Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

‘Doença Misteriosa’ está Infectando bovinos no Texas, Kansas e N. México, nos EUA. Nova ‘Epidemia Global’ sendo criada

h5n1-gripe-aviaria-02

As autoridades de saúde animal ficaram muito intrigadas com uma “doença misteriosa” que tem tornado o gado leiteiro no Texas, Kansas e Novo México doente e que produz muito menos leite. Eles decidiram fazer alguns testes e agora temos os resultados. Acontece que a doença misteriosa é na verdade “a mesma cepa de Gripe Aviária H5N1 altamente patogênica (HPAI) que está se espalhando pelos EUA há dois anos” …

‘Doença (X) Misteriosa’ está Infectando bovinos no Texas, Kansas e N. México, nos EUA. A Nova ‘Epidemia Global’ sendo criada

Fonte: TheMostImportantNews.com

Uma misteriosa doença que afetou os rebanhos leiteiros no Texas, Novo México e Kansas agora tem um diagnóstico: Influenza A. O USDA afirma que o sequenciamento genético revelou que é a mesma cepa de gripe aviária altamente patogênica (HPAI) que está se espalhando pelos EUA há dois anos.

O APHIS afirma que os “Laboratórios Nacionais de Serviços Veterinários” detectaram a gripe “A” em amostras de vários rebanhos afetados no Texas, Kansas e Novo México. O vírus é transmitido por aves aquáticas selvagens, que os especialistas acreditam ser a forma como a doença está se espalhando.

Os especialistas não achavam que a gripe aviária fosse uma ameaça para o gado leiteiro. Infelizmente, os especialistas estavam errados. Os cientistas conseguiram confirmar a presença da gripe aviária testando amostras de leite de vacas doentes…

De acordo com o USDA, em 25 de março, amostras clínicas não pasteurizadas de leite de gado doente coletadas em duas fazendas leiteiras no Kansas e uma no Texas, bem como um teste orofaríngeo de outra fazenda leiteira no Texas, deram positivo para o vírus.

Agora que a gripe aviária foi identificada como culpada, os produtores de leite estão sendo instados a implementar rigorosamente “todas as medidas padrão de biossegurança” …

É preocupante saber que isso já está acontecendo aqui mesmo em nosso próprio país. A “boa notícia” é que todo o leite contaminado das vacas doentes está sendo mantido fora da cadeia alimentar e da produção de alimentos…

As autoridades de saúde animal estão aconselhando fortemente os produtores de laticínios a usarem todas as medidas padrão de biossegurança. Eles observam que é importante que os produtores limpem e desinfetem todos os bebedouros do gado e isolem a água potável onde ela possa estar contaminada por aves aquáticas. Os pecuarístas também estão sendo solicitados a notificar o veterinário do rebanho se suspeitarem que algum gado do rebanho apresente sintomas desta condição sanitária.

“Além disso, os testes de rotina e os protocolos bem estabelecidos para os laticínios dos EUA continuarão a garantir que apenas leite seguro entre no abastecimento alimentar. De acordo com a Portaria Federal sobre Leite Pasteurizado (PMO) Grau ‘A’, o leite de vacas doentes deve ser coletado separadamente e não pode entrar na cadeia de abastecimento alimentar. Isto significa que as vacas leiteiras afetadas são segregadas, como é prática normal em qualquer problema de saúde animal, e o seu leite não entra no abastecimento alimentar. Os consumidores nos Estados Unidos e em todo o mundo podem permanecer confiantes na segurança e na qualidade dos laticínios dos EUA”, afirmou o comunicado.

Será que chegaremos a um ponto em que rebanhos inteiros de vacas leiteiras terão de ser mortos para evitar a propagação da doença? Esperemos que não. Mas no início deste mês, soubemos que uma cabra em Minnesota também testou positivo para gripe aviária …

Parece ser apenas uma questão de tempo até que a gripe aviária comece a se tornar uma ameaça significativa também para os humanos. Segundo o Dr. Chris Walzer, “dezenas de espécies de mamíferos” já foram infectadas…

Em janeiro, o Dr. Chris Walzer, Diretor Executivo de Saúde da Wildlife Conservation Society, em um comunicado, disse: “Ele (o VÍRUS H5N1 da GRIPE AVIÁRIA) já infectou mais de 150 espécies de aves selvagens e domésticas em todo o mundo, bem como dezenas de espécies de mamíferos. O surto de gripe aviária é o pior a nível mundial e também na história dos EUA, com centenas de milhões de aves mortas desde que apareceu pela primeira vez em aves aquáticas domésticas na China em 1996.”

É melhor esperarmos que a gripe aviária não sofra mutação para uma forma que possa se espalhar facilmente entre os humanos. Porque de acordo com o NIH, a gripe aviária pelo VÍRUS H5N1 pode ter uma taxa de mortalidade de mais de 50% em humanos…

Em novembro de 2022, 240 casos do vírus da gripe aviária humana A (o VÍRUS H5N1) foram confirmados na região do Pacífico Ocidental desde 2003, com uma taxa de letalidade de 56%.

Uma crise [uma NOVA PANDEMIA] global de gripe aviária pelo VÍRUS H5N1 seria muito pior do que qualquer coisa que tenhamos vivido durante os últimos anos. Apenas tentemos imaginar o pânico que se seguiria se o VÍRUS H5N1 começasse a matar milhões de pessoas em todo o mundo.

Esperamos que isso não aconteça tão cedo. Hoje cedo, me deparei com um artigo sobre um estudante de 21 anos no Vietnã que acabou de ser vitimado por infecção pelo VÍRUS H5N1 …

Um estudante no Vietnã morreu por infecção pelo VÍRUS H5N1, de acordo com o Departamento de Medicina Preventiva do país. O homem de 21 anos desenvolveu sintomas de febre e tosse em 11 de março. Uma semana depois, ele se apresentou no Centro Médico Ninh Hoa, na província oriental de Khanh Hoa, no Vietnã, onde foi diagnosticado com pneumonia e transferido para o Hospital Geral Khanh Hoa. O estudante testou positivo para gripe aviária altamente patogênica em 20 de março, e outros testes realizados dois dias depois no Instituto Pasteur de Nha Trang mostraram que o paciente estava infectado com o subtipo do VÍRUS H5N1.

Rezemos para que este tenha sido apenas um incidente isolado. Entretanto, outras pestes continuam a espalhar-se por todo o planeta. Por exemplo, a dengue tornou-se um grande problema no Brasil, e agora as autoridades do governo de Porto Rico declararam uma epidemia de dengue …

Desde o início do ano até 10 de março, ocorreram 549 casos, incluindo 341 hospitalizações e 29 casos graves, de acordo com os dados mais recentes fornecidos pelo Departamento de Saúde de Porto Rico. Os casos estão concentrados em cidades como San Juan, Bayamon, Guaynabo e Carolina.

Temos alertado repetidamente aos nossos leitores que as pestilências globais seriam um dos principais temas dos próximos anos. A gripe aviária do VÍRUS H5N1 já matou centenas de milhões de aves e agora está espalhando-se entre os mamíferos, inclusive em humanos.

Poderia este VÍRUS H5N1 vir a se a “misteriosa” Doença X programada para ser a próxima Pandemia Global criada intencionalmente pelos globalistas?

Um surto generalizado de gripe aviária entre os seres humanos teria o potencial de ser absolutamente catastrófico, e por isso vamos querer observar e acompanhar esta história muito, muito de perto.


Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *