browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Ex-Agentes insiders que expuseram as 17 Agências de Inteligência dos EUA (1)

Posted by on 01/10/2019

As agências de Inteligência dos EUA se transformaram em um monstro gigante. É uma criatura monstruosa que está formando a base da grade de controle tecnológico (do DEEP STATE) que está sendo erguida e lançada ao nosso redor como uma rede que apanha tudo e controlará todos. 

À medida que os conspiradores da NWO-Nova Ordem Mundial (DEEP STATE) tentam empurrar o mundo para um regime de controle total com seu modelo de tecnocracia (governar pelo uso e controle da tecnologia), a  Comunidade de Inteligência dos EUA. é fundamental para a execução dos seus planos. 

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@protonmail.ch

Uma Lista de 20 Ex-Agentes insiders informantes que expuseram as agências da Comunidade de Inteligência dos EUA. – Parte 1

Fontehttp://freedom-articles.toolsforfreedom.com/

A parte 1 desta série sobre ex-agentes insiders da inteligência dos EUA que expuseram a monstruosa Comunidade de Inteligência do país mostra sete ex-denunciantes e insiders da CIA.

Neste momento, a CI é a base da coleta de dados (espionagem, intercepção e vigilância), armazenamento, processamento e análise de dados. À medida que a tecnologia avança e somos empurrados para além do caminho do  transhumanismo, a agenda da NWO-Nova Ordem Mundial (DEEP STATE) determinará que a Comunidade de Inteligência dos EUA assume novos papéis e funções, como ser o centro de operações de frotas de robôs que administrarão as leis impostas sobre a sociedade e aplicará a lei e a ordem completamente.

A maioria das pessoas são apenas meros sonâmbulos por esses tempos, pois as bases estão sendo colocadas para criar essa grade de controle tecnológico. Felizmente, há outros que despertaram para a implementação dessa agenda, alguns dos quais são insiders (ou ex-insiders) informantes com uma forte bússola moral e a coragem de fazer o que é certo. O que se segue é uma seleção de 20 desses indivíduos corajosos (clique aqui para a parte 2 ), mas primeiro, aqui está uma breve introdução às 17 agências que compõem a Comunidade de Inteligência dos EUA.

As 17 Agências da Comunidade de Inteligência dos EUA.

Sabemos publicamente que existem 17 agências que compõem a Comunidade de Inteligência dos EUA no entanto, há provavelmente unidades de inteligência secretas, mas cuja existência é mantida oculta, em segredo, uma vez que elas estariam  envolvidas com operações “profundas”, de orçamento negro e que não são reconhecidas pelo próprio governo. 

De acordo com o ex-agente da CIA Kevin Shipp (veja abaixo), este Estado Profundo ou  Governo Paralelo que atua nos bastidores emprega 1271 organizações, 1931 empresas privadas, 4,8 milhões de pessoas e tem cerca de 10 mil locais de coleta de informações em todo os EUA. Funciona fora da lei, sem nenhuma supervisão. Nem o público e nem o Congresso dos EUA sabe o tamanho desse monstro!

Aqui estão as 17 agências que se dão ao conhecimento:

– ODNI (Office of the Director of National Intelligence): o ODNI foi criado pelo Congresso em resposta ao ataque de bandeira falsa do 11 setembro às torres gêmeas do WTC em N. York, para coordenar a coleta e o compartilhamento de informações entre todas as agências. O seu diretor é o chefe da comunidade de inteligência e o principal assessor do presidente.

– CIA (Agência Central de Inteligência): a agência mais notória de todas, que surgiu do antigo OSS (Escritório de Serviços Estratégicos) em 1947. A CIA é infame pelo controle da produção, distribuição e o tráfico internacional de drogas (heroína, cocaína e todas as demais drogas, a origem dos imensos recursos necessários para financiar suas operações (Black Ops) ilegais e subversivas), tráfico e comércio ilegal de armas, subversão estrangeira e derrubada de governos eleitos legalmente e a instalação de ditadores marionetes (mudança de regime).

Também o uso de empresas de fachada para ocultar suas atividades criminosas (por exemplo, como a Evergreen como uma empresa de fachada da CIA usada para dispersar chemtrails na atmosfera do planeta), assassinatos estrangeiros e domésticos (por exemplo, operação 40 da CIA), disseminando falsa propaganda (Operação Mockingbird), “interrogatórios extraordinários” (termo orwelliano para a simples tortura), mentir para justificar a guerra (como as “armas de destruição em Massa” de Saddam Hussein no Iraque), criar e financiar terroristas para o desenvolvimento e implantação da agenda da NWO (os Mujahideen, a Al-Qaeda [Al-CIA-da], ISIS, Daesh, etc) e programas de controle mental (por exemplo, o Programa MK-Ultra e seus vários subprojetos, sendo uma das principais “vítimas” e instrumento de corrupção a satanista e atriz Marilyn Monroe)).

– NSA (Agência de Segurança Nacional): a agência anteriormente secreta, que foi referida como “Nenhuma agência desse tipo”, foi colocada em destaque pelo insider denunciante Edward Snowden em 2013.

A NSA se concentra em inteligência de sinais (monitoramento, coleta e processamento de comunicações e outras informações eletrônicas ), gravando códigos secretos e se envolve em programas de vigilância de massa em todo o mundo, incluindo americanos e nações aliadas dos EUA, sugando literalmente trilhões de “comunicações” (telefonemas, mensagens de texto, e-mails, vídeos, etc) em todos os continentes.

Muito mais recentemente, a Aliança pela libertação da Terra tem lutado ao exibir uma série de filmes que revelam elementos críticos da verdade. O mais recente filme da Aliança para revelar e assustar o Deep State é “American Made”, protagonizado por Tom Cruise. Barry Seal – Traficante de drogas fugitivo, ex piloto da TWA, de Mena Arkansas, sua morte em fevereiro de 1986 não foi um acidente, foi uma execução mostrada no filme estrelado por Tom Cruise.

– DIA (Agência de Inteligência de Defesa):  a DIA é a principal entidade responsável pela coleta e análise de informações sobre militares estrangeiros.

– NGA (National Geospatial-Intelligence Agency): sim, deve ser a NGIA, mas acho que a NGA queria se juntar ao clube de agências de sopas de letras do alfabeto com nomes legais de três letras para ser verdadeiramente parte do clube de inteligência. Esta agência é o principal fornecedor de inteligência geoespacial – análise e informações sobre os recursos naturais da Terra e atividades geo-marcadas. GEOINT (Geospatial Intelligence) é usado para combate, ajuda humanitária e desastre, segurança de fronteiras e transportes e planejamento de segurança para eventos especiais.

– NRO (National Reconnaissance Office): a NRO foi uma agência mantida secreta durante 31 anos até a sua existência ter sido desclassificada em 1992. O escritório projeta, constrói e opera os satélites de reconhecimento dos EUA, proporcionando ao Pentágono uma precisão de navegação, alerta precoce de lançamentos de mísseis e imagens de qualquer ponto da Terra quase em tempo real.

– FBI (Federal Bureau of Investigation): o FBI tem funções de aplicação da lei e de inteligência. Do lado da inteligência, visa proteger os EUA contra o terrorismo, ataques cibernéticos e operações de inteligência e espionagem estrangeira. Ele mantém uma lista de vigilância do governo sobre terroristas. Sob a batuta de Hoover esteve envolvido (em conjunto com a CIA) nos assassinatos de JFK e Martin Luther King, bem como em movimentos ativistas subversivos (Co-Intel Pro). O FBI tem sido repetidamente apanhado na fabricação (de falsos ataques)  terroristas usando agentes secretos em operações de bandeira falsa.

A sede da Cia em Langley

– DHS (Department of Homeland Security), Escritório de Inteligência e Análise:  também criado após o 11 de setembro, o DHS é responsável pela preparação para enfrentar situações de emergências (FEMA-Federal Emergency Management Agency), o controle de fronteiras e segurança de transporte (TSA) e biodefesa (contra epidemias). Supervisiona os “centros de fusão”. O DHS também foi o departamento que obteve a compra de 1,6 bilhões de munição em 2012. Você pode agradecer ao DHS por todos os caixões que a FEMA armazena e toda a agressão que o TSA realizou nos aeroportos dos EUA em nome da “luta contra o terrorismo”.

– DEA (Drug Enforcement Administration), Escritório de Inteligência de Segurança Nacional: a DEA é a administração responsável por parar a distribuição e o tráfico de drogas ilegais. Os agentes da DEA foram capturados admitindo o uso de  construção paralela. Esta é uma técnica em que eles pegaram alguém com informações obtidas ilegalmente (por exemplo, através de operações de vigilância e vigilância ilegais sem mandatos) e, em seguida, configurar outra pista ou trilha (falsa) para mostrar aos juízes no tribunal para que parecesse ter encontrado e rastreado um suspeito legalmente.

– Departamento de Estado, Secretaria de Inteligência e Pesquisa: esta mesa coleta e analisa informações sobre assuntos globais e aconselha os secretários de Estado do executivo e os diplomatas.

– Departamento do Tesouro, Gabinete de Inteligência e Análise: o cargo deste escritório é impedir que os lavadores de dinheiro, terroristas, senhores das droga, etc. limpem seu dinheiro através das instituições financeiras americanas.

– Departamento de Energia, Escritório de Inteligência e Contra-Espionagem: a origem deste escritório é o Projeto Manhattan (que construiu a primeira bomba atômica), quando a Comissão de Energia Atômica estava analisando o programa de armas nucleares da União Soviética. Hoje fornece informações sobre armas nucleares estrangeiras, segurança energética, energia nuclear, segurança e resíduos.

– Inteligência, Vigilância e Reconhecimento da Força Aérea : trata-se do ramo de inteligência da Força Aérea, que usa aviões, drones e satélites para identificar refúgios, bunkers, lançadores móveis e depósitos de armas.

– Inteligência militar do exército: este é o ramo da inteligência do exército, que intercepta as comunicações eletrônicas e fornece mapas, imagens terrestres e informações sobre forças estrangeiras para ajudar as tropas dos EUA no campo de batalha.

– ONI (Escritório de Inteligência Naval): este é o ramo da inteligência da Marinha, que mantém controle sobre a pesquisa científica e tecnológica estrangeira, analisa a estrutura, a tática e a prontidão das forças navais estrangeiras e rastreia a navegação comercial para identificar atividades ilícitas.

– Marine Corps Intelligence: trata-se do ramo de inteligência do Corpo de Fuzileiros Navais (Marine Corps), que cria mapas militares, intercepta e traduz sinais de rádio e sinais eletrônicos e analisa imagens coletadas de sensores de múltiplas plataformas.

– Inteligência da Guarda Costeira: a Guarda Costeira está realmente sob a batuta da DHS. É encarregada de proteger mais de 100 mil milhas de litoral das costas americanas e vias navegáveis ​​interiores. Intercepta a entrada de migrantes ilegais, realiza busca e resgate e lida com convulsões de drogas ilegais.

(Interessante em considerar que a Inteligência da Guarda Costeira é 1 dos 17 serviços de inteligência, à luz da propaganda e da narrativa oficial sobre o “hacking russo” das eleições. Lembre-se quando Clinton e outras autoridades mentirosas alegaram que todas as 17 agências  estavam de acordo de que a Rússia havia pirateado os EUA? Eles não estavam, mas mesmo que estivessem, o que a Guarda Costeira saberia sobre hackers russos?

Defense Advanced Research Projects Agency ( DARPA ): é uma agência do Departamento de Defesa dos Estados Unidos responsável pelo desenvolvimento de tecnologias emergentes para uso das forças armadas. Originalmente conhecida como Agência de Projetos de Pesquisa Avançada (ARPA), a agência foi criada em fevereiro de 1958 pelo presidente Dwight D. Eisenhower em resposta ao lançamento soviético do Sputnik 1 em 1957.

Darpa-logo

Desde a sua criação, a missão da agência é garantir que os Estados Unidos evite mais surpresa tecnológicas de outros países. Ao colaborar com parceiros acadêmicos, industriais (Complexo Industrial Militar) e governamentais, a DARPA formula e executa projetos de pesquisa e desenvolvimento para expandir as fronteiras da tecnologia e da ciência, muitas vezes além dos requisitos militares  imediatos dos EUA . 

Os projetos financiados pela DARPA forneceram tecnologias significativas que influenciaram muitos campos não-militares, como redes de computadores e a base para a Internet moderna, e interfaces gráficas de usuários em tecnologia da informação (processadores da INTEL). A DARPA é independente de outras pesquisas e desenvolvimento militares e reporta diretamente ao gerenciamento de alto nível do Departamento de Defesa (DoD). 

Aqui está agora uma seleção de 20 ex-agentes e denunciantes que tiveram a coragem de enfrentar a Comunidade de Inteligência dos EUA.  A tortura do governo foi revelada em uma extensão chocante com o Relatório da Tortura da CIA no Senado.

Ex-Agentes insiders da CIA denunciantes da Comunidade de Inteligência dos EUA  Uma das principais armas do arsenal de Washington é a CIA  ou a Agência Central de Inteligência. Às vezes é chamada de “A Companhia” por aqueles que estão por dentro. Talvez seja melhor chamá-la de “UM CULTO” (À INTELIGÊNCIA DO INTELECTO HUMANO-EGO).  Victor Marchetti escreveu seu livro de 1974, The CIA and the Cult of Intelligence, onde ele escreveu isso:

“Existe hoje em nossa nação um culto secreto poderoso e perigoso – o culto da inteligência. Os homens sagrados são os profissionais clandestinos da Agência Central de Inteligência. Seus patronos e protetores são os mais altos funcionários do governo federal. A sua adesão, que se estende muito além dos círculos governamentais, alcança os centros de poder da indústria, do comércio, das finanças e do trabalho. Seus amigos são muitos nas áreas de influência pública importante – o mundo acadêmico e os meios de comunicação. O culto da inteligência é uma fraternidade secreta da aristocracia política americana. O propósito do culto é promover a política externa do governo dos EUA por meios secretos e geralmente ilegais … “

O ex-chefe da CIA, William Colby, concordou com a avaliação de Marchetti:

“[Agentes da CIA] clamaram juntos, formando uma fraternidade selada … eles desenvolveram uma visão bastante desviada desse mundo … eles derrubaram a vida do resto da cidadania americana… uma visão de inteligência ilesa, distorcida e que se mantem ilegal… além das restrições da Constituição”.

Com isso em mente, aqui estão 11 ex-agentes da CIA que sairam do culto à inteligência (ao Intelecto-EGO) para dizer ao público a verdade.

Robert Steele

1. Robert Steele: Ex Marine, oficial de caso da CIA e co-fundador da atividade de inteligência do Marine Corps dos EUA, a missão de Steele tem sido espalhar o uso de Open Source Intelligence (OSINT). Ele afirma que ele é um reformador, não um denunciante. Ele escreveu manuais sobre a OSINT para a OTAN, o D.I.A. e as Forças de Operações Especiais dos EUA. Ele declarou que as condições prévias para a revolução existem nos EUA, Reino Unido e outros países ocidentais.  Ele enumera condições como:“Isolamento de elites para riqueza concentrada para a socialização e educação inadequadas, para investimentos em terra concentrados para a perda de autoridade para a repressão de novas tecnologias, especialmente em relação à energia, à atrofia do setor público e à disseminação da corrupção, à desonestidade da mídia, ao desemprego em massa de homens jovens e assim por diante“.

O engenheiro da Ex-CIA, Robert Duncan, fez muito para expor a natureza horrível da tecnologia de controle mental do Complexo de Inteligência Militar.

2. Robert Duncan:  O ex-engenheiro da CIA, o Dr. Robert Duncan, que esteve envolvido na pesquisa e desenvolvimento de “Candidatos da Manchúria” (ou seja, candidatos à presidência dos EUA vítimas de controle da mente, marionetes), tentou explicar ao público ao longo dos anos que o verdadeiro estado atual da tecnologia de controle da mente desafia a própria imaginação. É muito difícil (e assustador) que a pessoa média compreenda como a tecnologia agora esta sofisticada.  Duncan revela como um sistema de armas capaz de controle totalitário das massas foi construído e esta OPERACIONAL. Ele também revela que muitas pessoas estão agora em contato mental sem fio com AI (Inteligência Artificial) administrada por supercomputadores – pessoas de todos os setores da vida, não apenas pessoas pobres, como era feito no passado.

Robert Duncan

Duncan trabalhou como tecnologias de interface de cérebro para computador, coisas como o acesso e leitura remota da mente, experimentação de mente de colméia da CIA (várias pessoas compartilhando o mesmo espaço mental CONTROLADO), segmentação remota e rastreamento de pessoas através de sua assinatura de energia ou “impressão cerebral”, clonagem remota ou copiando pensamentos, emoções e outros estados (por exemplo, provocando dor intensa remotamente) em um alvo, implantar a “Voz de Deus” (encaminhar informações nas mentes das pessoas e fazê-las ouvir vozes), sonhos forçados ou induzidos e a tecnologia OIW (Offensive Information Warfare).

Como muitos outros ex-agentes de inteligência, Duncan foi enganado pensando que ele estava fazendo algo de bom para a humanidade enquanto ele estava realmente construindo uma arma de tortura e controle mental. Agora ele está tentando alertar as pessoas para a natureza horrível desta tecnologia – antes que seja tarde demais.

3. Ray McGovern:  McGovern é um ex-analista ex-CIA e co-fundador da Veteran Intelligence Professionals for Sanity (VIPs). Ele acusou a CIA de ser uma agência desonesta muitas vezes, afirmando que a CIA rotineiramente prepara “inteligência” para justificar guerras pré-planejadas (por exemplo, Iraque, Afeganistão, Síria e Líbia). 

Não é má inteligência; É inteligência fixa. Além disso, ele afirmou que os presidentes dos EUA tem medo dos diretores da CIA e que o Congresso nunca fez nada para controlar a CIA antes de pelo menos o (falso) atentado de 11/09 às torres gêmeas do WTC em N. York, se não antes da hora de JFK ser eliminado. 

Neste video à seguir, McGovern desafiou as mentiras de Donald Rumsfeld no rosto dele. Rumsfeld foi ex-executivo da Searle Pharmaceuticals (que desenvolveu o horrível aspartame químico) e ex-Secretário de Defesa durante o 11 de setembro (que, por coincidência, “perdeu” US $ 2,3 trilhões no dia 11 de setembro, depois supervisionou os EUA invadirem o Iraque e outras nações em nome do ataque de 11/09 em uma falsa desculpa de “Guerra contra o Terrorismo”).

Nessa citação, a ex-CIA Michael Schemer expõe como a aliança israelense-saudita é muito mais perigosa do que o Irã.

4. Michael Scheuer:  Ex-agente de inteligência da CIA Michael Scheuer tem sido um crítico da política externa dos Estados Unidos durante décadas. Ele foi um dos poucos a ter a coragem de criticar Israel e lançar dúvidas sobre por que os EUA queriam se aliar tão intimamente com o regime sionista (sugestão: é porque os Rothschild controlam Israel e também os EUA, podem assim dizer como os EUA gastam seu dinheiro e escolhem seus aliados). Scheuer também teve a inteligência para destacar a aliança perigosa e secreta entre Israel e a Arábia Saudita, e expor como essa aliança está longe, muito mais perigosa para os EUA e algumas nações vizinhas do que o IRÃ.

A Wikipedia afirma que “Scheuer tornou-se uma figura pública depois de ser expulso como o autor anônimo do livro Imperial Hubris de 2004, no qual ele criticou muitos dos pressupostos dos EUA sobre as insurgências islâmicas e, em particular, Osama bin Laden e Al-Qaeda… Em seu livro, Scheuer retratou o lixo Laden como um ator racional que estava lutando para enfraquecer os EUA, enfraquecendo sua economia, em vez de apenas combater e matar americanos”.

 Agora, isso não se encaixa muito bem com a narrativa oficial sobre terrorismo e islamismo, não é mesmo?

5. Susan Lindauer: A  ex-agente da CIA, Susan Lindauer, sofreu 5 anos de prisão injusta sem julgamento sob o Patriot Act pelo crime de falar a verdade. Depois de 10 anos, ela quebrou seu silêncio sobre o “ataque” de 11 de setembro, revelando como George W. Bush, Dick Cheney e Rumsfeld decidiram entrar em guerra com o Iraque já antes do ataque do 11 de setembro. 

Ela também expôs como seu manipulador da CIA, Richard Fuse, fez com que ela entregasse mensagens ameaçadoras aos iraquianos – mesmo que não possuíssem as “Armas de Destruição em Massa” e não tivessem conhecimento dos seqüestradores dos aviões usados no “taque” em N.York. Ela confirma que o líder dos sequestradores, Mohammed Atta, era um agente da CIA. Ela foi presa por 2 anos por seus problemas causados com suas declarações.

John Kiriakou

6. John Kiriakou:  Kiriakou foi um dos insiders denunciantes mais punidos nos últimos tempos.  Depois de estar na CIA durante anos, ele renunciou em 2004, depois de 3 anos, em dezembro de 2007, ele decidiu ir à televisão e acusar publicamente a CIA pelos seus “programas de tortura imoral, antiético e ilegal” (que você pode ler mais sobre aqui). 

Ele acusou justamente a CIA de mentir quando a agência afirmou falsamente que ganhou “inteligência acionável” através da tortura, que violou muitas leis e a 8ª Emenda na Declaração de Direitos (que proíbe castigos cruéis e incomuns). Como Landauer, Kiriakou ficou preso por quase 2 anos por suas declarações.

Kevin Shipp

7. Kevin Shipp: O  ex-agente da CIA, Kevin Shipp, trabalhou como agente de combate ao terrorismo. Ele expôs a corrupção generalizada do governo de Barack Obama, Eric Holder, Hillary Clinton, George Soros, Susan Rice, John Brennan, Huma Abedin e muitos outros. Ele falou sobre várias questões da verdade, como o evento da ataque de bandeira falsa do 11 de setembro.

Também  a conexão vacina-autismo, como a migração em massa de povos muçulmanos está sendo usada deliberadamente para desestabilizar o Ocidente (Europa) e como a Comunidade de Inteligência dos EUA aperfeiçoou a arte de intimidar destruindo e eliminando insiders e denunciantes sobre as atrocidades praticadas. (Continua na parte 2)


Makia Freeman é  editora de mídia alternativa / site de notícias independente  The Freedom Articles  e pesquisador sênior da  ToolsForFreedom.com, escrevendo em muitos aspectos da verdade e da liberdade, de expor aspectos da conspiração mundial para sugerir soluções sobre como a humanidade pode criar um nova sistema para obter a paz e abundância.

Fontes:


“Existem três coisas que não podem ser escondidas por muito tempo: a  Lua, o Sol e a VERDADE” – Sidhartha Gautama (Budha)

“Tudo o que somos é o resultado do que pensamos. Se um homem-mulher fala ou age com um pensamento maligno, a dor o acompanhará como uma sombra. Se um homem-mulher fala ou age com um pensamento puro, a felicidade o segue, como uma luz que nunca o deixa”. – Budha  (Sidharta Gautama)


Matrix (o SISTEMA de CONTROLE)

“A Matrix é um sistema de controle, NEO. Esse sistema é o nosso inimigo. Mas quando você está dentro dele, olha em volta, e o que você vê? Empresários, professores, advogados, políticos, carpinteiros, sacerdotes, homens e mulheres… As mesmas mentes das pessoas que estamos tentando despertar. 

Mas até que nós consigamos despertá-los, essas pessoas ainda serão parte desse sistema de controle e isso as transformam em nossos inimigos. Você precisa entender, a maioria dessas pessoas não está preparada para ser desconectada da Matrix de Controle. E muitos deles estão tão habituados, tão profunda e desesperadamente dependentes do sistema, que eles vão lutar contra você  para proteger o próprio sistema de controle que aprisiona suas mentes …” 


Mais informações, leitura adicional:

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.