Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

“Eles não desistem”: Governo Biden recomendará que todos recebam uma nova vacina Covid-19 . . .

O presidente (‘Dementia’ Joe) Biden disse aos repórteres na sexta-feira que seu governo “provavelmente” recomendará que todos tomem uma nova vacina COVID-19. “Eu assinei esta manhã uma proposta que temos que apresentar ao Congresso, um pedido de financiamento adicional para uma nova vacina – isso é necessário, que funciona”, disse ele enquanto respondia a perguntas de repórteres do lado de fora de uma instalação de pilates em South Lake Tahoe. , Califórnia.

“Eles não desistem”: Governo Biden recomendará que todos recebam uma nova vacina Covid-19 . . .

Fonte: The Epoch Times

“E provisoriamente, ainda não decidido definitiva, mas provisoriamente é recomendado – é provável que seja recomendado – que todos a recebam, independentemente de a terem tomado antes”, acrescentou.

Os comentários do presidente coincidiram com os de um funcionário da Casa Branca que informou aos repórteres em 20 de agosto que o governo incentivaria todos os americanos a receberem uma dose de reforço da COVID-19 neste outono [a partir de setembro].

Desde o início de julho, as hospitalizações por COVID-19 têm aumentado a nível interno, com três novas variantes da doença a espalharem-se por todo o país. O aumento já resultou no restabelecimento da obrigatoriedade do uso de máscaras em algumas empresas e escolas, incluindo o Morris Brown College em Atlanta e o Atlanta University Center Consortium .

Em Abril, a administração anunciou que o governo estava gastando mais de US$ 5 bilhões de dólares para acelerar o desenvolvimento de “novas vacinas” e tratamentos contra a COVID-19 através do Projecto NextGen.

“Embora as nossas vacinas ainda sejam muito eficazes na prevenção de doenças graves e morte, são menos capazes de reduzir infecções e transmissão ao longo do tempo”, disse um porta-voz do Departamento de Saúde e Serviços Humanos ao anunciar o projeto em 10 de Abril.

“Novas variantes e perda de imunidade ao longo do tempo poderão continuar a desafiar os nossos sistemas de saúde nos próximos anos.”

A Moderna disse que dados preliminares mostram que sua vacina é eficaz contra as novas subvariantes “Eris” e “Fornax” do COVID-19 em humanos. A empresa – juntamente com a Novavax, a Pfizer e a parceira alemã BioNTech SE – também criou uma nova versão da sua vacina destinada a combater a subvariante XBB.1.5.

De acordo com a CNBC, funcionários dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) disseram aos repórteres na quinta-feira que as vacinas deverão estar disponíveis ao público em meados de setembro, embora ainda estejam pendentes de aprovação da Food and Drug Administration (FDA) dos EUA.

Um comitê consultivo independente do CDC está programado para se reunir em 12 de setembro para votar as diretrizes recomendadas para elegibilidade para as novas vacinas contra a COVID-19.

Durante a coletiva de imprensa, funcionários do CDC e da FDA informaram que ambas as agências pretendiam instar os americanos a tomarem uma vacina atualizada contra a COVID-19, bem como a vacina contra a gripe e a vacina contra o RSV (vírus sincicial respiratório) recentemente aprovada, produzida pela GlaxoSmithKline.

“A vacinação continuará a ser fundamental este ano porque a imunidade diminui e porque o vírus COVID-19 continua a mudar”, disse um funcionário do CDC.

Especialistas alertam para não ceder ao medo

Com o reaparecimento de imposição do uso das máscaras faciais e o aumento das hospitalizações, alguns especialistas em saúde pedem calma em meio ao aumento do burburinho na mídia sobre as novas variantes do COVID.

“Quando as pessoas me perguntam: ‘Isso realmente vai começar a acontecer de novo’, meu comentário para elas é: ‘Não sei se isso é real ou não, mas sei que o medo deixa as pessoas doentes’”. Priscilla Romans, ex-enfermeira e atual defensora dos pacientes,  disse ao Epoch Times em uma entrevista recente. Romans dirige a Graith Care, uma empresa de defesa de pacientes com sede no Texas que fornece aos pacientes apoio e orientação para navegar melhor no sistema de saúde.

“Minha preocupação com essas manchetes é que as pessoas ainda estão com medo”, disse ela. “Desde o início, as pessoas foram instruídas a se isolar quando não deveriam estar se isolando.” Enquanto isso, o Dr. Richard Bartlett, um médico residente no Texas, disse acreditar que o impulso para novas vacinas tem menos a ver com a saúde pública e mais com o controle do público.

“Esta é claramente uma história que se repete no que diz respeito a uma tentativa de controlar as massas”, disse recentemente o Dr. Bartlett, que esteve envolvido nos esforços para fazer com que a FDA divulgasse os dados da vacina COVID-19 da Pfizer, ao Epoch Times.

As vacinas, as máscaras, os confinamentos e o distanciamento social nunca foram apoiados pela ciência, disse ele, e portanto não devem ser impostos às pessoas novamente.

“Acho que esta é outra tomada de poder, e estou preocupado que veremos mais do mesmo, a menos que as pessoas exijam direitos básicos dos pacientes para os seus filhos, pais e cônjuges”.

Matt McGregor, The Associated Press e Reuters contribuíram para este relatório. 


Estamos executando o nosso blog com as doações de nossos leitores. Como a receita de anúncios foi  “cancelada” há bastante tempo, agora você não é apenas um leitor, mas uma parte integrante do processo que constrói este site. Obrigado pelo seu apoio, ele é muito importante.  Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (CEF)”.


“O medo é a emoção predominante das massas que ainda estão presas no turbilhão da negatividade da estrutura de crença da (in)consciência das massas. Medo do futuro, medo da escassez, do governo, das empresas, de outras  crenças religiosas, das raças e culturas diferentes, e até mesmo medo da ira divina. Há aversão e medo daqueles que olham, pensam e agem de modo diferente (os que OUVEM e SEGUEM a sua voz interior), e acima de tudo, existe medo de MUDAR e da própria MUDANÇA.” – Arcanjo Miguel


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *