browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Kennedy foi assassinado e Trump derrubado (?) pelo Deep State

Posted by on 14/01/2021

Tenho o prazer de anunciar que Kennedy’s Last Stand: UFOs, MJ-12 & JFK’s Assassination acaba de ser lançado como um livro audível . Este livro explica como John Kennedy, adquiriu um conhecimento profundo dos OVNIs (também conhecidos como discos voadores), sobre os extraterrestres e suas origens durante o serviço militar para o Gabinete de Inteligência Naval em 1942 e sua viagem subsequente para a Alemanha Ocupada em julho de 1945 como um convidado do Secretário da Marinha dos Estados Unidos, James Forrestal.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

A revelação UFO/Aliens do presidente Kennedy levou ao seu Assassinato e um Golpe e consolidação do Estado [Deep State] Profundo

Fonte:  Exopolitics.org

Sentenças entre [  ] são de autoria do tradutor.

James Forrestal tornou-se um dos doze membros fundadores do Grupo de Estudos Especiais MAJESTIC-12 [MJ12, Majic-12], criado em setembro de 1947 pelo presidente Harry S. Truman para supervisionar a pesquisa e o desenvolvimento da questão dos discos voadores como era então conhecida [e principalmente a relação “Diplomática dos EUA com raças de extraterrestres].

Inicialmente um Comitê secreto de cientistas, líderes militares e funcionários do governo, formado em 1947 por uma ordem executiva do presidente dos Estados Unidos, Harry S. Truman, para facilitar a recuperação e investigação de espaçonaves alienígenas que ao longo do tempo se transformou no DEEP STATE controlados por seres extraterrestres

Como membro do Congresso então Deputado pelo estado de Massachusetts e amigo pessoal de James Forrestal, que se tornou o primeiro Secretário de Defesa em setembro de 1947, Kennedy aprendeu muito sobre um programa de pesquisa e desenvolvimento [de engenharia reversa] que havia sido estabelecido para OVNIs capturados, alguns dos quais eram de origem extraterrestre.  Outras naves eram dos alemães nazistas cuja existência demonstravam o quão perto a Alemanha nazista havia chegado de transformá-las em uma arma final para o esforço de guerra na Europa.

Depois que Forrestal foi “suicidado” (assassinado pela CIA, porque iria revelar publicamente a existência e o contato dos EUA com extraterrestres) em maio de 1949, Kennedy foi cortado do circuito de informações sobre UFOs e Aliens por mais de uma década. Depois de ser eleito presidente em novembro de 1960, ele foi avisado pelo presidente Eisenhower de como o Grupo MAJESTIC-12 havia se tornado poderoso e perigoso [um governo paralelo em contato com extraterrestres, o embrião do Deep State]. Eisenhower compartilhou conselhos privados sobre a melhor forma de obter acesso às informações necessárias sobre o tema UFOs e Extraterrestres.

Como presidente, John Kennedy começou uma série de esforços para aprender tudo sobre as operações do GRUPO MAJESTIC-12 e o que estava ocorrendo nos programas classificados de engenharia reversa dos UFOs recuperados de acidentes [como em Roswell] em andamento em instalações ultrassecretas, especialmente aquelas controladas pelo GRUPO MAJESTIC-12 e a CIA, como a ÁREA-51. Ele foi bloqueado a cada passo por Operativos do MAJESTIC-12, especialmente seu primeiro Diretor da CIA, Allen Dulles.

Foi só depois que John Kennedy finalmente chegou a um acordo com a URSS em 11 de novembro de 1963, com Nikita Khrushchev em missões espaciais e lunares da União Soviética dos EUA, que ele finalmente conseguiu um meio de forçar o GRUPO MAJESTIC-12 e a CIA a compartilhar as informações necessárias sobre OVNIs com outros ramos do governo dos EUA.

No livro Kennedy’s Last Stand fornece extensa documentação e depoimentos de testemunhas explicando os diferentes estágios nos esforços de Kennedy para obter acesso a arquivos sobre OVNIs e Aliens classificados, e a ameaça que ele representava para o controle do GRUPO MAJESTIC-12. O livro conclui que o assassinato de Kennedy não foi resultado de um atirador solitário enlouquecido, mas foi o resultado de uma conspiração internacional bem elaborada envolvendo o GRUPO MAJESTIC-12 e a divisão de contra-inteligência da CIA, liderada na época por James Jesus Angleton.

A edição audível recém-lançada do livro contém um posfácio que atualiza as edições anteriores de 2013 em brochura e kindle usando arquivos desclassificados do assassinato de Kennedy lançados pelos Arquivos Nacionais em 2017 e 2018. Os arquivos desclassificados confirmam que dois  especialistas em comunicações do exército dos EUA tentaram alertar Kennedy sobre o conspiração, mas foram silenciados por seus superiores.

Além disso, os arquivos desclassificados apontam para uma conexão alemã nazista do 4º Reich com a vitória eleitoral de Kennedy em 1960 e o seu subsequente assassinato.

O que precisa ser enfatizado aqui é que o assassinato de Kennedy marcou um golpe do GRUPO MAJESTIC-12, que era afiliado à CIA e aos grandes conglomerados da indústria de defesa, o Complexo Industrial Militar dos EUA, sobre o qual Eisenhower havia alertado. De acordo com várias fontes, o GRUPO MAJESTIC-12 foi internacionalizado em 1969, abrangendo os principais países da Europa.

Como resultado, a República dos EUA e países membros da OTAN tornaram-se firmemente controlados por um Estado [Deep State] Profundo compreendendo tanto figuras americanas como internacionais. O assassinato de Kennedy foi a chave para tornar essa transição possível.

É mais do que coincidência que a Edição Audível de Kennedy’s Last Stand ter sido lançada em 5 de janeiro de 2021, apenas um dia antes do massivo comício em Washington DC protestando contra o suposto fraudado resultado da eleição presidencial de 2020. Mais uma vez, o Deep State está orquestrando um golpe, desta vez por meio de uma eleição completamente fraudada em nome do seu fantoche, Joe Biden [que em breve será “substituido” pela sua vice, Kamala Harris].

Existem paralelos poderosos entre a história dos presidentes Donald Trump e John F. Kennedy em suas respectivas relações com o Estado [Deep State] Profundo. Ambos os presidentes fizeram uma ampla cooperação com a Rússia, fundamental para suas prioridades e agendas políticas, mas foram rigorosamente combatidos pelo Estado [Deep State] Profundo, com Kennedy sendo assassinado.

Algumas das grandes corporações do Complexo Industrial Militar

Ambos se concentraram em uma maior cooperação internacional entre países para resolver pacificamente os conflitos globais, mas foram novamente combatidos pelas maquinações do Estado Profundo para intensificar esses conflitos para alimentar e manter o faturamento da indústria de armamentos do Complexo Industrial Militar.

Finalmente, tanto Trump quanto Kennedy usaram habilmente os programas espaciais como meio de obter acesso a programas classificados de engenharia reversa de UFOs acidentados. Kennedy, por meio de missões espaciais conjuntas EUA-URSS, e Trump, por meio da criação de uma Força Espacial e do Programa Artemis. Mais uma vez, o Deep State se opôs aos seus respectivos esforços.

O grande protesto de 6 de janeiro em Washington DC e suas consequências carrega muito mais significado do que simplesmente anular resultados eleitorais fraudulentos. Ele finalmente ameaça expor o Estado [Deep State] Profundo por trás do esforço de golpe mais recente e, no processo, lançar luz sobre o golpe de 1963 que mudou a América e o mundo para sempre.

Uma “Segunda Revolução Americana” para remover a tirania do Estado [Deep State] Profundo secretamente imposta ao mundo ocidental após o assassinato do presidente Kennedy está agora em andamento. Você pode aprender mais sobre esta “Segunda Revolução Americana” em meu próximo Webinar de 4 horas no sábado, 23 de janeiro.

Kennedy’s Last Stand: UFOs, MJ-12 & JFK’s Assassination é um novo lançamento de livro em áudio disponível hoje na Amazon.com e na Audible.com.

[Muitas máscaras caíram durante os últimos dias de 2020 e muitas mais foram arrancadas sem pudor nestes primeiros dias de 2021, especialmente o papel dos principais veículos da Mídia [pre$$titute$] Mainstream nos EUA e os gigantes do Vale do Silício, conhecidas como “Big Techs”, que assumiram descaradamente o seu papel de CENSORES do direito de livre expressão de ideias em suas mídias sociais -Facebook, WhatsApp, Twitter, Instagram, Apple, et caterva. Será muito difícil colocar o monstro de volta na garrafa novamente …]

Michael E. Salla, Ph.D.


Sua contribuição é fundamental para manter o site funcionando e independente. Somos censurados pelas gigantes de TI [Big Techs] em relação ao material por nós publicado, com consequente impacto e completa suspensão dos anúncios. Considere fazer uma pequena contribuição mensal (valores entre $ 10 e $ 50 reais, ou qualquer outra moeda e valor) se utilizando do mecanismo  PayPal disponibilizado pelo site. Para pgto único, entre em contato pelo e-mail Thoth3126@protonmail.ch e solicite os dados de nossa conta bancária. Sem a ajuda imediata de nossos assíduos leitores não conseguiremos arcar com todos os custos inerentes à manutenção do Blog e iremos encerrar o nosso trabalho em março.


Questione tudo, nunca aceite nada como verdade sem a sua própria análise, chegue às suas próprias conclusões


“Parece duvidoso se, de fato, a política de “Botas no rosto” pode continuar indefinidamente.  Minha própria convicção é que a oligarquia governante encontrará maneiras menos árduas e perdulárias de governar e de satisfazer sua ânsia de poder, e essas formas serão semelhantes às que descrevi em Admirável Mundo Novo [uma verdadeira profecia publicada em 1932]Na próxima geração, acredito que os governantes do mundo descobrirão que o condicionamento INFANTIL e a narco-hipnose são mais eficientes, como instrumentos de governo, do que e prisões e campos de concentração, e que o desejo de poder pode ser completamente satisfeito sugerindo às pessoas que amem sua servidão ao invés de açoita-los e chutando-os até à obediência. ”  Carta de Aldous Huxley  EM 1949 para George Orwell autor do livro “1984” 


Mais informação adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

2 Responses to Kennedy foi assassinado e Trump derrubado (?) pelo Deep State

  1. HiddenCitiZen

    Thoth, entrarei em contato hoje através do e-mail para realizar a doação de um valor para manter o site funcionando. É pouco mas é o que posso contribuir no momento sem que me faça falta. Gratidão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.