Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Reino Unido anuncia Fim das Restrições (Tirania) contra Covid-19

Ignorando alertas, governo britânico encerra isolamento para infectados e deixa de disponibilizar testes gratuitos. Premiê Johnson diz que país vive transição de medidas obrigatórias para responsabilidade pessoal. O primeiro-ministro do Reino Unidos, Boris Johnson, anunciou nesta segunda-feira (21/02) a suspensão das últimas medidas ainda vigentes no país para combate à pandemia de covid-19, o que inclui também o fim da exigência de isolamento para infectados.

Reino Unido anuncia o “Fim das Restrições” contra Covid-19

Fonte: DeutscheWelle

Segundo Johnson, o pais estaria numa fase de transição, das restrições impostas pelo governo para uma questão de responsabilidade pessoal. A estratégia seria tratar a covid-19 de forma semelhantes às demais doenças transmissíveis, como a gripe.

“Temos agora níveis suficientes de imunidade para completar a transição da proteção da população com intervenções do governo para a confiança nas vacinas e tratamentos como primeira linha de defesa”, disse o premiê.

Apesar dos alertas de cientistas de que o fim das restrições poderia enfraquecer a capacidade do país de controlar e rastrear o coronavírus, Johnson confirmou para esta quinta-feira o fim do isolamento obrigatório para os infectados, assim como do rastreamento de seus contatos.

Os infectados com o coronavírus receberão recomendações para permanecer em casa, mas não terão mais direto a ajuda financeira do governo, caso não possam trabalhar.

Medidas diferentes nos países do Reino Unido

A partir de 1º de abril, os testes de PCR feitos em laboratório estarão disponíveis somente para os idosos e portadores de imunodeficiências. Os autotestes rápidos de antígeno não serão mais oferecidos pelo governo, devendo ser comprados pela população, como já ocorre em diversos países.

Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte, os países que compõem o Reino Unido, devem tomar passos diferentes em relação às medidas.

Na Irlanda do Norte, as restrições ainda remanescentes de combate ao coronavírus, como apresentação de certificados de vacinação, uso de máscaras e número-limite para encontros, deixam de ser obrigatórias nesta terça-feira.

Na Escócia, o uso de máscaras deveria expirar na próxima segunda-feira, mas uma nova lei foi aprovada para estender a medida por mais seis meses.

“Vírus ainda não foi embora”

Maiores de 75 anos poderão receber a quarta dose da vacina contra a covid-19, assim como os mais vulneráveis à doença acima de 12 anos de idade. O governo aceitará a aplicação da quarta dose na população em geral caso as autoridades de saúde do país assim recomendem.

Londres ressaltou, entretanto, que a pandemia ainda não terminou, e que o vírus Sars-Cov-2 pode reservar ainda algumas surpresas, como o surgimento de novas variantes. Para Johnson, o fato de a rainha Elizabeth 2ª ter contraído o coronavírus no último domingo seria um alerta de que “o vírus ainda não foi embora”

O Palácio de Buckingham informou que a monarca de 95 anos apresenta sintomas leves, semelhantes a um resfriado, e ainda manteve suas tarefas menos exigentes, além de seguir todas as recomendações do governo.

O novo plano se fundamenta na convicção de que vacinas e tratamentos sejam capazes de manter o controle sobre a doença. O primeiro-ministro alertou a população para não abandonar a cautela, porém teria chegado a hora de “encorajar a responsabilidade pessoal de cada cidadão.” rc/av (Reuters,AP)


O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é anjo-espada-colheita-01.png

“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal   AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)”. para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


Mais informação adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *