Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Pentágono: Dois Caças russos Su-27 Derrubaram Drone MQ-9 ‘Reaper’ dos EUA no Mar Negro

French military successfully completes weapons test on MQ-9 Reaper drone  deployed to Niger – Military Africa

Dois Caças russos Su-27 derrubaram Drone MQ-9 “Reaper” dos EUA no Mar Negro: Pentágono declarou que “duas aeronaves Su-27 russas realizaram uma interceptação insegura e “não profissional” com uma aeronave MQ-9 não tripulada de Inteligência, Vigilância e Reconhecimento da Força Aérea dos EUA que estava operando no espaço aéreo internacional sobre o Mar Negro hoje”. 

Pentágono: Dois Caças russos Su-27 Derrubaram Drone MQ-9 ‘Reaper’ dos EUA no Mar Negro

Fonte: Zero Hedge

A declaração militar dos EUA sobre os eventos, culpando um par de caças russos por manobras “imprudentes” que resultaram no drone MQ-9 sendo atingido e caindo em águas internacionais com uma “perda total “ :

Duas aeronaves Caças Su-27 russas realizaram uma interceptação insegura e não profissional com uma aeronave MQ-9 não tripulada de Inteligência, Vigilância e Reconhecimento da Força Aérea dos EUA que estava operando no espaço aéreo internacional sobre o Mar Negro hoje pela manhã. 

Aproximadamente às 7h03 (CET), uma das aeronaves russas Su-27 atingiu a hélice do MQ-9 , fazendo com que as forças dos EUA tivessem que derrubar o MQ-9 em águas internacionais. Várias vezes antes da colisão, os Su-27 despejaram combustível e voaram na frente do MQ-9 de maneira imprudente, ambientalmente insalubre e pouco profissional. Este incidente demonstra falta de competência, além de ser inseguro e pouco profissional. 

“Nossa aeronave MQ-9 estava realizando operações de rotina no espaço aéreo internacional quando foi interceptada e atingida por uma aeronave russa, resultando em um acidente e perda total do MQ-9 ”, disse o general da Força Aérea dos EUA James B. Hecker, comandante das Forças Aéreas dos EUA na Europa e na África. “Na verdade, esse ato inseguro e pouco profissional dos russos quase causou a queda de ambas as aeronaves.”

“As aeronaves dos EUA e dos seus Aliados continuarão a operar no espaço aéreo internacional e pedimos aos russos que se comportem de maneira profissional e segura”, acrescentou Hecker. 

Este incidente segue um padrão de ações perigosas de pilotos russos enquanto interagem com aeronaves americanas e aliadas no espaço aéreo internacional, inclusive no Mar Negro. Essas ações agressivas da tripulação russa são perigosas e podem levar a erros de cálculo e escalada não intencional. 

O porta-voz do NSC, John Kirby, continuou dizendo que a aeronave dos EUA não representava ameaça para ninguém e que estava operando no espaço aéreo internacional. Ele também confirmou que foi derrubado em águas internacionais. Presumivelmente, pode haver uma operação de recuperação em andamento.

Kirby enfatizou em um briefing: “Se a mensagem é que eles querem nos impedir ou nos dissuadir de voar e operar no espaço aéreo internacional sobre o Mar Negro, essa mensagem falhará.”

“A Força Aérea dos EUA emitiu um comunicado acusando a aeronave russa de agir de maneira “imprudente, ambientalmente insalubre e pouco profissional”. Ambientalmente insalubre. É com isso que eles estão preocupados. Não é o início da Terceira Guerra Mundial. Trump estava certo de novo!”

Um grande incidente envolvendo um drone militar dos EUA está sendo amplamente divulgado como ocorrido no Mar Negro nessa terça-feira, com fontes da OTAN dizendo à AFP que houve um “incidente” e que uma investigação está em andamento. Fontes militares ocidentais identificaram que um drone MQ-9 Reaper fabricado nos EUA pode ter caído  por razões ainda desconhecidas :

“Algo aconteceu, mas não temos confirmação de que o drone foi abatido . Uma investigação está em andamento”, disse à AFP uma das duas fontes ocidentais que confirmaram “um incidente”.

“As fontes, que então pediram anonimato devido à sensibilidade da informação, não disseram em que país estava operando o drone, que é amplamente utilizado pelos Estados Unidos e por muitos de seus aliados da OTAN”, continua o relatório da AFP.

À medida que mais detalhes surgiram nos minutos seguintes aos relatórios iniciais, um correspondente de guerra do Politico está citando funcionários do Comando Europeu dos EUA que dizem que o drone americano foi abatido sobre o Mar Negro .

Um caça russo Su-27 colidiu com um drone MQ-9 dos EUA sobre o Mar Negro esta manhã, causando a queda do drone , diz o Comando Europeu dos EUA”, escreve o Politico Paul McLeary.

Naturalmente, a próxima pergunta é o que aconteceu com o jato russo… ele também caiu? Se assim for, o incidente representa um grande perigo para uma possível escalada iminente entre EUA e Rússia, uma vez que este é o tipo de encontro militar direto raro e incidente que muitos há muito temem que possa desencadear uma espiral mortal de escalada no conflito na Ucrânia.

Russian Su-27 Released Missile During Intercept Of British RC-135 Spy Plane
Um caça russo Su-27 completamente armado

A Casa Branca foi informada sobre o incidente, de acordo com o porta-voz do NSC, John Kirby:

BIDEN INFORMADO SOBRE O INCIDENTE COM O JATO DA RÚSSIA ESTA MANHÃ: KIRBY

No entanto, alguns especialistas e repórteres já estão postulando uma narrativa de eventos que contradiz a do Pentágono. A liderança do Pentágono espera evitar uma 3ª Guerra Mundial, minimizando-a como um mero acidente (no cenário, este foi realmente, talvez, um incidente de tiro)? 

O Pentágono usa rotineiramente a frase “inseguro e pouco profissional” para descrever incidentes quando caças interceptadores da Rússia perseguem seus drones, aviões espiões ou caças americanos que se aproximam demais da fronteira russa.

A versão dos eventos feita pelo Kremlin será interessante de ouvir à medida que as consequências se desenrolam.


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal  AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)”. para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


Mais informações, leitura adicional:

Permitido reproduzir desde que mantida a formatação original e a conversão como fontes.

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *