WEF planeja a próxima pandemia em Davos – sugere ‘Infraestruturas Digitais Nacionais’ para rastrear Vacinados

As discussões do Fórum Econômico Mundial-WEF em Davos muitas vezes exigem alguma “leitura nas entrelinhas” para entender o que realmente está sendo dito pelos participantes globalistas, mas não é necessária muita interpretação hoje em dia. Desde o evento pandêmico covid, juntamente com os bloqueios e as tentativas de introduzir “Passaportes de Vacinas”, os representantes do establishment têm sido muito mais abertos sobre sua agenda e suas intenções para o futuro não muito distante. 

WEF planeja a próxima pandemia em Davos – sugere ‘Infraestruturas Digitais Nacionais’ para rastrear Vacinados

Fonte: Zero Hedge

Afinal, foi Klaus Schwab quem chamou a covid de “uma rara mas estreita janela de oportunidade” para implementar o seu “Great Reset” da atual ordem econômica e política. Os últimos anos mostraram que a multidão de Davos ainda se apega ao pânico pandêmico como os “bons velhos tempos”, quando eles poderiam ter qualquer coisa que quisessem, incluindo a centralização total e o controle de tudo.

Os globalistas continuam a se recusar a abordar as suas muitas falhas, mas painéis como o seguinte dizem tudo – Eles perceberam que a verdade atingiu o mainstream e muitas pessoas agora estão questionando a validade das restrições, mandatos, máscaras, lockdowns e vacinas de mRNA . 

Todas essas medidas provaram ser inúteis na prevenção da propagação viral, e agora os efeitos colaterais negativos das vacinas estão sendo admitidos, pelo menos até certo ponto. Em suma, a pandemia não foi a oportunidade de ouro que Klaus Schwab e o WEF esperavam E NA REALIDADE PODE TER SIDO UM TIRO PELA CULATRA.    

Suas esperanças e sonhos agora se voltam para uma futura pandemia [também fabricada em laboratório], talvez uma com uma taxa de mortalidade muito maior que crie um medo público mais explorável.

De nota especial neste painel, que inclui o ex-primeiro-ministro britânico Tony Blair e o atual chefe da Pfizer Albert Bourla, são comentários feitos sobre a falta de um acordo unificado entre países sobre a resposta política à pandemia – Eles não entram em detalhes aqui, mas podem estar se referindo a recusa de alguns governos em impor mandatos em andamento e passaportes de vacinas aos seus cidadãos. 

A resistência pública a tais ações levou diretamente à apreensão entre os funcionários de alguns governos sobre até onde eles poderiam forçar sua sorte com a sua população. Claramente, eles decidiram que estavam brincando com fogo porque muitos desses líderes recuaram. Foi como se alguém apertasse um botão e a desgraça pandêmica da covid de repente diminuísse para um mero lampejo de sua antiga intensidade.

O grupo autodenominado “Mestres do Futuro” concluiu que as instituições globais no futuro precisam exercer pressão constante sobre todos os governos e, aparentemente, pressão constante sobre as populações nacionais para obter os resultados [impor as agendas] que desejam.

Por extensão, mas cautelosamente, a África é mencionada algumas vezes durante o painel como um exemplo da necessidade de “equidade” na resposta à pandemia. O que eles não falam é que houve falta de mortes por covid na África, apesar de cerca de 65% do continente não ser vacinado, de acordo com o rastreador mundial de vacinas do New York Times

O exemplo africano como um grupo de controle para os não vacinados tem sido uma enorme pedra no sapato dos globalistas nos últimos dois anos e obviamente eles querem mudar isso.

Outro comentário muito interessante é feito por Tony Blair, que pede a criação de infraestrutura digital nacional para rastreamento de vacinas e vacinados. Blair sugere que, para manter vários governos nacionais a par da agenda, eles teriam de estar convencidos de que as questões da pandemia são “questões contínuas”.

Albert Bourla, CEO da Pfizer, aborda a possibilidade e os desafios de produzir vacinas em um prazo ainda mais rápido para responder a novos eventos virais. Sua conclusão? Que os reguladores precisam continuar a manter as portas abertas para a Big Pharma em termos de conveniência, mesmo quando não há uma pandemia em jogo. 

Desenvolver uma vacina segura levava em média pelo menos 10 anos de estudo para segurança e efeitos colaterais de longo prazo; as vacinas contra a covid foram desenvolvidas e administradas em menos de um ano sob autorização de emergência. Esse novo padrão de obstáculos de segurança minimizados e sem riscos de processos legais por graves efeitos colaterais é o que a Big Pharma e o WEF desejam para todas as vacinas e medicamentos no futuro.  

Bourla então admite algo, de maneira improvisada, que muitas pessoas suspeitavam; que o maior desafio no cumprimento dos mandatos e na vacinação generalizada era o ceticismo do público. Bourla e outros se referem a isso como a “politização” dos mandatos de vacina, mas na verdade foi apenas resistência ao autoritarismo e a tirânia, e é algo que frustrou o planejamento globalista a cada passo. Isso só pode ser uma coisa boa para os que assim agiram, com discernimento e coragem, mesmo à custa de muitas criticas e perseguição. 

Em nenhum momento os participantes do painel reconhecem os numerosos estudos que mostram a ineficácia do mascaramento, a ineficácia dos bloqueios, a ineficácia das vacinas e os graves riscos que elas acarretam. Os motivos da resistência de parte do público em vários países não são importantes para eles, apenas as maneiras pelas quais eles podem obter maior adesão durante o próximo evento viral que eles próprios estão criando. 


E os dez chifres que viste são dez reis, que ainda não receberam o reino, mas receberão poder como reis por uma hora, juntamente com a BESTA. Estes têm um mesmo intento, e entregarão o seu poder e autoridade à besta. Estes combaterão contra o Cordeiro, e o Cordeiro os vencerá, porque é o Senhor dos senhores e o Rei dos reis; Vencerão os que estão com Ele, Chamados, e Eleitos, e Fiéis. E disse-me: As águas que viste, onde se assenta a prostituta [ROMA], são povos, e multidões, e nações, e línguas“. – Apocalipse 17:12-15

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é nabucodonoor-estatua-daniel.png

A estátua do sonho de Nabucodonosor, um símbolo daquilo que a humanidade construiria na Terra. Os dias de insanidade da atualidade estão contados, muito em breve, a “Grande Prostituta“, a cidade de Roma será varrida da face da Terra, dando início a derrota completa dos servidores das trevas e o fim de seus planos nefastos para o controle do planeta. Em 2023 o Brasil terá um papel decisivo na guerra entre a Luz e as trevas.


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal  AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)”. para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1

Saiba mais, leitura adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

0 resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nosso conteúdo

Junte-se a 4.309 outros assinantes

compartilhe

Últimas Publicações

Indicações Thoth