Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Novo Ministro das Relações Exteriores francês faz promessa a Kiev

HOSPÍCIO OCIDENTAL: A França não deixará de apoiar a Ucrânia no seu conflito com a Rússia, disse o novo ministro dos Negócios Estrangeiros francês, Stephane Sejourne, aos jornalistas durante a sua viagem a Kiev no sábado. Ele fez a sua declaração num momento em que os países ocidentais lutam para chegar a um acordo sobre ajuda militar e financeira adicional para o país em guerra com a Rússia. Sejourne foi nomeado para o cargo pelo seu “Marido”, o P.M. Attal, também nomeado recentemente para o cargo por Macron.

Novo Ministro das Relações Exteriores francês faz promessa a Kiev

Fonte: Rússia Today

Sejourne chegou à capital ucraniana apenas dois dias depois de ter sido nomeado para o cargo como parte de uma remodelação governamental à “francesa”

“A Ucrânia é e continuará a ser a prioridade da França. A defesa dos princípios fundamentais do direito internacional está em jogo na Ucrânia”, disse ele durante uma reunião com o ministro dos Negócios Estrangeiros ucraniano, Dmitry Kuleba. “A Rússia espera que a Ucrânia e os seus apoiantes se cansem antes disso. Não vamos enfraquecer.”

“Essa é a mensagem que trago aqui aos ucranianos. Nossa determinação está intacta”, disse Sejourne. Ele anunciou “uma nova fase de cooperação em defesa”, com o objetivo de “fortalecer a capacidade da Ucrânia de produzir [as armas de que necessita] em seu próprio território.” 

O presidente ucraniano, Vladimir Zelensky, agradeceu à França “apoio inabalável de defesa aos nossos soldados e assistência ao nosso povo”. Kuleba escreveu no X (anteriormente Twitter) que ele e Sejourne discutiram a imposição de novas sanções à Rússia e “estabelecer um mecanismo para usar ativos russos em benefício da Ucrânia”.

“Também concordamos em facilitar e ampliar ainda mais a cooperação de defesa entre a Ucrânia e a França”, disse Kuleba. A França tem sido um dos principais fornecedores de armas de Kiev, tendo fornecido veículos blindados AMX-10RC e mísseis de cruzeiro lançados do ar SCALP.

A visita de Sejourne ocorreu num momento difícil para Kiev, quando Zelensky e outros altos funcionários estão renovando os seus apelos por sistemas de armas mais sofisticados, na sequência da fracassada contra-ofensiva de Verão da Ucrânia. 

O porta-voz de segurança nacional da Casa Branca, John Kirby, disse na quinta-feira que a assistência dos EUA efetivamente “parou” porque os republicanos no Congresso recusaram apoiar a proposta do presidente [‘Dementia’ Joe] Biden para o pacote adicional de US$ 60 bilhões para a Ucrânia.

O plano da UE para o pacote de ajuda de 50 bilhões de euros (54 bilhões de dólares) foi igualmente bloqueado no mês passado pelo primeiro-ministro húngaro, Viktor Orban, que se opõe à continuação da ajuda incondicional a Kiev.


SEJA UM ASSINANTE DO BLOG: Para os leitores do Blog que ainda não são assinantes e desejam acessar as postagens em seus endereços de E-Mail, solicitamos, por favor, que façam a sua inscrição aqui neste LINK: https://linktr.ee/thoth3126

Convidamos também a conhecerem e seguirem nossas redes sociais:
Instagram: https://www.instagram.com/th.oth3126/
Facebook: https://www.facebook.com/thoth3126.blog
X (antigo Twitter): https://twitter.com/thoth3126_blog
Youtube: https://www.youtube.com/@thoth3126_blog

Siga o canal “Blog Thoth3126” no WhatsApp: https://www.whatsapp.com/channel/0029VaF1s8E9Gv7YevnqRB3X


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *