Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Charles III, descendente de ‘Vlad Dracul’ (Drácula) torna-se o novo rei britânico

O filho mais velho da rainha Elizabeth II assumiu a coroa após a morte sua morte. O ex-príncipe Charles é agora o rei do Reino Unido após a morte de sua mãe, a rainha Elizabeth II, na Escócia, na quinta-feira. O herdeiro de longa data assume a monarquia aos 73 anos, assumindo a propriedade de seu título e papel como chefe da Commonwealth, bem como suas terras e propriedades. Sua companheira de longa data Camilla, Duquesa da Cornualha, torna-se rainha consorte.

Charles III, descendente de ‘Vlad Dracul‘ (o Conde Drácula) torna-se o novo rei britânico

Fonte: Rússia Today

A “perda da rainha Elizabeth II será profundamente sentida em todo o país, nos reinos e na Commonwealth, e por inúmeras pessoas ao redor do mundo”, escreveu o rei recém ascensionado em um comunicado oficial divulgado pelo Palácio de Buckingham na quinta-feira. 

“Durante este período de luto e mudança, minha família e eu seremos confortados e sustentados por nosso conhecimento do respeito e profundo afeto em que a rainha foi tão amplamente mantida”.

O site oficial do príncipe redireciona o público para o site principal da Família Real, que foi temporariamente substituído por uma tela em homenagem à rainha Elizabeth II e insinuando as “mudanças apropriadas” que estão sendo feitas para refletir a nova liderança da monarquia britânica.

O monarca recém-coroado, cujo nome completo é Charles Philip Arthur George, optou por manter o nome Charles III para seu título oficial, revelou a recém-confirmada PM britânica Liz Truss em um discurso em homenagem à falecida rainha em Downing Street, no qual ela descreveu a realeza de longa data como “o próprio espírito da Grã-Bretanha” e “a rocha sobre a qual nosso país foi construído”.

Charles é o mais velho dos quatro filhos da rainha com seu falecido marido, o príncipe Philip. O próximo na linha de sucessão após o antigo príncipe de Gales seria o príncipe William, duque de Cambridge, filho de Charles com a falecida princesa Diana. Como membro da família real, Charles é fortemente desencorajado a se intrometer na política do Reino Unido e exerceu sua influência via filantropia, fundando, patrocinando ou doando para centenas de instituições de caridade e ONGs. Entre suas causas favoritas estão a “sustentabilidade” ambiental e a preservação de estilos arquitetônicos clássicos.

A rainha Elizabeth morreu em sua residência escocesa, o Castelo de Balmoral, como a monarca mais antiga da história britânica, com 70 anos no trono. Ela havia sido colocada sob “supervisão médica” pouco antes de sua morte. Seu último ato oficial foi nomear Truss como primeira-ministra do Reino Unido.

As conexões genéticas de parentesco da familia real britânica com o Conde Drácula.

COMO A família real britânica está ligada ao Conde Drácula, e o próprio príncipe Charles admite esse fato. Saiba mais acessando o link: Nobreza Negra: príncipe Charles é descendente de Drácula


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal   AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)” para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


{Nota de Thoth: Em breve haverá um novo papa, será um francês, e será o ÚLTIMO  . . .  A estrondosa queda da “Estátua de Nabucodonosor“, com o fim do Hospício e os psicopatas da civilização ocidental e a própria destruição da região da cidade de Roma [incluso a cloaca do Vaticano] estão bem próximos de acontecer. O Hospício Ocidental, o circo do G-7 [do qual dois marionetes já caíram, Mario Draghi e Boris Johnson], os ditos “Países de Primeiro Mundo” vão fazer face ao seu carma “liberal“}


Mais informação adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *