Os Cibercriminosos já podem ter Roubado seu DNA

As grandes empresas de tecnologia já podem saber muito sobre você, mas uma recente violação na empresa de testes genéticos 23andMe eleva isso a outro nível, muito mais sério. Imagine um mundo onde não apenas os dados dos seus hábitos de compra, mas também o seu DNA possam ser acessados ​​por hackers. Este não é um cenário futuro distante; está acontecendo agora. A recente violação de dados na 23andMe, que afetou cerca de 7 milhões de usuários, é um exemplo assustador.

Os Cibercriminosos já podem ter Roubado seu DNA

Fonte: Daily Bell – por Joe Jarvis

Os hackers conseguiram obter acesso a informações pessoais, incluindo árvores genealógicas, datas de nascimento, localizações geográficas, ligações familiares e até mesmo a percentagem de ADN partilhado com familiares.

E a parte triste é que isso não foi uma violação de nível do tipo “Missão Impossível“.

Os hackers simplesmente exploraram senhas antigas anteriormente expostas em outros hacks. É por isso que é tão importante usar um gerenciador de senhas para que você possa ter uma senha diferente para cada site – mas voltarei a isso.

Pense em como essas informações sobre voce podem ser muito mal utilizadas.

As árvores genealógicas e os locais podem ajudar a obter acesso a outros dados mais importantes, como bancos (nome de solteira da mãe, onde você pode fazer transações bancárias). Ou poderia capacitar perseguidores ou doxxing na Internet – expondo seus dados e localização em retaliação à liberdade de expressão.

Mas o aspecto do DNA nos leva a cenários ainda mais distópicos.  

O governo já usou o DNA do registro de sites para perseguir pessoas. Por exemplo, uma empresa chamada FamilyTreeDNA foi flagrada em 2019 dando ao FBI acesso rotineiro ao seu banco de dados com mais de 1 milhão de dados de usuários.

Isso permitiu que os agentes comparassem amostras de DNA de cenas de crimes com as informações genéticas dos clientes. Eles poderiam até triangular, a partir de dados de parentes, certas correspondências familiares de pessoas que nunca enviaram seu DNA.

Agora, se isso for feito realmente para solucionar crimes, não será tão assustador. A questão é: você confia esse tipo de dados nas mãos do FBI, ou de qualquer outra agência governamental?

Pelo que sabemos, eles estão usando o Ancestry.com para tentar rastrear as avós que passearam pelo Capitólio em 6 de janeiro de 2021. Sem falar em como o governo pode usar essas informações para prender as pessoas em suas “cidades de 15 minutos” ou “sistemas de crédito social”.

E quanto AOS PSICOPATAS da Pfizer, do Fórum Econômico Mundial ou Bill [Hell’s] Gates, et caterva… o que poderão fazer com o acesso ao seu DNA?

É possível, e até fácil, manter estes e outros dados seguros online. Mas há tanto em que pensar sobre privacidade e anonimato online que é difícil saber por onde ou como começar.

Ajuda imensamente ter um plano a seguir. Você sempre sabe qual passo dar a seguir. Dessa forma, você pode passar alguns minutos por dia protegendo sua identidade online e, em algumas semanas, todas as suas informações pessoais estarão bloqueadas.

Encontrei uma organização que entende essas ameaças e traça um caminho simples para impedir que a Big Tech e o Big Brother e os psicopatas globalistas saibam tudo sobre você, até o nível molecular.

Glenn Meder, especialista em privacidade e segurança on-line, está realizando um webinar gratuito chamado 5 maneiras de se proteger contra grandes tecnologias, Big Brother e ladrões que espionam você.

Isso faz parte de seu Plano de Ação de Privacidade. Ele explicará as ameaças que enfrentamos e dará dicas fáceis do mundo real que ajudam as pessoas a se tornarem mais privadas e seguras hoje. Clique no link para garantir sua vaga no webinar. Novamente, é gratuito e é tão importante quanto trancar a porta da frente de nossa residência nos dias atuais.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nosso conteúdo

Junte-se a 4.328 outros assinantes

compartilhe

Últimas Publicações

Indicações Thoth