browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Mais Divulgação sobre UFOs-OVNIs e Programas Secretos Espaciais (2)

Posted by on 23/11/2020

Sekret-Machines-and-SSP-tom-delongeTom DeLonge, co-autor do livro, Sekret Machines: Chasing Shadows, que é a primeira em uma série de livros e documentários em multimídia que prometem tirar a tampa de uma enorme operação de cobertura e segredo sobre os programas espaciais secretos e sobre o fenômeno UFO-OVNI. A obra é o produto do que uma equipe de assessoria está informando a Delonge sobre seus conhecimentos dos programas espaciais secretos que evoluíram dentro dos EUA e também na Rússia (URSS).

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Tom DeLonge e a Divulgação sobre UFOs-OVNIs: sacudindo os Programas Secretos do Espaço

Fonte: http://exopolitics.org/ – Clique aqui para a Parte Um.

Em Sekret Machines, Tom DeLonge gasta bastante tempo descrevendo o envolvimento corporativo no desenvolvimento de um programa espacial secreto dos EUA. Segundo ele, um consórcio global de grandes (empresas do Complexo Industrial Militar) corporações financiou secretamente o desenvolvimento de espaçonaves com formato triangular usando princípios antigravidade e campo de torção gravitacional adotados pelos experimentos nazistas na criação de dispositivo de um sistema de propulsão antigravidade chamado “Bell – Die Glocke” (Sino).

Isso resultou no desenvolvimento de um esquadrão de espaçonaves TR-3B que esta baseado na instalação subterrânea S-4 altamente secreta da Área 51 dentro da área do Nevada Test and Training Range-Nellis Air Force Range no estado de Nevada. O jornal londrino “Daily Mail” relatou  um ” UFO atacando o Taleban“, apresentando um vídeo, mas o alegado UFO seria uma espaçonave TR-3B. Assista o vídeo de um minuto a seguir:

Delonge continuou a explicar em Sekret Machines que o TR-3B é um veículo militar aeroespacial combinado e capaz de operar tanto na atmosfera da Terra como uma aeronave convencional e em órbita terrestre próxima e no espaço exterior como uma nave espacial. Ele descreveu esses veículos diferentes, com o maior tendo várias centenas de metros de diâmetro. A US Air Force Space Command e a Agência de Inteligência de Defesa (DIA) são responsáveis pelo desenvolvimento do TR-3B ou ‘Locust’, operando a partir das instalações subterrâneas do nível S-4, da ÁREA-51, de acordo com Delonge, como transmitido por sua equipe de assessoria.

A informação de DeLonge sobre o TR-3B corresponde às revelações anteriores de Edgar Fouche, engenheiro aeroespacial, que trabalhou na Área-51. Enquanto estava lá, ele aprendeu sobre a existência do TR-3B como um veículo aeroespacial mais altamente classificado e top secret construído pelo complexo industrial militar dos EUA no final dos anos 1980 (NT: Com tecnologia parcialmente cedida por extraterrestres).

Em 1998, Fouche se apresentou pela primeira vez para revelar a existência do TR-3B, e que estava estacionado na base S-4 e tinha até 600 pés (180 metros) de largura, semelhante ao que Delonge mais tarde afirma ter sido informado por sua equipe de assessoria.

tr-3B-Astra-a

A documentação de Fouché fornece muita credibilidade ao seu testemunho, que também é apoiado pelos muitos avistamentos de triângulos voadores relatados na Bélgica e em outros lugares. Na verdade, um capítulo da Sekret Machines explica os avistamentos de 1989 na Bélgica como diretamente relacionados aos vôos do TR-3B.

Mais uma vez, o testemunho de William Tompkins e Corey Goode difere drasticamente da informação de DeLonge, tal como lhe foi fornecida por sua equipe de assessoria. Tompkins revelou que ele esteve diretamente envolvido no projeto de desenvolvimento de espaçonaves para grupos de batalha espacial que estão sob o controle da Marinha dos EUA.

Na década de 1950, ele trabalhou em diferentes projetos como designer para os veículos espaciais, como revelado em dois documentos que ele lançou em seu livro, Selected by Extraterrestrials. Tanto os transportadores (naves mãe) espaciais como espaçonaves de classe cruzadores espaciais tinham aproximadamente dois quilômetros de extensão, e os navios de transporte espacial realizavam um evento maior.

tompkins-spacecraft-carrier-768x724

 

secret-space-program-cigar-shape-ship

O Programa Solar Warden mantém uma frota de várias naves espaciais. É constituída por oito enormes naves-mãe em forma de charuto e cerca de quatro dúzias de “navios exploradores” menores. Centenas de “Marines Espaciais” estão em serviço a bordo destas naves e cada nave-mãe tem uma tripulação adicional de aproximadamente 300 cientistas e técnicos a bordo. A Frota Espacial é operada pelo NNSOC (United States Naval Network and Space Operations Command).

solar_warden_hillenkoetter-usss

Ilustração com base em testemunho ocular © Copyright 2015 TheObjectReport.com | Alta Resolução Imagem. O Almirante Roscoe Hillenkoetter foi o primeiro diretor da CIA, e foi também um membro de uma organização de pesquisa UFO, o Comitê Nacional de Investigações de Fenômenos Aéreos (NICAP). Em 1960, o New York Times relatou que Hillenkoetter tinha enviado uma carta ao Congresso que incluía a seguinte declaração: “Nos bastidores, oficiais de alta patente da Força Aérea estão sobriamente preocupados com fenômeno UFOs Mas através de segredo oficial e do ridículo, muitos cidadãos são levados a acreditar que os desconhecidos objetos voadores não fazem sentido“. Embora Hillenkoetter lutasse pelo fim do sigilo UFO, ele finalmente parou de comentar sobre o assunto. Alegados documentos secretos que vazaram para ufólogos listam Hillenkoetter como um membro do grupo Majestic 12, uma organização composta de altos oficiais militares das forças armadas e civis criado pelo presidente Truman para gerenciar inicialmente a questão UFO e nossas relações com extraterrestre. O MAJESTIC-12 foi o embrião do que mais tarde se tornou o GOVERNO (DE FATO) OCULTO DOS EUA.

Tompkins disse que os grupos de batalha espacial foram construídos em instalações subterrâneas maciças nas Montanhas Wasatch de Utah, começando na década de 1950. Estes grupos de batalha espaciais controlados pela Marinha foram primeiro implantados em 1984 como o programa espacial secreto Solar Warden. Oito grupos de batalha foram eventualmente construídos, e com quatro em serviço a qualquer momento, enquanto os outros quatro são submetidos a manutenção – semelhante ao agendamento de porta-aviões.

caça-espacial-tompkins-solar-wardenGoode disse que ele serviu diretamente no Solar Warden de 1987 a 2007. Significativamente, ele diz que o TR-3B Locust tornou-se desatualizado com a implantação de frotas espaciais do Solar Warden e tornou-se uma mão-me abaixo da Marinha dos EUA, a menos Programas classificados administrados pela Força Aérea dos EUA e outros grupos:

“Havia mais 8 grandes naves mãe classe transportadores em forma de “charuto” (como o USSS Hillenkoetter) e outra classe de embarcações de vários tamanhos e classificações (caça espacial). Eles foram projetados para transportar vários tipos de “espaçonaves” que muitos pensam serem semelhantes ao TR-3B … O TR-3B é considerado tecnologia extremamente ultrapassada e, em muitos casos, foi usado como um “presente” para “as Elites” que governam o planeta desde as sombras e seus sindicatos como algo parecido como usar os “jatinhos da empresa”. Há tantas tecnologias mais novas que obtidas da mesma forma geral que o TR-3B (e os modelos que vieram depois) que isso surpreenderia muito as pessoas.”

Consequentemente, o que os depoimentos de Goode e Tompkins revelam é que o TR-3B Locust é parte de um programa espacial secreto, agora de segundo nível, que está fora da Área-51.

Os extraterrestres são reais?

Em Sekret Machines , um incidente é descrito onde ocorre um aparente sequestro de OVNI, mas a vítima feminina desmascara o extraterrestre, que é realmente um ser humano disfarçado de uma fantasia alienígena. Depois de fugir brevemente da instalação remota onde ela está sendo mantida, ela descobre que ela foi levada para a Sibéria por um grupo russo encoberto.

O incidente de abdução é representado como parte de um programa espacial secreto russo usando veículos aeroespaciais tecnologicamente avançados em forma de seta semelhantes em vôo ao TR-3B Locust.

Delonge descreve outros incidentes de OVNI envolvendo nave espacial russa encoberta. Estes incluem incidentes de OVNI em instalações nucleares dos EUA que levaram a serem desativados.A nave espacial russa teria interferido nas armas nucleares dos EUA como forma de demonstrar a capacidade da Rússia de desativar e até mesmo destruir o arsenal nuclear da América.

Um “Vimana” moderno, o TR-3b Astra desenvolvido em segredo pelos EUA com utilização de tecnologia reversa alienígena flagrado em voo de teste de alta altitude.

Conseqüentemente, não são extraterrestres por trás de muitos incidentes de OVNI, como abduções e desativação de armas nucleares, mas naves espaciais secretas russas de acordo com o que DeLonge foi informado por sua equipe de assessoria. Mais uma vez, há uma diferença dramática aqui com o que Tompkins e Goode têm a dizer sobre diferentes extraterrestres e programas espaciais secretos.

Na primeira parte, comentamos o desenvolvimento tecnológico da Alemanha nazista assistidos por grupos extraterrestres reptilianos e nórdicos. Além disso, de acordo com Tompkins, os extraterrestres nórdicos ajudaram o programa da Marinha dos EUA a estabelecer grupos de batalha espacial. Os nórdicos procuravam aliados em seu conflito galáctico com os reptilianos draconianos e acreditavam que a Marinha dos EUA acabaria se tornando um aliado.

Tompkins diz que os extraterrestres nórdicos foram incorporados em empresas aeroespaciais onde trabalharam, como a Douglas Aircraft Company e a TRW, e ajudaram ativamente na pesquisa e desenvolvimento de uma nave espacial com propulsão antigravidade. Ele afirma que os nórdicos ajudaram a combater a sabotagem industrial feita por reptilianos na NASA e no nascente programa espacial secreto da Marinha dos EUA.

Goode também diz que os programas Solar Warden e Dark Fleet se coordenam com diferentes visitantes extraterrestres. Além disso, ele diz que o programa corporativo de espaço aberto possui centros de fabricação de escala industrial em Marte que comercializam materias primas com até 900 diferentes civilizações extraterrestres.

usaf-ufo-ovni

Uma espaçonave com sistema de propulsão ANTIGRAVIDADE pousando em base aérea do Novo México. Na fuselagem esta escrito U.S. AIR FORCE. Esta nave é um dos caças espaciais que são conduzidas nas grandes naves mães como o USSS HILLENKOETTER

No entanto, DeLonge propõe um curinga que ajuda a explicar histórias de encontros com visitantes extraterrestres avançados e descoberta de nave espacial não humana. Ele se refere a relatos mitológicos dos “deuses”, como referido na história e sugere que esses não eram apenas fantasias dos povos antigos, mas eram seres reais que manipularam a humanidade ao longo de nossa evolução tanto para agendas positivas quanto negativas.

Na Ilíada de Homero, por exemplo, o leitor deste poema épico descobre como os deuses tomaram diferentes lados desta antiga guerra entre os gregos e os troianos – as superpotências daquela região do mundo na época. O conflito foi totalmente inventado por uma deusa malvada chamada Eris, que rolou sua “maçã dourada da discórdia” ao pé dos deuses e desencadeou uma cadeia de eventos que levaram à Guerra de Tróia.

Sekret Machines termina em um penhasco sobre o papel dos deuses e programas espaciais secretos atuais. Espera-se que os volumes futuros descrevam diferentes maneiras pelas quais os antigos deuses ajudaram a fomentar o conflito geopolítico entre grandes potências mundiais, como os EUA e a Rússia – os equivalentes modernos da Grécia Antiga e Troia.

É provável que isso implique na recuperação de nave espacial não humana altamente avançada em vários locais onde houver acidentes com as espaçonaves dos extraterrestres, que DeLonge atribui aos deuses. Estas são versões modernas de “maçãs douradas da discórdia” plantadas pelos deuses entre nossa atual era.

CONCLUSÃO

Como conta uma das diferenças significativas entre divulgações do programa espacial secreto por Delonge e sua equipe de assessoria, com o que Tompkins e Goode disseram? Se alguém aceita os testemunhos de Tompkins e Goode como precisos, como sugerem minhas análises, então há dois cenários que vêm à mente.

O primeiro é o de uma “divulgação limitada”, que de acordo com Victor Marchetti , ex-Assistente Especial do Diretor Adjunto da CIA, é “jargão de espiões para um truque favorito e freqüentemente usado dos profissionais clandestinos”. Marchetti passou a descrever como uma “divulgação limitada”  funciona:

Quando seu véu de sigilo é destruído e eles não podem mais confiar em uma falsa história de cobertura para desinformar o público, eles recorrem a admitir – às vezes, mesmo voluntário – alguma parte da verdade, enquanto ainda conseguem reter os fatos mais importantes e prejudiciais no caso mantido em segredo. O público, no entanto, geralmente está tão intrigado com a nova informação que nunca pensa em continuar (a PESQUISAR) o assunto.

tr6-large-telos-space-ship

Outra espaçonave desenvolvida secretamente pelos EUA, com tecnologia alienígena, o TR6 TELOS

Um cenário de DIVULGAÇÃO limitado sugere que  DeLonge está sendo alimentada com uma narrativa bem elaborada por sua equipe de assessoria e a comunidade de inteligência, que acreditam que suas histórias usuais para a cobertura do fenômeno UFO-extraterrestres já não têm mais nenhuma credibilidade. A nova narrativa é projetada para atrair a opinião pública generalizada para um encobrimento dos UFOs, revelando algumas das tecnologias avançadas desenvolvidas em programas espaciais negros e profundos que explicariam o fenômeno UFO-Alien que remonta à era da Segunda Guerra Mundial.

Assim, enquanto o público se entende do ofício do espaço antigravidade, eles são informados de que a hipótese extraterrestre – que os OVNIs são espaciais interplanetários – é falsa. O único fator “alienígena” seriam os deuses evasivos mencionados em textos históricos que hoje estão manipulando os EUA e a Rússia para lançar uma guerra nuclear ou plantando naves espaciais avançadas em locais remotos como “maçãs douradas para gerar (mais) discórdia”.

O cenário anterior atrai céticos científicos, bem como seguidores (fanáticos e dogmáticos) de diferentes religiões que podem ver essa informação como confirmando a legitimidade das suas “escrituras sagradas”.

O que esse cenário sugere é que a DeLonge está sendo dado acesso a informações genuínas que fazem parte de uma operação de divulgação forçada e limitada pela comunidade de inteligência, que elaboram cuidadosamente uma narrativa através da DeLonge que mantém sua legitimidade após algum tipo de reconhecimento oficial de um programa espacial secreto com base na Área 51 que usa o projeto (real) da espaçonave TR-3B Locust (sendo que Locusta é um nome falso, o correto é TR-3B ASTRA).

Afinal, se houver deuses escondidos nas sombras, manipulando a Rússia e os EUA e demais países importantes para ter um conflito nuclear em relação às tecnologias avançadas, então toda a questão relativa aos programas espaciais secretos fica firmemente integrada nas preocupações de segurança nacional.

O segundo cenário a ser explorado é que os conselheiros de Delonge estão simplesmente fora de linha (desconhecem) quando se trata de tecnologias de programas espaciais secretos mais avançadas. Delonge disse repetidamente que seus conselheiros trabalham ou estão familiarizados com as instalações da Área 51, onde o TR 3B Locust (Astra) se baseia. No entanto, de acordo com Tompkins, são nas Montanhas Wasatch de Utah, o local onde as espaçonaves da frota espacial da Marinha são construídas e desenvolvidas.

Espaçonave dos EUA (USSS) aterrissando em base no N. México

O que isso sugere é que existe um programa espacial secreto administrado por entidades militares, como o US Space Force Space Command (USSPACECOM), a Agência de Inteligência de Defesa (DIA) e o National Reconnaissance Office (NRO), que seria completamente independente do que a Marinha dos EUA tem feito nas Montanhas Wasatch.

O processo de compartimentação é tão bem sucedido entre os diferentes programas espaciais secretos em desenvolvimento, que o pessoal da USAF / DIA / NRO não acredita que existe um outro programa espacial secreto funcionando na Marinha. Por exemplo, Goode afirma que em janeiro e fevereiro deste ano, ele foi sequestrado pelo menos três vezes por equipes secretas associadas à USAF / DIA / NRO que o interrogou.

Os sequestradores de Goode estavam interessados nele, já que ele havia revelado informações precisas sobre seus programas classificados, mas ao mesmo tempo eles descartaram as afirmações de Goode sobre a existência de grupos de batalha (Space Fleet) em espaços profundos sob um programa da Marinha chamado Solar Warden. As revelações de Goode e Tompkin sugerem que há uma camada mais profunda de operações e tecnologias do programa espacial secreto do que qualquer coisa acontecendo na órbita próxima da Terra sob o controle da USAF / DIA / NRO.

Devido à compartimentalização, este programa espacial de nível mais profundo, o Solar Warden, não é conhecido pelo pessoal que trabalha em projetos de desenvolvimento de um  nave espacial antigravidade, como o TR-3B (Astra) Locust sob o comando da USAF / DIA / NRO. Por conseguinte, é muito viável que as empresas e o pessoal que trabalham em programas aeroespaciais classificados na Área 51, estejam fora de linha e do conhecimento do programa espacial secreto Solar Warden.

A agência NSA vazou slide mostrando como existem diversos programas classificados da DHS, DoD e NSA que estão escondidos em programas menos classificados. Devido à compartimentação, aqueles em programas de “cobertura” menos classificados ficariam fora de controle nos programas mais altamente classificados.

solar-warden-secret-space-program - CopiaEm conclusão, é plausível que a equipe de assessores sênior de dez pessoas de empresas jurídicas e militares que informem a DeLonge pode fazer parte de uma operação de divulgação limitada para denunciar sobre o que aconteceu na Área 51, a fim de manter ocultos, mas ainda muito mais importantes, programas secretos acontecendo em outro lugar. Alternativamente, a equipe de consultoria da DeLonge pode estar genuinamente fora do ciclo do Programa Espacial Secreto liderado pela Marinha (SOLAR WARDEN) com base nas Montanhas Wasatch, frota que atualmente está operando no sistema solar e em espaço profundo próximo.

Apesar da pergunta de qual dos dois cenários acima, melhor explica o que está acontecendo com DeLonge e seus assessores, as divulgações em Sekret Machines revelam (e ajudam a quebrar a camada secreta) verdadeiramente a primeira camada de um conjunto multicamadas de programas espaciais secretos.

Clique aqui para a Parte Um.

© Michael E. Salla, Ph.D.


[Excerto do post Hacker descobriu frota do SSP-Programa Espacial Secreto na NASA e Pentágono

Um hacker escocês, Gary McKinnon descobriu a existência de uma Frota Secreta Espacial Fora do Planeta da Marinha dos EUA, enquanto hackeava computadores do Pentágono e até mesmo uma relação de “oficiais não terrestres” 

Nota – Este é – possivelmente – um desenvolvimento profundamente importante. Se os dados e pressupostos do Sr. McKinnon estiverem corretos, ele valida o que nós e outros temos postulado há muitos anos: de que os militares e a Marinha dos EUA pode estar operando fora do planeta via tecnologia reversa alienígena (ou tecnologia dos nazistas alemães da Segunda Guerra Mundial)? Já decorreu muito tempo desde a segunda guerra… tempo suficiente para desenvolver uma “frota” de naves espaciais e pessoal militar e oficiais para ambos ou controlá-los de outra forma.

Para aqueles que se lembram da missão da sonda Clementine, você vai se lembrar que foi um projeto da Marinha dos EUA que micro-mapeou a Lua inteira. Se McKinnon tropeçou em um arquivo secreto de ‘Oficiais Não-Terrestres’ … de fato, sugeriria que os militares dos EUA estão silenciosa, eficiente, e secretamente executando operações fora do planeta por um longo tempo.] (FIM)


“CONHECE-TE A TI MESMO E CONHECERÁS TODO O UNIVERSO E OS DEUSES, PORQUE  SE O QUE TU PROCURAS NÃO ENCONTRARES PRIMEIRO DENTRO DE TI MESMO, TU NÃO ACHARÁS EM LUGAR ALGUM” – Frase escrita no pórtico do Templo do Oráculo de Delphos, na antiga Grécia.


Mais informações, leitura adicional:

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com.br

One Response to Mais Divulgação sobre UFOs-OVNIs e Programas Secretos Espaciais (2)

  1. Jão

    E qual utilidade disso, se esconder igual “papai Noel” nos bastidores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.