Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Insider e Denunciante pede que fundador do WEF, o psicopata Klaus Schwab, seja preso por “Crimes Contra a Humanidade”

Os dias tranquilos do cofundador do Fórum Econômico Mundial (WEF), o judeu khazar Klaus Schwab,  podem estar contados. Pascal Najadi , filho do colega co-fundador do WEF, o banqueiro Hussain Najadi, está falando como denunciante contra o atual chefe da fundação globalista, acusando-o e a outros líderes de “crimes contra a humanidade”. Em parceria com Schwab, o pai de Najadi fundou o WEF em 1971. Ele renunciou uma década depois, alegando desgosto com a visão distópica de Schwab para o futuro da humanidade.

Insider e Denunciante pede que fundador do WEF, o psicopata judeu khazar Klaus Schwab, seja preso por “Crimes Contra a Humanidade”

Fonte: Global Research

Najadi diz que os crimes de Schwab e seus associados são tão grandes que é necessária a prisão imediata de Klaus Schwab e de outros executivos do WEF, como Bill (Hell’s) Gates, bem como dos líderes da Organização Mundial da Saúde (OMS), executivos da Big Pharma e das grandes mídias sociais, Big Tech.

Em parceria com Schwab, o pai de Najadi fundou o WEF em 1971. Ele renunciou uma década depois, alegando desgosto com a visão distópica de Schwab para o futuro da imensa maioria da humanidade.

Pascal Najadi também está chateado por ele e a sua mãe terem sido enganados para serem “vacinados” contra o coronavírus Wuhan (COVID-19), uma falsa “pandemia” que foi agressivamente promovida pelo WEF e outros órgãos servis ao establishment.

De acordo com Najadi, ele e sua mãe estão morrendo por causa das injeções, que ele diz serem “veneno” que foram espalhadas pelo mundo por pessoas como Schwab.

“O diabo (também) vive em Genebra”, diz Najadi

Juntamente com os promotores, Najadi está pressionando para eventualmente responsabilizar Schwab por desencadear o inferno no mundo. O seu caso também está chamando a atenção de outros organismos globalistas, como a Organização das Nações Unidas (ONU), que cooperaram no esquema maligno de redução da população mundial por quaisquer meios possíveis.

Neste momento, os líderes do WEF, da ONU e da OMS mantêm imunidade diplomática, o que significa que não podem ser acusados ​​e julgados – mas Najadi quer que essa imunidade diplomática seja revogada, seguida da emissão de mandados de prisão.

A propósito, Najadi é o mesmo cara que abriu um processo contra o antigo primeiro-ministro suíço, Alain Berset, por mentir ao público sobre as injeções de COVID. Esse processo acabou levando Berset a renunciar ao cargo em junho passado.

Agora, com esse sucesso no seu currículo, Najadi está a passando para os peixes maiores na ONU, na GAVI, no WEF e na OMS.

Clique para ver o vídeo:

De acordo com Najadi, o ventre da besta é Genebra, na Suíça, que ele diz ser o marco zero para o controle globalista sobre o mundo. “O diabo vive em Genebra”, disse Najadi, notoriamente citado.

“Todo o mal no mundo relacionado ao demonicídio, infelizmente, vem de Genebra”, disse Najadi.

“[Em Genebra] Você tem a OMS [Organização Mundial da Saúde] em Genebra, você tem a Gavi [Aliança de Vacinas de Bill Gates], depois você tem o WEF, do qual meu pai foi cofundador e deixou Klaus Schwab por desgosto no início dos anos 80, [um psicopata senil] que tem imunidade diplomática.”

Como cidadão suíço, Najadi fez uma declaração por si mesmo de que o WEF não é mais elegível para imunidade diplomática. As autoridades suíças, diz ele, precisam prender imediatamente os líderes do grupo por defenderem o que ele descreve como uma “injeção global dA humanidade através de uma arma biológica”, referindo-se às injeções mRNA da COVID.

Najadi e a sua própria mãe são vítimas desta arma biológica, afirma ele, e agora é responsabilidade das autoridades suíças fazer algo a respeito, levando às barras da justiça cada pessoa que esteve envolvida na imposição destas armas biológicas no mundo.

“Apelo às autoridades e à segurança suíças para prenderem essas pessoas imediatamente”, declarou Najadi. “Por que? O WEF, a OMS, a Gavi, a Big Pharma, a Big Tech e Bill (Hell’s) Gates defenderam uma injeção global na humanidade através da injeção de nanolípidos com armas biológicas em 5,7 bilhões de pessoas. E nós, suíços, estamos hospedando-os. Isso é terrível.”

“Não podemos tolerar que qualquer entidade que promova a injeção de veneno mRNA Covid na humanidade. Mas eles conseguiram. Eu sou uma vítima. Estou morrendo por causa disso e minha mãe também. É um demonicídio e será julgado. Será corrigido em nome da humanidade.”

Nota aos leitores: clique no botão de compartilhamento acima. Siga-nos no Instagram e no Twitter e assine nosso canal Telegram. Sinta-se à vontade para repassar e compartilhar amplamente artigos de Pesquisa Global.


“Parece duvidoso se, de fato, a política de “Botas no rosto” pode continuar indefinidamente.  Minha própria convicção é que a oligarquia governante encontrará maneiras menos árduas e perdulárias de governar e de satisfazer sua ânsia de poder, e essas formas serão semelhantes às que descrevi em Admirável Mundo Novo [uma verdadeira profecia publicada em 1932].  Na próxima geração, acredito que os governantes do mundo descobrirão que o condicionamento INFANTIL e a narco-hipnose são mais eficientes, como instrumentos de governo, do que e prisões e campos de concentração, e que o desejo de poder pode ser completamente satisfeito sugerindo às pessoas que amem sua servidão ao invés de açoita-los e chutando-os até à obediência. ” – Carta de Aldous Huxley  EM 1949 para George Orwell autor do livro “1984”


“Precisamos do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na CEF, Agência: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)”


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *