browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

O “Apocalipse Alienígena” (‘deuses’ e extraterrestres, et caterva, enganando os incautos)

Posted by on 07/08/2019

Esses tipos de mensagens de catástrofes que se aproximam de seu acontecimento na Terra, dadas pelos seres que chamo de ”Eminent Catholic Entities” (ECE) são consistentes e semelhantes com as que os contatados / abduzidos recebem dos seres alienígenas. A divisão entre “aparições celestes” e a visitação de seres “ETs” é arbitrária.  Em minha cidade natal, Catania, na Itália, tivemos um contatado por ETs chamado Eugenio Siragusa e um vidente mariano, Rosario Toscano, ambos declararam ter tido contato / visão à distância de cerca de cinco milhas. Seguindo minha pesquisa, a Hipótese Extra Terrestre (ETH), mais comum, não é consistente na motivação e no comportamento do(s) ser(es) considerado(s). A quantidade de nossa interação com o fenômeno é enorme e indica uma relação simbiótica e de longo prazo entre nós e “eles” (criadores e criaturas). 

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Entrevista com Corvo, autor do livro “Apocalisse Aliena” (Apocalipse Alienígena)

Um novo livro em italiano sobre a Agenda Alienígena, as boas e más máscaras que eles usam e o iminente “Apocalipse” para a humanidade.

Por Eve Lorgen – Fonte:  http://evelorgen.com/

Sentenças entre { } são adições de Thoth.

1. Giuseppe (Corvo), o que motivou você a escrever este livro sobre o apocalipse alienígena, e cujo trabalho ou pesquisa relacionou-se com algumas de suas idéias e temas principais do livro?

A motivação vem da minha história pessoal ligada a um senso de responsabilidade social.

Apocalisse Aliena (Italian Edition) by [Corvo]Eu nasci na Itália, que é um ‘país católico’. Quando criança, fui exposto a diferentes eventos paranormais em relação a “seres celestes” como a “Virgem Maria”. Eu tinha oito anos quando vi uma estátua chorando lágrimas de sangue. No mesmo lugar havia um indivíduo que afirmava canalizar o “Arcanjo Gabriel”. Quando eu tinha 17 anos, fui a Medjugorje na Bósnia, um local onde a Virgem Maria estava aparecendo, e vi muitos fenômenos inexplicáveis. A entidade revela dez segredos sobre o apocalipse. Essas experiências imploravam por uma explicação e eu não me contentei com a posição dos crentes nem com a dos céticos.

Esses tipos de mensagens de catástrofes que se aproximam de seu momento de acontecer na Terra, em avisos dados pelos seres que chamo de Eminent Catholic Entities (ECE) são consistentes e semelhantes com as que os contatados / abduzidos recebem dos seres alienígenas. A divisão entre “aparições celestes” e a visitação de seres “ETs” é arbitrária. Em minha cidade natal, Catania, na Itália, tivemos um contatado por ETs chamado Eugenio Siragusa (tópico ETs) e um vidente mariano, Rosario Toscano (tópico religioso), que declarou ter tido contato / visão à distância de cerca de cinco milhas.

Fontes como a vidente Stefania Caterina ( http://www.versolanuovacreazione.it/ em italiano) estão diminuindo a distância. Eles promovem a ideia de que os alienígenas estão “mais próximos de deus”(!?) e que, quando eles vierem, devemos deixar de lado qualquer crítica e nos submeter a eles. No livro, investigo esses três casos de contatados e videntes religiosos citados e muitos outros.

A Árvore da Vida da Cabala é usada no livro como um mapa para organizar o conhecimento. A lista de autores que contribuíram para o livro Apocalisse Aliena é muito longa para ser reportada aqui. Tenho uma grande dívida de gratidão com pesquisadores como Valle, Keel, Karla Turner e Richard Dolan, que abriram caminho para a minha ideia. Eu também devo gratidão aos meus professores de Advaita Vedanta – Fusho e Raphael – e Cabala por me fornecerem a estrutura de explicação que eu usei no livro.

2Apocalisse Aliena - ci salveranno loro - Corvo - ITA_html_m437253e1

Ilustração 1: A Árvore da Vida da Cabala hebraica é usada no livro como um mapa para organizar o conhecimento

Minha educação formal em Ciências Sociais me deu a compreensão de Antropologia, Teoria do Sistema e Ciência Política que é usada no texto.Essas contribuições estão interligadas para criar uma hipótese que, acredito, dá uma contribuição original ao campo analisado. Essa originalidade corre o risco de aborrecer um pouco a todos. As comunidades científicas, religiosas, ufológicas e new age poderiam enfrentar seu paradigma desafiado pela tese expressa no livro Apocalisse Aliena . Isso pode soar desconfortável, por outro lado, temos que nos desafiar. Acredito que a interferência do EME (Entidades Materializadas Extra Dimensionais) é a questão mais importante e complexa que mudará o mundo como o (imaginamos que) “conhecemos” para sempre.

2. Quem são os alienígenas realmente, na sua opinião? E por que você se refere a eles como Entidades Materializadas Extra Dimensionais ou EME?

O termo Entidade Materializada Extra-dimensional (EME) foi inicialmente usado em alguns documentos do MAJESTIC-12. Vem do fato de que eles não são e/ou vêm da nossa dimensão de realidade e precisam “materializar” um corpo para interagir conosco.

Seguindo minha pesquisa, a Hipótese Extra Terrestre (ETH), mais comum, não é consistente na motivação e no comportamento do(s) ser (es) considerado (s). A quantidade de interação é enorme e indica uma relação simbiótica e de longo prazo entre nós e “eles”. Autores como Vallee e Keel já notaram esse aspecto há 40 anos e propuseram essa hipótese de seres outras dimensões. Enquanto isso, temos a “ciência” que sustenta sua percepção: uma teoria da física chamada “teoria M” ou “teoria das super-cordas” explica como um universo multidimensional funcionaria.

A contribuição original do livro introduz um aspecto dinâmico dimensional à relação dos universos que evolui ao longo do tempo: esses universos multidimensionais, ou p-brane, nem sempre estão a mesma “distância” entre si.

3Apocalisse Aliena - ci salveranno loro ITA_html_cfe5af5

Ilustração 2: Alinhamento das P-branas nas quatro idades clássicas

Quando eles estão “mais próximos”, é mais fácil para a entidade EME passar para o nosso reino de existência e interagir “fisicamente conosco”. Isso explica as antigas histórias sobre os “deuses” que estavam “andando com homens” e o fato de que tantas tradições afirmam que eles voltarão um dia. Nesse contexto, o fato de o retorno dos deuses estar ligado a eventos apocalípticos pode ser explicado pela interação das duas p-branas. De fato, a teoria M explica que a única cadeia que pode escapar de uma p-brana é o “gráviton”.Uma influência gravitacional está seguindo minha pesquisa a causa da “destruição cósmica” passada. O livro argumenta que as mudanças na Terra que estamos experimentando são causadas por essas influências.

3. Quantos tipos diferentes de EMEs existem e quais são suas principais finalidades ou agendas? Por exemplo, os Greys, versus os Reptilianos ou os Mantis ou (ETs) nórdicos iguais ao seres humanos ?

A classificação dos seres EME com base em seu aspecto físico é enganosa, é parte de sua estratégia de fraude.  Uma das teses originais apresentadas no livro é que estamos diante de uma única raça metamórfica de seres que não são de nossa realidade. Analisando as evidências emerge o fato de que entidades de diferentes aspectos estão colaborando juntos durante os mesmos seqüestros. As abduzidas relatam que uma hierarquia definida é evidente perto dos papéis atribuídos. Além disso, eles podem criar e “possuir” destinatários físicos.

Então, eu me pergunto se podemos aplicar a eles as ferramentas que Charles Darwin usou para classificar as raças em evolução. O aspecto físico parece refletir mais uma função (como exercer influência) social do que uma diferença biológica. Por exemplo, os Greys assumem o papel de “trabalhadores, os reptilianos são  guerreiros”, os louva-deus (Mantis) são “cientistas”, os “sacerdotes” nórdicos (Tall Whites) e assim por diante.

Essa distinção também está presente na tradição de muitas culturas humanas, onde as classes espirituais estão associadas a certas funções sociais.Enquanto nas culturas humanas nós usamos roupas para distinguir os papéis, eu acho que um “corpo físico” inteiro poderia ser muito mais eficiente.Corpos são apenas “recipientes” para eles.No livro, eu suponho que a divisão tradicional em classes é outro aspecto da engenharia social dos seres EME.Quando os “deuses” vieram, eles impuseram seu caminho para organizar a sociedade e descrever o universo.Essas atividades eram efeitos secundários, voltados para o objetivo mais importante: a religião.

Reptilianos, Greys, Insetoides (mantis) e Nórdicos Tall Whuites

Como Jacques Vallée notou, a presença alienígena parece estar relacionada à criação de “sistemas de crença”.O texto examina diferentes casos históricos de “deuses culturais” e conclui que a característica social mais importante para eles era a criação de uma forma de religião com ritos e cerimônias específicas.O fato de termos tantas religiões reveladas diferentes, muitas vezes em total discordância entre si, reflete o fato de que as EMEs são divididas em clãs, que lutam por um “reino de influência” (controle) estabelecido se puderem se alimentar dele.O rapto de Ken Bakeman relata uma história sobre um ser extraterrestre “reptiliano” que estava muito chateado pela destruição de seu “ninho de alimentação”: o Estado Confederado da América (os EUA!).

Isso traz um “aspecto político” para a presença alienígena: estamos assumindo aqui que existe um total controle alienígena sobre a evolução humana. Para investigar tal assunto, é necessário uma nova disciplina.  Porque a chamada “exopolítica” é, na minha opinião, poluída com um desejo positivo sobre as intenções do “ET positivo”, eu me refiro a esse assunto como “ontopolítico” do grego ὄντος (em relação à natureza do ser) e polis (cidade, sociedade). Essa definição se torna necessária para cobrir os objetivos políticos “não convencionais” dos alienígenas.

Conforme relatado por escritores como Karla Turner, Eve Lorgen, Salvador Freixedo e Corrado Malanga, seus hábitos incluem alimentar-se com um tipo de energia que os seres vivos (nós, o “gado” humano) liberam em situações de estresse, bem como em estados devocionais. De um ponto de vista político, esse tipo de objetivo requer estender nossa concepção do que é “guerra” e como conquistá-la. No livro, apresento evidências de que o grupo de controle sobre a interferência alienígena chegou a uma conclusão semelhante e está enfrentando um desafio real.

4. E quanto aos seres dimensionais “superiores” que se acredita serem benevolentes como os nossos anjos e “guias espirituais”, como eles se encaixam no Apocalipse?

Dado o fato de que estamos diante de uma categoria de seres capazes de se projetarem com qualquer aparência e / ou bons sentimentos para nossa mente, é difícil distinguir quem são os “mocinhos” e os bandidos (especialmente para a grande massa de ZUMBIS ignorantes que apenas “sobrevivem” em busca de Pão e Circo). Os videntes alienígenas, os canalizadores alienígenas, até mesmo demonologistas (satanistas) como Aleister Crowley estavam convencidos de que estavam do lado certo. Apenas nos filmes de Hollywood alguém diz: “sim, eu sou o maligno”.

Os mágicos descrevem várias técnicas para lidar com os EMEs e tentam ter um relacionamento olho-no-olho, mas isso requer “treinamento” especial e muitas vezes termina mal. A definição de “benevolente” per se é questionável. Eu possuo uma fazenda onde nós cultivamos galinhas: todos os dias nós os alimentamos, nós as protegemos dos predadores e das intempéries, mas com o propósito de um dia consumi-las. Somos “benevolentes”?

Esta é uma mensagem divulgada por uma ECE declarando ser Deus Todo-Poderoso:

“Eu sou o Deus de toda a criação. Eu sou o Deus do amor, da compaixão. Eu também sou o Deus da justiça. Minha mão cairá sobre a humanidade, que, por meio da sua fidelidade ao Maligno, recusa-se a seguir o caminho do amor e da verdade. […] Para aqueles que não me escutarem […]nenhuma misericórdia será mostrada”.

Apesar do tom, existem milhares de pessoas que pensam que isso dito acima é vindo de uma entidade benevolente. Talvez a coisa mais segura a fazer seja assumir que os EMEs positivos não existem. Como regra geral, os místicos dizem: “Se você encontrar o Buda na estrada, corte a cabeça dele”. Acho que o melhor é deixar de lado essas definições e examinar o interesse das partes. Descobriremos uma tendência em todas elas, também nas palavras de supostas entidades positivas, para o estabelecimento de uma forma de culto destinada a alimentar a entidade em questão.

5. As EMEs são principalmente do sexo masculino ou têm números iguais de seres masculinos  e femininos?

A presença de Maria é muito relevante e feminina. No livro, listo 260 casos de aparições marianas a partir de 460 d.C. Durante vários séculos, ela insistiu em elevar-se ao mesmo nível das divindades masculinas. Além dela, as EMEs são principalmente de aparência masculina. As abduzidas relatam que certos seres emitem uma onda feminina também se não possuem nenhuma característica sexual primária ou secundária.

6. Todas as EMEs são alguma forma de vampiro ou alimentando-se de nossa energia vital? E como eles se alimentam de energia humana? Eles se alimentam de outras formas de vida neste planeta também?

Todas as evidências apontam para a direção do vampirismo. O termo, no entanto, automaticamente evoca sentimentos negativos. Na natureza, temos duas formas de vampirismo: parasitas e simbiontes. A diferença consiste na vantagem mútua de ambas as partes. {EL-Simbiose é “mutuamente” benéfica. O parasitismo (possessão) acaba prejudicando o hospedeiro} Eu suspeito que na definição comum de o que é a humanidade, nós precisamos deles, estamos ligados a isso. Nesse sentido, a relação seria simbiótica.

As diferenças entre os diferentes “Clãs” de seres EME consistem nos modos que eles usam para coletar energia vital dos incautos. Enquanto um determinado grupo de clãs se concentra no sacrifício físico, outros preferem formas mais suaves como orações e devoção. Um grupo considerável de pessoas submetidas ao estresse emitirá essa energia vital. É digno de nota que a presença de OVNIs aumenta durante qualquer reunião de multidões, incluindo shows de rock, demonstrações políticas ou eventos esportivos, mas e especialmente em regiões afetadas por GUERRAS. (EL quaisquer referências a esta declaração e de quem? Foi Vallee?) O fenômeno de mutilação do gado mostra claramente que os animais também podem ser usados ​​para alimentação de energia.  Não devemos esquecer que o sacrifício de animais ou mesmo plantas para os deuses foi praticado em todas as culturas antigas durante milênios.  A evidência mostra que existe uma hierarquia de qualidade. Por exemplo, na bíblia, “deus” tem uma clara preferência por Abel, que sacrifica um animal, versus a oferta de legumes de Caim.

A capacidade de se alimentar dessa energia não se limita ao EME: o (mago negro e satanista) Aleister Crowley descreve como se alimentar do coração de uma vítima para obter energia.

7. E sobre o apocalipse e as iminentes catástrofes e desastres que muitos desses seres EME nos avisam que estão para acontecer, também a milênios? Eles estão criando-os ou isso é parte de um plano maior?

É provavelmente uma mistura de manipulação e efeitos físicos provocados pelo lado da gravidade da dinâmica dimensional. As profecias divulgadas pelos seres EME contêm uma mistura de informações e de mentiras. O objetivo da mensagem é nos assustar para pedirmos ajuda (e abrirmos mão de nosso próprio poder). Uma informação precisa e com base na verdade sempre capacitará o destinatário (e libertando-o de qualquer dependência homem/deus), enquanto a incerteza é necessária para um melhor controle sobre quem tem medo e é ignorante. Um futuro evento especial que é freqüentemente profetizado pelos seres ECE é com certeza um artefato: “O Aviso”. O Aviso é um evento cósmico, provavelmente relacionado a chegada de um cometa, {um corpo cósmico, um segundo sol} que causaria uma Experiência de Quase Morte em todo o mundo.

Quando morremos e somos desconectados de nossos {sete} corpos (observe o plural), vemos uma espécie de rápido resumo de nossa última existência. Eu mesmo tive essa experiência por causa de um acidente de motocicleta que sofri quando eu tinha 15 anos. O replay está ligado a um “julgamento” da própria vida operada pelo nosso próprio “eu superior” (o ÚNICO e VERDADEIRO DEUS a quem devemos prestar atenção). Meu entendimento é que essa experiência pode ser provocada artificialmente. Para pessoas não conscientes ou os materialistas, isso pode ser uma experiência muito chocante, porque eles enfrentarão um vazio em sua vida (não haverá um resumo da mesma, pois sua existência foi sem significado). A entidade ECE declara que este será o último aviso de deus antes da punição. Curiosamente, eles também profetizam que a humanidade encontrará “explicações científicas {feitas por cientistas e eruditos} idiotas” para este futuro Evento.

8. O que é realmente o projeto híbrido alienígena? Eles conseguiram, na sua opinião, criar verdadeiros seres híbridos humano / EME (extraterrestres) que apoiem ​​sua agenda?

É provável que os seres híbridos não sejam novidade. Em vez de usar esse termo, devemos falar de versões da humanidade. Somos provavelmente o 5º tipo de vasos (raça física) criados por eles e os híbridos são a “próxima geração”.

As evidências apresentadas no livro apontam duas motivações para a troca periódica do formato do nosso atual corpo físico. A primeira é que a humanidade se torna muito “barulhenta”, como afirma o mito sumério de Gilgamesh. Isso é interpretado como estando ciente do engano dos seres EME pela nossa criação por eles e que  nós não estamos mais dispostos a dar-lhes a nossa energia vital livremente. Uma opinião semelhante é expressa por Credo Muttwa (o maior Xamã vivo da África):

Os seres humanos estão começando a se importar com o mundo em que vivem e no qual se encontram. Mas os alienígenas, os Chitauli, os Mantindane – chamem-lhes do que quiserem – não vão aceitar isso. Eles vão nos punir, como fizeram séculos antes.

… Que o Chitauli trouxe fogo do céu. Eles pegaram fogo do próprio Sol e usaram-no para queimar aquela grande civilização. Eles causaram terremotos e maremotos e destruíram a grande civilização do povo vermelho dos longos cabelos verdes, que dizem ter sido as primeiras pessoas a serem criadas nesta Terra. Diz-se que os Chitauli permitiram que apenas algumas pessoas sobreviventes escapassem da destruição de Amariri, e que eles estão preparados para fazer isso novamente em um futuro muito próximo.

Os seres híbridos são descritos como sendo mais passivos, como crianças pequenas, então eles são seres mais adequados para hospedar o novo ser humano, o tipo que os alienígenas preferem. Além disso, o EME está procurando por novos corpos que possam hospedá-los / possuí-los diretamente. Neste suposto mundo paradisíaco que está por vir, os “deuses” estão novamente caminhando entre nós e precisam de corpos para isso.

9. E a alma humana? Esses seres têm almas como as entendemos?

O que é exatamente essa “alma” que estamos discutindo? Nossa cultura tem uma compreensão muito pobre desse assunto e as línguas modernas, por exemplo, o inglês, refletem essa falta de atenção. A mente ocidental é fortemente influenciada por 2000 anos de catolicismo romano nessa questão.

Um capítulo completo do livro Apocalisse Aliena é dedicado a uma descrição expandida das “Almas” – observe o plural – seguindo a tradição egípcia. É muito longo para ser discutido aqui, a linha inferior é que três conceitos diferentes são usados: os recipientes, a energia vital que anima o recipiente e a consciência. Veja a imagem abaixo desses conceitos aplicados à Árvore da Vida da Cabala hebraica: Árvore da Vida

1Apocalisse Aliena - ci salveranno loro - Corvo - ITA_html_79171f58

Ilustração 3: Alma Egípcia aplicada à Árvore da Vidapara a esquerda os recipientes, para a direita as energias vitais e a consciência média

Em termos modernos, podemos tomar um computador como uma metáfora: podemos distinguir entre o hardware (a máquina física), a eletricidade que alimenta a máquina (a energia vital) e finalmente o software (a consciência). agora precisamos estender esse conceito para “máquinas virtuais”, um computador dentro de outro computador. Nós temos uma espécie de construção de bonecas russas. Essas camadas são chamadas de koshaem Sanscrit (“véus”).

10. Como o trabalho do Dr. Corrado Malanga se encaixa em suas teorias como seres EMEs e sua agenda de se alimentar da humanidade?

Eu respeito o trabalho de Malanga, que é único na paisagem italiana, dependendo demais de insumos estrangeiros. A intuição de Malanga de usar a programação neuro-linguística (PNL) para lidar com o fenômeno é inovadora. Por outro lado, a inovação nem sempre é necessária. A PNL é definida por alguns de seus criadores como um “tipo de mágica”, e é mágica no sentido original de fazer uso do i-MAG-es. “Mag” é a raiz original do “poder”. O SIMBAD de Malanga (Método Induzido pelo Self para Bloqueio de Abduções Definitivamente) faz uso declarado da imaginação para resolver o problema, mas não oferece uma estrutura para explicar por que ou como lidar com situações paralelas. John Lash, em seu livro “Not In His Image”, chama a imaginação de “Epinoia”. Lash usa uma abordagem teórica com menos teoria, Malanga adota uma abordagem prática sem uma estrutura sólida. De fato, um paradigma de trabalho para lidar com esse fenômeno existiu por milênios e é chamado de “Cabala Hermética”.

 

IMAGES4 small

Ilustração 4: As Yugas (Eras, idades) través do Ciclo do Tempo

11. Como os cultos de reverência a Deusa Feminina como Gaia e o Mito Sophianic de nosso planeta como um Aeon vivo se encaixam em suas várias agendas religiosas ou criações?Eles temem o poder do próprio planeta vivo e aqueles que se conectam com sua Luz?

Não tenho certeza se tenho uma resposta definitiva para essa pergunta. O dualismo entre um aspecto “bom” feminino versus um masculino “ruim” faz parte da cultura da Nova Era que foi influenciada pelas mensagens de EME canalizadas como Ra e outros. O dualismo é uma ferramenta que os seres EME costuma usar para criar um senso de pertencer a um determinado grupo versus o “outro”, o “inimigo” {Thoth: na realidade o dualismo e/ou polaridade é a causa primeira da existência de tudo que existe, pois a CRIAÇÃO é fruto da interação, em diferentes níveis, entre positivo e negativo-masculino e feminino}.

12. Como podemos, como humanidade consciente e desperta, impedir que estes seres EMEs com várias agendas religiosas e sociais controlem, superem ou enfraqueçam toda a sua agenda de se alimentar da humanidade como vem fazendo com a sua criação (nós os seres humanos) há milhares de anos?

No exemplo anterior do meu relacionamento com as galinhas, o que poderia mudar nosso relacionamento?  Suponho que, se elas começassem a falar comigo e organizassem manifestações políticas e greves, eu daria a elas (alguma) liberdade. A evidência mostra que os seres EME nos tratam como seres inferiores, fáceis de sermos manipulados e controlados.Basicamente, eles pensam que somos “estúpidos” e que merecemos o que recebemos. Ao longo da história, pequenos grupos de humanos descobriram o engano alienígena. Os seres  EME, quando isso acontecia estava sempre pronto para lidar com os dissidentes e fazer um “acordo”. 

O grupo mais importante é composto pelo que os teóricos da conspiração chamam de IlluminatiMais pragmaticamente, são famílias antigas que passam o segredo do poder mágico e do relacionamento de trabalho com os seres EME em suas linhagens {Thoth: e que são instrumentos de seres e entidades alienígenas para implantar uma agenta totalitária de controle absoluto no planeta}. 

Outro caso que introduzo no livro é o chamado “Secretum Omega“, um informante do Vaticano que chegou a Cristóforo Barbato, um jornalista italiano, contando sobre um acordo entre seres alienígenas EME e o Vaticano. Também os militares do grupo de controle MAJESTIC-12 fizeram o “Tratado da Granada” {Thoth: o nome correto é “Greada Treaty”, feito pelo presidente Eisenhower com extraterrestres em 1954} com alienígenas em troca de transferência de tecnologia. Todas essas são apenas edições modernas do “pacto com o diabo” e normalmente o lado humano sempre acaba se dando mal. Os seres EME tem uma longa experiência em fraude e manipulação.

13. Que tipos de métodos você achou útil em sua conscientização e compreensão da questão Alienígena? E também, que práticas você achou úteis para possibilitar uma solução para a interferência alienígena?

A abordagem que eu sigo é usar a Cabala e o Vedanta (http://www.vidya-ashramvidyaorder.org/Home1.html  para mais informações sobre a minha “escola”). A primeira – a Teoria Dimensional – que o pesquisador Keel originalmente propôs, fornece um “mapa” dos planos dimensionais e seus relacionamentos. A segunda metodologia é de “Discernimento” e “Desapego” que mencionei durante a entrevista.

Na minha pesquisa eu não uso hipnose. A principal fonte da informação original no livro é um método “imaginativo” que aprendi praticando a Cabala operativa. “Magia” vem realmente da capacidade de imaginar (Imago em latim). O método tem semelhanças com o trabalho de observadores remotos militares Remote Viewing), ou mesmo com o SIMBAD de Malanga. Na minha opinião, trata-se apenas de uma “redescoberta parcial” de um certo conhecimento que nunca foi perdido. Isso está sendo usado ativamente pelas antigas famílias “nobres”, que muitos chamam de “illuminati”.



Uma boa descrição pública em inglês do método está disponível na página espelhada do falecido mago “imperador Norton” ( http://hermetic.com/norton/ )

Refiro-me então à alfabetização existente para comparar minhas descobertas com o trabalho de outras pessoas.

A hipótese proposta resultante é válida?

Durante a minha pesquisa, descobri que o conceito de “real”, em oposição ao “falso”, não leva a nenhum lugar nesta questão. O engano faz parte do jogo. Neste ponto, só podemos falar de “graus de verdade”, ou melhor, de conceitos adequados para descrever e abordar o assunto.

Na minha opinião, algumas descobertas e ideias discutidas no livro Apocalisse Aliena é suficientemente importante para também serem consideradas para todos os estudantes com bravura e coragem suficientes para pesquisar sobre a verdade, porque ela se abre a partir do seu PRÓPRIO interior um novo mundo que é difícil (para os fracos de Espírito e que necessitam de “Gurus e Mestres”) de se revelar para os fracos e inconstantes.


“Porque qualquer que pede recebe; e quem busca acha; e a quem bate abrir-se-lhe-á”.  Lucas 11:10

“Porque, aquele que pede, recebe; e, o que busca, encontra; e, ao que bate, abrir-se-lhe-á”.  Mateus 7:8

“Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á”.  Mateus 7:7


Seres EMEs na literatura medieval são descritos como demônios, e os antigos textos firme e constantemente recomendam ter cuidado com os seus enganos. Eles usarão qualquer ideia, conceito, interesse, dedicação pela qual que você tenha simpatia e interesse para enganar e manipular. De acordo com o Vedanta, quaisquer entidades que ficarem entre o pesquisador e o seu próprio EU SUPERIOR (Thoth: a divindade DENTRO de cada indivíduo, esperando ser reconhecida) devem ser descartadas. Nesse sentido, qualquer distinção entre entidades “positivas” e “negativas” desaparece.

A seção de fontes do meu livro inclui 150 livros sobre OVNIs, abduções e assuntos relacionadas em vários idiomas (italiano, espanhol, francês, alemão e inglês).


Matrix (o SISTEMA de CONTROLE MENTAL): 

“A Matrix é um sistema de controle, NEO. Esse sistema é o nosso inimigo. Mas quando você está dentro dele, olha em volta, e o que você vê? Empresários, professores, advogados, políticos, carpinteiros, sacerdotes, homens e mulheres… As mesmas mentes das pessoas que estamos tentando despertar. Mas até que nós consigamos despertá-las, essas pessoas ainda serão parte desse sistema de controle e isso as transformam em nossos inimigos. Você precisa entender, a maioria dessas pessoas não está preparada para ser desconectada da Matrix de Controle Mental. E muitos deles estão tão habituados, tão profunda e desesperadamente dependentes do sistema, que eles vão lutar contra você  para proteger o próprio sistema de controle que aprisiona suas mentes …” 


Muito mais informações, leitura adicional:

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com.br

 

 

4 Responses to O “Apocalipse Alienígena” (‘deuses’ e extraterrestres, et caterva, enganando os incautos)

  1. HÉLCIO GONÇALVES DA SILVA

    BOM DIA SENHORES
    07/08/2019
    Tudo o que me foi ensinado desde criança é decorrente de ensinamentos para embutir na mente medo e comportamento disciplinar obedecendo um rito religioso e então qualquer um segue uma rota batida e procede de acordo com a mistica que lhe é aplicada pelas religiões e na verdade os que assim fazem tem como objetivo a abastança a riqueza enquanto que os que são por eles dominados ficam na maior miséria ou numa pobreza controlada pois eles precisam do dízimo para manter a riqueza e o domínio.Entretanto se a pessoa estuda a Psicologia Aplicada ao Comportamento consegue se desvencilhar desta corrente e passa a usar a sua consciência ouvindo a voz interior e começa a agir em separado com mais compreensão da grande raça humana e visualiza um mundo novo que se desenrola ante a sua visão interior que não submete ninguém mas coopera com tudo que vem de dentro e com energia suficiente para realizar com altruísmo e solidariedade todas as ações sociais que julga necessárias para aliviar o peso dos outros.
    SAUDAÇÕES
    HÉLCIO GONÇALVES DA SILVA
    LABREA – AMAZONAS
    B R A S I L

  2. Luis

    Então é tudo um grande engodo? Eu já sabia que as religiões são nada menos que métodos de controle e submissão, mas o que dizer do próprio Cristo? Também é um EME? Sempre estranhei os pedidos de devoção, coisas como “eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém vem ao pai senão por mim”. Isso não é uma entidade se colocando como objeto de adoração? E o “caminho” a se escolher, ou seja, de “deus” ou do “diabo”? É dualidade também, mas não deixa de ser uma forma de extrair nossa energia, de uma forma ou de outra. E pelo visto, se simplesmente escolhermos não “adorar” nenhum dos lados, os EMEs arrumam outra forma de sugar nossa energia através do sofrimento (de todos os tipos) e de prazeres em geral. Parece que ser ateu não é tão ruim, afinal rsrsrs.

  3. DUCRISTO

    Não é só isso é nem só aquilo… e muito mais complexo… estamos falando de domínio alien… há que DEUS devemos recorrer?….? No filme contatos de 4°grau… temos uma noção!!
    Por quem devemos clamar? Pois a sansara é perpétua… Salomão já dizia… “Não há nada de novo debaixo do sol”
    A luta por domínio destes vasos… é sanguinolenta… imaginem que para determinados acontecimentos… o sangue de muitos fora derramado…como que para se pagar um preço… São holocaustos bem quisto ao “SENHOR”?!!!

  4. Luis

    “Para aqueles que não me escutarem […]nenhuma misericórdia será mostrada”.

    E isso pq esse é o “deus da misericórdia e do amor”. Imaginem se não fosse…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.