Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Rússia retoma Fluxo de Gás via Nord Stream 1 para a Europa conforme programado

Após mais de uma semana de manutenção e fechamento total do gasoduto NS1, a Rússia retomou o envio de gás natural para a Europa através do sistema de gasodutos Nord Stream 1, dissipando os temores dos investidores [do hospício europeu] de um cenário de “Armagedom”. Por volta das 07:00-08:00, hora local, o NatGas russo fluiu através do maior gasoduto para a Europa com aproximadamente 40% da capacidade, o mesmo nível antes de os fluxos serem reduzidos a zero por dez dias de manutenção programada. 

Rússia retoma fluxo de gás para a Europa pelo gasoduto Nord Stream 1

Fonte: Zero Hedge

“Estamos no processo de retomar o transporte de gás. Levará várias horas para atingir os volumes declarados”, disse funcionário da Nord Stream 1.

Os futuros holandeses de primeiro mês, a referência europeia dos preços do gás, afundaram nesse desenvolvimento de baixa, caindo até 6,5%, para 145 euros por megawatt-hora e sendo negociados em torno de $ 146 euros às 07:00 ET. 

“A retomada nesta manhã dos fluxos de gás para a Europa ao longo do Nord Stream 1 provavelmente levará a um suspiro coletivo de alívio não apenas do mercado de gás europeu, mas da economia em geral do continente”, disse Tom Marzec-Manser, chefe de análise de gás da ICIS em Londres, Bloomberg.  

Marzec-Manser disse que os fluxos físicos que entram na Alemanha são de baixa para a NatGas, mesmo que o gasoduto opere com capacidade reduzida.  A retomada dos fluxos ocorre no momento em que a Europa se preparava para a pior crise energética em sua história. O comissário de orçamento Johannes Hahn não espera que o gasoduto retorne à sua capacidade total.

Klaus Mueller, chefe do regulador alemão BNetzA, twittou anteriormente e confirmou que os fluxos de NatGas “podem hoje atingir o nível de pré-manutenção de aproximadamente 40% de utilização (aproximadamente 700 GWh/d)”, mas ele jogou água fria na crença de que os restantes 60 % de utilização retornaria em breve.

No início desta semana, houve relatos de que o fornecedor russo de NatGas Gazprom “declarou força maior” no fornecimento de gás para a Europa a pelo menos um grande cliente a partir de 14 de junho”, de acordo com a carta vista pela Reuters. “Ele disse que a medida de força maior, uma cláusula invocada quando uma empresa é atingida por algo além de seu controle, era efetiva a partir de entregas a partir de 14 de junho”, observou a Reuters. 

Houve até conversas do presidente russo, Vladimir Putin, na terça-feira, que disse que a capacidade do Nord Stream 1 poderia ser reduzida, a menos que uma turbina crítica de gasoduto em reparos no Canadá seja devolvida à Rússia em breve. Putin acrescentou que atrasos no recebimento da turbina podem levar à redução da capacidade do gasoduto para 20% até o final deste mês. 

Antes da retomada, escrevemos uma nota intitulada  “O que a reabertura do Nord Stream 1 significa para a Europa“, detalhando pesquisas de Jim Reid do Deutsche Bank e da analista de energia do Goldman Sachs, Samantha Dart sobre quaisquer mudanças após a reabertura do gasoduto – seus pensamentos: é de mais incerteza. 

Enquanto isso, o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse a repórteres durante uma teleconferência hoje que a Rússia “rejeita categoricamente” as acusações de que a redução dos fluxos de NatGas para a Europa é politicamente motivada. 

Tim Partridge, chefe de comércio de energia do DB Group Europe, escreveu em uma nota aos clientes que discorda.

“Enviar fluxos, mas em níveis limitados, corre a favor da Rússia… Isso permite que o Kremlin continue usando o oleoduto como forma de aumentar a volatilidade, enquanto ainda obtém lucros imensos com os preços inflacionados da energia.” 

Há preocupações crescentes de que a Europa pode não sobreviver ao inverno  sem o gás russo. Isso foi repetido por Muller no domingo. A retomada é um sinal promissor e permitirá que países como a Alemanha continuem injetando NatGas em instalações de armazenamento esgotadas para o inverno. No entanto, as taxas reduzidas podem sugerir que os suprimentos serão muito apertados para atender a demanda no inverno com início em dezembro.


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal   AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)” para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


Mais informação adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *