Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Morte de Prigozhin (PMC-Wagner Group) confirmada por testes de DNA, anuncia Moscou

O Kremlin confirmou a morte do líder do exército privado mercenário PMC-Wagner Group, Evgeny Prigozhin, depois que seu avião particular caiu na quarta-feira ao norte de Moscou, matando um total de dez pessoas a bordo, três tripulantes, incluindo outros comandantes importantes do exército privado mercenário Wagner Group. A lista de voos nomeava Prigozhin e vários outros altos funcionários da Wagner, incluindo Dmitry Utkin, amplamente visto como cofundador da Wagner e responsável pelas operações globais da empresa.

Morte de Prigozhin (PMC-Wagner Group) confirmada por testes de DNA, anuncia Moscou

Fonte: Zero Hedge

O Comitê Investigativo da Rússia anunciou no domingo que após a recuperação dos corpos a bordo do avião Embraer 135BJ Legacy 600 abatido, testes de DNA confirmaram que um deles era Prigozhin .

“Como parte da investigação sobre a queda do avião na região de Tver, os exames genéticos moleculares foram concluídos”, anunciou a porta-voz do comitê, Svetlana Petrenko , sobre os resultados. “De acordo com os resultados, as identidades de todas as 10 vítimas foram estabelecidas. Elas correspondem à lista constante do manifesto de voo”, acrescentou o comunicado.

A lista de voos nomeava Prigozhin e vários outros altos funcionários da Wagner, incluindo Dmitry Utkin, amplamente visto como cofundador da Wagner e responsável pelas operações globais da empresa.

O Kremlin rejeitou relatórios e funcionários do Ocidente que afirmam que este foi um atentado do Presidente Putin para executar sua vingança pelo motim de Wagner de 23 a 24 de Junho.

Há muito que Prigozhin atacava a “corrupção” e a má tomada de decisões estratégicas da cadeia de comando russa e, pouco antes da revolta, chegou mesmo a desferir um raro golpe direto a Putin, a certa altura questionando toda a decisão de invadir a Ucrânia.

https://youtube.com/watch?v=ofbhuYHN7Oo%3Ffeature%3Doembed

Quanto à queda do avião, permanece incerto se foi derrubado por um míssil antiaéreo ou por um bombardeio aéreo. Há também a possibilidade de um míssil ar-ar de um caça russo. A fonte de análise de aviação  AirLive  examinou um novo vídeo do local do acidente que diz apontar na direção de um bombardeio que destruiu a asa e outras partes vitais do jato durante o voo.

A publicação, comentando sobre uma asa estar tão longe do local principal do acidente, escreve o seguinte :

Este grande pedaço caiu a 3 km do local do acidente no rio Lodyzhenka, uma possível indicação de uma explosão antes do impacto . A aeronave foi registrada pelo FlightRadar24 decolando de Moscou às 17h46, horário local (15h46 no Reino Unido), e subindo a uma altitude de cruzeiro de 28.000 pés, fora do alcance de muitos pequenos mísseis antiaéreos.

Trinta e três minutos de voo, cerca de um quilômetro e meio ao sul da vila de Kuzhenkino, na região de Tver, a aeronave rapidamente perdeu altitude e contato.

“Neste vídeo acima, o avião parece estar sem o estabilizador vertical ou uma de suas asas”, continua AirLive. “Essas indicações podem significar uma explosão interna causada por uma bomba a bordo ou por um míssil ar-ar.” Além disso, “a algumas centenas de metros do  local do acidente , foi encontrada parte da cauda do avião”, conclui o relatório.

Imediatamente depois, as autoridades dos EUA deram conclusões contraditórias a vários meios de comunicação americanos, com declarações mais recentes também sugerindo fortemente que um bombardeio no ar foi o que derrubou o avião.


Estamos executando o nosso blog com as doações de nossos leitores. Como a receita de anúncios foi  “cancelada” há bastante tempo, agora você não é apenas um leitor, mas uma parte integrante do processo que constrói este site. Obrigado pelo seu apoio, ele é muito importante. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (CEF)”.


“O medo é a emoção predominante das massas que ainda estão presas no turbilhão da negatividade da estrutura de crença da (in)consciência das massas. Medo do futuro, medo da escassez, do governo, das empresas, de outras  crenças religiosas, das raças e culturas diferentes, e até mesmo medo da ira divina. Há aversão e medo daqueles que olham, pensam e agem de modo diferente (os que OUVEM e SEGUEM a sua voz interior), e acima de tudo, existe medo de MUDAR e da própria MUDANÇA.” – Arcanjo Miguel


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *