browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

A Loucura Transgênero, ‘Acordada’ está destruindo os EUA e Ocidente com o apoio do governo Biden

Posted by on 27/07/2022

Ativistas Transgêneros, LGBTQ+ e seus apoiadores estão forçando concessões de sua “cultura acordada”  aqui e ali. As elites da alta sociedade e o próprio governo [Deep State] estão jogando junto com essa agenda. Isso faz com que o público questione sua sanidade mental enquanto as pessoas “acordadas” manobram para afirmar sua agenda de transgenerismo no “novo mundo” até que toda aberração pareça aceitável e normal.

A Loucura Transgênero, LGBTQ+ acordada está destruindo os valores dos EUA e Ocidente com o apoio do governo Biden

As fontes incluem: LifeSiteNews.com, Opindia.com, FoxNews.com, Merriam-Webster.com, TheBridgeHead.ca e Brighteon.com

Jonathon Van Maren, orador público e ativista pró-vida, escreveu em seu blog publicado pela Lifesite News:

“Eventualmente, perdemos nossa capacidade de ficar chocados. Lentamente, a nova linguagem não nos incomoda mais. E então, eventualmente, tudo começa a parecer normal.

“Mulheres barbudas. Homens de saia. Crianças submetidas à cirurgia e iniciando regimes de drogas ao longo da vida. É por isso que esses incidentes aparentemente pequenos, quando você diminui o zoom, são importantes para serem destacados e importantes para serem rejeitados por causa de onde eles estão nos levando.”

Rachel Levine

Ele citou alguns casos em que a manipulação é claramente evidente ao condicionar a mente do público a aceitar essas ideologias malucas e doentias.

Em entrevista ao  “Andrea Mitchell Reports” da MSNBC em 18 de julho, a “secretária” assistente de saúde do presidente Joe Biden, Rachel Levine, pediu legislação para “empoderar” as crianças a usar bloqueadores de puberdade e fazer cirurgia de mudança de sexo. Levine nasceu homem e seu nome costumava ser Richard Levine, um ex almirante da marinha dos EUA.

Levine apareceu no programa para defender as políticas radicais de transgêneros de Biden. Levine admitiu que os jovens transgêneros são mais propensos a ter problemas de saúde mental, mas insistiu que o bullying é o culpado, não a identidade de gênero da pessoa.

“As castrações e mastectomias duplas e outras mutilações servem para afirmar o gênero dessas crianças, ao invés de mudar para o sexo que elas acreditam ser. Vê o que eles fizeram lá?” escreveu Van Maren.

“Biden coloca um ex almirante de quatro estrelas travestido de mulher na TV para apoiar as mudanças de sexo para crianças e todos nós devemos concordar”, afirmou ainda.

A secretária assistente de saúde de Biden, Rachel Levine: Precisamos “empoderar” as crianças para usar bloqueadores de puberdade e fazer cirurgia de mudança de sexo”.

Os comentários da secretária [o-ele, ela…] adjunto sobre as cirurgias de transição de gênero como forma de empoderar as crianças atraíram severas críticas do público. O representante do Arizona, Andy Biggs, respondeu aos comentários de Levine por meio de um tweet. Isso é “profundamente perturbador”, ele twittou.

O senador do Kansas, Roger Marshall, também disse que 80% das crianças superam a disforia de gênero. “Sob as políticas de ‘cuidado de gênero’ do administrador de Biden, essas crianças podem sofrer danos irreversíveis. ‘Cuidado de afirmação de gênero’ é abuso infantil, destacou o senador.

Além disso, o editor de opinião da Newsweek , Josh Hammer, twittou: “Governo pouco sério”.

O apresentador do programa de rádio Mark Davis também disse que não levantaria nenhuma briga pessoal com o secretário assistente sobre o status de trans, já que o que os adultos querem fazer com suas vidas não é da sua conta. “Mas isso é uma defesa irrestrita do abuso infantil, observou ele.

Isso é simplesmente terrível. A presidência de Biden está destruindo a América”, escreveu o escritor do Telegraph , Nile Gardiner.

Lavagem cerebral do público sobre a definição de gêneros

Em outra parte do artigo, um post de mídia social do Departamento de Polícia de Toronto foi citado pelo escritor. Dizia: “Comunicado à imprensa – Mulher desaparecida, Ryerson Avenue e área da Bathurst Street, Isobella Degrace, 27”. Este tweet em particular se tornou viral, pois foi retuitado mais de 10.000 vezes. O motivo é que a foto é de um homem barbudo, sem nenhum traço de feições femininas.

Outra é a emenda do dicionário Merriam-Webster à terminologia “feminino”. Agora é definido como “ter uma identidade de gênero que é o oposto do masculino”.

“Ao mudar literalmente os termos do debate, os ativistas trans podem garantir que controlam o resultado porque as palavras significam o que eles decidem que significam, assim como a realidade e a biologia podem ser redefinidas por capricho”, disse Van Maren.

 (Relacionado:  libtards acordados atacam a antropologia, alegando que esqueletos antigos não podem ser rotulados como “homens” ou “mulheres” porque podem ter sido identificados como transgêneros .)

Segundo ele, o dicionário Webster parece ser o único que fez a mudança até agora. No entanto, ele espera que os outros sigam o exemplo, já que Webster também mudou literalmente a definição de “preferência sexual” para garantir que o ponto de vista de um senador democrata fosse preciso após o fato.

Van Maren estava falando sobre o incidente quando senadores democratas repreenderam a juíza Amy Coney Barrett por seu uso da palavra durante o segundo dia de suas audiências de confirmação em 2020. A definição sobre mulher foi alterada no mesmo dia em que isso aconteceu.

Durante um inquérito do comitê judiciário sobre Obergefell v. Hodges, que decretou o direito constitucional ao casamento entre pessoas do mesmo sexo, os senadores Mazie Hirono e Cory Booker repreenderam Barrett por usar o termo “preferência sexual”, dizendo que era ofensivo e desatualizado .

“O termo é usado por ativistas anti-LGBTQ+ para sugerir que a orientação sexual é uma escolha. Não é”, disse Hirono ao juiz.

Barrett se desculpou pelo suposto erro e disse que não prejudicou ninguém ao usar a terminologia amplamente adotada. Os senadores ainda reclamaram que o uso da palavra pela juíza indica suas crenças pessoais sobre a decisão do caso. Assista ao vídeo que fala sobre a verdadeira agenda por trás do transgenerismo .


“E houve batalha no céu; Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão, e batalhavam o dragão e os seus anjos; Mas não prevaleceram, nem mais o seu lugar se achou nos céus. E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na Terra, e os seus “Anjos” foram lançados com ele”. [estão todos encarnados em corpos humanos e por trás de todas essas iniciativas de criação de uma tirania estilo NWO-Nova Ordem Mundial, pandemias, crises, pestes, fome, pedofilia, transgênero, LGBTQ+, satanismo, etc, etc]. – Apocalipse 12:7-9


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal   AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)” para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


Mais informação adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

One Response to A Loucura Transgênero, ‘Acordada’ está destruindo os EUA e Ocidente com o apoio do governo Biden

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.