Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Não Existem ‘Nações Hostis’ para a Rússia, apenas ‘Elites (Psicopatas) Hostis’ – Putin

capitão-russia-putin

Ao contrário do (Hospício do) Ocidente, Moscou nunca “cancelará” ou “sancionará” qualquer cultura estrangeira, também não vai impor agendas “liberais” transgênero, LGBTQ+, transhumanismo, “Wokism”, etc. A Rússia não tem intenção de cancelar e/ou sancionar a cultura de nenhum país, disse o presidente Vladimir Putin na quarta-feira durante uma viagem de trabalho à região de Tver. Moscou compreende a diferença entre o povo ocidental e as suas elites e respeita a cultura de cada nação, e também considera a sua própria como parte do patrimônio mundial, explicou.

Não Existem ‘Nações Hostis’ para a Rússia, apenas ‘Elites (Psicopatas) Hostis’ – Putin

Fonte: Rússia Today

O presidente da Rússia estava conversando com artistas regionais quando foi levantada a questão das tentativas de “cancelar” a cultura russa por parte de algumas nações ocidentais. Segundo Putin, Moscou não tem planos de responder na mesma moeda.

“Não temos nações hostis, temos elites hostis à Rússia nessas nações”, disse o presidente, acrescentando que o governo russo “nunca tentou cancelar” quaisquer artistas ou apresentações culturais estrangeiras. “Pelo contrário, acreditamos que a cultura russa faz parte da cultura global e temos orgulho [disso].”

As autoridades russas procuram ter em conta o contexto cultural global e “não excluir nada”, continuou ele. Aqueles que procuram abolir a cultura de uma nação habitada por 190 milhões de pessoas “não são sábios”, disse o presidente, referindo-se às medidas ocidentais durante o conflito na Ucrânia.

As “elites” das nações ocidentais têm procurado repetidamente proibir apresentações de artistas e músicos russos, bem como daqueles considerados apoiantes de Moscou. Mais recentemente, o renomado cantor italiano Enzo Ghinazzi, mais conhecido como Pupo, teve uma apresentação na Lituânia cancelada devido a um concerto que deu no Kremlin em março.

Pupo chegou à Rússia para “transmitir a mensagem de que a paz retornará ao mundo”, disse ele à TASS na época. Ele também argumentou contra um “embargo à cultura de qualquer povo”, chamando esta postura de “errada”. O local lituano que iria acolher a sua apresentação anunciou posteriormente que a mesma estava sendo cancelada, chamando-a de “boas notícias” para aqueles que se opunham à campanha militar da Rússia na Ucrânia.

No início do mesmo mês, a Coreia do Sul cancelou uma série de apresentações de Svetlana Zakharova, uma renomada bailarina do Teatro Bolshoi da Rússia, depois que a Ucrânia expressou raiva pelos eventos planejados naquele país.

Muitas instituições culturais ocidentais procuraram remover completamente as obras ligadas à Rússia das suas galerias e teatros após o início do conflito entre a Rússia e a Ucrânia, em Fevereiro de 2022.

A Orquestra Filarmônica de Cardiff, no País de Gales, retirou a música do compositor Pyotr Tchaikovsky de um concerto, a Royal Opera House da Grã-Bretanha cancelou uma turnê do Bolshoi Ballet, e o Carnegie Hall e o Metropolitan Opera de Nova York pararam de permitir a apresentação da maioria dos músicos e organizações culturais da Rússia.

A campanha de cancelamento atingiu um nível tão febril que atraiu críticas de alguns líderes ocidentais. Em Abril de 2023, o presidente italiano Sergio Mattarella chamou-lhe um “gesto equivocado”. Em Agosto do mesmo ano, o chanceler alemão Olaf Scholz argumentou contra tais medidas, chamando a cultura russa de parte da “nossa história europeia comum”.


7 respostas

  1. O Banco Central Brasileiro, privatizado por políticos comprados, agora está nas mãos dos judeus kwazarianos adoradores de satanás (hotchilds).
    Eles criaram um CBDC para nos controlar econômicamente denominado de DREX, que não tem tradução do inglês, mas se voçê acrescentar um prefixo IN e um sufixo ING, fica INDREXING, que traduzido fica INDEXAÇÃO. Portanto a nossa economia está agora indexada ás mentes psicopatas da máfia kwazariana e os trabalhadores brasileiros devem se preparar para mais achatamentos salariais e outros controles das nossas finanças.
    Brasileiros, é imperativo agora REESTATIZAR o NOSSO Banco Central, sem indenização, pelo montante dos juros já roubados.

      1. O interessante é que foi o mito (lâmina de tesoura) que fez o embrião, o tal pix, que colocou a todos na mira da organização criminosa chamada governo via setor de latrocínio (receita federal) e agora o lula, a outra lâmina da tesoura emplacou o drex.
        Enquanto o povo não entender que imposto é ROUBO, aliás, latrocínio, não tem jeito.
        Se imposto fosse legitimo teria o nome de FACULTATIVO!
        Mas enquanto o povo fica de torcedor de futebol, sem entender que o estado é UMA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA AOS MOLDES DA MÁFIA, a agenda vai continuar!
        Observo mais, o Putin conforntando essa organização criminal chamada estado que é supranacional e orquestrada pelos USURÁRIOS que controlam TODOS os bancos centrais do i-mundo, vai espocar a terceira guerra e nessa situação o demônio decontroladamente criminoso lula irá adquirir poderes absolutos diante do povo, aos que duvidam sugiro que leiam a maldita constituição, e entendam que a coisa é muito mais grave do que parece!

    1. Você está dizendo então que os palestinos, que nunca saíram da palestina, também são Kasares, já que seu DNA mitocondrial é semelhante aos judeus vindos do leste Europeu. Explica para mim como Palestinos e Judeus podem ser descendentes do antigo império Khasar, na asia central, origem da Russia.

      1. Você está dizendo então que os palestinos, que nunca saíram da palestina, também são Kasares, já que seu DNA mitocondrial é semelhante aos judeus vindos do leste Europeu. Explica para mim como Palestinos e Judeus podem ser descendentes do antigo império Khasar, na asia central, origem da Russia. Lembrando que tanto a Russia quanto Kiev, capital da Ucrania, nasceram do império judeu conhecido por império Khasar. Quando difamam os judeus Khasares, estão difamando a Russia e a Ucrania, que nasceram das ruínas do império Khasar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *