browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Nazistas alemães iniciaram colonização de Marte nos anos 1940

Posted by on 24/08/2017

O Insider do SSP-Secret Space Program, o denunciante Corey Goode descreve em detalhes as tentativas de um programa espacial secreto nazista alemão de estabelecer bases em Marte durante a Segunda Guerra Mundial. Ele declara que durante o início da década de 1940, enquanto a Segunda Guerra Mundial ainda estava sendo combatida, as sociedades secretas alemãs – Thule, Vril e Schwarze Sonne-SS (de culto ao Sol Negro) – estabeleceram com êxito uma base na Lua e usaram-na como posterior plataforma de lançamento para missões em Marte.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Sociedades secretas nazistas alemãs iniciaram projeto de colonização de Marte nos anos 1940

Fontehttp://exopolitics.org

Em sua última entrevista na Cosmic Disclosure da GaiaTV, o denunciante Corey Goode descreve em detalhes as tentativas bem sucedidas de um programa espacial secreto nazista alemão de estabelecer bases em Marte durante a Segunda Guerra Mundial. Ele alega que durante o subseqüente esforço de colonização pelos nazistas, os alemães lutaram terríveis batalhas territoriais com espécies marcianas residentes que habitavam grandes complexos subterrâneos de tubos de lava que percorriam as regiões subterrâneas de Marte.

Sol Negro-waffenss

SS-Schwarze Sonne , símbolo do culto nazista ao Sol Negro.

Goode declara que durante o início da década de 1940, enquanto a Segunda Guerra Mundial ainda estava sendo combatida, as sociedades secretas alemãs – ThuleVril e SS-Schwarze Sonne (de culto ao Sol Negro) – estabeleceram com êxito uma base na Lua e usaram isso como plataforma de lançamento para missões em Marte. O tempo de viagem entre a Lua e Marte foi de várias horas para os alemães. Goode contrastou isto com o posterior SSP-Secret Space Program, um programa secreto de expansão para o espaço contemporâneo que cortou este tempo de viagem a uma questão de minutos!

Goode descreve informações sobre os primeiros acontecimentos de colonização alemã adquiridos a partir de “Smart Glass I-Pads”(“I-Pads de vidro inteligente), que ele teve acesso durante seu serviço espacial como um “Intuitivo Empático” de 1987 a 2007. Ele diz que documentos alemães e fotografias, detalhando estas missões na Lua e em Marte, estavam arquivadas no “Smart Glass I-Pads””I-Pads de vidro inteligente”.

Goode descreveu anteriormente o poder das sociedades secretas alemãs na Alemanha de Hitler. As sociedades Thule, Vril e Sol Negro criaram um programa espacial que era totalmente independente do esforço das demais ramificações e organizações nazistas para desenvolver e armar discos voadores (com tecnologia cedida por alienígenas) para o esforço de guerra.

Estas sociedades secretas alemãs antes estabeleceram bases na Antártida e na América do Sul que escaparam à maior parte dos combates durante a Segunda Guerra Mundial. Bem escondidos e protegidos nesses locais remotos, os alemães tinham avançado muito no desenvolvimento de tecnologias avançadas de viagens espaciais usando propulsão eletromagnética, portais antigravidade e espaço-tempo.

Os esforços dessas sociedades secretas alemãs no estabelecimento de um programa espacial secreto foi previamente descrito por Goode em um 20 de maio de 2015 entrevista por email, episódios anteriores de Divulgação Cosmic , e discutido em detalhes no livro, Insiders Reveal Secret Space Programs(2015). No episódio de 10 de novembro de 2015, Cosmic Disclosure, Goode fornece mais informações do que anteriormente revelou sobre os desafios que os primeiros colonos alemães enfrentaram ao estabelecer suas bases em Marte e na Lua.

Depois de estabelecer uma presença nas regiões equatoriais de Marte, ele descreve como os alemães encontraram duras tempestades de areia que estavam altamente carregadas eletricamente. As tempestades carregadas com relâmpagos causaram estragos com a eletrônica de suas tecnologias. O depoimento de Goode é apoiado pela pesquisa da NASA que confirmou que explosões tremendas de raios ocorrem durante tempestades de poeira em Marte.

hitler-nazismo-reptilianos-dracos

Consequentemente, os alemães começaram a procurar em outras partes de Marte áreas mais adequadas para suas bases. Eles descobriram que as regiões Norte e Sul, acima do paralelo 20, ofereciam um ambiente mais hospitaleiro para construir bases, bem longe das enormes tempestades de poeira marciana. Os alemães descobriram um antigo sistema subterrâneo de tubos de lava com cerca de 10 vezes o tamanho dos tubos de lava na Terra, e realocaram suas bases neste locais.

Mas os tubos de lava de Marte e outras regiões subterrâneas não estavam desabitados. Os alemães encontraram duas espécies residentes inteligentes contra quem tiveram que travar batalhas territoriais ferozes para estabelecer suas bases. Goode descreveu as duas espécies como Reptiliana e Insectoide. Essas batalhas brutais levaram à perda de muitos funcionários e recursos alemães até o final da década de 1950, quando o complexo industrial militar norte-americano começou a ajudar as sociedades secretas alemãs a se instalar em Marte.

Em meados de 1952, os alemães tinham conduzido uma série de vôos de discos voadores sobre Washington DC em uma demonstração de força. Isso levou ao início das relações oficiais com as sociedades secretas alemãs pelo governo ocultos dos EUA. Durante o governo de Eisenhower, os Estados Unidos capitularam as demandas-chave alemãs, o que levou à infiltração do complexo militar-industrial por cientistas nazistas.

Com o poder industrial dos EUA agora por trás deles, as sociedades secretas alemãs conseguiram finalmente consolidar suas bases de Marte e protegê-las dos residentes marcianos. Há alguma evidência que sustente as afirmações incríveis de Goode? Primeiro, podemos olhar para outros denunciantes insiders que também alegam ter passado algum tempo em Marte enquanto serviram em programas secretos espaciais dos EUA.

O depoimento de Goode tem uma série de paralelos importantes com o testemunho de um anterior denunciante de Marte, o capitão Randy Cramer, que diz que ele passou 17 anos em Marte (de 1987 a 2004) em uma unidade militar de elite que defendia as colônias civis de residentes marcianos.

Em abril de 2014, uma série de entrevistas (seis meses antes do surgimento público de Goode em setembro), Cramer disse que sua unidade lutou regularmente batalhas territoriais com duas espécies inteligentes de Marte, Reptilianos e Insectoides – os mesmos dois tipos de aliens identificados por Goode.

Randy Cramer descreveu os residentes marcianos como ferozmente territoriais que iriam para a batalha se seu território fosse ameaçado. Em outros momentos, eles deixariam os colonos humanos sozinhos. Novamente, isso é consistente com as afirmações de Goode sobre as batalhas alemãs com os marcianos.

Embora Cramer não mencionasse nenhuma conexão alemã, deixou claro que a unidade militar com quem serviu estava subordinada a uma entidade corporativa (ICC-Interplanetary Corporate Conglomerate) que estava encarregada das operações de Marte. Isso é consistente com as afirmações de Goode sobre um “Conglomerado Corporativo Interplanetário que governa as colonias em Marte, que havia sido infiltrado e assumido pelas sociedades secretas alemãs e seus partidários dos S.S. nazistas.

As S.S. introduziram práticas de trabalho escravo que eram comuns na Alemanha nazista e nas bases da sociedade secreta alemã na Antártida e na América do Sul. De acordo com Albert Speer, Ministro dos Armamentos da Alemanha nazista. Os S.S. nazistas tinham planos de continuar essas práticas de escravos bem depois da guerra.

haunebuII-DoStra-1944

Em 1944, um modelo de guerra aperfeiçoado, o Haunebu II Do-Stra (Dornier STRAtospharen Flugzeug / Aeronave Estratosférica) foi testado. Dois protótipos foram construídos. Estas máquinas maciças, eram tripuladas por 20 homens. Elas também eram capazes de velocidade hipersônica além de 21.000 km / h. (MACH 17)

Os depoimentos de Cramer e Goode sobre batalhas secretas no programa espacial com nativos marcianos são consistentes com um terceiro denunciante, Michael Relfe, que afirma ter passado 20 anos em Marte (de 1976 a 1996). Relfe descreve a luta contra uma variedade de ameaças nativas e extraterrestres ao programa secreto espacial executando operações de Marte. Os testemunhos de Goode, de Cramer e de Relfe são comparados e contrastados no capítulo 13 do livro Insiders Reveal Secret Space Programs .

Além da evidência testemunhal por Cramer e Relfe, que é consistente com as reivindicações de Goode, há também evidência circunstancial importante. De 11 a 12 de junho, a British Interplanetary Society realizou um simpósio sobre o tema, “Como derrubar uma ditadura marciana”.

O cenário representado pela British Interplanetary Society era de um programa espacial corporativo em Marte, que era dominado por líderes que se comportavam como ditadores que exploravam os trabalhadores como mão-de-obra escrava. O cenário tem muitas semelhanças com os descritos por Goode e Cramer sobre Marte sendo governado por corporações que usam forças militares de elite como mercenários espaciais para lutar suas batalhas.

O simpósio foi coberto por Richard Hollingham, um escritor da British Broadcasting Corporation-BBC, que aludiu a uma conexão MI-6, o serviço secreto britânico. O simpósio coincidiu com um relatório de 22 de junho de Goode sobre sua turnê de inspeção de uma base de Marte atual que parecia ser governado como uma ditadura. É mais do que provável que as práticas corporativas nas bases de Marte hoje estejam conectadas ao seu antecedente, as primeiras bases alemãs que continuaram a prática nazista de usar o trabalho escravo.

vril-sociedade-nazismo

Vários UFOs nazistas fotografados em diferentes locais no planeta

Estes episódios da Divulgação cósmica com Goode denunciando segredos em eventos históricos chave retidos em segredo do público em geral, se for verdade, deve mudar a nossa visão do mundo para lidar de forma responsável com o futuro. Dois outros supostos informantes do programa espacial secreto suportam as alegações de Goode, junto com provas circunstancialmente convincentes, que inclui dados da NASA que suportam sua reivindicação de uma atmosfera fina e respirável em Marte.

Por enquanto, há boas razões para concluir que Goode está revelando uma verdadeira perspectiva interna sobre o papel que as sociedades secretas alemãs desempenharam no estabelecimento de bases e na colonização de Marte começando na década de 1940.

© Michael E. Salla, Ph.D.


“Conhece-te a ti mesmo e conheceras todo o universo e os deuses, porque se o que tu procuras não encontrares primeiro dentro de ti mesmo, tu não encontrarás em lugar nenhum” 

countdown-contagem-regressivaFrase escrita no pórtico do Templo do Oráculo de Delphos, na antiga Grécia.

“A exposição à verdade muda a tua vida, ponto final – seja essa verdade uma revelação sobre a honestidade e integridade pessoal ou se for uma revelação divina que reestrutura o teu lugar no Universo. Por esse motivo é que a maioria (a massa ignorante do Pão e Circo) das pessoas foge da verdade, em vez de se aproximar dela”.  {Caroline Myss}


Saiba mais, leitura adicional:

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com.br

7 Responses to Nazistas alemães iniciaram colonização de Marte nos anos 1940

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *