browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

O Lado NEGRO de Cupido: (4) Interferência Hiperdimensional nas relações amorosas

Posted by on 29/08/2017

Através de nossa manipulação emocional e ataques psíquicos, visando nossos pontos cegos (nossa própria escuridão), essas entidades alienígenas, demoníacas implantam a Mordida de Amor-Lado Negro de Cupido, intensificando nossos desejos sexuais e emocionais de estar com a outra pessoa e que silencia nosso conhecimento interior e nos impede de detectar e agir sobre essas bandeiras (avisos intuitivos de nosso eu mais profundo) vermelhas. Isto é então ainda mais enfatizado através da criação de sincronicidades e todos os tipos de “eventos mágicos” que nos induzem a ver tudo como se estivesse predestinado a acontecer, juntando dois parceiros psiquicamente para serem vampirizados.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

O LADO NEGRO DO CUPIDO – INTERFERÊNCIAS HIPERDIMENSIONAIS EM RELAÇÕES AMOROSAS – Parte 4

Fonte: https://veilofreality.com/ – By Bernhard Guenther

O LADO NEGRO E ESCURO DE CUPIDO (Mordida de Amor Alien)

Links: parte 1,  parte 2parte 3parte 5 e parte 6

A distância física entre os parceiros que devem se unir é irrelevante porque esses seres existem fora do nosso conceito 3D de espaço e tempo e tem o poder de manipula-lo. Na verdade, a maioria dos casos do LADO NEGRO DO CUPIDO investigado por Eve Lorgen começou com o relacionamento à longa distância. Eu acho que a razão para isso é que ele cria mais drama e emoção, um forte estado emocional quando ambos os parceiros tentam encontrar-se em pessoa e o anseio é mais intensificado, levando a decisões irracionais e situações complicadas. Isso certamente foi a minha experiência de qualquer maneira.

vampira

Meus pontos (escuridão) cegos pessoais ficaram muito claros para mim em retrospecto. Mesmo que eu tenha feito um monte de auto-trabalho ao longo dos anos e sabendo das minhas feridas de infância, houve outras questões que eu ainda não havia percebido. Além disso, eu estou sempre em trabalho e em processo e o aprendizado nunca pára. Sendo confortável na minha solidão eu nunca estive desesperado por um relacionamento, em ter uma mulher ao meu lado, mas gosto de ser único para a maior parte. Eu nunca fico entediado e raramente me sinto sozinho. No entanto, uma parte de mim definitivamente está desejando estar com uma parceira, alguém que está na mesma sintonia e com quem eu possa me conectar  em todos os níveis: emocional, física e intelectualmente. Obviamente, isso é o que todo mundo quer em algum nível. No entanto, em certo sentido, é “mais fácil” estar em um relacionamento quando ambos os parceiros estão conectados à Matrix de controle, não questionando nada, mas indo junto com os desejos e metas aceitas do programa social e culturalmente condicionado imposto (e aceito) pela “sociedade”.

No meu caso, e para outros também, podem os relacionamentos de amor tornar-se mais difícil uma vez que você está no processo de buscar a verdade e tem feito isso por longo tempo, engajados em auto-descoberta mais profundo e ativamente falando sobre temas que a imensa maioria das pessoas ignoram, riem ou ridicularizam. Pode ser um caminho muito solitário em momentos em que é mesmo difícil encontrar bons amigos com quem você pode compartilhar tudo isso e ser verdadeiramente você mesmo e que também estão sinceramente envolvidos no mesmo trabalho e processo de auto-descoberta e ampliação de CONSCIÊNCIA.

O gancho para mim foi que eu pensei que estas mulheres estavam sinceramente interessadas nos mesmos temas com base no que elas próprias me disseram quando nos conhecemos e havia também uma atração sexual / sensual muito forte. Meus pressupostos resultaram então em projetar nelas, não vendo claramente onde elas estavam realmente e esperando muito delas, não sendo externamente considerado. Foi apenas a minha tentativa desesperada para obtê-las na minha mesma sintonia e às vezes eu dei sem ser perguntado. Ou o “perguntar” não foi sincero.

“Estes termos,”Serviço aos Outros” e “Serviço ao Eu” estão inextricavelmente misturados com a ideia de ‘amor’ Em uma base individual, podemos dizer que amamos esta ou aquela pessoa e queremos Servir, mas então surge a pergunta: A QUAL PARTE DELES estamos servindo? A parte mais alta que busca o crescimento espiritual e União com Deus, ou a parte Baixa que busca a sobrevivência e os prazeres da Carne? Quando ajudamos alguém que continua cometendo os mesmos erros repetidamente, estamos claramente interferindo em suas lições. No que, então, estamos servindo? Provavelmente nós mesmos, porque então somos capazes de “nos sentirmos bem” de que somos tão “longos sofredores” e “pacientes” e “abnegados”, porque certamente podemos ver, a partir da evidência de nossos olhos, que a outra pessoa não é ‘Tudo” que imaginamos e fazer qualquer progresso em virtude de nossos esforços. E, pode ser uma coisa muito mais difícil negar a assistência, recusar a associação com eles, especialmente quando é alguém que amamos, porque “nos magoa vê-los feridos”. No entanto, essa pode ser a coisa mesma necessária para que eles cresçam – para serem deixados com o seu próprio sofrimento (escuridão) até que eles tenham tido o suficiente para que eles vão começar a ver o seu próprio caminho para fora da dificuldade, construindo assim a força da alma e acessando seus próprios poderes e potenciais internos, ISTO É EVOLUÇÃO….

Mas, nós encontramos um problema de julgamento aqui: não estamos julgando se a pessoa está realmente perguntando a partir do nível da alma ou do nível da carne? E não podemos estar errados?

Como sabemos quando nossa doação está violando o livre-arbítrio de outra pessoa? Bem, temos um pouco de pista em muitos ensinamentos antigos sobre “perguntar”. As histórias dizem: “peça e você receberá”.

Mas, se você estudar esta idéia, você acha que o que eles realmente dizem é “pedir e continuar pedindo, e ele será dado a você; Busque e continue procurando, e você encontrará; Bata e continue batendo, e a porta será aberta para você. “

Há um número de parábolas de Jesus que ilustram este ponto, particularmente o “Amigo à meia-noite”, encontrado no Evangelho de Lucas, capítulo 11, v.5-13.

O mesmo ensinamento é um procedimento padrão entre os yogis da Índia e do Tibete. Um esforço suficiente (sincero e honesto na determinação de APRENDER) deve ser feito pelo suplicante antes de que uma resposta seja dada. Em alguns casos, se leva anos perguntando!

Assim, uma boa regra geral a seguir é que a solicitação VERDADEIRA é acompanhada por um esforço sincero  e honesto por parte da pessoa que está perguntando, e eles devem ter feito tudo o que está em seu poder e alcance para conseguir obter a resposta para o que eles estão perguntando.

E assim começamos a aprender que às vezes, “Servir os Outros”, no sentido humano da palavra, é meramente servir a parte STS da pessoa, o aspecto da 3ª densidade da carne, e não é STO no verdadeiro sentido de alcançar maior equilíbrio.

love-bite-alien-amor

Outro aspecto que precisa ser entendido é o seguinte: na 3ª densidade, estamos TODOS servindo a nós mesmos de uma forma ou de outra. Não podemos, pela nossa própria natureza de existência na carne que deve consumir para sobreviver, ser seres STO puros. Essa é a linha de fundo. E é na compreensão disto que a aceitação e, em seguida, focando em aprender as lições desta localidade (a Terra) em que encontramos nosso ser, tornando-nos, pelo menos, cientes, e agindo sobre crescer essa consciência, tanto quanto possível, é que temos a chance de nos tornarmos candidatos “STO-Service To Others-Serviço aos outros)”.

– Laura Knight-Jadczyk, A Onda – Volume 5 e 6 – Pequenos Tiranos & Enfrentando o Desconhecido

Minha “culpa” é também de que eu estou dando muito e sempre dando à pessoa o benefício de uma dúvida, embora as bandeiras (avisos através da intuição) vermelhas estão acenando para mim. Eu tenho a propensão a super-estender-me e dar mais do que está voltando. Sendo empático por natureza, sempre ajudando os outros, também me envolvi em relações de “salvador / vítima” resultando em dinâmicas de relacionamento muito desequilibradas e confundindo isso como “amor”. É também por isso que tenho a tendência de atrair mulheres narcisistas que precisam de muita atenção. Elas combinam com minhas tendências de salvador / co-dependência que também derivam da minha própria ferida narcisista. Muitas vezes eu peguei isso em mim que coincide com a minha infância ferida de “não ser bom o suficiente” e, em seguida, tentar dar a minha parceira o que não é realmente para mim dar, mas o que ela precisa dar a si mesma e não pode esperar de mim ou qualquer outro parceiro.

Como mencionado antes, as mulheres que eu atraia também eram muito sexuais, especialmente a última menina com quem me relacionei. Isso pode soar como um problema “agradável” para qualquer homem para lidar, mas para mim sempre ficou confuso especialmente se nenhuma conexão platônica e emocional mais profunda tivesse sido estabelecida antes. Na verdade, para mim foi como o inverso do tipo cultural estereofônico de mulheres e homens. Em geral, os homens são geralmente mais impulsionado por desejos sexuais e realmente não querem falar e compartilhar suas emoções, enquanto a maioria das mulheres querem criar intimidade emocional em primeiro lugar e tendem a compartilhar mais de suas emoções. Para mim, isso foi invertido na maioria dos relacionamentos, como se eu estivesse interpretando o estereótipo cultural de uma “mulher” e as mulheres estavam interpretando o estereótipo cultural de um “homem” quando se trata de sexo e intimidade.

O ponto aqui é que todos nós temos nosso lado feminino e masculino interior que precisam ser equilibrados de uma maneira saudável. A verdadeira intimidade também não tem tudo a ver com afeto físico e sexo, mas é mais sobre intimidade emocional e relacionamento. Para muitas pessoas, a afeição física e o sexo são mais fáceis para eles do que a vulnerabilidade emocional e a inteligência e serem capazes de compartilhar isso através da comunicação verbal. Mais do que qualquer coisa que eu queria falar, estabelecer uma forte conexão platônica e conhecer uns aos outros primeiro porque muito sexo no início de um relacionamento sem realmente conhecer a outra pessoa sempre me deixou emocionalmente confuso porque muita coisa se abre quando você se relaciona sexualmente com alguém.

“Inicialmente, quando temos esse sentimento eufórico de se apaixonar, há uma atração sexual erótica e luxuriosa muito forte. Começamos a ter fantasias sexuais sobre estar com a pessoa que evoca o que chamamos de química. A atração inconsciente para uma pessoa pode se sentir tão intensa que é como um ímã. Desejamos desesperadamente nos fundir. É atraente, fascinante, cativante e encantador encontrar alguém que evoca a nossa imagem de Deus.

A paixão é inacreditável. Estas são as cenas de agarrar e tatear um ao outro sexualmente que vemos nos filmes. Estamos puxando freneticamente a roupa da outra pessoa. A verdadeira motivação por trás disso, ou devo dizer embaixo de tudo isso, é o desejo subliminar de unir-se a nós mesmos. Quando passamos por isso com outro ser humano, experimentamos isso como algo feliz e celestial, mas não é a base para uma relação consciente. É apenas um fenômeno de curto prazo. O relacionamento terá que ter uma fundação mais forte do que a química hormonal  para que tenha uma possibilidade de dar certo.
[…]
Conhecimento – amizade – namoro – compromisso, então o sexo, como consequência, esta é a ordem que eu sinto ser importante para um relacionamento. Não podemos ignorar nenhuma dessas etapas. Quando estamos explorando a amizade e namoro, descobrimos muito sobre a pessoa. Podemos ou não querer continuar em uma situação comprometida. Depois de ser bons amigos e namoro por um longo período de tempo, só então estamos prontos para lidar com o compromisso e intimidade sexual. Caso contrário, estamos fazendo sexo com um estranho (a). Quando nos tornamos sexualmente íntimos prematuramente, isso realmente nos impede de conhecer pessoas. Muito medo entra na situação. Começamos a vir de um espaço de como podemos nos sentir seguros nesta situação em vez de como podemos conhecer quem é essa pessoa ou se temos uma boa parceria. Quando somos atraídos compulsivamente ou magneticamente para qualquer um, é inevitável que haja um elemento de projeção das nossas negatividades”.

– Rebeca Eigen, Shadow Dance & The Astrological 7th House – Casamento, Parceria e Inimigos Abertos

Dito isto, a atração sexual e a intensidade assumiram o controle também no começo e agi sem consciência. Ficando perdido na felicidade romântica com todos os hormônios correndo eu me envolvi profundamente e rápido, muito rápido. A mordida de amor intensifica ainda mais esses desejos. Minha grande lição em tudo isso foi, obviamente, tomar meu tempo para realmente conhecer a outra pessoa primeiro e prestar mais atenção para as bandeiras (avisos intuitivos) vermelhas e não apenas agir no modo da felicidade emocional, paixão sexual e projeções românticas. Isso é mais fácil dizer do que fazer quando isso acontece, especialmente quando o LADO NEGRO E ESCURO DE CUPIDO (Mordida de Amor Alien) surge em sua vida.

Estar no meio de um relacionamento do tipo Love Bite / Dark Side de Cupido e ser dominado por ele é difícil de colocar em palavras ou descrever para alguém que nunca experimentou nada assim. O observador de fora pode assumir que tudo parece bem, como muitos amigos me falaram sobre alguns desses relacionamentos e como “nos parecíamos estar muito bem”, mas aparências e imagens podem ser muito enganadoras (como sempre o são). Quando eu compartilhei o que realmente estava acontecendo e percebi todas as bandeiras vermelhas ainda mais, alguns dos meus amigos não conseguiram entender por que eu não apenas a deixei  ir. Não é tão fácil de todo e leva muito tempo para se recuperar, mais do que qualquer outra relação “normal” que não tinha nenhum sinal de um caso típico LADO NEGRO E ESCURO DE CUPIDO (Mordida de Amor Alien).

Dito isto, alguns amigos muito bons que sabem sobre o tema do Lado Negro do Cupido e o “tópico de todos os tópicos” viram imediatamente o que estava acontecendo e me ajudaram muito por tudo isso, até me encorajando a escrever esta postagem para compartilhar minhas experiências para que outras pessoas possam aprender com ela, que podem ver características semelhantes em suas relações que desafiam qualquer dinâmica de relacionamento “normal” e não podem ser explicadas por meio da psicologia básica ou da espiritualidade sozinhas.

O tema do abuso e distorção do sexo e da sexualidade em nossa sociedade é um assunto por conta própria. Eu queria escrever sobre este assunto mais em profundidade neste blog também, mas considerando quanto tempo este artigo já é eu vou apenas abordar alguns pontos brevemente.

O Sexo e a Sexualidade são altamente distorcidos e pervertidos em nossa sociedade decadente. De fato, a humanidade está machucada sexualmente de tantas maneiras que nem estamos cientes e o “abuso de sexo” é difundido, não apenas de maneiras óbvias (como pedofilia, estupro, assédio sexual, pornografia, etc, etc. ), Mas predominantemente de maneiras que a maioria das pessoas hoje considera “normal” ou “saudável” comportamentos sexuais e desejos antinaturais numa relação que deveria ter como base o AMOR, com todos os tipos de desvios, depravação e fetiches. Há também uma diferença entre o verdadeiro jogo sexual por diversão e movimentos inconscientes e comportamentos baseados em abuso sexual e emocional, até mesmo violência, sob o disfarce de “brincar”.

Curiosamente, depois de milhares de anos, ainda não obtivemos uma compreensão mais profunda do mistério da energia sexual e seu poder real, da sua criatividade e capacidade de cura. Não estamos compreendendo os efeitos mais profundos, positivos ou negativos, de como usamos ou abusamos do sexo e da energia sexual, os efeitos que ela tem sobre outros reinos da existência e multiversos e como outros seres se alimentam dela e como eles “trabalham através de nós” e como estamos às vezes animados e incentivados por forças das quais não estamos conscientes de que eles nos induzem, através de nossa própria escuridão, para tudo fazermos para que eles possam chegar ao “suco” que os alimentam. Mas é claro que essa distorção e supressão da sexualidade aconteceu por planejamento e é um aspecto importante da prisão da MATRIX em que estamos. Nossa sociedade está super-sexualizada, bombardeada com imagens sexuais (especialmente na indústria do entretenimento e através do uso da banalização do corpo feminino) e sexualmente reprimida ao mesmo tempo. A fricção entre esses dois extremos cria muitas neuroses. Por exemplo, a popularidade do filme “50 Shades of Grey-Cinquenta Tons de Cinza” diz muito sobre a nossa “cultura atual”.

Há a óbvia supressão culposa da sexualidade através da religião dogmática ou o lado oposto da moeda, a abordagem distorcida da sexualidade onde “vale tudo”, quando cultuamos e praticamos a promiscuidade sexual sem barreiras, às vezes com uma ideia espiritual muito superficial da sexualidade que tem mais a ver com o hedonismo. Há muitos chamados “curandeiros sexuais” e gurus que mascaram suas próprias patologias / natureza predatória como “cura sexual” e “sexo consciente”. A saúde psicológica e a saúde sexual estão profundamente conectadas de maneiras que a maioria de nós não conhece. Wilhelm Reich, cujos livros foram queimados e que morreu na prisão, estava realmente ligado a algo quando se trata de energia sexual distorcida e como isso afeta a sociedade.

Uma vez que nossa sociedade se tornou muito materialista e superficial, onde as características patológicas tornaram-se como padrão de normalidade, assim é com as nossas idéias e necessidades em torno de sexo e sexualidade. A maioria das pessoas agem mecanicamente em seus impulsos sexuais e apenas seguem seus desejos sexuais sem discernimento algum, adotando um padrão de comportamento sexual determinado pela libertinagem sem barreiras, a depravação e o excesso em uma sociedade e cultura doentes ao extremo. Eu mesmo agi assim. A maior parte do nosso dia-a-dia social se baseia na alimentação inconsciente da energia sexual, como Gurdjieff falou em “In Search of the Miraculous”, de P.D. Ouspensky:

“O sexo desempenha um papel tremendo na manutenção da mecânica da vida. Tudo o que as pessoas fazem está ligado ao “sexo”: política, religião, arte, teatro, música, tudo é “sexo”. Você acha que as pessoas vão ao teatro ou à igreja para orar ou ver alguma peça nova? Isso é apenas por causa das aparências. A principal coisa no teatro, bem como na igreja, é que haverá um monte de mulheres ou um monte de homens. Este é o centro de gravidade de todos os encontros. O que você acha que leva as pessoas a cafés, restaurantes, a várias festas? Só uma coisa. Sexo: é a força motriz principal de toda mecanicidade. Todo sono, toda hipnose, depende disso”.  –  G.I. Gurdjieff

Por exemplo, vemos muitas pessoas postarem fotos “sexy” de si mesmas em mídias sociais com uma tentativa consciente ou inconsciente de se alimentar dela ou escondê-la como “arte”. No entanto, o que está realmente esta acontecendo é o predador trabalhando através deles alimentando-se de toda a energia liberada pelo narcisismo e sexualidade exacerbada. Isso também se relaciona com a sempre crescente epidemia de narcisismo em nossos dias e época, como mencionado anteriormente, onde muitas pessoas apoiam as tendências narcisistas uns dos outros porque ela se tornou tão normalizada. A maioria das pessoas não sabe como elas são narcisistas. O que é distorcido e suprimido geralmente sai neuroticamente até nos educarmos sobre o que realmente é a energia sexual e como ela nos afeta todos os dias de maneiras que não temos consciência.

A saúde psicológica desempenha um papel importante nela. Como com qualquer tópico de significado mais profundo, há desinformação e idéias distorcidas em torno do tema do sexo. A espiritualidade tornou-se distorcida nos “movimentos conscientes” de hoje, assim como a sexualidade. A verdade é misturada com mentiras e o discernimento é ainda mais difícil com um tópico que afeta todos nós de maneiras que a maioria de nós não está consciente. A tentação (sem trocadilhos) de mentir a si próprio sobre isso é ainda muito mais intensa, com a imensa maioria das pessoas evitando abordar de modo mais reflexivo o comportamento de nossa sociedade atual.

A maioria das pessoas nos estudos de caso de Eve Lorgen também relatou que o sexo era incrível e “fora deste mundo” no início, mais intenso do que em outros relacionamentos. Nesses casos, também aconteceu muito rápido e foi extremamente apaixonado, que eu posso relacionar com, bem, ficando viciado em sexo. No entanto, uma forte ligação sexual não é de forma alguma um sinal de amor verdadeiro ou mesmo compatibilidade de outras maneiras. Algo mais precisa ser considerado também:

“Dentro da freqüência sexual, você troca ENERGIA um com o outro. Então, se você está se ligando e trocando quimicamente com uma pessoa que não é de sua semelhança (com alguém promíscuo, por exemplo), você estara tomando o seu lixo, porque você está trocando energia da forma mais intimamente possível. Mesmo se você não quiser estar com essa pessoa, a experiência sexual permanece com você porque você teve uma troca eletromagnética com ela”. 

“Quando vocês têm uma relação sexual, há uma liberação de hormônios dentro do corpo. Os  hormônios despertam determinadas energias dentro das célu­las do corpo, que provocam uma transferência da ESSÊNCIA DE UMA PESSOA PARA A OUTRA durante a relação. É por isso que, quando têm uma relação sexual com alguém, nem sempre conseguem eliminar a ener­gia (ou o lixo de alguém promíscuo, por exemplo) dessa pessoa.  Mesmo não querendo estar com a pessoa, a experiência – energia – sexual permanece com vocês, porque houve uma troca eletromagnética. (nota de Thoth: que se for um hospedeiro de um reptiliano, alien, demônio, pode ter “infectado voce” com uma entidade semelhante)  –  Barbara Marciniak, Mensageiros do Amanhecer

mulher-fogo-kundalini-movimento

Com a última garota que eu fui sexualmente íntimo eu definitivamente senti que eu “herdei” algo que algo estava trabalhando através dela. O fato de eu ter ficado doente duas vezes e ter sido drenado muito energeticamente, especialmente após ter feito sexo com ela, foram enormes bandeiras vermelhas (sem DST envolvidas). Várias vezes eu senti o que Eve Lorgen relatou de seus estudos de caso também:

“Em vários casos, os indivíduos relataram sentir que seu parceiro era algum tipo de conduto, um canal ou hospedeiro sendo ofuscado ou temporariamente possuído por outro espírito acoplado a ele.
[…]
No caso de Wiz e Karol, ele experimentou um nó de torção, se contorcendo em sua área de plexo solar depois de ter relações sexuais com Karol. Como a relação progrediu, ele ficou confuso, exausto e deprimido. Mesmo depois que ele e Karol se separaram, Wiz continuou a experimentar uma atividade paranormal e sonhos incomuns, como se uma força escura e negra o seguisse, sugando sua energia. Ele relatou isso para mim anos depois que o relacionamento terminou e podia sentir uma distinta sensação de drenagem de energia entre suas omoplatas, como se uma entidade tivesse se ligado a ele na parte de trás de sua área do chakra cardíaco. Isso muitas vezes acontecia em conjunção com “ataques astrais” sexuais em que ele acreditava que sua energia sexual estava sendo sifonada, sugada por entidades inter-dimensionais predatórias.
[…]
O que poderia estar acontecendo com o Lado Negro do Cupido é uma forma indireta de alimentação psíquica. Um parceiro tende a ter os maiores recursos de vampiros psíquicos, mas em vez de ser um vampiro direto e conscientemente alimentado, o parceiro é usado como uma espécie de portal para uma entidade interdimensional e parasitária. O Dark Cupid está acessando a energia dos dois amantes através de algum tipo de transferência de energia mediada. A pergunta pode então ser: “É Cupido, ou quem está por trás dessa máscara, um VAMPIRO de energia sexual e psíquica?”

Uma das questões desconcertantes que Dixon trouxe com profunda alimentação psíquica ou comunhão com um vampiro é a ligação psíquica permanente que será mantida com o doador ou parceiro involuntário ou desavisado (a promiscuidade sexual de nossa sociedade é incentivada para que os vampiros colham cada vez mais energia dos INCAUTOS e inconscientes). Esta conexão poderosa é muitas vezes sentida como o verdadeiro amor por um ser alimentado. Para o vampiro, o parceiro pode ser nada mais do que um conserto de energia ou dependência. Isso pode resultar em amor não correspondido para os infelizes presos no ninho de alimentadores psíquicos, por mais não intencional que seja. Um subproduto perigoso da alimentação sexual de vampiros psíquicos, é uma conexão poderosa que se sente como o verdadeiro (MAS FALSO) amor ou alma gêmea. Daí, a falsa conexão de uma alma-companheira. “

Como mencionado antes e eu quero deixar isso claro novamente porque é muito importante. Não se trata de culpar a outra pessoa nem deve alguém que possa ter que aceitar que ele / ela está agindo como um “portal” ou tomou um apego espiritual tomar este como um fato pessoal também. Tenho lidado com apegos espirituais no passado. Como Lorgen disse:

“O vampirismo psíquico, sexual e emocional é uma característica-chave, e no entanto o próprio vampirismo pode ser um aspecto indireto da interferência de relacionamento – ao contrário de ser a única culpa de um parceiro, a.k.a. o vampiro de energia. Em outras palavras, os efeitos drenantes emocionais do relacionamento podem ser o resultado de um parceiro que atua como um portal ou algum tipo de canal para outra entidade, como o amor Negro de Cupido-Dark Cupid… Estas bandeiras vermelhas não são necessariamente em resposta ao parceiro de amor, mas pode ser a partir da atmosfera geral da relação em si, como se estivesse sendo organizado por uma força inteligente por trás da cortina. É preciso estar atento para não culpar o parceiro quando o Lado Negro do Cupido bate, porque há outros fatores agindo.”

No entanto, trazer este tópico para um parceiro que pode estar lidando com um apego espiritual e / ou ser um canal para outras entidades não é nada fácil para o predador que os controla, pois que irá defendê-lo e racionalizá-lo ou levá-lo para o lado muito pessoal onde nenhuma discussão objetiva é possível. Na verdade, pode ser o caso que a entidade está trabalhando através deles naquela instância, injetando pensamentos, amortecedores e mecanismos de defesa que eles tomam como seus próprios pensamentos porque “ele” (o reptiliano hospedado também) não quer ser exposto. Lorgen compartilhou um par de casos em que foi possível para um casal trabalhar através de uma situação de Amor do Lado Escuro de cupido-Dark Side of Cupid desde que ambos os parceiros foram capazes de olhar para ele objetivamente, não levando as coisas para o lao pessoal, pois ambos fizeram um esforço para educar-se sobre este tema e estavam ativamente envolvidos no trabalho de auto-desenvolvimento e relacionamento.

– Quero apelar à sua mente analítica – disse don Juan. Pense por um momento e diga-me como poderia explicar a contradição entre a inteligência do homem, o engenheiro e a estupidez de seus sistemas de crenças, ou a estupidez de seu comportamento contraditório. Os feiticeiros acreditam que os predadores nos deram nossos sistemas de crenças, nossas idéias de bem e mal, nossos costumes sociais. São eles que estabelecem as nossas esperanças e expectativas e sonhos de sucesso ou fracasso. Eles nos deram cobiça, cobiça e covardia. São os predadores que nos tornam complacentes, rotineiros, apáticos, preguiçosos e egocêntricos. ‘

“Mas como eles podem fazer isso, don Juan?”, Perguntei, de alguma forma irritado mais pelo que ele estava dizendo. – Eles sussurram tudo isso em nossos ouvidos enquanto estamos dormindo?

– Não, eles não fazem assim. Isso é idiota! “, Disse don Juan, sorrindo. “Eles são infinitamente mais eficientes e organizados do que isso. A fim de nos manter obedientes e mansos e fracos, os predadores envolveram-se em uma manobra estupenda – estupenda, é claro, do ponto de vista de um estrategista de combate. Uma manobra horrenda do ponto de vista daqueles que a sofrem. Eles nos deram sua mente! Você me ouve? Os predadores nos dão sua mente, que se torna A NOSSA mente. A mente dos predadores é barroca, contraditória, morosa, cheia de medo de ser descoberta a qualquer momento.

vampirismo-pelo-sexo

“E, quando o espírito imundo tem saído (ou FOI EXPULSO) do homem-mulher, anda por lugares áridos, buscando repouso, e não o encontra. Então diz: Voltarei para a minha CASA, de onde saí. E, voltando, acha-a desocupada, varrida e adornada. Então vai, e leva consigo outros sete espíritos piores do que ele e, entrando (no homem-mulher, seu antigo e IRRESPONSÁVEL HOSPEDEIRO-A), habitam ali; e são os últimos atos desse homem-mulher piores do que os primeiros. Assim acontecerá também a esta geração má”. – Mateus 12:43-45

– Sei que apesar de nunca ter sofrido a fome … você tem ansiedade para se alimentar, que não é senão a ansiedade do predador que teme que em qualquer momento sua manobra vai ser descoberta e a comida vai ser negada. Através da mente, que, afinal de contas, é a sua mente, os predadores injetam na vida dos seres humanos o que é conveniente para eles. E garantem, desta maneira, um grau de segurança para atuar como um amortecedor contra o seu medo.  –  Carlos Castaneda, O Lado Ativo do Infinito

A síndrome da possessão/anexação por um espírito também se relaciona com a Mordida de Amor / Lado Negro do Cupido. Dr. William Baldwin tem feito extensa pesquisa em torno deste tópico:

“A condição de possessão espiritual (ou seja, tomada total ou parcial do controle de um ser humano vivo por um ser não físico) foi reconhecida ou, pelo menos, teorizada em cada era e em todas as culturas antigas. Em 90% das sociedades mundiais há registros de fenômenos de possessão (Foulks, 1985).

Várias evidências clínicas contemporâneas sugerem que os seres desencarnados, os espíritos dos seres humanos falecidos, podem influenciar as pessoas vivas, formando uma conexão ou apego físico ou mental e, posteriormente, impondo condições e sintomas físicos e / ou emocionais prejudiciais. Esta condição tem sido chamada de “estado de posse”, “transtorno de posse”, “posse do espírito” ou “anexação espiritual”.

Os espíritos terrestres, a consciência sobrevivente dos seres humanos falecidos, são as entidades predominantemente possuidoras, obcecadas ou ligadas a serem encontradas. A consciência desencarnada parece anexar-se e fundir-se total ou parcialmente com a mente subconsciente de uma pessoa viva, exercendo algum grau de influência nos seus processos de pensamentos, emoções, DESEJOS, comportamentos e corpo físico. A entidade torna-se um parasita na mente do hospedeiro. Uma vítima desta condição pode ser totalmente amnésica sobre episódios de aquisição completa.

… Uma anexação pode ser benevolente na natureza, totalmente auto-serviço, malevolente na intenção, ou completamente neutra. A anexação a qualquer pessoa pode ser completamente aleatório, mesmo acidental. Pode ocorrer simplesmente por causa da proximidade física à pessoa moribunda no momento da sua morte. Em cerca de metade dos casos encontrados na prática clínica é uma escolha aleatória sem conexão prévia nesta ou em qualquer outra encarnação. No restante alguma conexão pode ser encontrada, algum negócio inacabado desta ou de outra vida.

… Qualquer sintoma ou condição mental ou física, emoção forte, sentimento negativo reprimido, necessidade consciente ou inconsciente podem agir como um ímã para atrair uma entidade desencarnada com a mesma ou similar emoção, condição, necessidade ou sentimento. Raiva, medo e terror, tristeza e mágoa, culpa, remorso ou sentimentos de necessidade de punição podem convidar entidades anexadas com sentimentos semelhantes.

Estresse severo pode causar susceptibilidade à influência de um espírito intrusivo. Alterar a consciência com álcool ou drogas, especialmente os alucinógenos, afrouxa os limites do ego externo e abre a mente subconsciente à infestação pelos seres desencarnados (o desvio pelo uso de drogas e o sexo de ocasião e promíscuo são duas grandes e principais fontes de vampirização). O mesmo vale para o uso de analgésicos fortes e os fármacos anestésicos necessários em cirurgia. Um comprimido de codeína tomado para o alívio da dor de uma extração dental pode alterar suficientemente a consciência para permitir a entrada a uma entidade não física.

As intrusões físicas, como cirurgia ou transfusão de sangue, podem levar a um apego da entidade. No caso de um transplante de órgãos, o Espírito do doador de órgãos pode literalmente seguir o órgão transplantado para o novo corpo. O trauma físico da colisão automobilística, quedas acidentais, batida ou qualquer golpe na cabeça pode tornar uma pessoa vulnerável a um Espírito intrusivo.

A abertura, doação, abuso, depravação durante a relação sexual pode permitir a troca de entidades ligadas entre duas pessoas. O abuso sexual, como estupro, incesto ou molestação de qualquer tipo, cria uma vulnerabilidade à invasão do Espírito. A violência durante o abuso sexual aumenta a probabilidade de intrusão por um espírito oportunista.

Um espírito pode ser ligado à Terra pelas emoções e sentimentos conectados com uma morte súbita e traumática. Raiva, medo, ciúme, ressentimento, culpa, remorso, até fortes laços de amor podem interferir com a transição normal. As crenças religiosas errôneas sobre a vida após a morte podem impedir que um espírito se mova para a Luz porque a experiência após a morte não coincide com falsas expectativas ou noções preconcebidas do modo como deveria ser.

Após a morte por overdose de drogas, um espírito recém-falecido mantém um forte apetite para a droga, e esta fome não pode ser satisfeita no domínio não físico. O ser deve experimentar a droga através do corpo emocional (sensorium) de uma pessoa viva que usa a substância. Isso só pode ser realizado através de uma anexação parasita à pessoa. Muitos usuários de drogas são controlados pelo espírito anexado de um falecido viciado em drogas.

A anexação do Espírito não requer a permissão do hospedeiro. Isso parece ser uma violação do livre arbítrio. Também parece refutar a noção popular de que cada pessoa é totalmente responsável pela criação de sua realidade e que não há vítimas (só existem vítimas da IGNORÂNCIA e DOS PRÓPRIOS VÍCIOS e DESEJOS). O conflito aparente aqui decorre das definições de permissão e escolha de livre arbítrio. Ignorância e negação da possibilidade de interferência do espírito não é defesa contra a anexação/possessão espiritual. A crença ou a falta de crença quanto à existência de entidades intrusivas não tem influência sobre a realidade desses seres e seu comportamento.

Na negação e na ignorância, a maioria das pessoas não se recusa a dar permissão para esses intrusos não-físicos. Os seres soberanos individuais têm o direito de negar qualquer violação ou intrusão por outro ser. Com o conhecimento limitado, se houver algum, e as percepções distorcidas da natureza do mundo espiritual, a realidade não-física, muitas pessoas se deixam abrir e criam sua própria vulnerabilidade e condição para a possessão como parte da criação de sua própria realidade. Hoje, é moda entre muitos entusiastas da “Nova Era” tentar canalizar algum poder superior, um professor ou mestre espiritual que usará o mecanismo de voz de qualquer pessoa disposta a falar “palavras de sabedoria”. Alguns usam a terminologia “para o meu mais alto bem” quando chamam para um “espírito” para canalizar através deles. Esta atividade constitui permissão e acolhida por um espírito desencarnado. Os identificadores como “mestre” e “professor” e qualificadores como “para o meu bem maior” serão reivindicados pelas entidades como identificações, qualidades ou atributos pessoalmente válidos.

espiral-fogo-kundalini

Também é necessário saber que, durante o processo de evolução do EU, ocorre frequentemente um período de dormência na ativida­de sexual, cuja energia DEVE ser elevada para atuar na abertura e cura dos chakras superiores.

 … O anfitrião (o hospedeiro infectado) é geralmente inconsciente da presença de espírito unido a ele. Os pensamentos, desejos e comportamentos de uma entidade ligada são experimentados como pensamentos, desejos, VÍCIOS e comportamentos da pessoa infectada. Os pensamentos, sentimentos, hábitos e desejos não parecem estranhos se estiverem presentes por muito tempo, mesmo desde a infância. Este é um fator importante na negação generalizada do conceito e da falta de aceitação dos fenômenos de interferência desencarnada, anexação, obsessão ou posse por espírito.

Na maioria dos casos, uma pessoa só pode experimentar e reconhecer a realidade da condição depois que uma entidade anexa foi liberada. A realização pode vir alguns meses após uma sessão de liberação como a pessoa percebe de repente a ausência de uma atitude familiar, desejo, vício ou comportamento. Os sintomas da anexação, possessão espiritual podem ser muito sutis. Um espírito vampirizador pode estar presente sem produzir quaisquer sintomas visíveis.

Uma pessoa viva pode ter dezenas, até centenas de espíritos ligados, já que eles não ocupam espaço físico. Eles podem anexar a aura ou flutuar dentro da aura fora do corpo. Se qualquer parte do corpo do hospedeiro tem uma fraqueza física, a entidade pode se anexar a essa área por causa de uma fraqueza ou lesão correspondente ao corpo físico do espírito antes da morte. Um espírito pode se alojar em qualquer dos chakras do hospedeiro, atraído pela energia particular do chakra ou pelas estruturas físicas desse nível do corpo.

… Uma entidade espiritual (não física) anexada pode ser associada a qualquer trilha emocional de uma pessoa viva, como raiva, medo, tristeza ou culpa. A energia emocional da entidade intensifica a expressão de uma emoção específica, muitas vezes levando a reações excessivas inadequadas às situações da vida ordinária.

… A influência mental, emocional, moral e física de uma entidade anexada pode alterar o caminho original das opções cármicas e oportunidades de aprendizado do ser humano hospedeiro. Ele pode interromper a linha de vida planejada, acelerando a morte ou prolongando a vida, interferindo assim com qualquer ponto específico de checagem. Uma entidade do sexo oposto pode influenciar a preferência sexual e a orientação de gênero (muito comum neste final de ciclo). Uma entidade anexada pode influenciar a escolha dos parceiros de casamento e a escolha de um parceiro para um caso extra-conjugal.

Muitas áreas da vida de uma pessoa podem ser influenciadas por uma ou mais entidades anexadas. Em suma, a possessão espiritual pode interferir com qualquer aspecto da vida do hospedeiro desavisado.

… Os sintomas da anexação espiritual podem ser muito sutis. Um espírito ligado pode estar presente sem produzir quaisquer sintomas visíveis. No entanto, as entidades ligadas sempre exercem alguma influência, desde um pequeno consumo de energia até um grau maior de controle ou interferência. Posse completa e aquisição pode resultar em Supressão da personalidade original. O espírito terrestre não substitui o espírito legítimo no corpo em tal caso, apenas usurpa o controle. Um espírito ligado à Terra não pode manter a vida em um corpo humano depois que o espírito original se separou do corpo na transição da morte “. – Dr. William Baldwin

CAMINHO PARA A CURA E PROTEÇÃO CONTRA O LADO NEGRO E ESCURO DE CUPIDO (Mordida de Amor Alien)

As perguntas óbvias que surgem são como podemos evitar uma relação de  ? Como podemos prevenir ataques psíquicos e apegos espirituais? Como podemos nos recuperar deles?

A parte mais importante é obter conhecimento sobre este tópico. Mas o conhecimento por si  só não é suficiente. Precisamos compreendê-lo e APLICÁ-LO. Eu percebo que eu entendi muitas coisas intelectualmente no passado, mas minha ingenuidade e falta de consciência de meus pontos cegos (ESCURIDÃO) me deixou vulnerável a esses ataques e configurações. É uma coisa ser atacado abertamente através de ataques através de uma pessoa e ridicularizar que eu recebi muito para o meu trabalho ao longo dos anos, falando sobre esses temas e outros assuntos também. Eu posso lidar com essas apenas multa. Meu ponto cego e fraqueza eram relações de amor e essas forças trabalhando através das mulheres que eu atraía e foi atraído e também trabalhando através de mim de maneiras que eu não estava ciente. Eu também confio no meu conhecimento interior (que estava lá como uma voz distante) e realmente vejo todas as bandeiras vermelhas, vendo o “invisível” do que está acontecendo debaixo de tudo. Estava obscurecido pela felicidade romântica e êxtase sexual.

Tudo o que há são lições e até mesmo as entidades que trabalham através de outros indivíduos para nos atacar ou trabalhar através de nós mesmos são no final “professores”, apontando para os nossos problemas e pontos (nossa escuridão não aceita e curada) cegos que eles usam convenientemente para chegar até nós. Em certo sentido, é como uma iniciação xamânica, batalhando com demônios dentro e fora de nós mesmos. É por isso que é importante não cair na culpa ou tornar-se uma questão pessoal e projeção para o parceiro. Estas experiências de Love Bite / Dark Side of Cupid, especialmente a última, me forçaram a dar uma olhada mais profunda em mim mesmo e também realmente entender como o romance no início de um relacionamento desse tipo pode ser tão enganador com toda a elevação emocional e fixação quando nossos hormônios ficam loucos. Confiar (e OUVIR, OBEDECER aos avisos sutis de PERIGO) em nossa intuição e conhecimento interior desde o início é muito importante, resistindo a agir apenas com base nossos impulsos e instintos mais selvagens, especialmente se eles estão fora de proporção emocional e sexualmente impulsionados.

A química e o intercurso sexual em si mesmo é também um método preferido para criar um poderoso elo para a alimentação via vampirização psíquica”. –  Eve Lorgen

Na maioria das vezes não questionamos ou controlamos nossos desejos e impulsos. Acreditamos que nos conhecemos a nós mesmos, mas confundimos as necessidades não satisfeitas da infância como nossas verdadeiras necessidades adultas às vezes, confundindo o eu condicionado (pela nossa própria escuridão) com o verdadeiro eu. Nós também não questionamos nossas fixações e desejos sexuais às vezes e apenas agimos sobre seu controle à medida que eles surgem, assumindo que isto é apenas quem somos e apenas nos sentimos “sexuais” ou “excitados” e, portanto, apenas precisamos ter sexo ou nos masturbar. A maioria das pessoas estão obviamente envolvidas em todos os tipos de coisas sexualmente praticadas e “aceitas” (incentivadas) pelo sistema e a maioria também nunca irá questioná-los.

“A abertura e a doação durante a relação sexual pode permitir a troca de entidades demoníacas anexadas entre duas pessoas. Os pensamentos, desejos e comportamentos de uma entidade anexada são experimentados como pensamentos, desejos e comportamentos da pessoa. Os pensamentos, sentimentos, hábitos e desejos não parecem estranhos se estiverem presentes por muito tempo, mesmo desde a infância. Esse é um fator importante na negação generalizada do conceito e da falta de aceitação dos fenômenos de interferência de entidades desencarnadas e a anexação, obsessão ou posse do espírito “.  – Dr. William Baldwin, Terapia de Liberação do Espírito

aurahumana

O ser humano é muito mais do que apenas a expressão física e os seus cinco sentidos. Esta escrito: “Eu disse: Vós sois deuses, e todos vós filhos do Altíssimo”. – Salmos 82:6

As pessoas também pegam anexos (obsessão, possessão) por entidades não físicas através do sexo. O sexo é muito mais do que uma interação física, é uma troca energética muito profunda, e a abertura para outra pessoa em um nível energético e espiritual. O ato sexual cria uma conexão entre seu campo de energia (aura) e o campo de energia da pessoa com quem você está tendo relações sexuais, mesmo uma única vez. Quando esta conexão é feita você vai pegar ou absorver tudo o que está ligado dentro do campo de energia da outra pessoa (sabendo disso ou não).

Se você tem relações sexuais com alguém que tem uma entidade ou demônio, você vai absorver essa entidade em si mesmo. Você basicamente estará fazendo uma escolha para permitir ou convidar qualquer coisa dentro do campo de energia da outra pessoa com que você está fazendo sexo para entrar e ficar em e COM você. É importante entender o que o sexo é realmente e o que ele cria além do prazer físico, e escolher as pessoas corretas que você quer se abrir a esse nível de profundidade”.

– Peter Michael, Anexo de Entidades não Físicas

“Há sempre uma drenagem de forças e fluidos vitais de um para outro em toda mistura social de relacionamentos humana que ocorre automaticamente. O sexo é a maneira mais poderosa de todas de se trocar sua força vital com o outro, ou de um drenar (vampirizar) do outro, o que também acontece muitas vezes de forma unilateral, em detrimento do “outro”. Na passagem de energia vital vêm coisas boas e más, elação, sentimento de força e apoio, infiltração de boas ou más qualidades, intercâmbio de estados psicológicos, estados e movimentos, depressões, exaustão – toda a gama energética possível. As pessoas não sabem disso – o que é uma misericórdia de Deus sobre eles – mas quando se entra em um certo nível de consciência yóguica, torna-mo-nos muito conscientes e sensíveis a todo esse intercâmbio de energia, ação e reação, mas também se pode construir um muro contra esse tipo de situação, rejeitando-o. etc.

As pessoas que têm desejos acrescentam à sua formação mental uma espécie de envelope pequeno, uma concha vital que lhe dá uma realidade ainda maior. Essas pessoas são geralmente cercadas por um número de entidades minúsculas que são suas próprias criações mentais, suas próprias formações mentais revestidas com força vital, que todo o tempo vão golpeá-la para tentar fazê-las perceber materialmente as formações que construíram. Talvez tenha lido os livros de Maurice Magre. Ele descreve isso; Ele viera aqui, Maurice Magre, falávamos e ele me disse que sempre tinha notado – ele era altamente sensível – que ele sempre tinha notado que as pessoas que têm desejos sexuais estão cercadas por uma espécie de pequeno enxame de entidades que são um tanto viscosas E bastante feio e que as atormentam constantemente, despertando desejo neles em satisfazer às suas necessidades.

Ele disse que tinha visto isso em torno de certas pessoas. Era como se estivessem cercados por um enxame de mosquitos, sim! Mas é mais grosseiro e muito mais feio ainda, e é viscoso, é horrível, e gira ao redor e circunda a pessoa e não lhe dá paz, e desperta nele o desejo que formou essas entidades e elas se aproximam e retroalimentam-no. É a comida deles. Isso é absolutamente verdade. Sua observação estava correta. Sua visão era muito verdadeira. É assim. O sexo-vampiro deste tipo de pessoa “come a energia vital” do outro e não dá nada ou quando dá é um obsessor….”  –  ‘As Forças Escondidas da Vida – Seleções das obras de Sri Aurobindo e da Mãe’

“Vastos seres, vivendo por milhares de anos em seus termos, tem a sua existência governando e controlando você, buscando sugar sua energia, porque você considera-se sem valor e sem propósito. Aqueles que o governariam nos planos físico e multidimensional entendem o poder dos orgãos genitais para criar vida, prazer, dor e morte. Eles usam seus genitais como portas sem você mesmo perceber.

Você está aprendendo na Terra e mudando a freqüência de modo que uma por uma suas luzes acendem e campos de energia são estabelecidos. Você deve aprender a parar de alimentar os vampiros que sugam suas energias, dos planos astrais, de outras dimensões e de dentro de voce mesmo. Sua sexualidade e como ela é usada são elementos-chave.

devils-advocate-possessão

“Dentro da freqüência sexual, você troca ENERGIA um com o outro. Então, se você está se ligando e trocando sexualmente com uma pessoa que não é de sua semelhança (com alguém promíscuo, depravado, por exemplo), você estará tomando o seu lixo, porque você está trocando energia da forma mais intimamente possível… e pode ser INFECTADO por algo MUITO DESAGRADÁVEL“.

É nesta parte muito profunda do seu eu regenerativo, dos seus órgãos sexuais, o núcleo de seu ser, de sua CAPACIDADE DE CRIAR VIDA que muitos dos principais problemas estão, problemas tão escuros, tão secretos e NEGROS que ninguém ousaria falar deles. No entanto, eles devem ser revelados. Abandonar o seu poder sobre seus próprios órgãos sexuais é realmente abdicar do poder de viver.

Por poder queremos dizer um senso de conexão e responsabilidade, a maturidade para saber quando se expressar sexualmente e quando não fazê-lo … Primeiro, você deve fazer as pazes com os órgãos sexuais do seu ser, porque é aqui que a vida brota … E acima de tudo, procure compreender o poder de sua sexualidade, infundir sua expressão apenas com amor, pois o sexo sem amor não vale a pena experimentar.

Dentro da freqüência sexual, você troca energia e parte de sua essência um com o outro. Então, se você está se ligando e trocando quimicamente com uma pessoa que não é de sua semelhança (alguém promíscuo) , você está tomando o seu lixo, porque você está trocando energia muito intimamente. Mesmo se você não quiser estar com essa pessoa, a experiência sexual permanece com você porque você teve uma troca eletromagnética”  –  Barbara Marciniak, Bringers da Aurora / Família de Luz

“A química sexual e o intercurso sexual em si é também um método preferido para criar um poderoso elo para a vampirização psíquica. É muito importante não participar na normalização dos comportamentos sexuais que não se baseiam no respeito mútuo e profunda reverência. Isto pode soar puritano mas eu penso que a sexualidade humana é poderosa e ameaçam às forças escuras que nos induzem a normalizar o desvio sexual e os comportamentos sexual frouxos e pervertidos para destruir povos e para impedir que o potencial espiritual verdadeiro do ser humano seja realizado e apreciado. Não há comparação quando a sexualidade sagrada é honrada, PRATICADA com AMOR, realizada e ou conhecida. Formas inferiores de sexualidade são então obviamente repulsivas, baixas e degradantes para cada pessoa envolvida.

Ter o bom senso de estabelecer limites adequados, encontrar e abordar nossos pontos cegos e traumas passados que criam reações inconscientes e desenvolver a capacidade de habilidades altamente evoluídas de discernimento é de extraordinária importância na área sexual. Se não abordarmos nossos próprios pontos cegos e gatilhos inconscientes ou não tivermos um senso claro do que realmente está acontecendo, esta pode ser uma das maneiras mais fáceis que os narcisistas e entidades demoníacas podem usar para tomar e sugar a nossa energia”.  – Eva Lorgen, O Lado Negro do Cupido

“Preste atenção com quem você compartilha sua energia íntima . Intimidade nesse nível interliga sua energia da sua aura (Corpo de Luz) com a energia da outra pessoa. Estas conexões são poderosas, independentemente de quão insignificante você pensa que são, ao praticar sexo casual e irresponsável, pois deixam detritos espirituais, particularmente dentro de pessoas irresponsáveis que não praticam qualquer tipo de limpeza, física, emocional ou de qualquer outra forma.

Quanto mais você interage intimamente com alguém, mais profunda é a conexão e mais de sua aura está entrelaçada com a do outro, especialmente se houver sexo..

Imagine a aura confusa e poluída de alguém PROMÍSCUO que pratica sexo com inúmeros parceiros e carrega em si essas “múltiplas energias”? O que eles podem não perceber é que os outros podem sentir essa energia que pode repelir energia positiva e atrair energia negativa em sua vida.  –  Lisa Chase Patterson

Obviamente, não devemos negar nossa sexualidade. Não é sobre este pensamento preto e branco ou cair na vergonha / culpa por ter certos desejos ou negar nossos impulsos sexuais biológicos e naturais, mas sobre verdadeiramente compreender a nós mesmos e de onde nossos desejos realmente vêm e como costumamos usar o sexo às vezes para evitar enfrentar vulnerabilidade emocional mais profunda e uma conexão mais íntima com outra pessoa além da conexão física. Como Eve Lorgen disse, “uma poderosa paixão sexual e obsessiva necessidade de ter sexo” é uma das bandeiras vermelhas em um relacionamento de LADO NEGRO E ESCURO DE CUPIDO (Mordida de Amor Alien). Eu certamente experimentei isso em mim, em uma relação de Mordida de Amor, portanto, não estou me tirando da equação. O sexo é bonito e CURA em muitos níveis, se praticado adequadamente e como consequência de um verdadeiro amor presente. Mas, como eu disse antes, há muito mais a ser dito sobre o tema do sexo e da sexualidade. Há uma razão pela qual a transmutação (a “LIMPEZA” não a supressão!) da energia sexual é grande parte do trabalho esotérico que devemos fazer para ampliar nossa consciência e “escapar da Matrix”.  Continua …


“E houve batalha nos céus; Miguel e os seus anjos batalhavam contra o DRAGÃO, e batalhavam o DRAGÃO e os seus anjos; Mas não prevaleceram, nem mais o seu lugar se achou nos céus. E foi precipitado o grande DRAGÃO, a antiga serpente, chamada o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na Terra, e os seus anjos foram lançados com ele”.  Apocalipse 12:7-9


Duas poderosas ORAÇÕES para eliminar e afastar de sua experiência o ataque de entidades ALIENÍGENAS hiperdimensionais:

  • Ó Deus Todo Poderoso, “presente” em meu coração e grande coro dos Mestres Ascencionados, tomai depressa possessão desta situação e LIBERTAI-ME (ou diga o nome de alguém por quem você ora) DE TODA ENTIDADE. Produzi vossa perfeição aqui e em mim para sempre! Terminou e eu Te agradeço.
  • chamavioletaDirijo-me a TUDO O QUE ME PERTURBA DIZENDO: “Tu não tens NENHUM PODER, sai para sempre da minha vida, a toda poderosa presença do infinito esta mim, ela produz a perfeição neste instante mesmo  e PARA SEMPRE”.

Ao fazer uma prece usamos, em maior ou menor grau, o poder co-criativo de nossa essência divina e o poder do VERBO, da palavra, que por uma Lei universal imutável, todos os seres, tem que obedecer. Caso sinta necessidade, repita por três ou nove vezes cada oração, o que ajudará em maior potência do decreto. Muita Luz e Paz a todos. Mais informações no link: DNA é influenciado pelo som (o Verbo) e frequências (palavras).  Compartilhe esta matéria com quem  voce ama e estima se ela foi importante para você.


Mais informações, leitura adicional:

Permitida a reprodução desde que mantida na formatação original e mencione as fontes.

phi-golden-ratiowww.thoth3126.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *