídia

A Polônia supostamente cedeu à Ucrânia vários aviões MiG-29 sob o disfarce de peças sobressalentes

Na primavera de 2022, Varsóvia entregou secretamente vários de seus caças MiG-29 para a Ucrânia, apesar do governo polonês negar oficialmente tais acordos, afirmou um jornal local, citando fontes.

De acordo com o Dziennik Gazeta Prawna (DGP), os aviões foram enviados usando um método “combinado”, aparentemente significando que foram entregues desmontados e declarados como peças de reposição. 

“A fuselagem e as asas também são peças sobressalentes”, escreveu a DGP na quarta-feira, citando fontes do governo polonês.

Em março, nos primeiros meses da operação militar da Rússia na Ucrânia, Washington rejeitou um plano de transferir jatos poloneses MiG-29 para a Ucrânia, afirmando que o movimento era escalonar muito”  e arriscava envolver diretamente os EUA ou um aliado da OTAN no conflito, potencialmente desencadeando um confronto direto com a Rússia.

Em abril, no entanto, o Pentágono afirmou que aliados não identificados dos EUA ajudaram a reforçar a frota de caças da Ucrânia doando “peças sobressalentes” não especificadas que supostamente foram usadas para restaurar muitos dos aviões danificados de Kiev.

O último artigo do DGP agora parece sugerir que esse aliado poderia ter sido a Polônia, que no final de abril também revelou ter fornecido à Ucrânia US$ 7 bilhões em ajuda militar, incluindo metade de seus tanques, dezenas de obuses, lançadores de foguetes Grad MLRS e mísseis para caças MiG-29 e Su-27, entre outras munições.

Nas últimas semanas, os EUA parecem ter abandonado algumas de suas preocupações anteriores sobre o fornecimento de armas pesadas para a Ucrânia e o seu envolvimento na guerra, e agora planejam entregar uma série de seus tanques pesados M1 Abrams para Kiev, enquanto a Alemanha, Polônia e Finlândia pretendem enviar dezenas de seus tanques pesados Leopard 2 .

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, respondeu a essas entregas planejadas como prova de que o Ocidente está se envolvendo cada vez mais diretamente no conflito, apesar dos políticos europeus e americanos hipocritamente afirmarem o contrário. É assim que a Rússia exortou repetidamente o Ocidente a parar de “bombear” a Ucrânia com novos armamentos, argumentando que isso apenas prolongaria o conflito e levaria a mais derramamento de sangue.


França nega que o Ocidente esteja em guerra com a Rússia contrariando declaração da ministra das relações exteriores da Alemanha

Enviar tanques para a Ucrânia não torna o país ou seus aliados parte no conflito, declarou Paris

As decisões dos EUA, Alemanha e vários outros países de fornecer tanques de guerra principais para a Ucrânia não significam que a Otan esteja em guerra com Moscou, disse o Ministério das Relações Exteriores da França nessa quarta-feira [25]. 

Os comentários do Quai d’Orsay vêm depois de um discurso controverso da ministra das Relações Exteriores da Alemanha, Annalena Baerbock, no Parlamento Europeu no início desta semana em que ela alega que a Alemanha esta em Guerra com a Rússia. 

Não estamos em guerra com a Rússia e nenhum de nossos parceiros está”, disse a porta-voz do ministério Anne-Claire Legendre na quinta-feira, segundo a AFP. “A entrega de equipamento militar… não constitui co-beligerância.”

No dia anterior, Washington anunciou que enviaria mais de 30 de seus tanques pesados M1 Abrams para Kiev, enquanto Berlim disse que contribuiria com mais de uma dúzia de panzers Leopard 2 e não atrapalharia a Polônia e outros membros da UE e da OTAN que desejam entregar mais tanques Leopard para a Ucrânia também.

Ministra das Relações Exteriores da Alemanha declara que esta em guerra com a Rússia“.

Buscando angariar apoio para entregas de tanques nessa terça-feira, Baerbock disse à Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa (PACE) que a UE deve agir em sintonia “porque estamos travando uma guerra contra a Rússia e não uns contra os outros”.

Solicitada a esclarecer os seus comentários, o Ministério das Relações Exteriores alemão disse que a Rússia havia lançado uma “guerra de agressão” contra a Ucrânia e que a lei internacional era “clara” que o apoio de Berlim ao “direito individual de autodefesa de Kiev, garantido pela Carta da ONU, não faz da Alemanha uma parte no conflito”. 

Na quarta-feira, a primeira-ministra francesa Elisabeth Borne disse ao parlamento em Paris que seu governo estava “continuando nossa análise” da proposta de enviar tanques Leclerc para a Ucrânia. A França já prometeu a Kiev uma série de “tanques leves” AMX-10, no início deste mês.

Enquanto isso, a FM francesa Catherine Colonna visitou a Ucrânia na quinta-feira, encontrando-se com seu homólogo Dmitry Kuleba em Odessa para “mostrar o apoio de longo prazo da França” e “avaliar as necessidades urgentes da Ucrânia nos setores humanitário e militar, a fim de fornecer respostas concretas”,  de acordo com um comunicado de imprensa do Quai d’Orsay.


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal  AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)”. para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


E os dez chifres que viste são dez reis, que ainda não receberam o reino, mas receberão poder como reis por uma hora, juntamente com a BESTA. Estes têm um mesmo intento, e entregarão o seu poder e autoridade à besta. Estes combaterão contra o Cordeiro, e o Cordeiro os vencerá, porque é o Senhor dos senhores e o Rei dos reis; Vencerão os que estão com Ele, Chamados, e Eleitos, e Fiéis. E disse-me: As águas que viste, onde se assenta a prostituta [ROMA], são povos, e multidões, e nações, e línguas“. – Apocalipse 17:12-15

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é nabucodonoor-estatua-daniel.png

A estátua do sonho de Nabucodonosor, um símbolo daquilo que a humanidade construiria na Terra. Os dias de insanidade da atualidade estão contados, muito em breve, a “Grande Prostituta”, a cidade de Roma será varrida da face da Terra, dando início a derrota completa dos servidores das trevas e o fim de seus planos nefastos para o controle do planeta. Em 2023 o Brasil terá um papel decisivo na Guerra entre a Luz e as trevas.


Saiba mais, leitura adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *