Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

O Livro (Etíope) de Enoch, Anjos Caídos, Anunnaki, Nephilim, os Vigilantes (1 e 2)

Introdução: Baseei este livro na tradução acadêmica de Michael A. Knibb dos Manuscritos etíopes, (The Ethiopic Book of Enoch, Oxford University Press), que acredito ser a melhor tradução disponível atualmente. Eu ouvi pela primeira vez sobre o Livro de Enoch alguns anos atrás, quando eu estava pesquisando sobre as profecias do “Fim dos Dias”. Quando eu finalmente consegui ter uma cópia em minhas mãos, descobri que era um livro muito estranho e incomum. A primeira vez que o li fiquei cético e um tanto perplexo; eu me perguntei quem teria escrito um livro tão extraordinário como este.

O Livro (Etíope) de Enoch, Anjos Caídos, Nephilim, os Vigilantes

Fonte: The Ethiopic Book of Enoch – Oxford University Press

1) A BÊNÇÃO DE ENOCH

1.1 Estas são as palavras da bênção de Enoch; de acordo com o qual ele abençoa os escolhidos e justos que devem estar presentes no dia de angústia, que é designado, para a remoção de todos os iníquos e ímpios [da face da Terra].

1.2 E Enoch começou sua história e disse: – Havia um homem justo cujos olhos “foram abertos” pelo Senhor, e ele teve uma visão sagrada nos Céus, que os anjos me mostraram. E eu ouvi tudo deles, e entendi o que vi: mas não é para essa geração, mas para uma geração distante que virá [a nossa, no século XXI].

1.3 Sobre o Escolhido que falei; e eu disse uma parábola sobre eles: O Santo e Grande sairá de sua morada [e visitará a Terra como o Cristo].

1.4 E o Deus Eterno pisará de lá sobre o Monte Sinai, e ele aparecerá com suas Hostes, e aparecerá na força de seu poder de Paraíso.

1.5 E todos ficarão com medo, e os Vigilantes tremerão, e temerão e grande tremor os dominará até os confins da terra.

1.6 E as altas montanhas serão abaladas; e as altas colinas serão colocadas abaixo e derreterão como cera em uma chama.

1.7 E a Terra afundará, e tudo o que há na Terra será destruído, e haverá julgamento sobre todos e sobre todos os justos.

1.8 Mas para os justos: Ele fará a paz, e Ele manterá seguro os Escolhidos, e a misericórdia estará sobre eles. Todos eles pertencerão a Deus, e irão prosperar e ser abençoados, e a luz de Deus brilhará sobre eles.

1.9 E eis! Ele vem com dez mil Santos; executará julgamento sobre eles e para destruir os ímpios, e contenderá com todos na carne sobre tudo o que os pecadores e ímpios fizeram e forjaram contra ele.

2) AS LEIS DE DEUS

2.1 Contempla todos os eventos no céu; como as luzes [estrelas] no céu não mudam seus cursos, como cada uma sobe e se põe em ordem, cada uma em seu próprio tempo, e elas não transgridem A sua lei.

2.2 Considere a Terra e entenda a partir do trabalho que é feito nela, do início ao fim, que nenhuma obra de Deus muda à medida que se torna manifesta.

2.3 Considere o verão e o inverno; como toda a terra está cheia de água e as nuvens e orvalho e chuva repousam sobre ela.

3.1 Contemple e veja como todas as árvores aparecem murchas e todos as suas folhas são arrancadas – com exceção das quatorze árvores, que não são descascadas, que permanecem com as folhas velhas até que as novas venham depois de dois ou três anos.

4.1 E, novamente, contemple os dias de verão; como em seu início o Sol está acima disso. Você busca abrigo e sombra por causa do calor do Sol e a terra queima com um calor abrasador, e você não pode pisar na terra ou sobre uma rocha, por causa de seu calor.

5.1 Observe como as árvores estão cobertas de folhas verdes e frutificam. E entenda, a respeito de tudo, e perceba como Aquele que Vive Para Sempre fez todas essas coisas para você.

5.2 E como Suas obras estão diante dele em cada ano subsequente, e todas as Suas obras O servem e não mudam; mas são como Deus decretou – então tudo está feito.

5.3 E considere como os mares e rios juntos completam suas tarefas.

5.4 Mas vocês não perseveraram, nem observaram a Lei do Senhor. Mas vocês transgrediram e falaram palavras orgulhosas e duras com a sua boca impura contra a sua majestade [do Criador]. Seu coração é duro! Vocês não terão Paz!

5.5 E por causa disso você amaldiçoará seus dias e os anos de sua vida você vai destruir. E a maldição eterna aumentará e você não receba misericórdia.

5.6 Naqueles dias, você transformará seu nome em uma maldição eterna para todos os justos. E eles vão amaldiçoar vocês pecadores para sempre.

5.7 Para o escolhido; haverá Luz, Alegria, Abundância e Paz, e eles herdarão a Terra. Mas para você, o ímpio, haverá uma maldição.

5.8 Quando a sabedoria é dada aos escolhidos, todos eles viverão, e não vão novamente errar, seja por esquecimento ou por orgulho. Mas aquele que possui sabedoria será humilde.

5.9 Eles não praticarão o mal novamente, e não serão julgados nos dias de sua vida, e eles não morrerão de ira ou raiva. Mas eles vão completar o número dos dias de sua vida. E sua vida vai crescer em paz, e os anos de sua alegria aumentarão em alegria e paz eterna; todos os dias de sua vida.

Notas

(1) A BÊNÇÃO DE ENOCH (página 11)

Esta seção é a introdução de Enoch ao livro. Em 1.2, ele explica como os anjos caídos (Fallen Angels, Anunnaki, Nephilim, os Vigilantes-Watchers) mostraram a ele uma visão do futuro [muito distante, o nosso PRESENTE]. Em 1.5, os Vigilantes são mencionados; aqui Enoch define os [anjos caídos, que dos “Céus” desceram à Terra] como seres rebeldes fugitivos, os Vigilantes – Watchers que vieram morar em sua área (isto é descrito na seção 3).

Na Bíblia (Gn 6.4), os descendentes dos Vigilantes com as mulheres da Terra são descritos como gigantes ou Nephilim, eles podem ter sido maiores do que a população local, Enoch os descreve como gigantes, 7.2, as investigações de Andrew Collins sugerem que uma raça de seres loiros excepcionalmente altos e grandes existiu uma vez, antes do Dilúvio. (Veja seu livro From the Ashes of Angels: The Forbidden Legacy of a Fallen Race)

O tema principal é o da destruição; Deus vai limpar a Terra dos pecadores, para que boas pessoas possam viver novamente em paz. Este é o Dilúvio de Noé, que ainda estava longe quando Enoch escreveu o seu livro para as gerações futuras, pós dilúvio, embora haja detalhes de um “segundo fim”[em nosso tempo atual] mencionado no livro para época posterior (vejam as 10 semanas). [Continua…]


“A sabedoria (Sophia) clama lá fora; pelas ruas levanta a sua voz. Nas esquinas movimentadas ela brada; nas entradas das portas e nas cidades profere as suas palavras:  “Até quando vocês, inexperientes, irão contentar-se com a sua inexperiência? Vocês, zombadores, até quando terão prazer na zombaria? E vocês, tolos [ignorantes], até quando desprezarão o conhecimento?  Atentai para a minha repreensão; pois eis que vos derramarei abundantemente do meu espírito e vos farei saber as minhas palavras [o conhecimento]”. – Provérbios 1:20-23


Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *