Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Enxame de Terremotos no Atlântico Sul, um com 8,1º de magnitude

Enxame de terremotos no Oceano Atlântico Sul, com o mais forte de 7,5º na escala Richter, com réplica de 8,1º, mais forte ainda

O USGS, Serviço Geológico dos EUA registrou mais de 30 fortes terremotos na região no leito do oceano Atlântico, ao sul do Brasil, na região das Ilhas SOUTH SANDWICH e  próximo a conjunção de duas grandes Placas Tectônicas, a da África e da América do Sul, com fortes abalos hoje, dia 12 de agosto, desde às  13:32:54, horário de Brasilia.

Edição e imagensThoth3126@protonmail.ch

Enxame de terremotos no Oceano Atlântico Sul, com o primeiro de 7,5º na escala Richter, com réplica mais forte ainda de 8,1º.

Fonte:  https://www.iris.edu/seismon/

Fortes terremotos foram registrados na região conhecida como a Dorsal do Atlântico, no encontro das placas tectônicas da África e da América do Sul, sendo o mais forte de 8,1° graus na escala Richter, às 18:32:54 (UTC) em frente ao litoral do sul da América do Sul, na região das Ilhas SOUTH SANDWICH, conforme registrado pela rede de sismógrafos do USGS (United States Geological Survey):

DATE and TIME (UTC) LAT LON MAG DEPTH
km
DIST
km
  LOCATION
(Shows interactive map)
  IRIS ID
(Other info)
12-AUG-2021 22:19:11 -59.86 -26.09 4.9 35 132 SOUTH SANDWICH ISLANDS REGION   11455210
12-AUG-2021 20:15:17 -59.82 -26.24 5.4 35 132 SOUTH SANDWICH ISLANDS REGION   11455134
12-AUG-2021 18:32:54 -57.60 -25.19 7.5 63 132 SOUTH SANDWICH ISLANDS REGION   11455082
12-AUG-2021 19:44:55 -59.82 -26.38 6.2 62 136 SOUTH SANDWICH ISLANDS REGION   11455120
12-AUG-2021 22:13:10 -59.80 -26.47 5.1 35 137 SOUTH SANDWICH ISLANDS REGION   11455200
28-JUL-2021 00:27:26 -57.76 -23.73 4.8 10 139 SOUTH SANDWICH ISLANDS REGION   11451928
A enorme cordilheira de montanhas submarinas no meio do Oceano Atlântico e na junção das placas tectônicas da África e da América do Sul.

A região atingida pelos terremotos é conhecida como a Dorsal meso atlântica  ou  crista oceânica do Atlântico, também referida pelo acrônimo DMA  (ou MAR, do inglês: Mid-Atlantic Ridge), é uma cordilheira submarina que se estende sob o  Oceano Atlântico desde o Oceano Ártico, desde a latitude 87ºN até à ilha subantártica de Bouvet, à latitude 54ºS. Os pontos mais elevados desta cordilheira emergem em vários locais, formando ilhas. A região marca o encontro e o ponto de atrito entre duas grandes PLACAS TECTÔNICAS do planeta.

A dorsal meso atlântica faz parte do sistema global de dorsais oceânicas, e como é o caso de todas as dorsais oceânicas, crê-se que a sua formação fique a dever-se a um limite divergente entre placas tectônicas: a placa Norte-americana e a placa Euro-asiática, no Atlântico Norte e a placa Sul-americana e a placa Africana no Atlântico Sul. Estas placas encontram-se em movimento e por isso o Atlântico encontra-se em expansão ao longo desta dorsal, ao ritmo de 2 a 10 cm por ano.


“Haverá muitas mudanças dramáticas no clima do planeta, muitas mudanças nas condições meteorológicas  na medida em que o TEMPO DA GRANDE COLHEITA se aproxima RAPIDAMENTE ao longo dos próximos anos. Você vai ver a velocidade do vento em tempestades ultrapassando 300 milhas (480 quilômetros) por hora, às vezes.Deverão acontecer fortes tsunamis e devastação generalizada NAS REGIÕES COSTEIRAS, e emissão de energia solar (CME-Ejeção de Massa Coronal do Sol)  que fará  importante fusão e derretimento das calotas de gelo nos polos, e subseqüente aumento drástico no nível do mar, deixando muitas áreas metropolitanas submersas em todo o planeta“. Saiba mais AQUI 


Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

0 resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *