Algo Vai Explodir Geopoliticamente e é melhor começarmos a levar isso a sério

Como resultado da ação coletiva e INTENCIONAL dos governos ocidentais sob os auspícios de uma agenda de ‘Mudanças Climáticas’, estamos à beira de algo acontecer com ramificações que ninguém jamais viu antes. Os governos ocidentais, especificamente [no Hospício] da Europa Ocidental, América do Norte (EUA-Canadá) e Austrália/Nova Zelândia, estão tentando intencionalmente reduzir a atividade econômica para atender à queda intencional na produção de energia.

Algo Vai Explodir Geopoliticamente e é melhor começarmos a levar isso a sério

Fonte: The Last Refuge

Essa é a principal consequência da agenda “Build Back Better”, promovida pelo Fórum Econômico Mundial-WEF, através dos seus marionetes instalados em governos ocidentais como o idiota Justin Trudeau, PM do Canadá.

Quem diz que existe um ponto de referência para determinar as consequências de curto e longo prazo está mentindo. Não há precedente anterior para as nações tentarem coletiva e intencionalmente reduzir as suas atividades econômicas.

A Reconstrução Uma política monetária melhor está reduzindo com sucesso a Atividade Econômica [do Hospício] ocidental; no entanto, as nações impactadas que produzem bens para os mercados da América do Norte e Europa, especificamente sudeste da Ásia, Japão e China, não estão elevando as taxas de juros para tentar compensar a queda na demanda. 

A China anunciou que está  reduzindo suas taxas do banco central  em um esforço desesperado para reduzir custos e manter sua economia dependente de exportação funcionando. Por baixo de tudo isso, há uma queda na produção de energia nas mesmas nações que tentam diminuir a atividade econômica. 

  Os formuladores de políticas estão tentando gerenciar esse processo sem informar os cidadãos sobre o objetivo, a agenda oculta, não dito. A escassez de petróleo, carvão e gás natural são problemas auto-infligidos, todos parte da agenda do BBB. [A administração dos políticos corruptos de países do Hospício Ocidental não trabalham visando o interesse de suas nações e populações, eles são meros marionetes dos controladores do sistema que operam para implantar a agenda globalista]

Além dos enormes aumentos nos custos de energia, que é a verdadeira fonte da inflação e um resultado direto/intencional do esforço Built Back Better – BBB, a Europa agora enfrenta um inverno iminente sem os recursos energéticos para aquecer as casas e com escassez de alimentos para sustentar as pessoas. As coisas vão ser muito desconfortáveis ??na Europa neste inverno, já  que estão previstos apagões no fornecimento de energia.

Como o [Hospício do] ocidente coletivo tenta, usando suas palavras, “gerenciar a transição”, eles não têm mecanismos para controlar um resultado dessa magnitude. É simplesmente uma situação muito grande para gerenciar. Onde a borracha encontra a estrada, os think-tanks e os ideólogos das mudanças climáticas não têm a capacidade de gerenciar uma transição e ainda atender às necessidades das pessoas. Além do pensamento esquizofrênico, há consequências reais dessas ações.

Muitas pessoas discutiram o potencial de escassez de alimentos a longo prazo e, recentemente, a necessidade de aquecimento de inverno a curto prazo. No entanto, além disso, as consequências geopolíticas a jusante estão aparentemente sendo ignoradas. Em vez disso, o que vemos é um esforço para continuar fingindo que os fins da mudança climática justificarão os meios (interrupção da produção de energia).

Neste mundo conectado, quando as nações ocidentais param de produzir e comprar bens, nos encontramos internamente com problemas econômicos. As empresas falham, o desemprego aumenta, o estresse financeiro se espalha por toda a economia, a dependência dos subsídios do governo aumenta e a dor real é sentida. No entanto, além das questões domésticas, as nações produtoras de bens enfrentam problemas ainda maiores.

O desemprego na Malásia, Vietnã, Coréia do Sul, Japão, Taiwan e até mesmo na China cria um conjunto totalmente diferente de questões de estabilidade regional em nível geopolítico.

Não há precedente para isso. Nunca antes na história das nações industrializadas nenhum governo tentou intencionalmente reduzir sua atividade econômica. Isso nunca foi feito com intenção antes porque dentro da contração as nações ficam mais pobres, as pessoas sofrem e graves distúrbios sociais acontecem, como ocorreu recentemente no Sri Lanka.

Não só nenhuma nação jamais tentou diminuir intencionalmente sua riqueza e bem estar de seus cidadãos, como também não há precedente algum para que uma aliança de nações se unam com o mesmo propósito. 

Embora isso possa parecer um exercício de modelagem econômica acadêmica, infelizmente é muito real. O que estou descrevendo está acontecendo agora, e é melhor começarmos a falar sobre isso antes que as consequências imprevistas comecem a se tornar uma crise de proporções bíblicas.

Na América do Norte (EUA-Canadá), Europa e Austrália, continuarão a ocorrer aumentos maciços nos preços dos alimentos como resultado do colapso intencional na produção de energia. Além das nações ocidentais, haverá escassez de alimentos, também provocado intencionalmente, como resultado da redução do rendimento das colheitas e da menor produção industrial de alimentos. Isso não é controverso.

Também não é controverso que regiões com climas rigorosos de inverno vão pagar muito mais por recursos de aquecimento escassos.

Tendo isso em mente, o que acontece geopolítica, mesmo militarmente, quando toda a economia global começar a sentir os impactos da contração econômica das nações ocidentais em uma escala -criada pela ação coletiva de políticos marionetes – nunca antes vista anteriormente?

Não tenho ideia de como será essa grande consequência, mas seja lá o que “isso” for, acontecerá ao mesmo tempo em que as pessoas em todos os lugares ficarão mais desesperadas como resultado de sua posição econômica de pobreza, com frio e fome. Não tenho as respostas, mas com certeza posso ver um ENORME problema chegando.

Escondendo-se atrás da falsa justificativa de que a inflação atual é impulsionada por muita demanda, os bancos centrais da Europa, o Banco da Inglaterra, o Banco do Canadá e FeD dos EUA estão aumentando as taxas de juros. O resultado que estamos sentindo atualmente é uma contração econômica intencional e uma recessão global, também intencionalmente provocada.

As lideranças políticas nas nações ocidentais acima mencionadas estão aparente, talvez intencionalmente, mantendo as pessoas distraídas com coisas domésticas cada vez mais ‘liberais’, como o movimento Wokism, agenda Transgênero, racismo, agenda LGBTQ+, etc. . . para ocupa-los e distraí-los enquanto o pior acontece, pois ele está sendo criado.  

No entanto, alguém precisa começar a falar, e desafiar seriamente, a grande consequência desse  futuro “Reconstruir [DESTRUIR] Melhor” – Build Back Better, antes que seja tarde demais.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é fim-dominio-eua-otan-nabucodonosor-fim-roma.jpg

{Nota de Thoth: Em breve haverá um novo papa, será um francês, e será o ÚLTIMO  . . .  A estrondosa queda da “Estátua de Nabucodonosor“, com o fim do Hospício e os psicopatas da civilização ocidental e a própria destruição da região da cidade de Roma [incluso a cloaca do Vaticano] estão bem próximos de acontecer. O Hospício Ocidental, o circo do G-7 [do qual dois marionetes já caíram, Mario Draghi e Boris Johnson], os ditos “Países de Primeiro Mundo” vão fazer face ao seu carma “liberal“}


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal   AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)” para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1

Artigos Relacionados:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nosso conteúdo

Junte-se a 4.309 outros assinantes

compartilhe

Últimas Publicações

Indicações Thoth