browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Acordo no Congresso dos EUA para criação da Space Force

Posted by on 13/12/2019

Mais um passo é dado para REVELAÇÃO dos Programas Espaciais Secretos e suas tecnologias bem como a existência de vida extraterrestre: Acordo no Congresso dos EUA para criação da SPACE FORCE:  Um grande obstáculo foi ultrapassado na criação da United States Space Force (USSF-Força Espacial dos Estados Unidos), quando um comitê de conferência do Congresso composto por membros de ambos os partidos do legislativo, reunidos para resolver projetos conflitantes do congresso, concordou com a redação legislativa que autoriza sua criação. 

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Mais um passo é dado para revelar os Programas Espaciais Secretos e suas tecnologias bem como a existência de vida extraterrestre: Acordo no Congresso dos EUA para criação da SPACE FORCE. 

Fonte:  https://www.exopolitics.org/space-force-is-a-go-as-congress-gives-its-approval/

A “National Defense Authorization Act for Fiscal Year 2020” [Lei de Autorização de Defesa Nacional para o ano fiscal de 2020] contém a redação acordada do texto para a criação da SPACE FORCE, que será votada pelas duas casas do Congresso e depois assinada pelo presidente Donald Trump.  A secretária da USAF [Força Aérea dos EUA], Barbara Barrett, emitiu uma declaração depois que o comitê da conferência do Congresso aprovou a redação do texto da Lei e disse :

“Certamente apreciamos o trabalho duro e o apoio bipartidário do Congresso e da administração que estão trazendo um serviço militar separado para atuar no espaço mais próximo da realidade. Estamos analisando o projeto de lei e esperamos sair com inteligência depois que a legislação for aprovada pelo Congresso e assinada pelo Presidente”.

O presidente Trump twittou sua aprovação do acordo alcançado e disse que estava pronto para assinar a National Defense Authorization Act (Lei de Autorização de Defesa Nacional – NDAA) que criará formalmente a força militar do espaço, a SPACE FORCE, mais um ramo das Forças Armados dos EUA.

A Câmara dos Deputados estava programada para votar a NDAA hoje, e será rapidamente seguida pelo Senado antes de ser enviada ao Presidente Trump para sua assinatura para promulgar a lei federal. No NDAA, com quase 3500 páginas , a redação acordada para a criação da Força Espacial aparece sob o Title IX – Department of Defense Organization and Management [Título IX – Organização e Gerenciamento do Departamento de Defesa].

A legenda D discute como a Space Force será configurada e executada. Ele afirma que as seções relevantes na NDAA (Título IX, Subtítulo D) que autorizam a criação da Força [Space Force] Espacial serão conhecidas no futuro como a United States Space Force Act. (sec.951 – Lei da Força Espacial dos Estados Unidos).

A nova Lei da Força Espacial re-designa o atual “Air Force Space Command” [Comando Espacial da Força Aérea] como United States Space Force (USSF-Força Espacial dos Estados Unidos). A Força Espacial estará localizada no Departamento da Força Aérea. Isso espelhará como o Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA está incorporado no Departamento da Marinha, mas continua sendo um ramo militar separado da Marinha dos EUA. A composição da nova SPACE FORCE é descrita da seguinte forma :

  • (b) COMPOSIÇÃO. – A Força Espacial deve ser composta pelo seguinte:
  • (1) O Chefe de Operações Espaciais.
  • (2) As forças espaciais e os bens que nela possam ser orgânicos.

O Programa [Espacial Secreto] Solar Warden mantém uma frota de várias naves espaciais. É constituída por oito enormes naves-mãe em forma de charuto e cerca de quatro dúzias de “navios exploradores” menores. Centenas de “Marines Espaciais” estão em serviço a bordo destas naves e cada nave-mãe tem uma tripulação adicional de aproximadamente 300 cientistas e técnicos a bordo. A Frota Espacial é operada pelo NNSOC (United States Naval Network and Space Operations Command).

O Chefe de Operações Espaciais (CSO) se reportará diretamente ao Secretário da Força Aérea e, um ano após a aprovação da Lei da Força Espacial, se tornará membro do Estado-Maior Conjunto que reúne todo o comando das Forças Armadas.

O atual chefe do Comando Espacial dos EUA, general John Raymond, também poderá servir como CSO da Força Espacial no primeiro ano de suas operações. Isso permitirá que Raymond supervisione a transição suave do Comando Espacial da Força Aérea, que ele também lidera atualmente, para a nova Força Espacial.

A referência a “ativos que possam ser orgânicos” como parte da composição inicial da nova Força Espacial é intencionalmente vaga. Isso dará a Raymond ampla autoridade para transferir ativos da Força Aérea para a Força Espacial e também transferir ativos espaciais relevantes da Marinha, Exército e Corpo de Fuzileiros Navais. Há também outra razão indiscutivelmente mais convincente pela qual a linguagem dos ativos foi deixada vaga, como explicarei mais adiante.

Ilustração com base em testemunho ocular © Copyright 2015 TheObjectReport.com | Alta Resolução Imagem. O Almirante Roscoe Hillenkoetter foi o primeiro diretor da CIA, e foi também um membro de uma organização de pesquisa UFO, o Comitê Nacional de Investigações de Fenômenos Aéreos (NICAP). Em 1960, o New York Times relatou que Hillenkoetter tinha enviado uma carta ao Congresso que incluía a seguinte declaração: “Nos bastidores, oficiais de alta patente da Força Aérea estão sobriamente preocupados com fenômeno UFOs Mas através de segredo oficial e do ridículo, muitos cidadãos são levados a acreditar que os desconhecidos objetos voadores não fazem sentido“. Embora Hillenkoetter lutasse pelo fim do sigilo UFO, ele finalmente parou de comentar sobre o assunto. Alegados documentos secretos que vazaram para ufólogos listam Hillenkoetter como um membro do grupo Majestic 12, uma organização composta de altos oficiais militares das forças armadas e civis criado pelo presidente Truman para gerenciar inicialmente a questão UFO e nossas relações com extraterrestre. O MJ-12 foi o embrião do que mais tarde se tornou o GOVERNO (DE FATO) OCULTO DOS EUA.

A Lei Espacial descreve as funções e deveres da nova SPACE FORCE [Força Espacial] da seguinte forma:

  • (c) FUNÇÕES. – A Força Espacial deve ser organizada, treinada e equipada para fornecer:
  • (1) liberdade de operação para os Estados Unidos no espaço, do e para o espaço; e
  • (2) operações espaciais rápidas e sustentadas.
  • (d) DEVERES. – Compete à Força Espacial:
  • (1) proteger os interesses dos Estados Unidos no espaço;
  • (2) dissuadir a agressão dentro, do e para o espaço; e
  • (3) realizar operações espaciais.

As funções e deveres acima darão à Força Espacial responsabilidade direta pela proteção dos satélites civis e militares que são a espinha dorsal do sistema de GPS (Global Positioning Satellite) e sistemas de defesa, no qual o Pentágono conta com suas armas modernas. Recentemente, eles foram ameaçados diretamente pela China, que desenvolveu a capacidade anti-satélite para destruir todos os satélites dos EUA [militares ou não] como parte de sua estratégia militar assimétrica chamada   “Maça do Assassino”.

Em 2015, o general Raymond alertou :

“Em breve, todos os satélites em todas as órbitas poderão ficar em risco”. Mais recentemente, em janeiro de 2018, um relatório “Top Secret” da diretoria de inteligência do Estado-Maior Conjunto do Pentágono “revelou que China e Rússia construíram mísseis e outras armas anti-satélite e em breve serão capazes de danificar ou destruir todos os satélites dos EUA em órbita baixa da Terra. ”[ Fonte ].

A defesa da infraestrutura militar e civil de satélites dos EUA estará entre as responsabilidades mais importantes da Força Espacial nas próximas décadas. Mas que recursos espaciais a SPACE FORCE usará para cumprir suas funções e deveres, conforme descrito na Lei Espacial?

É aqui que o tópico da EXISTÊNCIA – HÁ LONGO TEMPO – de um programa espacial secreto dirigido pela Força Aérea há décadas se torna relevante, e por que a Lei da Força Espacial continha uma vaga referência a “ativos que possam ser orgânicos nele”. Essa vaga referência foi usada intencionalmente para que os ativos pertencentes ao programa espacial secreto da Força Aérea [e provavelmente do programa espacial secreto da Marinha também], compreendendo tecnologias aeroespaciais avançadas já desenvolvidas e  secretamente em uso com sistemas de propulsão exóticos, alguns dos quais foram projetados de maneira reversa a partir de naves extraterrestres capturadas ao longo das últimas décadas, possam ser incorporados ‘organicamente’ à nova Força Espacial.

