Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Entrevista com um Extraterrestre – Capítulo 3

entrevista-extraterrestre

Livro “ALIEN INTERVIEW” – Entrevista com um alienígena. Baseado em notas pessoais e transcrição de entrevistas de Matilda O’Donnell MacElroy.Se você estudou o fenômeno UFO, você já está familiarizado com a infame transmissão de rádio de “Guerra dos Mundos, e a invasão de Marte” de Orson Welles feita em 30 de outubro de 1938. Esta dramatização de rádio fictícia de um invasão da Terra por “extraterrestres” incitou uma histeria mundial sobre OVNIs e aliens um pouco antes da queda do UFO perto de Roswell, NM, no ano de 1947.

Livro ALIEN INTERVIEW  (Entrevista com um alienígena)

Fonte: https://www.bibliotecapleyades.net/vida_alien/alieninterview/alieninterview.htm

Capítulo Três do livro ALIEN INTERVIEW – Entrevista com um alienígena – (BASEADO EM NOTAS PESSOAIS E TRANSCRIÇÃO DE ENTREVISTAS de Matilda O’Donnell MacElroy)

Cópias de duas cartas, transcrições militares ultrassecretas e notas da falecida Matilda O’Donnell MacElroy, uma enfermeira da Força Aérea do Exército no 509º Grupo de Bombardeios do Campo Aéreo do Exército de Roswell em 1947. Em suas cartas, ela afirma que as transcrições são uma gravação exata de uma série de entrevistas que ela conduziu com um ser extraterrestre como parte de seu dever oficial como enfermeira de vôo na Força Aérea do Exército dos EUA. Durante julho e agosto, ela entrevistou um piloto de espaçonave que caiu perto de Roswell, Novo México, em 8 de julho de 1947. O ser que ela entrevistou identificou-se como um oficial, piloto e engenheiro de uma Força de Invasão de uma civilização que ele nomeou de “Domínio”. Suas naves espaciais usam o planeta Vênus e o cinturão de asteroides como portos espaciais em nosso sistema solar. A Via Láctea é uma pequena área dentro das possessões territoriais do “Domínio”. As transcrições das entrevistas foram mantidas em segredo – sob ameaça de morte – pela enfermeira MacElroy durante 60 anos, e divulgadas alguns meses antes de seu falecimento, aos 83 anos, na Inglaterra.

Transcrição oficial da entrevista TOP SECRET – Força Aérea do Exército dos EUA, Base do Exército Roswell Airfield, 509  Bomb Group: ASSUNTO ENTREVISTA ALIEN, em 10.07.1947

Capítulo 3 – Minha Terceira entrevista – (Nota pessoal de Matilda O’Donnell MacElroy):

“A terceira entrevista, e todas as entrevistas subseqüentes que eu tive com o ser alienígena foram observadas e registradas, como eu já mencionei acima, por dezenas de outras pessoas. Embora elas não estivessem fisicamente presente, uma sala especial tinha sido construída com uma janela de vidro através do qual a entrevista podia ser observada e acompanhada a partir de uma sala adjacente, sem se intrometer com o alienígena.

local-queda-ufo-roswell

A alienígena tinha sido transferida para o quarto recém-construído e estava sentada em uma cadeira de sala de estar estofada ordinária recoberta com um tecido florido. Tenho certeza de que alguém (da Base Roswell) foi enviado para a cidade para comprar uma cadeira da loja de móveis disponível mais próxima. O corpo da extraterrestre tinha aproximadamente o mesmo tamanho de uma criança muito delgada de 5 anos, então ela ficou ofuscada pela cadeira.

Desde que seu corpo não era biológico, não precisava de nenhum alimento, de ar ou calor, e aparentemente, ela não dormia. Não tinha pálpebras, sobrancelhas acima de seus grandes olhos. Eu não acho que alguém poderia dizer se ela estava dormindo ou acordada enquanto ela estava sentada na cadeira. A menos que ela movesse seu corpo ou fizesse um gesto com a mão, seria difícil dizer se ela ainda estava viva ou não, a menos que você pudesse “ouvir” ou perceber seus pensamentos.

Eventualmente, eu aprendi que o ser alienígena não era identificado pelo (sua aparência) seu corpo, mas por sua “personalidade”, por assim dizer. Ela era conhecida pelos da sua espécie como “Airl”. Esta é a palavra mais próxima que eu posso usar para descrever o nome utilizando o alfabeto Inglês. Senti que ela preferia o sexo feminino. Eu acho que nós compartilhamos uma empatia natural, feminina e nutrirmos a mesma atitude perante a vida.

Ufo-montanhas

Estou certa de que ela não se sentia confortável com a agressiva atitude combativa e dominadora dos policiais militares e agentes do sexo masculino, cada um dos quais estava mais preocupado com a sua própria auto-importância (”imbecilidade”) pessoal e poder do que com a descoberta dos segredos do universo!

Quando entrei no quarto, ela ficou muito satisfeita em me ver. Senti uma genuína sensação de reconhecimento, alívio e uma sensação “quente” dela. Era como se a excitação ansiosa e incondicional, de afeto platônico que se sente de um cão ou criança, mas com uma calma e reservado controle. Devo dizer que fiquei surpresa que eu senti o mesmo tipo de carinho para com o ser alienígena, especialmente desde que tínhamos passado tão pouco tempo uma com a outra.

Foi com satisfação que fui capaz de continuar minhas entrevistas com ela, apesar de toda a atenção que estava recebendo a partir do fluxo de pessoal do governo e dos militares que chegavam na base. Ficou muito óbvio que as pessoas que escreveram a próxima série de perguntas para mim queriam aprender como eles próprios poderiam se comunicar com a alienígena, sem ter que passar por mim.

roswell-ufo-crashed

Aqui estão as respostas para a nova lista de perguntas: “
(Transcrição oficial da entrevista) TOP SECRET transcrição oficial da Força Aérea do Exército dos EUA Base em Roswell Army Air Field, 509 -Bomb Group – ASSUNTO : ENTREVISTA ALIEN de 11. 7. 1947

“PERGUNTA – Você consegue ler ou escrever em todas as línguas da Terra?

RESPOSTA – NÃO.

PERGUNTA – Você entende sobre números ou matemática?

RESPOSTA – SIM EU SOU OFICIAL / PILOTO / ENGENHEIRA

PERGUNTA – Você pode escrever ou desenhar símbolos ou imagens que possam ser traduzidos em nossa própria língua?

RESPOSTA – INCERTO

PERGUNTA – Existe alguns outros sinais ou meio de comunicação que você pode usar para nos ajudar a compreender os seus pensamentos mais claramente?

RESPOSTA – NÃO

Nota pessoal de Matilda: “Eu estava muito certa de que isso não era verdade. Mas, eu entendi claramente que Airl não estava disposta a se comunicar por escrito ou desenhos ou linguagem gestual. Meu sentimento era de que ela estava seguindo ordens, como qualquer soldado que foi capturado, para não revelar qualquer informação que possa ser útil a um inimigo, mesmo sob tortura. Ela só estava disposta a revelar informações pessoais não confidencial, ou seu “nome, posto e número de série”.

Transcrição Oficial da entrevista Força Aérea do Exército dos EUA Base Roswell Army Airfield, 509 -Bomb Group: ENTREVISTA ALIEN de 11. 7. 1947, 2ª Sessão

“PERGUNTA – Você pode nos mostrar em um mapa das estrelas, qual é a estrela do seu planeta natal?

RESPOSTA – NÃO (Matilda: Isto não é porque ela não sabe as direções das estrelas em relação à Terra ao seu planeta natal, mas ela não estava disposta a revelar a localização foi também devido ao fato de que o sistema de estrelas de sua casa.. planeta não existe em qualquer mapa estelar na Terra, pois é muito longe do nosso sistema solar.)

PERGUNTA – Quanto tempo vai demorar para o seu povo localizá-la aqui?

RESPOSTA -. DESCONHECIDO

PERGUNTA – Quanto tempo levaria para seu povo viajar até a Terra para buscá-la ?

RESPOSTA – MINUTOS OU HORAS.

PERGUNTA – Como podemos fazê-los entender que não temos a intenção de prejudicá-los?

RESPOSTA – AS INTENÇÕES SÃO CLARAS. VEJA EM SUA MENTE /IMAGENS / SENTIMENTOS.

PERGUNTA – Se você não é uma entidade biológica, por que você se referiu a si mesma como um ser feminino?

RESPOSTA – EU SOU UMA CRIADORA. MÃE. FONTE.

(Nota pessoal de Matilda O’Donnell MacElroy):
“Essas perguntas nesta entrevista me tomaram apenas alguns minutos para serem feitas. Percebi então que nós poderíamos estar com sérios problemas se o ser alienígena não estivesse disposta a cooperar, ou revelar qualquer informação que as agências militares e de inteligência ou os cientistas considerassem útil para eles. Eu também tinha certeza de que a extraterrestre estava muito consciente das intenções reais das pessoas que escreveram estas perguntas, pois ela poderia “ler a mente” tão facilmente como ela podia ler meus pensamentos e se comunicar comigo telepaticamente.

Devido a estas intenções, ela não estava disposta e foi incapaz de cooperar com qualquer um deles, de qualquer forma, em qualquer circunstância. Estou igualmente certa de que uma vez que ela não era uma forma de vida biológica, que não havia nenhum tipo de tortura ou coerção que iria mudar sua posição! “


O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é fim-dominio-eua-otan-nabucodonosor-fim-roma.jpg

“Quando é chegada a tarde, dizeis: Haverá bom tempo, porque o céu está rubro. E, pela manhã: Hoje haverá tempestade, porque o céu está de um vermelho sombrio. Hipócritas, sabeis discernir a face do céu, e não reconheceis os sinais dos tempos? Uma geração má e adúltera pede um sinal, e nenhum sinal lhe será dado . . .” – Mateus 16:2-4


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *