Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Hospício Ocidental: Agricultores furiosos da U.E. reagem à “Agenda Verde” dos globalistas

Os agricultores europeus estão furiosos com mais um plano idiota dos psicopatas do Hospício Ocidental da União Europeia que os forçaria a serem tratados como instalações industriais, semelhantes a usinas siderúrgicas ou químicas, a fim de forçá-los a reduzir as emissões de “Gases de Efeito Estufa” e outras [IDIOTICES] formas de [pseudo] poluição, relata o Financial Times.

“Por que Bruxelas nos odeia?” –  Agricultores furiosos da U.E. reagem à “Agenda Verde” dos globalistas

Fonte: Zero Hedge

O fazendeiro grego Takis Kazanas, 66, e seus quatro filhos administram uma fazenda de 230 acres com 300 cabeças de gado nas montanhas com vista para a planície da Tessália. Enquanto os agricultores já capturam o biogás do esterco de vaca e usam esterco caseiro em vez de fertilizante químico, Kazanas é um dos muitos agricultores revoltados com os burocratas ambientalistas que querem impor novas regras incapacitantes para reduzir as emissões em 55% até 2030. vs. níveis de 1990.

Takis Kazanas com seus quatro filhos em sua fazenda no norte da Grécia. Reguladores em Bruxelas estão discutindo regras que levarão fazendas como a dele a serem tratadas como plantas industriais, semelhantes a usinas siderúrgicas ou químicas.

“Isso é o que a U.E. diz e é isso que eu faço”, diz Kazanas, sobre as medidas ‘amigas da terra’ que ele já emprega. “Hoje, todos [os psicopatas de Bruxelas] culpam o gado pela produção de metano e poluição… Eu tenho uma opinião diferente.”

A escala da transformação que a Comissão Europeia está pedindo em sua estratégia Farm to Fork – reduzir pela metade a quantidade de pesticidas aplicados até 2030, cortar o uso de fertilizantes, dobrar a produção orgânica e reflorestar algumas terras agrícolas – seria notável mesmo em situações menos urgentes.

No entanto, ocorre quando a guerra na Ucrânia derrubou os mercados globais de alimentos e os agricultores enfrentam um corte nos subsídios da Política Agrícola Comum, o programa de € 55 bilhões por ano que garante a segurança alimentar da Europa desde 1962.

A U.E. argumenta que o setor agrícola precisa urgentemente de reformas ambientais. Um alto funcionário da U.E. que trabalha com política climática chama isso de “nosso filho problemático”. -FT

De acordo com Bruxelas, os óxidos nitrosos encontrados em fertilizantes, bem como urina e fezes de animais, são uma grande parte do problema.

Um problema enfrentado pelos agricultores são as margens estreitas entre os produtores orgânicos que sobrevivem do comércio local e os criadores de suínos cujos lucros estão sendo reduzidos pela concorrência internacional. Como observa o Times, “mesmo um pequeno aumento no preço da ração pode acabar com os lucros anuais”.

Após a invasão russa da Ucrânia, a UE quase imediatamente revelou metas de poluição ‘Farm to Fork’ . Segundo um alto funcionário da comissão, “o debate mudou”. Os objetivos do programa, via FT , são:

  • Cortar o uso de pesticidas químicos e perigosos em 50% até 2030
  • Reduzir o uso de fertilizantes em 20% até 2030
  • Reduzir em 50% as vendas de antimicrobianos para animais de produção e aquicultura
  • Aumentar a quantidade de terra dedicada à agricultura orgânica para 25% em 2030, de 9,1% em 2020
  • Maiores fazendas de gado para cumprir os regulamentos de ar e água limpos que se aplicam à indústria pesada

Dito isso, os agricultores se uniram – e, graças a campanhas organizadas e bem financiadas, os governos da U.E. suavizaram seu tom sobre o que está se tornando um novo campo de batalha em relação às ambições de implantação das “agendas verdes”.

Na Holanda, o governo suspendeu recentemente um programa que fecharia fazendas para reduzir as emissões de óxido nitroso, depois que o Movimento Agricultor Cidadão (BBB) ??venceu estrondosa e surpreendente eleições para renovação do senado em março

Enquanto isso, Polônia, Bulgária e Hungria suspenderam temporariamente as importações de grãos, laticínios, carne, frutas e vegetais da Ucrânia depois que os agricultores ficaram furiosos com as baratas commodities ucranianas inundando o mercado e deprimindo os preços.

O deputado belga, Tom Vandenkendelaere, diz que a pressão sobre os agricultores europeus é insana.

“É o número de políticas [estúpidas e sem sentido] que os atingem ao mesmo tempo. Precisamos desacelerar isso”, disse ele, acrescentando que os agricultores estão se sentindo vilipendiados por simplesmente fazerem seu trabalho .

“Eles sentem que todo o seu modo de vida está sendo atacado… Os agricultores estão perguntando: ‘Por que Bruxelas nos odeia?’ 

Bem, é, e os agricultores estão sofrendo.

A Boeren op een Kruispunt, uma organização independente sem fins lucrativos que oferece  aconselhamento em saúde mental a agricultores em Flandres, norte da Bélgica, relatou um aumento de 44% na demanda em 2022 em comparação com 2021, diz ele.

Segundo o Instituto Francês de Saúde, os agricultores têm três vezes mais chances de cometer suicídio do que outros profissionais. Como Caroline van der Plas, líder do BBB, disse ao parlamento holandês este mês: “Pessoas que fornecem nossa alimentação diária. . . são descartados como abusadores de animais, envenenadores, destruidores do solo e poluidores ambientais”.

Os psicopatas ambientalistas da UE não se importam.

“É uma mudança significativa para nossos agricultores, mas inevitavelmente eles terão que fazer parte da solução”, disse Virginijus Sinkevi?ius, comissário de Meio Ambiente e Pescas da UE, que acrescentou: “Talvez isso não aconteça da noite para o dia”.

E de acordo com o gabinete da presidente da Comissão Europeia, a psicopata e marionete Ursula von der Leyen, “a comissão está convencida de que a transição para um setor agrícola resiliente e sustentável, em linha com o acordo verde europeu e suas estratégias Farm to Fork e de biodiversidade, é fundamental para a segurança da alimentação.”

Os fazendeiros estão de costas para a parede

O agricultor belga Bram van Hecke diz que ele, seu pai e seus irmãos estão se sentindo pressionados – entre os formuladores de políticas que tentam forçá-los a uma produção insustentável e os consumidores que não podem pagar os preços inflacionados dos alimentos.

“Se você for a um banco dizendo que quer investir, mas minha renda cairá pela metade, eles não vão lhe dar um empréstimo”, disse ele ao Times . “Produzir mais é um negócio viável, enquanto ser extremamente ambiental pode prejudicar o seu negócio.”

Van Hecke diz que uma diretiva da U.E. exigindo que os agricultores rastreiem a propagação da ‘muck’ com GPS já está custando à sua família entre mais € 10.000 e € 15.000 anualmente.

“O preço médio da terra na Flandres é de € 63.000 por hectare – perdemos cerca de 4 hectares com a “Agenda Verde” sobre nitratos. Você pode fazer as contas”, disse ele. O governo está dizendo que vai aumentar nossos custos, mas não há perspectiva de ajudar a aumentar a nossa receita“.


{Nota de Thoth: A estrondosa queda da “Estátua de Nabucodonosor“, com o fim do Hospício e os psicopatas ‘acordados’ da civilização ocidental e a própria destruição da região da cidade de Roma [incluso a cloaca do Vaticano] pela QUEDA DE UM ASTEROIDE estão bem próximos de acontecer. O Hospício Ocidental, o circo do G-7, os ditosPaíses de Primeiro Mundo” vão fazer face ao seu carma “liberal” e “acordado”}


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal   AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)” para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


Artigos Relacionados:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *