Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Putin Ordena Envio de Militares russos às Repúblicas do Donbass como ‘Forças de Paz’

O presidente assinou um decreto prometendo cooperação entre a Rússia e as duas regiões separatistas. Moscou reconheceu oficialmente a independência das duas regiões separatistas nessa segunda-feira. O presidente Vladimir Putin ordenou que os militares russos “garantissem a paz” nas recém-reconhecidas repúblicas de Donetsk e Lugansk, que anteriormente eram consideradas partes da Ucrânia.

Putin Ordena Envio de Militares russos às Repúblicas do Donbass como ‘Forças de Paz’

Fonte: Rússia Today

Moscou reconheceu oficialmente a independência das duas regiões separatistas na segunda-feira.

Putin instruiu o Ministério da Defesa a enviar forças de paz para o Donbass, enquanto instruía o Ministério das Relações Exteriores a estabelecer relações diplomáticas com os estados.

A medida oficial do Kremlin ocorre logo após o longo discurso de Putin à nação na noite de segunda-feira. Nele, ele explicou o passo como uma resposta muito atrasada ao que ele descreveu como a  nação ucraniana “fraternal” se tornando uma “colônia” do [Deep State] Ocidente e caindo sob o domínio de um governo “russofóbico” tanto hostil a Moscou quanto aos russos étnicos que historicamente vivem no pais. e os direitos humanos básicos dos falantes de russo.

LEIA MAIS: Putin assina reconhecimento ‘imediato’ das regiões do Donbass

Donetsk e Lugansk declararam independência de Kiev em 2014, depois que nacionalistas apoiados pelos EUA (CIA) derrubaram o governo democraticamente eleito no golpe de Maidan. No entanto, Moscou se recusou a reconhecê-los até agora, dizendo que o problema é um assunto interno da Ucrânia e precisa ser resolvido de acordo com os acordos de Minsk, que estabeleceram um armistício desconfortável em 2015. 

No início da segunda-feira, no entanto, o líder de Donetsk, Denis Pushilin, e o líder de Lugansk, Leonid Pasechnik, solicitaram formalmente o reconhecimento de Moscou mais uma vez, já que as regiões de Donbass e a Ucrânia efetuaram intensas trocas de artilharia ao longo da linha do armistício. 

Em seu discurso, Putin disse que o processo de Minsk falhou e que a Ucrânia “não está interessada em soluções pacíficas – eles querem iniciar uma Blitzkrieg” na região.


O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é anjo-espada-colheita-01.png

“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal   AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)”. para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


Mais informação adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *