browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

OVNIs avistados no litoral do R.S. deixaram misteriosos “SINAIS” na areia

Posted by on 08/07/2020

De acordo com relatório de ufologistas brasileiros, às 19h30 da noite de 23 de junho de 2020, na praia de Cidreira, no litoral norte do estado do Rio Grande do Sul, várias esferas coloridas que variavam entre dourado e laranja e de tamanho indefinido foram vistas no céu do litoral norte do RS.  O evento ocorreu perto das praias e as esferas supostamente causaram uma “explosão silenciosa de luz” antes de desaparecerem, o que “iluminou as poucas nuvens que existiam nos céus no momento”. Pouco antes do desaparecimento, as esferas teriam iluminado partes da praia de Cidreira com raios de luz, deixando misteriosas “marcas” na areia. Tudo aconteceu muito rápido, em poucos segundos.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

OVNIs avistados no litoral do Rio Grande do Sul deixaram misteriosos “SINAIS” na areia

Fonte:  SegnidalCielo – Itália

Tudo começou com uma série de avistamentos relatados na região do litoral de Cidreira, no Rio Grande do Sul, onde existe tradição de avistamentos no local, que seria um lugar de portais e energias místicas etc., provavelmente perto de algumas bases de OVNIs, como é comum em muitas áreas de avistamentos de fenômenos UFO em outras partes do mundo.

Como mencionado acima, os eventos ocorreram no dia 23 de junho e, no dia seguinte, estranhas marcas circulares foram descobertas nas areias das praias de Cidreira, mas, infelizmente, elas não foram levadas a sério pelos ufólogos e muitas pessoas não deram nenhum crédito a elas. 

Raios misteriosos de luz emitidos na praia por OVNIs vistos na região do Rio Grande do Sul, na noite de 22 de junho, deixaram marcas misteriosas na areia. FONTE

Poucas imagens foram feitas sem a precisão total das fotografias tiradas no local eram o que tínhamos, até o mar e os ventos apagarem os desenhos … e eles fizeram isso porque, sete dias depois, um forte ciclone passou pela região e nada restou dos misteriosos sinais alienígenas, muito menos os desenhos simples na areia.

Mesmo diante de imagens limitadas e talvez incompletas, o pesquisador Jonas Passos conseguiu identificar alguns esquemas que explicam como revelar a mensagem enviada nesses símbolos impressos na areia pelos OVNIs, símbolos que eram complexos e estruturados dentro de um ambiente  interessante, com seqüência matemática e geométrica:

É um modelo muito bem estruturado que não deixa nada a desejar em relação aos círculos da cultura inglesa bem desenhados por seus criadores”.

De fato, o ciclone bomba que veio depois daqueles avistamentos e mensagens na areia não deixa dúvidas de que houve alguma tentativa de alerta, porque sabemos que as atividades ufológicas geralmente ocorrem paralelamente a cenários de risco ou catástrofe, como guerras , vulcões, risco de explosões nucleares, quedas de fragmentos de asteróides ou queda de meteoros, etc.

Investigadores locais, como policiais e cidadãos, inicialmente pensaram que aqueles sinais misteriosos na praia após a observação de OVNIs eram todos trabalhos humanos. Ou, pelo menos, eles questionaram mais e tiraram sarro mais do que qualquer outra coisa.

Os “círculos de areia”, desenhados em uma estrutura harmoniosa, e todos os círculos usados ​​no diagrama grande, tinham um padrão: todos os 26 círculos eram compostos, isto é, compostos por círculos concêntricos, uma imagem geralmente usada para representar a propagação de ondas de energia em qualquer onda média, gravitacional, sonora e sísmica. Ou se transformarmos o modelo em espirais, em ciclones.

A formação na areia, como pude referir na imagem, consiste em pelo menos 26 círculos divididos em três partes, de acordo com o diagrama, partes A, B, C:

Parte A
Nove (9) círculos (concêntricos) compostos em uma sequência alinhada e com dimensões que aumentam e diminuem, em progressão e regressão harmônicas. Esta é a parte mais indefinida da imagem (veja a desenho acima), mas tudo indica que há nove círculos em “alinhamento”.

Partes B e C

Parte B.
Um grande círculo visível no desenho de areia é composto por cerca de 36 níveis no interior.

Parte C.
Dezesseis círculos menores estão em um arranjo simétrico ao redor do círculo maior, como os satélites, cada um com 4 níveis (círculos concêntricos).

Parte A, mostra esse alinhamento de nove círculos em uma sequência como: 1-2-3-4-5-4-3-2-1, ou seja, que passa para um nível máximo (5) e começa a diminuir em direção ao nível original ( 1)

A partir desta imagem, tirada do outro lado da formação, vemos que, aparentemente, a série de nove círculos começa com um círculo de sete níveis (concêntricos), que, aplicados na progressão 1-2-3-4-5 -4 -3-2-1, passa a:
P = 7-8-9-10-11-10-9-8-7. Essa é uma estimativa, já que não temos imagens melhores que demonstrem que essa é a sequência exata dos níveis desses 9 objetos. Observando a maneira como esses nove círculos foram organizados, eles parecem representar um impulso de energia que se expande e depois se contrai até que desapareça.

O ciclone que atingiu o sul do Brasil, causando grandes estragos em dois estados, SC e RS, se comportou exatamente dessa maneira: começou em uma fase fraca no oceano e começou a ganhar força ao se aproximar do continente, atingindo um pico de energia que, posteriormente, começou a se diluir e se afastar do oceano, até que desapareceu. Essa é a primeira ideia de que a imagem passou como uma possível interpretação, o próprio ciclone que percorre os oceanos do hemisfério sul e aumenta em tamanho e potência, até atingir força total na costa e, portanto, diminuir até desaparecer, em seu movimento.

Mas ciclones não são a única ideia da imagem e da mensagem

Também estamos falando da hipótese de alinhamentos planetários, que estão ocorrendo intensamente entre os meses de junho e julho, e aprimorados pelos eclipses solar, contínuo (21.06) e lunar (05.07). Observe que a onda de avistamentos do fenômeno OVNI no Rio Grande do Sul ocorreu imediatamente após o eclipse (22 de junho, logo após o início so solstício de inverno). E nessa época os arranjos planetários já estavam se formando, causando esses e outros distúrbios geológicos (o grande terremoto de 7,5 graus nas cercanias da cidade do México, imediatamente após o eclipse, em 23 de junho.

Portanto, essa sequência de nove círculos que aumentam e diminuem também pode representar um PULSO GRAVITACIONAL ou, antes, um IMPULSO GRAVITACIONAL, uma espécie de impulsão de ondas de energia emitida após o eclipse solar e no fortalecimento dos alinhamentos planetários envolvendo Mercúrio, Vênus, Terra , Marte, Júpiter, Saturno, Plutão e o objeto chamado Planeta X da “Astronomia Proibida” (Nemesis, também conhecido por outros nomes, como Nibiru, Hercólobus, etc), todos alinhados no mesmo lado do Sol.

E você contou os objetos alinhados? Nove? (Sol, Mercúrio, Vênus, Terra, Marte, Planeta X, Júpiter, Saturno, Plutão)

O mesmo número desses círculos alinhados na praia, na parte A do “Círculo de areia”. De fato, lembro que o número Nove (9) sempre apareceu fortemente nos círculos [Crop Circles] ingleses como um padrão repetitivo. Este é um paralelo interessante a destacar aqui. O Círculo de Areia provavelmente foi construído na noite entre 22/06 e 23/06 (o dia do terremoto no México).Agora, o Ciclone bomba  chegou ao Brasil em 30/06, com efeitos sentidos desde o primeiro dia. Conte os dias de 22 a 30 de junho. Nove dias

O ciclone chegou no nono dia a partir dos avistamentos na região sul do Brasil, como esta parte A do diagrama ilustrou com precisão. Coincidência? “

(imagens de Tono Cosmos – Jonas Passos)

Equipe editorial da Skyhead


“… Sempre mais numerosos os sinais. As luzes nos céus  serão  vermelhas, azuis, verdes, rápidas. Aumentarão. Alguém vem de longequer encontrar os homens da Terra. Já houve encontros. Mas quem verdadeiramente viu calou-se”. 

Profecias e visões do Papa João XXIII, OFS, nascido Angelo Giuseppe Roncalli(Sotto Il Monte, 25 de Novembro de 1881 — Vaticano, 3 de Junho de 1963)


Saiba mais, leitura adicional:

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e a citação das fontes.

phi-golden-ratiowww.thoth3126.com.br

 

One Response to OVNIs avistados no litoral do R.S. deixaram misteriosos “SINAIS” na areia

  1. Carlos Carvalho

    Pode ser que as imagens gravadas na areia se identifiquem com o vírus, e que os nove círculos possam ser um calendário, iniciando em fevereiro, passando pelo mês de junho que foi o pior momento da pandemia e que agora diminui até acabar em outubro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.