Ex-diretor do CDC soa alarme sobre experimentos em Laboratório com ‘Gripe Aviária H5N1’

O ex-diretor do CDC, Dr. Robert Redfield, alertou na semana passada no NewsNation sobre a possibilidade da ‘Gripe Aviária H5N1’ ser a “Nova Pandemia” sendo criada em laboratório. No sábado, escrevemos sobre a ameaça crescente do vírus H5N1 da Gripe Aviária Altamente Patogênico (HPAI) e os dilemas éticos colocados pela  pesquisa de ganho de função de vírus ao longo dos anos, muitas delas sendo feitas secretamente em laboratórios.

Ex-diretor do CDC soa alarme sobre experimentos em Laboratório com ‘Gripe Aviária H5N1’

Fonte: Zero Hedge

O ex-diretor do CDC, Dr. Robert Redfield, alertou na semana passada no NewsNation:

Obviamente, estou mais preocupado com a Gripe Aviária.  No momento, são necessárias cinco alterações de aminoácidos para que ela infecte efetivamente os humanos. Essa é uma barreira de espécie bastante pesada – mas esse vírus já está em 26 espécies de mamíferos, como você viu recentemente no gado. Mas em laboratório, eu poderia torná-lo altamente infeccioso para humanos em apenas alguns meses.” 

Redfield continuou: 

Essa é a verdadeira ameaça. Essa é a verdadeira ameaça à biossegurança: esses laboratórios universitários estão fazendo bioexperiências que modificam intencionalmente os vírus – e acho que a Gripe Aviária será a causa da [Próxima} Grande Pandemia – onde estão ensinando esses vírus a ser mais infecciosos para os humanos.” 

Aqui está a entrevista de Redfield:

No sábado, escrevemos sobre a ameaça crescente do vírus H5N1 da Gripe Aviária altamente patogênica (HPAI) e os dilemas éticos colocados pela  pesquisa de ganho de função  ao longo dos anos.

Agora, notícias sobre o Departamento de Saúde Pública e Meio Ambiente do Colorado monitorando 70 trabalhadores em uma fazenda leiteira sobre os riscos do vírus H5N1 da Gripe Aviária suscitaram preocupações.  

À medida que a Gripe Aviária se espalha entre as vacas, 42 rebanhos leiteiros em 9 estados relataram testes positivos para a gripe aviária. Embora os cientistas afirmem que a Gripe Aviária tem “potencial pandêmico”, afirmam que o risco para os humanos é muito baixo neste momento, mas desencorajam o consumo de leite não pasteurizado (uma vez que o processo de pasteurização mata os vírus). Os cientistas observam que é “altamente patogênico” entre as aves – não necessariamente nos humanos – mas já estão testando vacinas para o problema. Um estudo de vacina contra a gripe aviária no ano passado relatou 4 . . .

A última contagem da propagação da Gripe Aviária H5N1 é de 42 rebanhos leiteiros em nove estados. Os testes do USDA no fornecimento comercial de leite encontraram “fragmentos” do vírus no leite. 

E então tem isso… 

“É notável que Redfield tenha feito essas declarações apenas algumas semanas depois de, no Courageous Discourse, alertarmos sobre o USDA/China realizando trabalho de ganho de função na Gripe Aviária H5N1 desde 2021”, escreveu o cardiologista Peter McCullough no X. 

Como a fonte de transmissão do vírus ao gado leiteiro permanece não confirmada, o potencial de infecções entre humanos é iminente. Num tal cenário, torna-se crucial monitorizar de perto o papel das universidades na investigação sobre ganho de função.


Uma resposta

  1. Qualquer um que use a palavra “vírus” que não seja para expressar que isso não existe é:
    – Imbecil;
    – Ignorante;
    – Incompetente;
    – Inverídico;
    – Infernal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nosso conteúdo

Junte-se a 4.326 outros assinantes

compartilhe

Últimas Publicações

Indicações Thoth