Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

De Novo: Boeing 737 com 139 passageiros ‘Perde’ Painel Externo durante voo

aviao-explosão-matriz-direita

Literalmente, não passa um dia sem que uma aeronave Boeing sofra algum incidente grave, seja portas e pneus caindo, saídas de pista, incêndios no motor, vazamentos hidráulicos, assentos do piloto se  deslocando na cabine e batendo no manche, causando acidente com 50 feridos e, AH, SIM, e um “Insider Denunciante”suicidado” que disse a uma amiga próxima que se alguma coisa acontecesse com ele, certamente não seria suicídio.

De Novo: Boeing 737 com 139 passageiros ‘Perde’ Painel Externo durante voo

Fonte: Zero Hedge

Bem, agora podemos adicionar mais um: um voo da United Airlines – porque nunca é American ou Delta… sempre é a United – que decolou do Aeroporto Internacional de São Francisco na manhã de sexta-feira, pousou em Oregon sem um painel externo, informou abc7 citando autoridades.

Como observa o NY Post, o voo 433 da United Airlines partiu de São Francisco por volta das 10h20, horário local, e pousou com segurança no destino pretendido, o Aeroporto Internacional Rogue Valley-Medford, cerca de 70 minutos depois, de acordo com autoridades do aeroporto e dados de voo.

Assim que o avião estacionou ao portão, descobriu-se que faltava um painel externo, interrompendo as operações no aeroporto enquanto uma verificação de segurança da pista do aeroporto, para procurar a peça, era realizada, disse a diretora do aeroporto, Amber Judd, ao The NY Post.

Surpreendentemente, não houve indicação de problema e nenhuma emergência foi declarada durante o voo, que tinha 139 passageiros e 6 tripulantes a bordo, segundo a United Airlines. A equipe se segurança do aeroporto procurou o painel desaparecido nas instalações do aeroporto, mas não conseguiu localizá-lo.

“Depois de não encontrar os destroços no campo de aviação, as operações normais no MFR foram retomadas alguns minutos depois”, disse ela.

A United Airlines disse que planeja um “exame completo” do avião de 25 anos e “realizará todos os reparos necessários antes da aeronave retornar ao serviço”. Quem sabe outro denunciante também “cometa suicídio” durante os exames.

“Também conduziremos uma investigação para entender melhor como ocorreram esses danos”, acrescentou a companhia aérea. A Administração Federal de Aviação também investigará mais este incidente, disse um porta-voz da [também “acordada”] FAA.

Graves Incidentes afetaram os aviões da “acordada” Boeing nas últimas semanas: na segunda-feira, um voo da United Airlines que ia de Sydney a São Francisco foi forçado a dar meia-volta no meio do trajeto devido a um vazamento hidráulico. O avião Boeing 777-300, que transportava 167 passageiros e 16 tripulantes, pousou em segurança em Sydney.

O painel desaparecido do Boeing 737-800 foi percebido após o pouso da aeronave.

Horas antes, um Boeing 787 Dreamliner, da LATAM a caminho de Sydney para Auckland, na Nova Zelândia, enfrentou um problema técnico que resultou em ferimentos em 50 passageiros, com doze hospitalizados, alguns com ossos quebrados. Então, um voo da United Airlines de São Francisco para o Japão foi desviado para o Aeroporto Internacional de Los Angeles em 7 de março, depois que um pneu do Boeing 777-200 caiu após a decolagem, danificando carros estacionados no solo, mas sem ferir ninguém.

A Boeing disse a seus funcionários em um memorando na terça-feira que a empresa está implementando verificações semanais de conformidade para cada área de trabalho do 737 e auditorias adicionais de equipamentos para reduzir problemas de qualidade.

Não está muito claro o que está por trás do recente aumento de incidentes que são muitos para serem monitorados neste momento…… mas uma coisa é certa: pelos padrões “acordados” e de contratação com base em “DEI”, que afetaram os controles de qualidade e segurança da “acordada” Boeing, mais acidentes estão por vir, e que só podemos esperar e rezar para que não sejam fatais.


Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *