Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Oficial de Tribunal Britânico tenta invadir casa para cobrar ‘Taxas de Licença’ de TV não pagas

Durante muitos anos, as Pre$$tituta$ da BBC negaram que fossem uma organização financiada ou subsidiada pelo governo britânico. Eles baseiam esta afirmação num detalhe técnico desonesto – a plataforma argumenta que é puramente apoiada por dólares públicos, como se fosse a mesma que a PBS na América. O que não menciona é que o governo ajuda a convencer o público a pagar esse dinheiro à BBC através de licenciamento obrigatório para assistir televisão

Oficial de Tribunal Britânico tenta invadir casa para cobrar ‘Taxas de Licença’ de TV não pagas

Fonte: Zero Hedge

E, se os cidadãos britânicos forem pegos usando uma TV [pirata] para consumir uma lista de fontes de conteúdo tributáveis ​​sem pagar as taxas, eles poderão ser multados ou até mesmo presos se se recusarem a pagar essas multas.

O custo de uma licença para assistir TV no Reino Unido é de £159 por ano. A BBC terceiriza seu processo de vendas para uma empresa terceirizada chamada Capita, que opera sob a marca de licenciamento de TV. Os vendedores da Capita rebatizam-se como “Oficiais de Execução” ou “Inspetores de Licenças de TV”. Isto cria uma falsa impressão de autoridade legal, usada para coagir as vítimas a cooperar.

A BBC envia vendedores para visitar endereços não licenciados de seu banco de dados. Esses vendedores recebem uma comissão não apenas por cada licença de TV que vendem, mas também por cada processo de cobrança bem-sucedido que obtêm. Por isso, tentam recolher provas de visualização de televisão não licenciada durante as suas visitas. A polícia do Reino Unido é chamada para supervisionar as inspeções realizadas pela Capita caso haja resistência do cidadão intimado.  

Por mais insano que isso possa parecer para a maioria das pessoas em outros países onde a TV é aberta e de graça, fica ainda pior.  Se as autoridades britânicas acreditarem que você está assistindo conteúdo relacionado à BBC sem licença, elas poderão visitar sua casa para cobrar multas e, com um mandado judicial, isso inclui arrombamento e invasão para revistar a sua propriedade.  

O país inteiro vive entre inspeções de carteiras

As regras em torno da cobrança de licenças de TV são bastante cinzentas e é difícil dizer se esse oficial em particular (que afirma ser um oficial do Tribunal Superior) estava cometendo uma violação.

É por causa de situações deste tipo que os norte americanos se recusam a desistir das suas armas; uma vez que uma população é desarmada, não há como saber que tipo de insultos a burocracia e a tirania do governo irá infligir às pessoas. A propriedade não é mais deles. Embora alguns cidadãos do Reino Unido estejam lutando contra essas inspeções e os tribunais, se as autoridades puderem simplesmente entrar nas suas casas enquanto estão fora, não há muito o que os britânicos possam fazer.

A fraude de licenciamento da BBC TV é, na verdade, um exemplo perfeito da natureza insidiosa da grande burocracia governamental que se une à influência corporativa. 

Nem sempre se trata de censura em massa. ou vigilância em massa; às vezes trata-se de eliminar o público até a morte. Às vezes, trata-se de transformar pequenas coisas que deveriam ser direitos básicos em privilégios controlados. Às vezes trata-se de acumular exigências e restrições para manter a população constantemente ansiosa, com medo e sempre desesperada para apaziguar as “autoridades”.

Quando você está sempre com medo de chamar a atenção de quem tudo vê, de um governo tirânico e onipresente é menos provável que você se rebele contra o sistema como um todo e bovinamente concorde com tudo.  


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *