Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Croácia atingida por um Drone ucraniano, numa clara tentativa de implicar a OTAN e agravar o conflito Rússia x Ucrânia

A polícia de Zagreb, capital da Croácia (pais membro da OTAN), confirmou a descoberta de dois pára-quedas perto de um parque onde um objeto misterioso caiu na noite de quinta-feira. Não houve feridos no solo. A polícia disse que começou a receber relatórios sobre um incidente no bairro de Jarun, no sudoeste de Zagreb, com cerca de 1 milhão de habitantes, a partir das 23h, horário local. Os cidadãos alertaram as autoridades sobre a queda e explosão de um objeto não identificado.

Croácia atingida por um Drone ucraniano, numa clara tentativa de implicar a OTAN e agravar o conflito Rússia x Ucrânia

Fontes: Rússia TodaySputnik

Ao chegar ao local, a polícia croata encontrou uma cratera de 3 m de largura (10 pés de largura) incrustada com detritos. Dois paraquedas foram descobertos durante uma busca numa área mais ampla. A investigação continua, com as autoridades instando o público a enviar imagens relevantes para o caso. Um comunicado da polícia pede que a mídia não especule sobre o que aconteceu e espere por atualizações oficiais.

Imagens aproximadas que circulam nas redes sociais mostram a cratera e os destroços. Os meios de comunicação croatas divulgaram fotos dos dois paraquedas em vários estágios de recuperação.

Um objeto voador não identificado caiu na capital croata de Zagreb. Relatos não confirmados afirmam que é um drone semelhante a um míssil Tu-141 “Strizh” da guerra na Ucrânia. A Croácia é membro da OTAN a mais de 500 quilômetros da Ucrânia. Bizarro”.

Há especulações generalizadas no país de que o incidente foi causado por um acidente de uma aeronave não tripulada Drone Tu-141 Strizh. Um drone de reconhecimento projetado pelos soviéticos, foi desenvolvido no final dos anos 1970 e 1980, e tem um alcance de 1.000 km (620 milhas). A mídia local disse que testemunhas ouviram uma explosão após o impacto inicial e que os destroços na cratera estavam rotulados em alfabeto cirílico e lembravam partes de um motor de avião.

A Ucrânia, a única nação que opera oficialmente o Drone Tu-141s, está atualmente envolvida em um esforço para se defender de um ataque militar russo. Se a identidade da aeronave for confirmada como ucraniana, é de se perguntar como ela chegou a Zagreb e isso após sobrevoar o espaço aéreo da Romênia e Hungria por cerca de 40 minutos sem ser derrubado pelos militares do pais. A capital croata fica a bem mais de 500 km (300 milhas) do trecho mais próximo do território ucraniano, com a Hungria no meio.

Presidente da Croácia acredita que drone caído em Zagreb veio da Ucrânia

O presidente croata, Zoran Milanovic, sugere que o drone ucraniano que caiu na capital de seu país na noite desta sexta-feira (11) veio do território ucraniano. O veículo não tripulado caiu em uma zona verde de um dos bairros de Zagreb, tendo provocado uma explosão que deixou uma cratera no local. Segundo relatos, pode ter sido um drone soviético Tu-141 Strizh, proveniente da Ucrânia.

Algo acabou de cair na capital do meu país, Zagreb. Ainda não se sabe o que aconteceu exatamente. Partes de um avião, ou partes de um foguete/bomba. Nenhuma confirmação completa ainda. Até agora ninguém está ferido. Por favor, ore por nós”.

“Nós não recebemos aviso, o objeto sobrevoou a Hungria por mais de 40 minutos. Ele passou sete minutos no espaço aéreo croata e caiu na região de Yarun, felizmente sem vítimas. Trata-se de um incidente sério”, disse o chefe de Estado durante o briefing.

O mandatário croata ressaltou que as autoridades do país consideram que o ato “não foi dirigido contra a Croácia”. “Esse é um veículo aéreo do tamanho de um avião que não foi abatido na sua trajetória, aparentemente desde a Ucrânia para Zagreb […].”

“Estamos observando o que acontece na Ucrânia, condenamos a situação, mas o fato é que um veículo aéreo de seis toneladas caiu em uma cidade com um milhão de residentes e até agora, ao que sei, absolutamente nada foi informado nem pela CNN, nem pela BBC ou pela Al Jazeera, como se fosse uma chuva a cair e não uma bomba, felizmente desarmada”, ressaltou Milanovic.

O presidente se perguntou como um drone relativamente pouco sofisticado poderia passar uma hora no espaço aéreo da OTAN sem ser “interceptado”, apesar de ser detectado por várias estações de radar [da própria OTAN] ao longo do seu trajeto. O incidente mostrou que o país precisa desenvolver melhor suas defesas, afirmou.

Quando perguntado por jornalistas se Zagreb reclamaria com a Ucrânia se a origem do drone fosse confirmada como ucraniana, Milanovic disse que Kiev estava ocupada lutando contra o ataque russo. “Só espero que não aconteça de novo”, disse ele.


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal   AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)” para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


Mais informação adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

0 resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *