browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Banco suíço controlado pela China comunista comprou a Dominion por US$ 400 milhões

Posted by on 03/12/2020

Menos de um mês antes da eleição presidencial nos EUA, um banco suíço com capital 75% controlado pela China comunista desembolsou mais de US$ 400 milhões em dinheiro para a Staple Street Capital, empresa controladora da Dominion Voting Systems, peça chave na fraude nas eleições nos EUA. Em outras palavras, o UBS Securities é uma corporação 100% de propriedade chinesa e deu quase meio bilhão de dólares a uma empresa que comandou a apuração das eleições na maioria dos estados nos Estados Unidos, poucos dias antes da eleição mais contestada e obviamente fraudulenta da história americana.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Banco suíço controlado pela China comunista comprou a Dominion Software por US$ 400 milhões

Fontes:  Natural News – The Epoch Times – Zero Edge

A Dominion, que operou urnas eletrônicas em 28 estados nas eleições dos EUA, tem sido alvo de investigações de fraude eleitoral e ações judiciais alegando que as máquinas e seu software trocaram, alteraram e apagaram votos em benefício do candidato democrata, o senil Joe Biden.

Conforme relatado pela primeira vez por Infowars , um arquivamento da SEC (Securities and Exchange Commission) de 8 de outubro mostra que a Staple Street Capital recebeu US$ 400 milhões “com o Destinatário de Compensação de Vendas identificado como o UBS Securities”. Em dezembro de 2014, US$ 200 milhões foram recebidos pela Staple Street Capital da mesma fonte.

“O UBS Securities é um banco de investimento suíço que possui 24,99% do UBS Securities Co LTD, um banco de investimento de propriedade da China”, explicam os relatórios, pois “os 75% restantes do capital da UBS Securities Co LTD são de propriedade do governo chinês.”

A empresa chinesa Beijing Guoxiang possui 33 por cento da UBS Securities Co LTD; O UBS possui os 24,99 por cento mencionados anteriormente; Guangdong Comm Group [zh] possui 14,01 por cento; A China Guodian possui 14%; e o Grupo COFCO possui 14 por cento.

Em outras palavras, o UBS Securities é uma corporação 100% de propriedade chinesa e deu quase meio bilhão de dólares a uma empresa que comandou a apuração das eleições na maioria dos estados nos Estados Unidos, poucos dias antes da eleição mais contestada e obviamente fraudulenta da história americana.

Para ajudar Sidney Powell, um dos advogados que trabalham para buscar justiça contra as fraudes eleitorais, não deixe de visitar o site dela .

O advogado Lin Wood declara que o presidente Trump deve promulgar “lei marcial limitada” para realizar uma nova eleição presidencial isenta de fraudes

Onde está o procurador geral de justiça Bill Barr, e por que ele não fez nada para apurar isso?

Para ser claro, Pequim Guoxiang, Guangdong Comm. Group, China Guodian e o Grupo COFCO são todos grupos de frente comunistas chineses. Isso significa que a China comunista está puxando os cordeis canalizando dinheiro para o Dominion, o que as evidências mostram que ele fraudou as eleições de 2020 nos EUA.

“Beijing Guoxiang é um ativo estatal”, relata o The National Pulse , conforme divulgado pelo The Gateway Pundit .

“Guangdong Comm. O grupo de partes interessadas 100% é o Governo Provincial de Guangdong.  China Guodian é uma empresa estatal administrada pela SASAC para o Conselho de Estado chinês.  O Grupo COFCO é uma empresa estatal sob a supervisão direta da SASAC. ”

Quanto à SASAC, que significa Comissão de Supervisão e Administração de Ativos Estatais do Conselho de Estado da China, esta é uma comissão especial da República Popular da China, que opera diretamente sob o Conselho de Estado [comunista].

Deve-se perguntar a si mesmo por que a China comunista estaria disposta a pagar a uma empresa de software eleitoral que opera na América uma soma tão grande de dinheiro pouco antes de uma eleição que foi crivada de fraudes claras e inequívocas? E por que diabos o procurador-geral Bill Barr não fez absolutamente nada a respeito?

Barr, como você deve ter visto, na verdade agora está dizendo que não há evidências de fraude eleitoral, assim como a CNN et caterva. Esta revelação sobre o UBS e o regime comunista chinês, entre todas as outras evidências que temos relatado, não conta para nada?

“Como é possível que os advogados Lin Wood e Sidney Powell sempre pareçam saber o que está acontecendo com relação ao esquema de fraude mais massivo da história dos Estados Unidos que aconteceu em 3 de novembro de 2020, e ainda não nenhum movimento do procurador-geral Bill Barr e / ou do Departamento de Justiça dos Estados Unidos? ” perguntou um comentarista no The Gateway Pundit . “Como isso funciona?”

“A mídia mainstream é descaradamente parte disso”, respondeu outro, sugerindo ainda que é hora de uma declaração de lei marcial limitada para resolver o problema. “Precisamos que os militares parem a propaganda agora.”

Você encontrará mais notícias sobre a eleição fraudulenta de 2020 em Trump.news .

As fontes deste artigo incluem:

TheGatewayPundit.com – NaturalNews.com – Infowars.com – DefendingTheRepublic.org

APNews.com


Denunciante Insider da Dominion Software testemunha sobre “fraude total” no Detroit Voting Center em Michigan

Mais via Miguel Moreno no Epoch Times]

Uma contratada da Dominion Voting Systems que esteve presente durante a eleição de 3 de novembro no Centro TCF de Detroit testemunhou em uma audiência do Comitê do Senado de Michigan na terça-feira, dizendo ao painel que ela viu fraude ao longo do dia , bem como em 4 de novembro, de acordo com o Epoch Times .

Melissa Carone, uma denunciante insider contratada da Dominion Voting System no TCF Center de Detroit, Michigan, testemunhando sobre a fraude nas eleições em uma audiência do Comitê do Senado nessa terça-feira.

O que presenciei no TCF Center foi uma fraude completa . Durante as 27 horas que estive lá, havia lotes de cédulas passando nas máquinas de tabulação inúmeras vezes, sendo contados de 8 a 10 vezes. Observei isso com meus próprios olhos ; estava lá para dar suporte em TI “, disse Melissa Carone, que acrescentou que havia pessoas ‘completamente destreinadas’ trabalhando no turno da noite – incluindo uma amiga que ela conhece há duas décadas.

Melissa Carone, uma contratada que trabalhou para a Dominion Voting System no TCF Center de Detroit, Michigan, testemunhou em uma audiência do Comitê do Senado nessa terça-feira.

“Eles tinham permissão para fazer o que quisessem. Eu, Nick e Samuel, que trabalhamos para a Dominion, eles estavam no palco. Eles tinham um funcionário contratado, eu, e outro que era do Texas – eu tenho o nome dele bem aqui, Miles Smiley, um homem de 90 anos, lá para ajudar com o trabalho de TI. E ele não tinha nenhum tipo de experiência em TI e morava no Tennessee. Então, esse homem estava apenas andando sem rumopelo local. Eu era realmente a única pessoa correndo como um louco ajudando essas pessoas [na apuração]”, disse ela.

Carone também afirma que lotes de cédulas foram escaneados 8 a 10 vezes e que as cédulas puderam ser acessadas pelos trabalhadores eleitorais depois de escaneadas – quando deveriam ser colocadas em uma caixa lacrada e preservadas.

As caixas, disse ela, foram movidas pela sala e usadas para bloquear os observadores GOP [do partido republicano]. Além disso, Carone disse que um funcionário da Dominion desapareceu em um “depósito” durante várias horas antes que houvesse um grande despejo de votos para Biden.

Carone diz que a maneira correta de escanear cédulas quando há um atolamento de papel é zerar a contagem, ou seja, descartar a contagem na máquina e digitalizar novamente com o papel atolado em cima. Mas, aparentemente, isso não aconteceu e os contadores revisaram as cédulas sem zerar a contagem. Em uma entrevista ao Epoch Times, Carone disse que a Dominion não a contatou desde que ela apresentou a sua declaração sobre a fraude.


Questione tudo, nunca aceite nada como verdade sem a sua própria análise, chegue às suas próprias conclusões.


Mas, conhecendo ele os seus pensamentos, disse-lhes: Todo o reino, dividido contra si mesmo, será assolado; e a casa, dividida contra si mesma, cairá”.  Lucas 11:17

“Jesus, porém, conhecendo os seus pensamentos, disse-lhes: Todo o reino dividido contra si mesmo é devastado; e toda a cidade, ou casa, dividida contra si mesma não subsistirá”.  Mateus 12:25

“E, se uma casa se dividir contra si mesma, tal casa não pode subsistir”. Marcos 3:25

 


Mais informações, leitura adicional:

Permite reproduzir desde que mantida a formatação original e a conversão como fontes.

phi-cosmoswww.thoth3126.com.br

 

One Response to Banco suíço controlado pela China comunista comprou a Dominion por US$ 400 milhões

  1. Silvio J. B. Maia

    Esse mundo está mesmo de ponta cabeça.
    Transmissões siderais falsas inclusive.
    Todo cuidado é pouco e atenção máxima na fé raciocinada recomenada por Kardec, mantendo limpa a consciência para merecer intuições luminais.
    Sair fora de vacinas porque não procedem do bem.
    Cuidar-se e resguardar-se até a hora de sair dessa zorra.
    Ajudar a todos em esforço razoável para evitar comprometer-se para nada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.