Enquanto mísseis caem sobre Israel, Irã diz que sua retaliação está concluída e adverte os EUA para “Ficarem de Fora”

A mídia estatal iraniana acaba de informar que a elite do IRGC lançou sua primeira onda de  mísseis balísticos e (ou) de cruzeiro contra Israel já se dirigem para Israel. Parece que o Irã está tentando dominar os sistemas de defesa antiaérea de Israel. Espera-se que os EUA ajudem Israel a interceptar esta barragem. Há declarações dos Houthis dizendo que eles também lançaram foguetes contra Israel, e há temores de que o Hezbollah esteja prestes a lançar uma barragem também, com os primeiros relatórios dizendo que dezenas de foguetes Katyusha já foram disparados para o norte de Israel esta noite. Relatos não confirmados dizem que foguetes também foram lançados de ativos iranianos na Síria.

Enquanto mísseis caem sobre Israel, Irã diz que sua retaliação está concluída e adverte os EUA para “Ficarem de Fora”

Fonte: Zero Hedge

Mísseis balísticos iranianos ainda estão no ar em direção a Israel junto com mais de 100 drones. Imagens ao vivo mostraram projéteis explodindo sobre Israel. O Irã está agora a dizer publicamente que o assunto foi “concluído”:

MISSÃO DO IRÃ NA ONU: “A ação militar do Irã foi em resposta à agressão do regime sionista contra as nossas instalações diplomáticas em Damasco. O assunto pode ser considerado concluído. Contudo, se o regime israelita cometer outro erro, a resposta do Irã será consideravelmente mais severa. É um conflito entre o Irã e o regime desonesto israelita, do qual os EUA DEVEM FICAR LONGE!”

Alimentação ao vivo da Al Jazeera:

Da perspectiva de Israel, o Irã ultrapassou agora uma linha vermelha, e é provável que Netanyahu se veja agora como tendo carta branca para destruir as instalações nucleares iranianas.

Abaixo está a confirmação do IRGC via PressTV : “Em resposta aos numerosos crimes do regime sionista, incluindo o ataque à seção consular da Embaixada do Irã em Damasco e o martírio de vários comandantes e conselheiros militares do nosso país na Síria, a Divisão Aeroespacial do IRGC lançou dezenas de mísseis e drones contra certos alvos dentro dos territórios ocupados”, dizia o comunicado.

Neste ponto, a questão é saber quem irá atacar primeiro: os drones mais lentos que foram lançados há mais de uma hora, ou os mísseis balísticos que provavelmente levarão menos de 30 minutos para atingir os seus alvos. O ataque iraniano tem um nome oficial e Teerã alerta que os EUA e os países estrangeiros devem “manter-se afastados” do conflito…

A GUARDA REVOLUCIONÁRIA DO IRÃ DIZ QUE A OPERAÇÃO ‘VERDADEIRA PROMESSA’ FAZ PARTE DA PUNIÇÃO PARA CRIMES ISRAELITAS’ – TV ESTATAL IRANIANA

Os falcões judeus khazares nos EUA já estão a instar Biden a intervir fortemente ao lado de Israel… De acordo com uma nota não confirmada:

Al Jazeera citando o Canal 12: Caças britânicos participam com caças americanos na interceptação de misseis iranianas no espaço aéreo da Jordânia e da Síria.

O analista geopolítico Max Abrahms escreve que “o Irã e Israel estão agora em guerra. Uma guerra real aberta e direta”.


Uma resposta

  1. O Irâ acabou de assinar sua própria sentença. Enquanto usava covardemente seus aliados, sem que agisse por conta própria, os EUA e a OTAN impediram Israel de responder diretamente. Agora, certamente Israel estará livre para punir diretamente o Iran, que por decadas vem atacando Israel através de seus aliados no Oriente Médio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nosso conteúdo

Junte-se a 4.330 outros assinantes

compartilhe

Últimas Publicações

Indicações Thoth