Conjunção Júpiter e Saturno, a rara “Estrela de Natal” no Solstício

Hoje, dia 21 de dezembro [também dia do solstício], os dois planetas gigantes do nosso sistema solar, Júpiter e Saturno, darão um show para os observadores do céu e que não é visto há cerca de 800 anos. Os astrônomos estão chamando o evento de Grande Conjunção de 2020. Em 21 de dezembro – coincidindo com o solstício de inverno [no hemisfério norte, verão no sul]- os dois maiores planetas do nosso sistema solar parecerão quase se fundir no céu noturno da Terra.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Conjunção Júpiter e Saturno e a rara “Estrela de Natal” no solstício de inverno

Fonte:   Astronomy  –  Por Eric Betz

Em 21 de dezembro, Júpiter e Saturno aparecerão mais próximos no céu noturno da Terra do que desde 1226 DC. Você pode assistir ao evento ao vivo aqui, cortesia do Observatório Lowell.

Durante o evento, Júpiter e Saturno ficarão separados apenas 0,1 grau, ou apenas um quinto da largura da Lua. A visão provavelmente deixará muitos observadores casuais se perguntando “O que são esses objetos grandes e brilhantes tão próximos uns dos outros no céu?”

Na verdade, Júpiter e Saturno estarão visualmente tão próximos que você poderá encaixá-los no mesmo campo de visão telescópico. Essa é uma ocorrência incrivelmente rara. A última vez que Júpiter e Saturno estiveram tão próximos foi em 1226 DC, numa época em que Genghis Khan estava conquistando grandes áreas da Ásia, e a Europa ainda estava a gerações de distância da Renascença [e vivia mergulhada, como nos dias atuais, em imensas trevas]. O que também torna este evento astronômico único, raro e pleno de significados é que ele ocorre no dia do SOLSTICIO de dezembro

Campo de estrelas muito denso e pano de fundo da Via Láctea para Júpiter e Saturno, acima de um edifício de pedra abandonado.
Michael Zuber, no Texas, tirou esta foto de Júpiter e Saturno com um cenário magnífico da Via Láctea em Terlingua em 11 de novembro de 2020. Ele escreveu: “Via Láctea sobre a cidade fantasma de Terlingua.  Tive sorte e capturei um meteoro. Júpiter e Saturno também se destacam na foto”. Obrigado, Michael! – FONTE

A humanidade não terá que esperar tanto tempo para ver os dois maiores planetas do sistema solar repetirem o desempenho deste mês, no entanto. Outra Grande Conjunção ocorrerá em 2080. Claro, muitos de nós vivos hoje não estaremos mais vivos então, então seria sábio mergulhar neste show enquanto você pode [e deve].

Como encontrar Júpiter e Saturno no céu noturno

Durante grande parte do ano, Júpiter e Saturno em aproximação compartilharam a mesma faixa de céu. O par começou no mês de dezembro com apenas 2 graus de diferença de distância, criando uma visão já impressionante. Agora, você pode encontrar os dois no céu do sudoeste logo após o pôr do sol, localizado a cerca de 20 graus acima do horizonte às 19h, horário local.

No meio do mês, eles estarão separados por apenas uma lua de largura. Em 16 de dezembro, a Lua ficará a apenas 5 graus de distância do par, oferecendo uma comparação útil. Eles atingirão a maior conjunção em 21 de dezembro.

As conjunções acontecem quando dois objetos celestes parecem passar perto um do outro, vistos da Terra. Claro, esses objetos não estão necessariamente próximos fisicamente, eles simplesmente parecem assim por causa de seu alinhamento orbital.

Screen_Shot_20201130_at_3.34.28_PM_copy
Em 21 de dezembro, Júpiter e Saturno terão uma “Grande Conjunção” no céu noturno da Terra. Os dois planetas aparecerão tão próximos que quase se parecerão com um único objeto.

As conjunções planetárias são extremamente comuns entre os demais planetas, no entanto. Ao longo do ano, a Lua aparece regularmente ao lado de vários planetas e estrelas brilhantes. E dois ou mais planetas se juntam com relativa frequência. No entanto, ter os dois planetas gigantes e brilhantes como Júpiter e Saturno emparelhados é extremamente raro.

A última conjunção de Júpiter e Saturno aconteceu em maio de 2000. Essa aproximação em nosso céu ocorreu relativamente perto do Sol, o que tornou difícil a observação da Terra. Uma coisa semelhante a esta conjunção de dezembro ocorreu somente em 1623 DC, há 397 anos passados quando Júpiter e Saturno se encostaram perto do sol.

Júpiter e Saturno conjunção 2020

Não precisamos nos preocupar com isso desta vez. Ao longo do mês, o visual dos gigantes gasosos serão difíceis de perder. Júpiter brilha mais forte do que qualquer estrela no céu com magnitude -2,0, enquanto Saturno é mais avermelhado e menor com magnitude 0,6 – embora o planeta anelado ainda seja bastante brilhante.

Portanto, você certamente não precisará de binóculos ou telescópio para ver a Grande Conjunção de 2020. Mas se você tiver equipamento de observação, poderá ampliar e assistir a dança das quatro luas de Júpiter – Europa, Io, Calisto e Ganimedes.

Saturn, with rings, above Jupiter, with moons. Both planets tiny.
Veja as fotos da comunidade EarthSky . | Niccole Neely em Phoenix, Arizona, capturou Júpiter e Saturno quando eles se aproximam de sua conjunção. Sobre esta foto tirada em 19 de dezembro, Niccole escreveu: “Júpiter e Saturno dançando no céu! Que momento espetacular para testemunhar esses planetas brilhantes no céu noturno. ”
Dois pontos brilhantes juntos no céu crepuscular azul escuro sobre a massa de água.
Andrea Deegan em Oyster Harbor, Austrália Ocidental, capturou esta imagem na noite de 3 de dezembro de 2020. Ela disse: “Júpiter e Saturno se aproximando à medida que se aproxima a conjunção. Isso é cerca de uma hora e meia após o pôr do sol”.  Observe como a posição dos planetas é espelhada ao olhar deste ponto de vista ao sul? No dia da conjunção, eles serão visíveis ao crepúsculo e se fixarão cerca de 2 horas após o pôr do sol.  FONTE

Então, sem mover o telescópio, você pode mudar ligeiramente o seu olhar para Saturno e seus magníficos anéis. Apesar da diferença significativa de tamanho entre os planetas, os anéis massivos de Saturno significam que os dois mundos parecem ter aproximadamente o mesmo diâmetro quando vistos através de um telescópio.

Quando a conjunção atingir seu clímax em 21 de dezembro, lunetas localizadas no leste dos Estados Unidos serão capazes de capturar Ganimedes enquanto ele transita por Júpiter por três horas e meia, começando às 19h04 EST. Enquanto isso, observadores telescópicos na costa oeste verão a sombra de Ganimedes pairando sobre o topo das nuvens de Júpiter às 21h40 EST.

Você pode assistir a uma transmissão ao vivo da Grande Conjunção de 2020 abaixo, cortesia do Observatório Lowell. Começando às 7 PM EST em 21 de dezembro, os astrônomos e educadores de Lowell compartilharão vistas espetaculares ao vivo de Júpiter e Saturno por meio de telescópios observatórios enquanto discutem a natureza das conjunções.

grande conjunçãojupitersaturn
Em 21 de dezembro, Júpiter e Saturno ficarão tão próximos no céu que quase parecerão se fundir. Essa rara conjunção não ocorre em dezembro há cerca de 800 anos

Significado Astrológico para a conjunção

Os buscadores do significado dos movimentos celestiais provavelmente verão todo o evento como algum tipo de sinal relacionado aos tipos de eventos de 2020 que aconteceram, quando devemos pensar de modo contrário, pois a conjunção significa um novo ciclo que se inicia a partir deste solstício e conjunção em 21 de dezembro. Mas você não precisa investir muito em astrologia para se deleitar com a beleza estonteante dessa conjunção.

Enquanto você aprecia o show deste mês, lembre-se de que Júpiter parece mais brilhante porque ele é maior [e esta em órbita mais próxima da Terra e do sol] do que Saturno. Júpiter fica a pouco mais de meio bilhão de milhas de distância, enquanto Saturno está aproximadamente o dobro dessa distância. Então, ao olhar para os dois, você está realmente olhando para nosso sistema solar e para o espaço interplanetário.

Veja as fotos da comunidade EarthSky . | Tom Wildoner do Dark Side Observatory em Weatherly, Pensilvânia, tirou esta foto de Júpiter e Saturno em 8 de dezembro de 2020. Obrigado, Tom!

Essa perspectiva cósmica é um lembrete precioso de nosso lugar e MOMENTO no sistema solar. E, com sorte, isso nos faz sentir um pouco mais próximos e mais conectados aos planetas externos, mesmo que a pandemia nos faça sentir mais distantes uns dos outros do que nunca.

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nosso conteúdo

Junte-se a 4.328 outros assinantes

compartilhe

Últimas Publicações

Indicações Thoth