No Programa Espacial Secreto da Força Aérea dos EUA : Mudança de Alianças Extraterrestres e Força Espacial (2019) , descrevi os diferentes ativos espaciais possuídos pelo programa espacial secreto da Força Aérea. Estes incluem “veículos de reprodução alienígena” em forma de disco; modelos diferentes da nave TR-3B / formato triangular; plataformas voadoras de armas em forma de retângulo; e finalmente estações espaciais furtivas em forma de anel.

Anteriormente, forneci fotos de alguns dos triângulos e retângulos voadores classificados operando na Base da Força Aérea de MacDill, na Flórida e como isso foi orquestrado pelos líderes do programa espacial secreto da Força Aérea. De fato, o fotógrafo identificou pessoal das Operações Especiais da Força Aérea, como parte desse programa espacial secreto.

Na manhã do dia 19 de outubro de 20, um insider informante, minha fonte de longa data, JP (um pseudônimo), foi mais uma vez instruído a olhar para o céu e testemunhar uma operação secreta próxima, onde ele novamente viu um OVNI com formato de plataforma retangular. Ele usou a câmera do telefone para tirar cinco fotos do OVNI. Ele então notou que ele tve experiência de tempo perdido e quando ele tentou lembrar o que aconteceu, ele teve flashes de memória de estar dentro do OVNI retângulo voador que acabara de fotografar. FONTE

Todos os ativos pertencentes ao programa espacial secreto da Força Aérea serão colocados sob a autoridade direta do novo Chefe de Operações Espaciais, General Raymond, que garantirá que estes sejam usados ​​para proteger a infra-estrutura de satélite sensível que a China está ameaçando diretamente com sua assimétrica  Estratégia militar de Maça do assassino” .

A criação e o lançamento oficiais da Space Force em 2020 serão um evento importante. Isso permitirá a divulgação oficial de muitas tecnologias aeroespaciais avançadas que usam sistemas de propulsão e energia exóticos baseados em princípios eletromagnéticos não considerados viáveis ​​ou possíveis por cientistas convencionais do “erudito esablishment” da academia científica [nota Thoth: eles serão muito surpreendidos em sua arrogância científica]. Alguns desses sistemas exóticos de propulsão e energia foram divulgados recentemente em uma série de novas patentes de dispositivos da Marinha dos EUA, mostrando sua viabilidade e como elas podem ser aplicadas de maneira a revolucionar a indústria aeroespacial.

No vídeo abaixo, uma espaçonave aterrissando em uma Base da Força Aérea dos EUA (USAF) apresentando o logotipo da USAF na sua fuselagem. Nave desenvolvida com tecnologia reversa extraterrestre pelo SSP-Programa Espacial Secreto:

A Força Espacial não apenas abrirá as portas para o lançamento de muitas tecnologias altamente classificadas e as aeronaves aeroespaciais que foram construídas secretamente como resultado, mas também abrirá o caminho para futuras divulgações oficiais sobre civilizações subterrâneas avançadas e vida extraterrestre que residem [há milênios] ou visitam nosso planeta.

© Michael E. Salla, Ph.D.


“Somos confrontados em todo o mundo por uma Conspiração Monolítica e Implacável que se baseia principalmente em meios secretos para expandir sua esfera de influência – em infiltração em vez de invasão, em subversão em vez de eleições, em intimidação em vez de livre escolha, em guerrilhas pela noite em vez de luta com exércitos à luz do dia. Seus preparativos  são ocultos, secretos, não são publicados. Seus erros estão enterrados, não são noticiados. Seus dissidentes são silenciados, ninguém ora por eles. Nenhuma despesa é questionada, nenhum rumor é impresso, nenhum segredo é revelado. Ela induz à Guerra Fria, em suma, com uma disciplina de tempo de guerra, nenhuma democracia jamais esperaria ou desejaria ter que enfrentar tal situação.” –  John F. Kennedy, uma semana antes de ser assassinado …


Saiba mais, leitura adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

 

One Response to Acordo no Congresso dos EUA para criação da Space Force

  1. Edson Nunes

    Gratidão aos criadores e organizadores do site. Gratidão eterna a vocês…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.