Kremlin Confirma que Tucker Carlson Entrevistou Vladimir Putin

A entrevista está sendo preparada para transmissão, disse o porta-voz Dmitry Peskov aos jornalistas. O presidente russo, Vladimir Putin, se reuniu com o jornalista norte-americano Tucker Carlson na terça-feira para uma entrevista, disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, em uma coletiva de imprensa diária nessa quarta-feira. O jornalista norte americano havia anunciado o lançamento iminente da entrevista horas antes.

Kremlin Confirma que Tucker Carlson Entrevistou Vladimir Putin

Fonte: Rússia Today

O porta-voz do Kremlin recusou-se a dizer quando exatamente o público poderá ver a entrevista e não quis comentar o seu conteúdo. Ele observou que, sendo norte americano, Carlson não era nem pró-Rússia nem pró-Ucraniano em termos da sua atitude em relação ao conflito na Ucrânia, que deverá ser o foco da entrevista.

No entanto, Peskov destacou que a posição do entrevistador contrasta com aquela que domina [as pre$$tittua$] a mídia ocidental, razão pela qual o Kremlin atendeu ao seu pedido de entrevistar Putin. O porta-voz do Kremlin acrescentou, no entanto, que Carlson está errado quando afirma que [as pre$$tittua$] os meios de comunicação ocidentais não se preocuparam em procurar uma entrevista com o líder do governo russo.

A “grande mídia ocidental” não pode reivindicar “nem mesmo a aparência de imparcialidade” em relação à Ucrânia e “todos têm uma posição unilateral”, explicou Peskov. Moscou “não deseja” se comunicar com eles e duvida que algo de bom resulte disso, disse ele.

Anteriormente, o The Wall Street Journal informou que Carlson provavelmente publicará sua produção na terça-feira, citando “pessoas familiarizadas com o assunto”.

Carlson prometeu que sua conversa com Putin será lançada sem cortes em sua plataforma de streaming e não terá acesso pago, será livre. Ele disse que era importante que o público americano ouvisse o que o presidente russo tinha a dizer, porque os riscos do impasse na Ucrânia eram muito elevados.

Ele alegou que outros meios de comunicação [as pre$$tittua$] ocidentais não estavam fazendo um trabalho adequado ao informar o público sobre a posição de Moscou, enganando-os sobre a razão pela qual os EUA e os seus aliados estavam gastando o dinheiro dos seus contribuintes no apoio ao governo de Kiev. Elon Musk, dono do X (antigo Twitter), prometeu a Carlson que a entrevista não seria suprimida na plataforma, acrescentou.

Os críticos afirmam que Carlson simpatiza com a causa russa. O ex-congressista norte-americano Adam Kinzinger, que é pró-ucraniano, rotulou-o de “traidor” num post X e lançou uma pesquisa simulada sobre se o jornalista estava na folha de pagamento de Putin.

Mesmo antes de Carlson confirmar os seus planos, o escritor neoconservador Bill Kristol apelou às autoridades para que o impedissem de regressar aos EUA, “até que os representantes do nosso país possam descobrir o que se passa”.

Carlson previu que os governos ocidentais “certamente farão o seu melhor para censurá- lo” porque têm medo de informações que não podem controlar/manipular”.


Musk responde a pedidos de prisão de Tucker Carlson

Qualquer pessoa que exija que o jornalista Tucker Carlson seja detido por entrevistar Vladimir Putin deveria ser processado, argumentou o bilionário dono da Tesla.

Qualquer pessoa que peça a prisão do jornalista norte-americano Tucker Carlson devido ao seu plano bem sucedido de entrevistar o presidente russo, Vladimir Putin, deveria ser detido e processado, sugeriu o bilionário Elon Musk.

Carlson chegou a Moscou discretamente no fim de semana passado, dizendo que pretendia mostrar aos americanos uma posição russa não filtrada sobre o conflito na Ucrânia e as tensões mais amplas entre Moscou e o [Hospício do] Ocidente.

O ex-apresentador da Fox News acusou a grande mídia [as pre$$tituta$] de não fornecer a imagem completa por razões políticas e disse que Musk havia prometido não suprimir a distribuição no “X”(antigo Twitter) de sua entrevista planejada com Putin.

Tem havido especulações sobre os riscos potenciais para Carlson ao voltar à sua terra natal devido à sua viagem à Rússia. O blogueiro conservador baseado na Malásia, Ian Miles Cheong, sugeriu que ele  “poderia se tornar o próximo Julian Assange”, observando que “políticos e capangas da mídia estabelecida” já têm pedido a prisão de Carlson.

“Prenda aqueles que pedem sua prisão!” Musk respondeu em uma postagem no X.

O fundador do WikiLeaks, Assange, está atualmente numa prisão britânica, lutando contra um pedido de extradição dos EUA. Washington acusou-o de crimes relacionados com a forma como a denunciante Chelsea Manning obteve materiais confidenciais sobre as campanhas militares dos EUA no Iraque e no Afeganistão, alguns dos quais eram condenatórios para o governo americano.

Os seus apoiantes dizem que Assange, que não tem plena liberdade desde 2012, está sendo perseguido pelos EUA e pelos seus aliados por expor os seus segredos sujos. Ele foi preso em 2019, depois que o Equador revogou o asilo político que lhe permitia permanecer na embaixada do país em Londres, permitindo que as autoridades britânicas o prendessem.

Algumas figuras públicas nos EUA acusaram Carlson de nutrir simpatias por Putin e de pretender espalhar “propaganda russa” entrevistando-o. Mesmo antes de o objetivo da visita de Carlson a Moscou ser confirmado, o escritor neoconservador Bill Kristol apelou ao governo dos EUA para impedir o jornalista de regressar a casa, “até que os representantes do nosso país possam descobrir o que se passa”.

Carlson insistiu que não gosta do líder russo, mas disse que é importante que o público americano ouça as opiniões de Putin sobre o conflito na Ucrânia e as tensões entre Moscou e Washington, considerando o que está em jogo. Ele também acusou o governo americano de tentar impedi-lo de entrevistar Putin, uma ideia que a secretária de imprensa da Casa Branca, Karine Jean-Pierre, considerou “ridícula”.


SEJA UM ASSINANTE DO BLOG: Para os leitores do Blog que ainda não são assinantes e desejam acessar as postagens em seus endereços de E-Mail, solicitamos, por favor, que façam a sua inscrição aqui neste LINK: https://linktr.ee/thoth3126

Convidamos também a conhecerem e seguirem nossas redes sociais:
Instagram: https://www.instagram.com/th.oth3126/
Facebook: https://www.facebook.com/thoth3126.blog
X (antigo Twitter): https://twitter.com/thoth3126_blog
Youtube: https://www.youtube.com/@thoth3126_blog

Siga o canal “Blog Thoth3126” no WhatsApp: https://www.whatsapp.com/channel/0029VaF1s8E9Gv7YevnqRB3X


Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nosso conteúdo

Junte-se a 4.326 outros assinantes

compartilhe

Últimas Publicações

Indicações Thoth