Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Revista Cosmopolitan dos EUA dá conselhos às suas leitoras sobre ‘Cerimônia Satânica de Aborto’

A revista feminina Cosmopolitan [e agora satânica] informou às suas leitoras sobre como realizar um aborto em uma cerimônia ritualizada “satânica”, por meio dos serviços de uma clínica on-line que leva o nome da mãe do juiz da Suprema Corte dos EUA, Samuel Alito. Em sua postagem nas redes sociais de 16 de novembro, a Cosmopolitan fez referência a uma mulher de 37 anos, Jessica, que havia realizado o procedimento satânico. “Embora ela não seja satanista, Jéssica decidiu incorporar alguns elementos cerimoniais em sua experiência solo de aborto”, escreveu a revista.

Revista Cosmopolitan dos EUA dá conselhos às suas leitoras sobre ‘Cerimônia Satânica de Aborto’

Fontes: Zero HedgeRússia Todayblueapples on X

Em uma postagem para seus 4,2 milhões de seguidores no Instagram no mês passado, a revista feminina apresentou uma série de slides sobre como realizar o procedimento médico conforme instruído pelos ensinamentos do Templo Satânico (TST) – um grupo que se autodenomina em seu website como “a principal organização religiosa satânica do mundo”.

Também se referia especificamente a um serviço “cerimonial”  realizado pela “Clínica de Aborto Satânico da Mãe de Samuel Alito”. O juiz da Suprema Corte dos EUA, Alito, redigiu a decisão no caso Dobbs v Jackson, que no ano passado anulou Roe v Wade, encerrando quase cinco décadas de precedente legal que permitia o aborto nos Estados Unidos.

Em sua postagem nas redes sociais de 16 de novembro, a Cosmopolitan fez referência a uma mulher de 37 anos, Jessica, que havia realizado o procedimento. “Embora ela não seja satanista, Jéssica decidiu incorporar alguns elementos cerimoniais em sua experiência solo de aborto”, escreveu a revista.

A matéria também detalhou conselhos sobre como observar os ensinamentos do Templo Satânico durante a ‘cerimônia’ do aborto. Isso incluía olhar no espelho enquanto tomava uma pílula abortiva e dizer: “O corpo é inviolável, sujeito apenas à vontade própria.”

O ritual termina com a mulher dizendo: “Pelo meu corpo, meu sangue; pela minha vontade isso é feito.” A Cosmopolitan também sugeriu em sua postagem convidar entes queridos para testemunhar a cerimônia e “acender velas ou até mesmo se vestir bem – tudo o que os faz se sentir fortalecidos.”

O Templo Satânico é oficialmente reconhecido como religião pelo governo dos EUA e, como tal, afirma que os seus pacientes estão participando num ritual religioso. “Essa é uma distinção jurídica fundamental”, observou a Cosmopolitan. “O Templo Satânico espera alavancar seu esforço histórico para expandir seu modelo clínico… em estados onde o aborto é proibido.”

Separadamente, o Templo Satânico também disse que fornecerá apoio aos seus membros que desejam se submeter à terapia de redesignação de gênero, mas enfrentam “infrações à sua autonomia corporal por parte de entidades governamentais em em nível local, estadual ou federal.”

Acrescenta que “Ministros ordenados de Satanás” estariam disponíveis para testemunhar em nome dos membros que desejam fazer a transição de gênero, e que, ao fazê-lo, enquadra-se no seu ‘Terceiro Princípio’, que afirma que a autonomia corporal de uma pessoa é um direito religioso fundamental.

Há muito se diz que o maior truque que o diabo pregou foi convencer as pessoas de que ele não existia. Embora um mundo cada vez mais secularizado, visto através das lentes do relativismo moral e longe da justaposição de uma dualidade maniqueísta da luta entre a luz e as trevas, tenha ofuscado o mal onipresente em nossas vidas, o abandono desenfreado causado pela promoção de forças demoníacas pode, em última análise, levar a uma regressão, fazendo com que mais pessoas resistam à escuridão tão descaradamente considerada comum pelos principais meios de comunicação.

Desde o simbolismo onipresente na cultura pop até a defesa direta do próprio satanismo – é claro que a humanidade nunca parou de travar a batalha entre o bem e o mal. Embora muitos considerem o uso generalizado de tal simbolismo como irônico e não deve ser interpretado literalmente – O mais recente exemplo de promoção do satanismo pela Cosmopolitan Magazine varreu para debaixo do tapete o argumento daquela atitude juvenil e desdenhosa da revista.


O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é thoth-3126-1.png

“Você não é deste mundo. Você não é este corpo que habita. Você não é essas emoções, esses pensamentos, esse ego com o qual se identifica. Você nem mesmo é sua vida ou morte. Quando você é capaz de se distanciar dessas coisas, então o verdadeiro você, o você gnóstico, entra no foco de sua cognição. Mais puro que o éter, mais radiante que o sol, mais puro que a neve acumulada, cheio de vida e retirado do contexto da morte, este é o eu que você é. Para ajudá-lo a saber disso, Jesus e Buddha e todos os outros grandes mensageiros de luz vieram a este mundo, fazendo o sacrifício de vir da plenitude para o vazio para trazer isso a você. Você deve saber disso, e deve fazer isso, porque sem ele você não está realmente vivo, não está realmente consciente, mas com ele, você é todas as coisas, você tem todas as coisas, e o Tudo se tornou você. Esta é a mensagem da Gnose! ”  – Richard, Duc de Palatine (1916–1977)


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *