Covid-19: O plano de Matt Hancock de ‘Implantar uma nova Variante’ para “Assustar todo Mundo” [os zumbis]

O último dos ‘Lockdown Files‘ do Telegraph foi liberado e, impressionantemente, é ainda mais contundente em suas revelações do que as parcelas anteriores. Aqui está um trecho: “Ao longo da pandemia, autoridades e ministros [Inglaterra] lutaram para garantir que o público cumprisse as restrições de bloqueio em constante mudança. Uma arma em seu arsenal era o MEDO. “Nós assustamos todo mundo”, sugeriu Matt Hancock durante uma mensagem do WhatsApp com seu consultor de mídia. 

Covid-19: O plano de Matt Hancock de ‘Implantar uma nova Variante’ para “Assustar todo Mundo” [os zumbis]

Fonte: DailySceptic.org

O então secretário de saúde britânico não estava sozinho em seu  desejo de assustar o “público” para que obedecesse. As mensagens do WhatsApp vistas pelo Telegraph mostram como vários membros da equipe do Sr. Hancock se envolveram em uma espécie de ‘Projeto Pânico’ no qual falaram sobre como utilizar “o medo e gerar culpa” para fazer as pessoas obedecerem aos tirânicos bloqueios.

Tal como acontece com as outras revelações sobre a administração da pandemia, é chocante, mas não surpreendente. Sabíamos [os mais conscientes] que eles estavam fazendo isso, mas há algo verdadeiramente grotesco [mas não surpreendente] em ver o desprezo que eles tinham pelas pessoas expostas às suas medidas tirânicas. 

O desrespeito absoluto pela liberdade dos cidadãos e suas necessidades e, pior, a verdadeira alegria neste exercício de poder tirânico por pessoas como Simon Case, o secretário de gabinete, que achou HILÁRIO forçar os viajantes a ficar em quarentena em quartos de hotel.

Existe uma disputa entre Hancock e Case pelo título de Maior Vilão dos Arquivos de Bloqueio britânico. Eu estava pensando em concedê-lo ao caso miserável até que esta última rodada de arquivos caiu, e Hancock foi para o posto de Dr. Devil com sua pergunta: “Quando implantamos a nova variante” [sic].

É claro que não devemos deixar que a comédia involuntária das mensagens de Hancock (alguém tem uma mensagem dele gritando “ALGUÉM INSTALOU UMA CÂMERA NO MEU ESCRITÓRIO SEM ME AVISAR!”) distraia de quão terríveis foram as suas ações.

Até que ponto Boris deve ser dispensado é outra questão. Ao longo dos Lockdown Files, ele mostra seu instinto de liberdade, mas não tem coragem de convertê-lo em política. Este último episódio não é diferente, como o Telegraph revela:

Boris Johnson, então primeiro-ministro britânico, havia prometido que as famílias iriam se reunir no Natal – a primeira reunião desde que a pandemia ocorreu no início de 2020. Ele disse que as tão esperadas reuniões anteriores “seriam desumanas e contra os instintos de muitas pessoas neste país”.

Mas, nos bastidores, seus ministros e funcionários estavam cada vez mais conscientes de que grande parte do público enfrentava uma grave decepção e que o governo Johnson assumiria a culpa por sua frustração. A solução em dezembro foi “assustar todo mundo” com a declaração do [falso] surgimento de uma nova cepa do COVID-19, conhecida como variante Alpha ou Kent, não importa o nome.

Em uma conversa entre o Sr. Hancock e o Sr. Poole em 13 de dezembro, a dupla discutiu como sobreviver à reação e à tempestade que se aproximam. No dia, foram registrados 18.409 casos de Covid e 410 mortes. Cinco dias depois, em 18 de dezembro, o Sr. Johnson cancelaria sua planejada anistia de Natal de cinco dias  em uma reviravolta. 

Toda vez que eu acho que atingi o pico de raiva com esta desprezível saga em andamento sendo exposta, as mensagens revelam um novo ponto baixo dos políticos britânicos.

O poder bizarro dado aos acasos “Slackie and Lee” (James Slack e Lee Cain na equipe de comunicação de Downing St) para ditar a política; a alegria nauseante de Simon Case em impor restrições mesquinhas e tirânicas à população e sua caracterização do desejo de manter a privacidade básica em torno dos detalhes de contato de alguém como “pura ideologia conservadora” ; A afirmação de Boris de que outro bloqueio seria o “cúmulo do absurdo” , antes de implementá-lo imediatamente – eu poderia continuar a desfilar os absurdos ad nauseam…

Mas as táticas de USO do medo e pânico descaradas de Hancock, aparentemente divorciadas de qualquer tipo de evidência científica, implantadas, para usar sua própria palavra, com desconsideração psicopática limítrofe pelo impacto que teriam nas pessoas comuns, suas vidas, empregos, negócios, é a pior descoberta [para os ignorantes dos fatos, a imensa maioria de zumbis obedientes] até agora nestes detalhes já incrivelmente sórdidos.


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal   AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)” para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


“A sabedoria (Sophia) clama lá fora; pelas ruas levanta a sua voz. Nas esquinas movimentadas ela brada; nas entradas das portas e nas cidades profere as suas palavras:  Até quando vocês, inexperientes, irão contentar-se com a sua inexperiência? Vocês, zombadores, até quando terão prazer na zombaria? E vocês, tolos, até quando desprezarão o conhecimento? Atentai para a minha repreensão; pois eis que vos derramarei abundantemente do meu espírito e vos farei saber as minhas palavras [o conhecimento]. – Provérbios 1:20-23


Mais informações, leitura adicional:

Permitido reproduzir desde que mantida a formatação original e a conversão como fontes.

phi-cosmos

www.thoth3126.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nosso conteúdo

Junte-se a 4.327 outros assinantes

compartilhe

Últimas Publicações

Indicações Thoth