browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Acadêmico de Yale e Princeton adverte que Demônios estão, cada vez mais, possuindo pessoas

Posted by on 05/06/2021

Um psiquiatra educado e formado por duas universidades da Ivy League (a nata do establishment acadêmico) está convencido de que há uma epidemia crescente de possessão demoníaca ocorrendo sobre a humanidade no mundo de hoje, e que a maioria das pessoas comuns agora reconhece a realidade sombria dessa situação assustadora. Ele também é um profissional muito procurado por tais coisas nos casos em que uma determinação está sendo feita sobre a possível necessidade de um exorcismo em alguém possuído. Tendo avaliado centenas de casos de possível possessão demoníaca para esse fim, o Dr. Gallagher está certo de que o fenômeno é legítimo, em crescimento e urgente.(Dize-me com “quem andas” e eu te direi quem ÉS)

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

DEMÔNIOS realmente estão possuindo pessoas, adverte psiquiatra (acadêmico das Universidades de Yale e Princeton) na medida que o puro mal varre a humanidade

O Dr. Richard Gallagher, psiquiatra graduado pela Universidade de Princeton e pela Universidade de Yale, diz que, apesar das opiniões conflitantes dentro da “ciência” médica, a possessão demoníaca é real e esta desenfreada.

Com 25 anos de experiência como psiquiatra privado que complementa seus dois cargos de professor na Faculdade de Medicina de Nova York e na Universidade de Columbia  o Dr. Gallagher acredita ter um ponto de vista único no discernimento do comportamento entre humanos e não-humanos, ou seres demoníacos e satânicos.



Ele também é um profissional muito procurado por tais coisas nos casos em que uma determinação está sendo feita sobre a possível necessidade de um exorcismo em alguém possuído. Tendo avaliado centenas de casos de possível possessão demoníaca para esse fim, o Dr. Gallagher está certo de que o fenômeno é legítimo, em crescimento e urgente.

Ele insinuou ao jornal The Telegraph (Reino Unido), durante uma entrevista recente, que os demônios sabem muito bem como enganar os seres humanos, porque eles possuem faculdades cognitivas muito mais avançadas do que nossa espécie. Eles rotineiramente usam essas “faculdades” mentais para controlar os humanos que passam a possuir e controlar, fazendo com que muitos homens e mulheres cometam atrocidades e muitos outros males contra outras pessoas e formas de vida.

“Eles são muito, muito, muito espertos”, disse Gallagher sobre os seres que existem no reino demoníaco. “O nível de inteligência de um ANJO CAÍDO, que é como eu os chamo, é muito superior ao dos seres humanos.


“O desejo que se alcança deleita a alma, mas apartar-se do mal é abominável para os insensatos. O que anda com os sábios ficará sábio, mas o companheiro dos tolos será destruído. O mal perseguirá os pecadores, mas os justos serão galardoados com o bem”. – Provérbios 13:19-21


A igreja católica romana vê um enorme aumento nos casos de possessão demoníaca no ocidente

Os sentimentos do Dr. Gallagher se alinham com outros relatórios recentes sobre a crescente demanda por exorcismos na Igreja Católica de Roma. O Vaticano realizou um curso de treinamento no início deste ano para ensinar padres exorcistas a lidar com esse grande aumento do número de seres humanos (homens e mulheres) possuídos por demônios.

Um padre espanhol levanta um livro intitulado “Ritos e orações de exorcismo” CRÉDITO: NICK SQUIRES

O Papa Francisco também comentou sobre o aumento da incidência do fenômeno da possessão de seres demoníacos sobre seres humanos, explicando a seus seguidores que Satanás é, de fato, “um ser real” que “vagueia pela terra para devorar almas como um leão”. Ele escreveu em abril que as pessoas não deveriam presumir que o diabo é apenas um mito, uma representação, um símbolo, uma figura de linguagem ou uma ideia. Fazer isso, ter esse comportamento faz com que as pessoas baixem a guarda, afirma ele, deixando todos “muito mais vulneráveis e suscetíveis a um ataque”.

Francisco também diz que os padres “não devem hesitar” em enviar pessoas que sofrem de “distúrbios espirituais genuínos” aos exorcistas. O Rito do Exorcismo, diz ele, é um “ministério delicado e necessário” que deve ser realizado com “grande cuidado e grande prudência”.

De acordo com dados dos Estados Unidos, o número de padres treinados para realizar exorcismos aumentou de apenas 12, cerca de uma década atrás, para 50 – um aumento de mais de 300%. Este salto dramático não deve ser ignorado, diz o Dr. Gallagher, que, embora não esteja sozinho em suas opiniões, está entre os poucos acadêmicos do establishment científico que estão dispostos a falar sobre isso profissionalmente.

“Há muitos outros psiquiatras e profissionais de saúde mental que fazem o que eu faço – talvez não no escopo que faço – que parecem hesitantes em falar”, diz Gallagher. “Isso é o que dá ao meu trabalho alguma singularidade. Que eu tenho muita experiência e que eu estou disposto a falar. Eu me sinto obrigado a falar. Eu acho que deveria falar”.

Ao mesmo tempo, o Dr. Gallagher adverte que é importante determinar, sem sombra de dúvidas, que uma pessoa realmente tem um demônio real antes de recomendar que ele ou ela visite um exorcista para receber ajuda.


“Bem-aventurado o homem (e a mulher) que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite”. – Salmos 1:1,2


“Há critérios muito rigorosos para determinar o tipo de problema da pessoa”, ele adverte. “Eu não estou apenas especulando. Estou lidando com isso de um ponto de vista muito científico”.

O Dr. Richard Gallagher é psiquiatra certificado pelas Universidade de Yale e a Universidade de Princeton, é professor de psiquiatria clínica no New York Medical College. Ele está trabalhando para a publicação d um livro sobre possessão demoníaca nos Estados Unidos.

Fontes para este artigo incluem: 

Yahoo.comTelegraph.co.ukNaturalNews.com


Nosso trabalho no Blog é anônimo e não visa lucro, no entanto temos despesas fixas para mantê-lo funcionando e assim continuar a disseminar informação alternativa de fontes confiáveis. Desde modo solicitamos a colaboração mais efetiva de nossos leitores que possam contribuir com doação de qualquer valor ao mesmo tempo que agradecemos a todos que já contribuíram, pois sua ajuda manteve o blog ativo. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal AGENCIA: 1803 – CONTA: 00001756-6 – TIPO: 013 [poupança] e pelo PIX 211.365.990-53 (Caixa).


“E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim.  Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá FOMES, PESTES e TERREMOTOS, em vários lugares. Mas todas estas coisas são [APENAS] o princípio de dores. – Mateus 24:6-8

“O indivíduo é deficiente mentalmente [os zumbis], por ficar cara a cara, com uma conspiração tão monstruosa, que nem acredita que ela exista. A mente americana simplesmente não se deu conta do mal que foi introduzido em seu meio. . . Ela rejeita até mesmo a suposição de que as [algumas] criaturas humanas possam adotar uma filosofia, que deve, em última instância, destruir tudo o que é bom, verdadeiro e decente”.  – Diretor do FBI J. Edgar Hoover, em 1956


Saiba mais, leitura adicional:

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

8 Responses to Acadêmico de Yale e Princeton adverte que Demônios estão, cada vez mais, possuindo pessoas

  1. Silvio J. B. Maia

    Muitos anos atrás numa sessão na casa de amigos a dona da casa -excelente médium que não se cuidava- foi possuída na reunião, me deu pena dela e da reunião que havia tido inclusive a presença de um astronauta jupiteriano, senti-me intuído a tentar socorrer, comecei pedindo ao espírito possessor que saísse dela para que eu pudesse falar com ela -depois dele responder-me por que estava fazendo aquilo: tentei convencê-la de que deveria se esforçar também -além de seus guias- por sua guarda, não senti o menor sinal de vontade nela, agradeci ao possessor liberando-o, e não me lembro do que houve depois -acho que fui-me dali.
    As pessoas não conscientizadas paranormalmente -como é o caso de quase todos esses médicos e exorcistas religiosos de um modo geral-, na grande maioria das vezes só conseguem encher o saco dos possessores, que muitas vezes afastam-se até que a chatice saia fora e tornam a atacar a pessoa possuída. O único escudo realmente eficaz contra isso é a conscientização da pessoa sob ataque, dando-lhe conhecimentos e informações bem sintetizados sobre a matéria e aconselhando-a a instruir-se, e procurando de logo resistir com sua vontade à vontade atacante. O resto é blablablá de ignorantes que se acham. Aliás, no popular, se há coisa que obsessor adora é sacanear exorcista. Noutro episódio que me foi contado mas tenho certeza de ter sido real, entrou um pastor num centro de macumba, danou a dar bronca e ordens num obsessor, e acabou sendo possuído, feito dançar e rebolar e fazer um strip-tease. Quando o possessor o deixou de lado o pastor saiu dali com a velocidade da luz super envergonhado.

    • Bruno

      Que tipo de sessão era essa da qual vcs participavam? Um espírito possuir uma pessoa não contraria as leis do livre-arbítrio?

      • Dante

        Cara,se você souber o que o realmente aconteceu nessas áreas de quem pratica ocultismo magia mais peaada tipo luciferianismo/satanismo, goetia, magia de sangue ou caos, voce ficaria louco. Esses seres meio que conseguem “diblar” um pouco o livre -arbítrio eu não sei como fazem isso, a prova disso e feitiço para amarração amorosas. Sem falar que muitos espiritos parecem não ter morais então quase tudo que o magista pede ele ajudam. Elea também não tem noção de bem ou mal igual nos humanos. A sessão que esse senhor parece ser so cunho espírita, tipo Kardec ou algo assim, ai eu ja não sei muito a respeito. Mas acreditar que esses seres do astral são obrigados a respeitar 100% o livre-arbítrio é furada!

  2. Fernanda

    Também acho —> “ O único escudo realmente eficaz contra isso é a conscientização da pessoa sob ataque, dando-lhe conhecimentos e informações bem sintetizados sobre a matéria e aconselhando-a a instruir-se, e procurando de logo resistir com sua vontade à vontade atacante.“

    • Dante

      Dependendo da hierarquia do espirito, uma pessoa sozinha não consegue expulsar, por isso é sempre bom ter conhecimento místico e metafísico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.