Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Massivo Ataque da Rússia incluem Mísseis hipersônicos Khinzal. Bakhmut esta caindo ‘nos próximos dias’

As forças russas lançaram um ataque maciço de mísseis contra a infraestrutura militar da Ucrânia como retaliação ao ataque terrorista de Kiev na região fronteiriça de Bryansk no início deste mês, afirmou o Ministério da Defesa na quinta-feira. Acrescentou que todos os alvos designados foram atingidos. Em um comunicado, o ministério destacou que o ataque envolveu “armas aéreas, marítimas e terrestres de longo alcance e alta precisão, incluindo o sistema de mísseis hipersônicos Kinzhal”. Este último tem um alcance de mais de 2.000 km.

Moscou realiza grande ‘ataque de retaliação’ com mísseis na Ucrânia. A barragem de mísseis veio em resposta a um ataque terrorista na região russa de Bryansk, afirmou o Ministério da Defesa russo

Fontes: Rússia TodayZero Hedge

Como detalhamos na quarta-feira, as forças russas neste momento assumiram o controle total da parte oriental da cidade ucraniana de Bakhmut, onde uma das batalhas mais sangrentas da guerra de um ano parece estar perto do fim.

O secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, reconheceu desde então que Bakhmut  pode cair nas mãos das forças russas nos “próximos dias” em meio a relatos de ganhos rápidos, liderados pelo grupo mercenário russo Wagner Group. 

“Não podemos descartar que Bakhmut possa eventualmente cair nos próximos dias”, disse Stoltenberg em entrevista coletiva em Estocolmo. Mas, como nas declarações dos generais do Pentágono, ele rapidamente tentou minimizar a importância estratégica da cidade perdida. 

Massivo ataque de ‘retaliação’ da Rússia incluiu mísseis hipersônicos Khinzal, enquanto Bakhmut esta sendo tomada totalmente “nos próximos dias” segundo a OTAN

“O ataque maciço de retaliação” atingiu elementos-chave da infraestrutura militar da Ucrânia, complexos da indústria de defesa, bem como instalações de energia que contribuem para suas operações. “A missão foi cumprida. Todos os alvos atribuídos foram atingidos “, dizia o comunicado.

O ministério continuou dizendo que a barragem destruiu bases de drones de ataque e interrompeu o transporte de reservas e armas estrangeiras. O ataque também desativou instalações usadas para consertar equipamentos militares e produção de munição, afirmou.

A perda de Bakhmut

Stoltenberg descreveu que a captura de Bakhmut pelos militares russos não “reflete necessariamente qualquer ponto de virada da guerra”.

O Kyiv Independent  recentemente entrevistou soldados na linha de frente e emitiu uma avaliação surpreendente e contundente (dado que é obviamente uma fonte de notícias do lado ucraniano) de que os soldados ucranianos são, em geral, “batalhões despreparados e mal treinados sendo jogados no moedor de carne da linha de frente para sobreviver da melhor maneira possível com pouco apoio de veículos blindados, morteiros, artilharia, drones e informações táticas.”

A Rússia parece estar aproveitando seu momento na região de Donetsk, segundo muitos relatos, disparando o que é possivelmente a maior barragem de mísseis até agora este ano. O Wall Street Journal relata nessa quinta-feira : 

A Rússia disparou dezenas de mísseis contra Kiev e várias outras regiões da Ucrânia durante a noite, atingindo a infraestrutura civil e a indústria de defesa do país em  uma das maiores barragens deste ano, enquanto suas forças continuavam a conquistar mais território no leste .

O general Valeriy Zaluzhny, comandante-em-chefe das forças armadas da Ucrânia, disse que a Rússia lançou 81 mísseis de diferentes variedades de ar, terra e mar, além de oito drones de ataque fabricados no Irã. Quatro dos drones e 34 mísseis de cruzeiro foram interceptados, disse o general Zaluzhny.

A Situação militar em Bakhmut em 8 de março de 2023:

E de acordo com uma nota via Goldman Sachs comentando sobre o ataque que abrangeu pelo menos dez regiões, “a Rússia lançou uma grande onda de ataques com mísseis na Ucrânia, embora os chefes de inteligência dos EUA tenham dito que a Rússia provavelmente reduzirá suas ambições na Ucrânia para se manter em território ocupado”. 

Em uma declaração na quinta-feira, o Ministério da Defesa da Rússia chamou essa nova barragem de mísseis expansiva de um ataque de retaliação por sabotagem transfronteiriça e ataques terroristas no início deste mês na região de fronteira de Bryansk.

Mísseis atingiram o oeste da Ucrânia até a região de Lviv, uma raridade na guerra, que supostamente resultou na primeira morte de civis lá em muito tempo.

Os russos retornaram ao seu antigo esquema – ataques maciços de foguetes à noite, enquanto as pessoas estão dormindo. Explosões foram registradas na maioria das regiões – instalações de infraestrutura e áreas residenciais foram atingidas. ZNPP está desenergizado, está parcialmente sem água e eletricidade“.

“Em resposta às ações terroristas de 2 de março patrocinadas pelo regime de Kiev na região de Bryansk, as Forças Armadas da Rússia realizaram um ataque maciço de retaliação”, disse o Ministério da Defesa russo. Também confirmou que usou mísseis hipersônicos Kinzhal no ataque : 

“Armas aéreas, marítimas e terrestres de alta precisão e longo alcance, incluindo o sistema de mísseis hipersônicos Kinzhal, atingiram elementos-chave da infraestrutura militar da Ucrânia, empresas do complexo militar-industrial, bem como instalações de energia que as apoiam”, disse o ministério de defesa da Rússia. “Todos os alvos designados foram atingidos.”

“O inimigo disparou 81 mísseis em uma tentativa de intimidar os ucranianos novamente, voltando às suas táticas miseráveis”, disse o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky mais tarde. Os militares da Ucrânia afirmam que derrubaram cerca de metade dos mísseis de entrada.

E o prefeito de Kiev, Vitali Klitschko, indicou que, como resultado dos mísseis russos, 40% da população da capital permanece sem aquecimento. A segunda maior cidade do país, Kharkiv, está agora sem energia, água e aquecimento.

Os mísseis hipersônicos alcançam de Mach 5 a Mach 10 – ou seja, voam de cinco a dez vezes mais rápido do que o som. O tipo usado pela Rússia para destruir o depósito de Deliatyn é um “Kinzhal” (“adaga” em russo), de oito metros de comprimento. Segundo algumas fontes, esse foguete alcança 6 mil quilômetros por hora, o que seria Mach 5, outros lhe atribuem velocidade Mach 9 ou até Mach 10. Seja como for, é muito rápido e imparável. Tanto, que “a pressão do ar na frente da arma forma uma nuvem de plasma que absorve ondas de rádio”, explicam os peritos armamentistas do website americano Military.com. Isso dificulta muito a detecção dos “Kinzhal” e outras armas hipersônicas por sistemas de radar.

O incidente de 2 de março, pelo qual Moscou diz estar retaliando, envolveu supostos grupos de nacionalistas ucranianos bem armados que cruzaram a região de Bryansk, no sul da Rússia, e abriram fogo contra aldeias, matando dois civis e supostamente ferindo um menino de 10 anos. 

O Kremlin condenou-o há uma semana como um “ataque terrorista”, com o presidente Putin  descrevendo os infiltrados: “Eles abriram fogo contra civis,… viram que havia crianças no carro“.


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal   AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)” para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


E os dez chifres que viste são dez reis, que ainda não receberam o reino, mas receberão poder como reis por uma hora, juntamente com a BESTA. Estes têm um mesmo intento, e entregarão o seu poder e autoridade à besta. Estes combaterão contra o Cordeiro, e o Cordeiro os vencerá, porque é o Senhor dos senhores e o Rei dos reis; Vencerão os que estão com Ele, Chamados, e Eleitos, e Fiéis. E disse-me: As águas que viste, onde se assenta a prostituta [ROMA], são povos, e multidões, e nações, e línguas“. – Apocalipse 17:12-15

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é nabucodonoor-estatua-daniel.png

A estátua do sonho de Nabucodonosor, um símbolo daquilo que a humanidade construiria na Terra. Os dias de insanidade da atualidade estão contados, muito em breve, a “Grande Prostituta”, a cidade de Roma será varrida da face da Terra, dando início a derrota completa dos servidores das trevas e o fim de seus planos nefastos para o controle do planeta. Em 2023 o Brasil terá um papel decisivo na Guerra entre a Luz e as trevas.


Mais informações, leitura adicional:

Permitido reproduzir desde que mantida a formatação original e a conversão como fontes.

0 resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *