Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Por que Residência do ex-presidente Trump foi Invadida pelo FBI ?

“Com todos os crimes não investigados e impunes que Hillary e os Clintons cometeram; com todas as suspeitas de informações privilegiadas não investigadas que Nancy Pelosi cometeu; com todos os crimes CONHECIDOS da Família Biden; a casa de Trump é invadida?” – Cynthia McKinney, ex-membro do Congresso dos EUA. É claro que o ataque à residência de Trump em Mar-a-Lago não foi sobre um monte de documentos que ele pode ter levado consigo da Casa Branca. Era sobre muito mais. E ainda não acabou

Por que Residência do ex-presidente Trump na Flórida foi Invadida pelo FBI ?

Fonte: Global Research

Em uma entrevista coletiva na quarta-feira, 10 de agosto, o ex- presidente Donald Trump disse que na segunda-feira, dois dias antes, mais de 30 agentes do FBI invadiram sua residência em Mar-a-Lago em Palm Beach, Flórida. 

O FBI se recusou a permitir que o advogado de Trump ou qualquer outra testemunha estivesse presente durante a ‘razzia’ que durou mais de 9 horas. Trump estava sugerindo que eles poderiam ter usado a oportunidade para plantar provas contra ele.

E por que não?

É claro que o ataque à residência de Trump em Mar-a-Lago não foi sobre um monte de documentos que ele pode ter levado consigo da Casa Branca. Era sobre muito mais. E ainda não acabou. O procurador-geral dos EUA, Merrick Garland , deu a entender que nunca antes nos 152 anos de história do DoJ -Departamento de Justiça, uma investigação tão ostensiva de um ex-presidente foi realizada.

Estes são tempos sombrios para nossa nação”, declarou o ex-presidente Trump em resposta à operação do FBI na manhã de segunda-feira em sua residência particular em Mar-a-Lago. Ele comparou o evento a “um ataque” que “só poderia ocorrer em países quebrados do Terceiro Mundo”. O presidente do Palm Beach Freedom Institute, Paul du Quenoy, chama a invasão de Mar-a-Lago de um ato desesperado de um establishment corrupto contra o seu principal adversário.

O ex-presidente Trump continua sendo uma força política a ser reconhecida, pois afirma que as eleições de 2020 foram roubadas e ele supostamente tem provas disso. Ainda assim, a prova documental nem sequer foi admitida para ser examinada em nenhum dos Tribunais Estaduais, a que ele a apresentou, nem pelo Supremo Tribunal Federal.

Se o caso de Trump estava certo ou errado é de menor importância. A rejeição total de examinar um caso apresentado por um ex-presidente é tão incomum que levanta uma infinidade de questões.

A vitória do então outsider como Donald Trump nas eleições de 2016 pegou muitos de surpresa, especialmente toda a cúpula do Deep State. Como o público pode eleger tal palhaço, foi a reação geral da grande mídia pre$$titute$ à serviço do establishment. Ao longo de sua presidência – e mesmo antes – ele foi criticado nos EUA e em todo o mundo de maneiras que nenhum ex-presidente dos EUA foi tratado pela diplomacia e mídia internacionais.

É porque o Sr. Trump, contra todas as probabilidades e contra toda a tendência [corrupção generalizada] mundial do passado e do presente, não é um globalista, mas um nacionalista convicto?

É o tempo É dos globalistas. Por enquanto, … Não há mais esquerda e direita, socialismo e comunismo, democratas e republicanos. Existem apenas globalistas e antiglobalistas.

O Fórum Econômico Mundial, ou agenda global impulsionada pelo WEF – sob o Great Reset e a Agenda 2030 da ONU, leva a implantação de uma Nova Ordem Mundial (NWO), administrada por uma pequena elite de oligarcas multibilionários e seus grandes conglomerados transnacionais.

O eterno idiota CEO do WEF, Klaus – Rothschild – Schwab, deixou claro durante a última Conferência do WEF em maio de 2022 em Davos, que “Temos os meios para melhorar [!!??] a situação do mundo”. O que ele realmente quis dizer é que nós, este pequeno grupo de pessoas [psicopatas] nesta sala, temos o poder de impor a nossa forma de governo ao mundo. Veja isso .

Esse conceito de assumir o controle total do mundo é defendido por gigantes financeiros corporativos do tipo BlackRock [Rothschild], Vanguard, StateStreet e mais titãs bancários dos judeus khazares de Wall Street e oligarcas bilionários privados. O WEF, generosamente financiado por eles, representa seus interesses extremamente poderosos em todo o mundo. Veja Liderança e Governança do WEF – Conselho de Curadores e muito mais.

Este conceito globalista de um mundo é diametralmente oposto à visão de mundo de Donald Trump. Ele é um nacionalista e patriota à la “Make America Great Again” e quer que os EUA continuem em um papel de liderança no mundo livre. Mas, ao contrário do que as pro$tituta$ da mídia vem doutrinando o mundo em geral, não como um império único, mas como um ator-chave em um mundo multipolar.

Durante a 75ª Sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas em setembro de 2020, Trump convocou os líderes de todos os países, recomendando-lhes que façam o mesmo por seus países, tornando-os fortes, independentes, como nações autônomas e soberanas. Esta não é precisamente uma visão globalista.  Mas é uma visão apreciada pela maioria dos países – e ainda mais pelas pessoas ao redor do mundo.

A essa altura, quase todo mundo sabe que uma Nova Ordem Mundial seria igual a uma Tirania Mundial, uma NOWT. Por essa razão, no coração das pessoas e de muitos políticos nos EUA e em todo o mundo, o Sr. Trump é muito popular e compreendido em suas aspirações.

É claro que a maioria deles não se atreve a dizer isso, porque a mídia pre$$titute$, uma máquina de propaganda dos globalistas caluniou Trump e suas opiniões, bem como quaisquer pontos de vista não-globalistas, a tal ponto que admitir abertamente uma opinião nacionalista soberana seria visto como totalmente vergonhoso.

Portanto, não é por acaso que na última quarta-feira, 10 de agosto de 2022, apenas dois dias após a operação do FBI em sua residência, o ex-presidente foi intimado a comparecer perante a procuradora-geral do estado de Nova York, Letitia James, por seis horas. depoimento sobre as práticas de negócios de sua empresa imobiliária. Exceto por declarar seu nome, Trump repetidamente invocou seu direito da Quinta Emenda contra a autoincriminação. Fora isso, não muito transpirou para o público a partir deste depoimento.

O interessante não é o depoimento em si, mas os dois eventos paralelos aparentemente independentes contra um ex-presidente, a batida do FBI na residência de Trump em Mar-a-Lago e o interrogatório de seis horas do procurador-geral do Estado de Nova York

Essas ações legais contra o ex-presidente serão exageradas pelas pro$tituta$ da mídia, de modo a diminuir seu poder e as chances de concorrer novamente à presidência em 2024; e também visam impedir que os republicanos – a maioria dos quais apoiam Trump – assumam o controle tanto da Câmara quanto do Senado nas eleições de meio de mandato no próximo outono, em novembro.

Embora Trump tenha dito que anunciaria até setembro de 2022 se planeja concorrer à presidência em 2024, este vídeo recente parece que o “candidato” Trump já está em sua campanha eleitoral – no canal Telegram, soando como um discurso de retorno de Trump.

Se as eleições fossem hoje, Trump venceria Biden por uma vantagem de 45 a 32, ou por uma margem de 40%. Veja a enquete da Newsweek .


E NÃO SE ESQUEÇAM de que Joe Biden está tão senil que admitiu, diante das câmeras, em uma falha bizarra em seu discurso [talvez pela sua senilidade galopante] que os democratas produziriam “a mais ampla organização de fraude eleitoral da história da política americana”. Você pode vê-lo admitindo isso aqui, ESTA GRAVADO:

“…We’re in a situation where we have put together, I think, the most extensive and exclusive voter fraud organization in the history of american politics“. […”Estamos em uma situação em que montamos, creio eu, a organização de fraude eleitoral mais ampla e exclusiva da história da política americana”.]


Está claro que esses fiascos legais – e pode haver mais “casos” por vir – são esforços desesperados de última hora para impedir que a agenda do Império Globalista do WEF dos oligarcas de Davos se desintegre ainda mais. O Culto Globalista em ruínas fará o que puder para impedir que Donald Trump concorra à presidência dos EUA em 2024.

Nota aos leitores: Por favor, clique nos botões de compartilhamento acima ou abaixo. Siga-nos no Instagram e no Twitter e assine nosso canal no Telegram. Sinta-se à vontade para republicar e compartilhar amplamente os artigos da Pesquisa Global.

Peter Koenig  é analista geopolítico e ex-economista sênior do Banco Mundial e da Organização Mundial da Saúde (OMS), onde trabalhou por mais de 30 anos em todo o mundo. Ele leciona em universidades nos EUA, Europa e América do Sul. Ele escreve regularmente para jornais online e é autor de  Implosion – An Economic Thriller about War, Environmental Destruction and Corporate Greed; e  coautor do livro de Cynthia McKinney “When China Sneezes:  From the Coronavirus Lockdown to the Global Politico-Economic Crisis” ( Clarity Press – 1 de novembro de 2020). Peter é pesquisador associado do Center for Research on Globalization (CRG). Ele também é membro sênior não residente do Instituto Chongyang da Universidade Renmin, em Pequim. 


O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é fim-dominio-eua-otan-nabucodonosor-fim-roma.jpg

{Nota de Thoth: Em breve haverá um novo papa, será um francês, e será o ÚLTIMO  . . .  A estrondosa queda da “Estátua de Nabucodonosor“, com o fim do Hospício e os psicopatas da civilização ocidental e a própria destruição da região da cidade de Roma [incluso a cloaca do Vaticano] estão bem próximos de acontecer. O Hospício Ocidental, o circo do G-7 [do qual dois marionetes já caíram, Mario Draghi e Boris Johnson], os ditos “Países de Primeiro Mundo” vão fazer face ao seu carma “liberal“}


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal   AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)” para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


Mais informação adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *