Mais de 40 países dispostos a aderir ao BRICS

O grupo de países fundadores do BRICS, (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) está pronto e aberto para conversar com qualquer nação que se esforce por uma ordem global mais justa e equitativa, disse um diplomata sul-africano sênior à RT. O diplomata disse a repórteres em Joanesburgo na quinta-feira que 22 países se inscreveram formalmente para ingressar no grupo, enquanto “um número igual” de estados “tem pedido informalmente para se tornarem membros do BRICS”. 

Mais de 40 países dispostos a aderir ao BRICS

Fonte: Rússia Today

Mais de 40 países demonstraram interesse em ingressar no BRICS, disse Anil Sooklal, embaixador geral da África do Sul responsável pelos laços com a aliança econômica e os países asiáticos.

O diplomata disse a repórteres em Joanesburgo na quinta-feira que 22 países se inscreveram formalmente para ingressar no grupo, enquanto “um número igual” de estados “tem pedido informalmente para se tornarem membros do BRICS”.  

Falando com a RT no domingo, Sooklal descreveu o BRICS como uma organização “inclusiva” que sempre esteve aberta ao diálogo com a comunidade global mais ampla. O grupo atualmente compreende Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, e responde por mais de 40% da população global e cerca de um quarto do PIB mundial e são grande produtores de alimentos.

Sooklal disse que o BRICS não faz distinção entre o Norte Global e o Sul Global e está pronto para conversar com qualquer país que “tenha a mesma visão para uma ordem global mais justa e equitativa, onde não marginalizamos grandes partes do mundo”, incluindo muitas nações em desenvolvimento.

O diplomata destacou ainda que, embora as Nações Unidas ainda não tenham embarcado em reformas abrangentes que dariam mais voz aos países emergentes, o BRICS traçou seu próprio caminho para remediar essa situação.

No entanto, ele destacou que o bloco “não busca se tornar uma força econômica dominante”, mas sim ter “uma grande influência de maneira inclusiva para trabalhar pela mudança”. 

“Não queremos um mundo onde tenhamos uma ou duas hegemonias globais”, acrescentou, explicando que tal distribuição de poder semeia divisão na comunidade global.

Sooklal havia dito anteriormente em comentários a jornalistas que Argentina, Irã, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos estavam entre os países que primeiro desejaram ingressar no bloco.

A África do Sul acolherá este ano o encontro anual dos BRICS, que decorrerá em Joanesburgo de 22 a 24 de agosto, tendo o Presidente Cyril Ramaphosa enviado convites a cerca de 70 líderes globais ao mesmo tempo que recusou convidar Emmanuel Macron, da França, que havia solicitado ser convidado para a reunião de agosto.


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal   AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)” para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nosso conteúdo

Junte-se a 4.327 outros assinantes

compartilhe

Últimas Publicações

Indicações Thoth