browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

‘Federação Galáctica’, Visão Remota e a situação da humanidade (II)

Posted by on 02/07/2021

Múltiplas ‘Federações Galácticas’ estão intervindo nos assuntos humanos

Na primeira parte desta série, discuti as sessões de visão remota conduzidas pelo Dr. Courtney Brown, Diretor do Farsight Institute sobre a ‘Galactic Federation of Worlds’, que supostamente intervém na Terra desde a remota antiguidade e até desempenhou um papel na engenharia genética na criação de nossa humanidade. Ao examinar o trabalho de vários insiders e ‘contatados’, no entanto, torna-se claro que há mais de uma associação [Federação] de civilizações extraterrestres semelhantes a humanos usando nomes semelhantes ou adaptações da ‘Federação Galáctica’.


“O indivíduo é [TÃO] deficiente mentalmente [os zumbis], por ficar cara a cara, com uma conspiração tão monstruosa, que nem acredita que ela exista. A mente americana [humana] simplesmente não se deu conta do mal que foi introduzido em seu meio. . . Ela rejeita até mesmo a suposição de que as [algumas] criaturas humanas possam adotar uma filosofia, que deve, em última instância, destruir tudo o que é bom, verdadeiro e decente”.  – Diretor do FBI J. Edgar Hoover, em 1956


Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

‘Federação Galáctica’, Visão Remota e a situação da humanidade ….Parte 2, final.

Fonte:  ExoNews

Clique aqui para a Parte 1

Por exemplo, em seu livro de 1958, O Conselho das Sete Luzes , George Van Tassel falou sobre a “Confederação Adâmica” dos irmãos espaciais que pousaram na Terra no início da história e se acasalaram com a “raça de Eva” (humanos primitivos). Em seu livro de 1974, O Convite , o contatado peruano Sixto Paz Wells também falou sobre uma grande associação interplanetária chamada ‘Confederação’ que estava ajudando na evolução da humanidade.


“E aconteceu que, como os homens começaram a multiplicar-se sobre a face da Terra, e lhes nasceram filhas, Viram os “filhos de Deus” que as filhas dos homens eram formosas; e tomaram para si mulheres de todas as que escolheram”.  –  Gênesis 6:1,2


Concepção artística do interior de uma nave mãe da Federação em órbita da Terra (ao fundo) em outros níveis de consciência, invisível aos nossos sentidos tridimensionais...

Concepção artística do interior de uma nave mãe da Federação em órbita da Terra (ao fundo), estacionada em outros níveis de consciência, invisível aos nossos sentidos tridimensionais…

Em 1981, a famosa canalização da Lei de Um introduziu duas facções extraterrestres principais que historicamente intervieram na evolução humana. Estes foram chamados de ‘Confederação de Planetas’ e ‘Cruzados de Órion’ pelo grupo extraterrestre que se autodenomina o Complexo de Memória Social Ra que pertencia ao primeiro.

A Confederação e os Cruzados de Órion foram respectivamente positivos e negativos na orientação ética e nas atitudes em relação à evolução humana, de maneiras muito semelhantes ao que os  observadores remotos do Farsight Institute do Dr. Brown  perceberam ao sondá-los remota e , respectivamente, sobre a ‘Federação Galáctica de Mundos’ e a Aliança de Órion.

Entre os primeiros a discutir publicamente três ou mais alianças interplanetárias extraterrestres rivais envolvidas na criação da humanidade e / ou disputando assuntos [o controle do “gado”] humanos desde então foi o contatado, Alex Collier, que surgiu publicamente por volta de 1991 com palestras sobre suas experiências com uma aliança de extraterrestres de aparência humana  chamados de Conselho de Andrômeda [é uma galáxia vizinha à nossa e a mais próxima, o nome dela é a forma latinizada do grego Ἀνδρομέδα (Andrômeda) ou Ἀνδρομέδη  (Andromédē) ‘governante dos homens’].

Ele disse que esse conselho Compreendia uma Federação de 139 sistemas estelares diferentes e que se interessou pela Terra devido à detecção dos Andromedanos de uma tirania galáctica em nossa galáxia, a Via Láctea, cerca de 350 anos no futuro, que poderia ser rastreada até a Terra, e em bases extraterrestres existentes na Lua e Marte na era presente.

Em suas palestras, algumas das quais foram compiladas no livro Defending Sacred Ground , ele descreveu os diferentes grupos extraterrestres que estabeleceram uma presença na Terra. Estes incluem o Império Draconiano (Ciakharr, reptilianos da estrela/sol Thuban, na constelação de Draco, o “Dragão”), um grupo da Constelação de Orion (Greys e Humanoides), uma “Comunidade Galáctica” [uma “Commonwealth Galáctica] composta por civilizações humanas em desenvolvimento e o Conselho da Andromeda. Estes grupos extraterrestres associados são negativos semelhantes aos grupos que a equipe de visualização remota do Dr. Brown identificou: os reptilianos de Draco, os Greys e os diferentes seres de Orion.

Alguns membros da Federação Galáctica, de acordo com Collier, desempenharam um papel na engenharia genética da humanidade e desde então se interessaram pelos assuntos humanos. Outros membros da Federação , no entanto, não desempenharam nenhum papel na história humana e têm pouco interesse na Terra. Devido à possibilidade de viagem no tempo, no entanto, a Federação pode inserir seus “agentes” ou intervir no passado da humanidade para influenciar eventos contemporâneos para prevenir e evitar a instalação de uma futura tirania galáctica.

Quando visto no contexto dos grupos de Draco e de Orion também intervindo nos assuntos humanos, fica claro que os eventos atuais na Terra são parte de uma guerra temporal [guerra entre os “deuses”] entre as três principais alianças extraterrestres sobre o nosso destino aqui na Terra.

No geral, Collier falou sobre a existência de 22 civilizações extraterrestres que intervieram geneticamente nos assuntos humanos e foram responsáveis ​​pelos diferentes grupos raciais e étnicos na Terra, o que não é a norma em nossa galáxia. Esses 22 grupos pareciam ser oriundos de raças de aparência humana, em sua maioria, das três alianças extraterrestres concorrentes – não apenas membros da Federação Galáctica.

Outros indivíduos notáveis ​​com informações relevantes sobre diferentes associações de extraterrestres interplanetárias incluem o denunciante e insider Dr. Michael Wolf. No final dos anos 1990, Wolf deu entrevistas notáveis a vários pesquisadores ​​de OVNIs, como Paola Harris e Dr. Richard Boylan após a publicação de seu livro, The Catchers of Heaven (1996).


O cientista americano Dr. Michael Wolf afirmou que ele foi um membro do governo “oculto” por mais de 25 anos. Alcançou um acesso de nível de segurança (Clearance)  ‘Above Top Secret’ muito alto e trabalhou principalmente em projetos científicos conjuntos ETs / humanos. Ele morreu em 18 de setembro de 2000 de câncer depois de um longo período de problemas de saúde. Durante seus últimos anos, ele passou um tempo conversando com vários jornalistas sobre o encobrimento dos assuntos UFOs e vida Extraterrestre levado à cabo pelo governo dos EUA através de suas inúmeras agências de inteligência. 

Seus chefes no Conselho de Segurança Nacional (NSC) lhe deram permissão para “gerar um vazamento controlado de informações secretas”, após sair do sistemasobre este tópico sensível. Como o Dr. Wolf comentou,

“Estou ansioso pelo dia em que o sigilo em torno do contato extraterrestre termine para que nossa humanidade possa avançar para a próxima fase de sua história – agora em escala cósmica”.


Aqui está um resumo das três principais alianças extraterrestres que Wolf revelou em suas entrevistas e livro:

Os membros do Projeto MAJESTIC-12, que desde a sua criação passou a ser, DE FATO, o governo por trás do [des]governo eleito dos EUA, sempre esteve ciente e em contato com seres extraterrestres de todos os três grupos da confederação PRINCIPAL,

  • a associação humana-reptilianos ALIANÇA CORPORATIVA 
  • a maioria humanóids dae FEDERAÇÃO GALÁCTICA DE MUNDOS
  • a maioria reptiliana RAÇAS EXTRATERRESTRES UNIDAS DE ÓRION

A “Federação de Mundos principalmente humanóide” corresponde à “Federação Galáctica de Mundos” na qual o Dr. Brown, do Farsight Institute e sua equipe de visão remota estavam se concentrando. Os outros dois grupos compreendiam um elemento reptiliano significativo em sua composição. Isso equivale aproximadamente ao Império Draconiano (Reptilianos da constelação de Draco-Dragão) e à Aliança de Orion [Orion Alliance], aos quais os visores remotos do Farsight Institute estavam se referindo.

Em 2015, Corey Goode começou a falar de uma “Super Federação” compreendendo entre 40-60 civilizações extraterrestres responsáveis ​​por 22 experimentos genéticos na Terra [dos quais resultou a criação da ATUAL HUMANIDADE].  –  {E disse “deus”: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra. – 
Gênesis 1:26 }

Em uma entrevista do tipo pergunta e resposta, Goode distinguiu entre a Super Federação e a Federação Galáctica:

Pergunta 2:  Qual é a diferença entre a Federação Galáctica e a Super Federação?

A Super Federação é formada por seres de 4ª a 5ª densidades [dimensões] que compõem as raças de “Engenheiros Genéticos” e também civilizações que foram produtos do “grande experimento” que avançou a ponto de se tornarem parte do grupo que faz os experimentos genéticos. Devemos nos graduar para este mesmo ponto evolutivo muito em breve. A Federação Galáctica, como afirmado acima, é mais responsável por manter este Universo / Realidade para o Criador Infinito Único e Absoluto existe dentro do que poderíamos considerar Outra Realidade ou mesmo um reino Angélico. Uma das mensagens que recebi da SBA [Sphere Being Alliance] foi: “[Nós] Somos os mensageiros e facilitadores do Único Criador Infinito”.

Quando se tratava da relação entre a Sphere Being Alliance e a Galactic Federation, isso é o que Goode explicou em uma sessão de perguntas e respostas :

Pergunta 1: O que é a Federação Galáctica? Quem são seus membros?

Eu a referi como a Federação Galáctica, por meio de Tear Eir [contato primário de Goode com o ser extraterrestres da raça Blue Avians, enquanto a raça dos Anshar [uma civilização interna da Terra] a estão chamando de “Confederação Galáctica”. Os membros desta Federação são civilizações altamente espiritual e tecnologicamente avançadas (6ª dimensão e acima) que cooperam para facilitar a execução da lei cósmica e os vários ciclos cósmicos evolutivos. Os membros da Sphere Being Alliance (Guardiões) são membros desta Federação Galáctica.

Claramente, havia uma diferença importante entre a ‘Federação Galáctica’ (também conhecida como Confederação) e a ‘Super Federação’ gerenciando os 22 experimentos genéticos da Terra. A fim de evitar confusão e manter a consistência com fontes anteriores, como George Van Tassel, o  Material da Lei de Um e Sixto Paz Wells, usarei o termo “Confederação Galáctica” para denotar este órgão consultivo de dimensões mais elevadas.

Enquanto a Confederação Galáctica operava como um supervisor de dimensões mais elevadas para manter a “lei cósmica”, a Super Federação era parte interessada direta nos assuntos da Terra, tendo agendas distintas e eram rivais que experimentariam conflitos entre si e / ou com os grupos de raças extraterrestres reptilianos de Draco-Dragão e Orion.

Consequentemente, a Confederação Galáctica poderia atuar como árbitro de disputas entre os membros da Super Federação que estavam fazendo engenharia genética da humanidade ou intervir se uma “violação da lei cósmica” estivesse acontecendo. Isto é consistente com a alegação de Collier que o Conselho Andromeda (da 6ª dimensão) aconselhou o “Confederação Galáctica” sobre a implantação, em nosso sistema solar, de um futuro governo de tirania galáctico.

Em 2018, Goode descreveu um grande avanço na medida em que a Super Federação decidiu dar um passo para trás e permitir que a [parte da] humanidade determinasse o seu próprio destino, devido à intervenção dos seres da Sphere Being Alliance/Confederação Galáctica de 6ª a 9ª dimensões

Em resposta às revelações inovadoras do cientista do programa espacial de Israel, Professor Haim Eshed em 2020 sobre a Federação Galáctica, Goode reiterou que existem vários grupos da federação interessados ​​em assuntos humanos, e novamente enfatizando que a ‘Super Federação’ composta por muitos grupos extraterrestres nórdicos é um órgão deliberativo local distinto do maior densidade ‘Confederação Galáctica’ à qual pertencia a Sphere Being Alliance.

Goode elaborou mais sobre esses diferentes grupos em uma entrevista de dezembro de 2020:

Você ouve muito “Federação Galáctica”. Bem, isso poderia se aplicar a muitos grupos diferentes, como, você sabe, os seres da Sphere Being Alliance. Eles são parte deste, tipo, um tipo de grupo de observadores galácticos que está supervisionando reinos de densidade mais elevada e também cuidando dos reinos de densidade mais baixa [como a Terra] para ter certeza de que tudo está sendo feito de acordo com a Lei Cósmica. Estes são seres da 6ª,  7º  dimensões muito evoluídos.

E então você vai para baixo, para reinos de  seres da 4ª e 5ª dimensões e estes incluem tudo, desde os reptilianos, Greys para as raças humanoides Tall Whites/nórdicos altos, diferentes tipos de seres que fixo no que chamamos os “Greys”.

Existe uma grande variedade desses outros tipos de seres. . . Os insectoides são extremamente dedicados à genética. Isso é. . . Toda a sua tecnologia é manipulação genética. E até mesmo as espaçonaves em que eles desenvolveram.

E eles fazem parte dessas pequenas federações conjuntas. Eles trabalham com Reptilianos às vezes e têm acordos de conveniência também, porque alguns deles têm agendas de cronograma genético espiritual que entram em conflito com outras seres nesta Super Federação.

Isso leva à questão de se a “Federação Galáctica de Mundos” que o grupo de visualizadores remotos do Farsight Institute do Dr. Brown visualizou remotamente fazia parte deste grupo de supervisão de dimensões mais elevadas ao qual pertencem os seres da Sphere Being Alliance –  ‘Confederação Galáctica’ – ou uma das outras federações em conflito com associações rivais como o Império Draconiano ou o Coletivo Orion.

Parece claro a partir das sessões de visão remota que a Federação Galáctica de Mundos é uma parte direta nos conflitos em andamento com os grupos Draco e Orion, ao invés de um grupo de supervisão que aplica a Lei Cósmica como um árbitro imparcial. A Federação Galáctica de Mundos conduz operações militares, tem frotas espaciais lutando contra os Reptilianos / Orions, tem operadores secretos infiltrando-se [encarnados] na sociedade humana da Terra, etc.

As operações da Federação Galáctica de Mundos descritas pelos visualizadores remotos do Instituto Farsight são muito semelhantes ao que também foi recentemente revelado pela contatada francesa e ex-arqueóloga profissional Elena Danaan. Ela divulgou publicamente suas comunicações com quatro representantes individuais da Federação Galáctica de Mundos que datam de 2018, que é a época em que ela diz que foi ativada nos seus contatos e decidiu se comprometer em tempo integral com sua nova responsabilidade.

Significativamente, ela descreveu uma decisão recente da Federação Galáctica de Mundos de aumentar suas operações e intervenções militares na Terra e nos corpos celestes próximos, contra bases de extraterrestres na Lua e em Marte, e apoiar os esforços de resistência nativa contra o controle dos seres reptilianos de Draco e outros seres extraterrestres, alguns Greys, da Constelação de Orion.

Isso é consistente com as observações anteriores de Alex Collier sobre o Conselho de Andrômeda contatando a Confederação Galáctica para evitar que a Terra se tornasse o epicentro de uma futura tirania galáctica. Além disso, isso também é consistente com o que a equipe de visão remota do Farsight Institute do Dr. Brown observou em fevereiro de 2021 e sugere que a Federação Galáctica de Mundos tomou uma decisão muito recente de intervir nos assuntos humanos de forma mais vigorosa e direta.

Vale a pena enfatizar que a Federação Galáctica de Mundos parece ser uma organização mais ativista da “Galactic Confederation” de dimensões mais elevadas que Goode disse que era a origem dos seres da Sphere Being Alliance e cujas atividades recentes, a favor da EVOLUÇÃO da humanidade,  ele descreveu em detalhes desde 2014. Embora existam algumas semelhanças entre as operações da Sphere Being Alliance / Galactic Confederation descritas por Goode com o que os visualizadores remoto do Farsight Institute e Elena Danaan afirmaram sobre a Federação Galáctica de Mundos, há também diferenças significativas.

Isso sugere que a Federação Galáctica de Mundos está trabalhando com ou sob a orientação da Confederação Galáctica para defender a Lei Cósmica no que diz respeito ao futuro da humanidade.  Isso muito provavelmente ocorre por meio de membros extraterrestres altamente evoluídos, como os Andromedanos e Arcturianos, que são membros de ambos os grupos. Vale a pena lembrar que Edgar Cayce, o famoso médium americano, via os Arcturianos [oriundos de Arcturus, da Constelação de Bootes] como uma das civilizações mais evoluídas de nossa galáxia, conforme descrevo em meu livro de 2013, Galactic Diplomacy .

Em conclusão, está claro que a humanidade está sendo visitada por múltiplas civilizações extraterrestres, desde o seu surgimento na Terra, há cerca de 7 mil anos, muitas das quais participam de pelo menos três alianças extraterrestres rivais que estão competindo por assuntos humanos [e pelo controle da Terra e sua humanidade]. Essas organizações rivais parecem ser uma Federação Galáctica de Mundos, o Império [reptiliano] Draconiano e uma Aliança de Orion.

Além disso, também parece haver um agrupamento de extraterrestres que estão executando 22 experimentos genéticos na Terra, anteriormente chamados de Super Federação, que está sendo reconstituída à medida que a humanidade assume o controle de sua própria evolução genética.  Finalmente, há um grupo de dimensões mais elevadas também chamado de “Confederação Galáctica” ao qual pertencem a Sphere Being Alliance e o Conselho de Andrômeda, e que parece ser um árbitro da Lei Cósmica.

Essas cinco associações distintas de raças extraterrestres parecem ser os jogadores-chave nos eventos atuais da Terra [mais as raças de civilizações de seres que vivem no interior da Terra]. O encobrimento mundial sobre a existência dos extraterrestres tornou muito difícil para o público em geral [a massa ignorante] saber o que “está acontecendo”. No entanto, graças aos esforços coletivos do Farsight Institute, mais recentemente de indivíduos como Corey Goode, Elena Danaan, Alex Collier e outras fontes históricas, podemos ter uma imagem mais precisa do que está acontecendo atual e REalmente.

Clique aqui para a Parte 1 – © Michael E. Salla, Ph.D.


[*] A visão remota (RV) é a prática de buscar impressões sobre um alvo distante ou invisível, supostamente “vendo” uma situação, região, local à distância com a mente do visualizador [pode-se ir para o passado e o futuro].  Experimentos de visão remota têm sido historicamente criticados por falta de controles adequados e repetibilidade, mas sabe-se que os serviços de inteligência secretamente a utilizaram.  Normalmente, espera-se que um visualizador remoto forneça informações sobre um objeto, evento, pessoa ou local que está oculto da visão física e separado à distância.

Os físicos Russell Targ e Harold Puthoff , pesquisadores de  parapsicologia do Stanford Research Institute (SRI), são geralmente creditados por cunhar o termo “visão remota” para distingui-lo do conceito intimamente relacionado de clarividência,  embora de acordo com Targ, o termo foi sugerido pela primeira vez por Ingo Swann em dezembro de 1971 durante um experimento na American Society for Psychical Research, na cidade de Nova York.

A visão remota foi popularizada na década de 1990 com a  desclassificação de certos documentos relacionados ao Projeto Stargate , um programa de pesquisa de US$ 20 milhões que começou em 1975 e foi patrocinado pela inteligência dos EUA , em uma tentativa de determinar qualquer aplicação militar potencial de fenômenos psíquicos. O programa foi encerrado [alegadamente] em 1995, depois que não conseguiu produzir nenhuma informação de inteligência acionável.


Nosso trabalho no Blog é anônimo e não visa lucro, no entanto temos despesas fixas para mantê-lo funcionando e assim continuar a disseminar informação alternativa de fontes confiáveis. Desde modo solicitamos a colaboração mais efetiva de nossos leitores que possam contribuir com doação de qualquer valor ao mesmo tempo que agradecemos a todos que já contribuíram, pois sua ajuda mantem o blog ativo. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal AGENCIA: 1803 – CONTA: 00001756-6 – TIPO: 013 [poupança] e pelo PIX 211.365.990-53 (Caixa).


“A sabedoria (Sophia) clama lá fora; pelas ruas levanta a sua voz. Nas esquinas movimentadas ela brada; nas entradas das portas e nas cidades profere as suas palavras:  Até quando vocês, inexperientes, irão contentar-se com a sua inexperiência? Vocês, zombadores, até quando terão prazer na zombaria? E vocês, tolos, até quando desprezarão o conhecimento? Atentai para a minha repreensão; pois eis que vos derramarei abundantemente do meu espírito e vos farei saber as minhas palavras [o conhecimento]. – Provérbios 1:20-23


Mais informações, leitura adicional:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.