Musk Alerta contra ‘Invasão da Rússia’

Tentar dominar o maior país do mundo “nunca FOI uma boa ideia”, disse o CEO da SpaceX e da Tesla. As forças opostas aos interesse do gigante eslavo nunca deveriam tentar invadir a Rússia, insistiu o bilionário da tecnologia Elon Musk durante uma discussão sobre estratégias militares ao longo dos últimos séculos em sua plataforma, X (anteriormente Twitter). Nos últimos dois anos, Musk tem apelado a uma resolução pacífica do conflito entre Moscovo e Kiev, alertando que, devido ao apoio ocidental à Ucrânia, poderia muito bem evoluir para uma guerra nuclear entre a Rússia e os EUA.

Musk Alerta ser contra ‘Invasão da Rússia’

Fonte: Rússia Today

Em sua mensagem de quinta-feira, Musk argumentou que o comandante naval britânico do século XVIII e início do século XIX, vice-almirante Horatio Nelson, era “incrível”. Ele também elogiou Arthur Wellesley, o primeiro duque de Wellington, que estava entre os líderes militares que derrotaram o imperador francês Napoleão na Batalha de Waterloo em 1815.

“Wellington geralmente é subestimado. Não no nível de Napoleão, mas ainda assim um dos melhores generais da história”, escreveu o CEO da SpaceX e da Tesla.

Em resposta ao seu comentário, um dos usuários sugeriu que Napoleão, na verdade, “não era tão inteligente” quando lançou sua campanha militar de invasão fracassada na Rússia em 1812.

Musk aparentemente concordou com a ideia, respondendo: “Apenas não invadam a Rússia. Nunca é uma boa ideia.”

O exército francês, então considerado imbatível na época, atravessou o território russo no final de junho de 1812 e avançou rapidamente, entrando em Moscou em meados de setembro. Contudo, depois disso, as forças de Napoleão só puderam recuar, sendo expulsas da Rússia no final do ano e sofrendo perdas estimadas entre 400 mil e 500 mil homens, uma catástrofe.

Os historiadores russos atribuem o sucesso do país no que chamam de Guerra Patriótica de 1812 às sofisticadas estratégias de isca e troca do marechal de campo Mikhail Kutuzov, ao heroísmo das tropas russas, ao patriotismo da população civil, muitos dos quais se juntaram aos guerrilheiros, e as duras condições do inverno russo nos meses finais do conflito.

Elon Musk

Nos últimos dois anos, Musk tem apelado a uma resolução pacífica do conflito entre Moscou e Kiev, alertando que, devido ao apoio ocidental à Ucrânia, poderia muito bem evoluir para uma guerra nuclear entre a Rússia e os EUA.

O bilionário tem fornecido às forças de Kiev acesso à Internet via satélite Starlink, mas recusou-se a ativar o serviço nas proximidades da Crimeia devido a preocupações de que os ucranianos usariam o sistema da SpaceX para guiar drones e mísseis em direção a alvos russos na península.

Na véspera de Ano Novo, Musk especulou em uma mensagem no X que 2024 será ainda mais louco do que 2023.


SEJA UM ASSINANTE DO BLOG: Para os leitores do Blog que ainda não são assinantes e desejam acessar as postagens em seus endereços de E-Mail, solicitamos, por favor, que façam a sua inscrição aqui neste LINK: https://linktr.ee/thoth3126

Convidamos também a conhecerem e seguirem nossas redes sociais:
Instagram: https://www.instagram.com/th.oth3126/
Facebook: https://www.facebook.com/thoth3126.blog
X (antigo Twitter): https://twitter.com/thoth3126_blog
Youtube: https://www.youtube.com/@thoth3126_blog

Siga o canal “Blog Thoth3126” no WhatsApp: https://www.whatsapp.com/channel/0029VaF1s8E9Gv7YevnqRB3X


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nosso conteúdo

Junte-se a 4.327 outros assinantes

compartilhe

Últimas Publicações

Indicações Thoth